O prefeito de Mossoró, Allysson Bezerra, vai realizar até o fim de maio uma grande reunião política para apresentar a Mossoró e a região Oeste a chapa que irá apoiar nas eleições deste ano.

Alysson vai de Fábio Dantas que é do partido dele, o Solidariedade, e de Rogério Marinho que tem sido um grande parceiro da sua gestão em Mossoró. Mossoró que mandou hoje para Natal uma grande delegação para prestigiar o evento do Solidariedade de lançamento da pré-candidatura de Fábio Dantas.

Neste evento que deverá acontecer em Maio, Allysson também apresentará seus candidatos a deputado federal e estadual.

 Reprodução

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, deve deixar o cargo para substituir o ministro de Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, segundo o jornal “Valor Econômico”.

De acordo com a publicação, Marinho deve se licenciar do ministério nos próximos dias para estruturar a sua campanha ao Senado pelo Rio Grande do Norte,

Ainda segundo o “Valor”, Guimarães deve ser substituído no comando da Caixa pelo atual vice-presidente de Atacado, Celso Leonardo.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, informou que o presidente da República, Jair Bolsonaro, estará no Rio Grande do Norte no dia 9 de fevereiro, para a programação que vai marcar a “chegada das águas da transposição do rio São Francisco”.

Segundo Rogério Marinho, o presidente desce de avião em Mossoró e de lá segue para Jardim de Piranhas, porta de entrada da transposição a partir do Rio Piranhas-Açu, que nasce no vizinho estado da Paraíba. “Para mim é a obra mais importante da minha vida e do meu Estado, porque segurança hídrica é vida e essência”, declarou o ministro da Integração Regional.

As informações foram dada pelo ministro, durante o programa no jornal “12 em ponto”, da 98 FM.

A última visita que Bolsonaro fez ao Rio Grande do Norte foi em junho, quando ele foi a Jucurutu, interior do Estado, e anunciou investimentos de R$38 milhões para concluir barragem de Oiticica, iniciada há 70 anos na época do Governo Getúlio Vargas.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, será mesmo o candidato de Bolsonaro a senador pelo Rio Grande do Norte nas eleições de 2022. Fonte de dentro da Esplanada dos Ministérios informou que o ministro Rogério Marinho filia-se ao Partido Liberal (PL) na terça-feira (30), mesmo dia da filiação ao partido do presidente Jair Bolsonaro.

Na conversa dessa terça-feira (23) entre Valdemar Costa Neto e Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto não foi apenas a filiação do presidente ao PL que foi definida.
O colunista de “O Globo”, Lauro Jardim, informou que a candidatura de Rogério Marinho, que se desfiliou do PSDB em 2019 para assumir a pasta, “causará estresse na Esplanada”, em função do ministro das Comunicações, o também potiguar Fábio Faria, ser postulante ao mesmo cargo.
Segundo Jardim, Fábio Faria, “que vai se filiar ao PP, também pensa 24 horas por dia em ser senador pelo Estado”.

 

O Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, vai ser filiar ao Partido Liberal (PL), nova legenda do presidente Jair Bolsonaro a partir do próximo dia 22. A informação é da jornalista Daniela Lima, âncora do CNN 360º. A jornalista afirmou que a decisão de filiação do ministro potiguar dependia de qual partido Bolsonaro passaria a compor. O último partido que Rogério Marinho integrou foi o PSDB, o qual era filiado até junho de 2020. Daniela Lima comentou que o ministro pretende concorrer ao Governo do Rio Grande do Norte, mas informações de bastidores locais apontam que o desejo de Marinho é disputar a única cadeira disponível ao Senado Federal, em 2022.
O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), anuncia, nesta sexta-feira (22), investimentos de cerca de R$ 280 milhões, que deverão ser aplicados em empreendimentos nos próximos anos, para garantir segurança hídrica, saneamento e desenvolvimento regional e social do Rio Grande do Norte. O principal anúncio, que envolve o maior volume de recursos, é para a obra da Adutora do Agreste Potiguar, em São Paulo de Potengi, que tem previsão de cerca de R$ 260 milhões em investimentos federais. Durante a agenda, será dado um passo importante para tornar possível a obra: o lançamento do edital de licitação para o projeto básico. Em Jucurutu, o ministro Rogério Marinho vai anunciar o repasse de mais R$ 10 milhões para a continuidade das obras da barragem Oiticica. A infraestrutura vai receber as águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. O investimento total é de R$ 657,2 milhões, sendo R$ 638,2 milhões da União. Desde 2019, já foram disponibilizados R$ 291,6 milhões para o empreendimento – cerca de 45% do valor total.

Reprodução

Firme no propósito de tratar como prioridade levar água para a população que convive com a seca, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, autorizou, nesta quarta-feira (20), em Luís Gomes (RN), o início dos trabalhos no canteiro de obras do túnel do Ramal do Apodi, dentro da programação da Jornada das Águas – série de agendas do Governo Federal que partiu, na segunda-feira, da nascente histórica do Rio São Francisco, no norte de Minas Gerais, e vai percorrer os nove estados do Nordeste com anúncios e entregas e mudanças normativas que vão revolucionar a maneira como o brasileiro se relaciona com a água.

Marinho acompanhou o início das escavações do túnel que desembocará a água do Rio São Francisco, que será transportada por gravidade a partir do Reservatório Caiçara, no Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, em Cajazeiras (PB), até o km 26, onde se localiza a derivação do Ramal do Salgado, chegando, enfim, ao Açude Angicos, em José da Penha (RN).

“Hoje se inicia uma obra emblemática, o canal do Apodi. Esse túnel, juntamente com outros 15km de canais, vão levar água de qualidade, transformando a realidade das pessoas de 54 municípios no Ceará, na Paraíba e no Rio Grande do Norte”, afirmou Marinho.

Somente no Rio Grande do Norte serão beneficiadas 32 cidades. Outros 9 municípios do Ceará e 13 da Paraíba também vão ser favorecidos com a obra, totalizando 750 mil pessoas que terão fornecimento de água regularizado com a sua conclusão. Além disso, devem ser gerados 2 mil empregos diretos, fomentando a economia de toda a região.

“Uma obra extremamente importante para a população local. As águas estão servindo para todas essas regiões terem, finalmente, regularidade no fornecimento de água e poderem, verdadeiramente, se desenvolverem socialmente e economicamente”, destacou o ministro durante sua visita.

Reprodução

Na manhã desta segunda-feira (27) o prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, acompanhou a visita do Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, ao município.

Em entrevista à imprensa, Allyson afirmou que a prioridade para Mossoró, no que cabe às competência do ministro, é a resolução da falta de água na zona rural.

O prefeito afirmou que a perfuração de poços, por exemplo, é uma questão “urgente e necessária nesse momento”. A afirmação de Allyson aconteceu após ser questionado sobre os pórticos de entrada de Mossoró, ao que respondeu que esta questão está sendo planejada, mas que a prioridade é resolver os problemas hídricos da zona rural, além do saneamento e recuperação de estradas.

Sobre os pórticos, disse que os projetos já foram apresentados pela equipe de arquitetura e que estes serão apresentados, também, à população, para a realização de uma consulta pública.

Allyson também afirmou que a gestão está aberta a todos que desejarem conhecer os problemas de Mossoró, governo, deputados, ministros etc, visto que a prefeitura está por dentro da realidade do município e sabe quais são as prioridades. “Vamos estar aqui a disposição do ministro Rogério, fazendo essa apresentação e, ele tendo interesse, espero que possa viabilizar essas ações para Mossoró”, disse o prefeito.

Reprodução

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (RN), deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), participou neste domingo (26) de um encontro que aconteceu no município de Caraúbas (RN), no Médio Oeste Potiguar. Convidado pelo prefeito Juninho Alves (PSDB), que foi reeleito ano passado, Ezequiel enalteceu o trabalho do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho (sem partido). O evento que reuniu deputados estaduais e federais, além de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças potiguares aconteceu na Loja Maçônica de Caraúbas.

“À frente do Ministério, Rogério tem serviço prestado e tem tudo para fazer a entrega da Transposição do São Francisco, um marco para o Nordeste do Brasil. Aqui ainda vai concluir a Barragem de Oiticica, um sonho de mais de 50 anos, a interligação de adutoras na região Seridó, dotando a região de segurança hídrica para mais 50 anos e as obras do Ramal Apodi, que trará as águas do Eixo Norte da transposição do Rio São Francisco, dos municípios do Ceará e da Paraíba para a região Oeste Potiguar. Rogério tem buscado ainda ajudar aos produtores rurais, estruturando os municípios com máquinas agrícolas. São serviços prestados e obras estruturantes importantes para nosso povo. Rogério tem se mostrado grande e terá meu apoio por tudo que tem feito como ministro pelo nosso Estado”, afirmou.

Ezequiel Ferreira já declarou à imprensa que 2021 é um ano de mostrar trabalho. “Estamos chegando a outubro de 2021 e entendo ser importante falarmos em trabalho, o que está sendo feito e o que se desenha para os próximos meses”, frisou. Em relação a decisão sobre o Governo do Estado, Ezequiel vai ouvir as bases do PSDB, deputados e também a Executiva do partido. “Estamos organizando os Encontros Regionais do PSDB em novembro e dezembro. Precisamos dialogar com as bases que fortalecem o partido no interior e na capital.”

Essa semana, o Senado Federal rejeitou a volta das coligações para as eleições de deputados. A PEC (proposta de emenda à Constituição) da reforma eleitoral aprovada, segue agora para sanção do presidente da República. Se ela acontecer até o dia 2 de outubro, valerá já nas eleições de 2022. Já a proposta de revogação de toda a legislação eleitoral ordinária, substituindo-a por um único código, com 898 artigos, não tem previsão. No Senado, líderes partidários garantem que não haverá tempo suficiente para avaliar as mudanças ainda neste mês, para que passem a valer na eleição de 2022.

Fonte: Robson Pires

 

Agenda na Maisa / Mossoró

 

Agenda em Mossoró / Dia 27 no CDL 

 

 

24
set

* * * QUENTINHAS… * * *

Postado às 20:37 Hs

* * * Muito provavelmente o único nome capaz de brecar uma aliança do MDB com o PT no Rio Grande do Norte (RN) para as eleições de 2022 é o do Prefeito de Natal (RN) Álvaro Dias, se este aceitasse ser o candidato a Governador da oposição contra Fátima Bezerra. Juntaria um monte de partido em torno do seu nome. PSDB… MDB… A executiva nacional do PSDB quer. Álvaro é avaliado entre os melhores Prefeito do Brasil. * * *

* * * A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou, por unanimidade, a autorização para o poder Executivo transferir, temporariamente, a sede do Governo para o município de Mossoró. A mudança ocorrerá entre os dias 28 e 30 de setembro. O objetivo para a transferência temporária da sede do Governo é homenagear Mossoró pelo pioneirismo na abolição da escravatura. Em 2021, serão comemorados 138 anos desde que a cidade libertou os escravos – o que ocorreu cinco anos antes da Lei Áurea. *  * *

* * * Não só o Ministro das Comunicações, Fábio Faria, mas, também o Ministro Rogério Marinho, terá agenda no RN para comemorar os 1000 dias do Governo Bolsonaro. Na segunda-feira (27), às 10h, Rogério faz a entrega de máquinas e equipamentos em Mossoró. E às 13h, entrega quatro dessalinizadores. Às 16h, já em Natal, Marinho anuncia os investimentos da engorda e recuperação da Praia de Ponta Negra. * * *

Um reforço no compromisso de parceria entre a Prefeitura de Natal e o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) marcou o encontro entre o ministro Rogério Marinho e o prefeito de Natal, Álvaro Dias, na tarde de sexta-feira (3).

Em reunião no Palácio Felipe Camarão, o ministro e sua comitiva conheceram detalhes das obras estruturantes em andamento na capital, que contam com o aporte financeiro federal através do MDR. No encontro estavam presentes o corpo de secretários municipais Adjuto Dias (Semtas), Carlson Gomes (Semov), Joham Xavier (Gabinete), Irapoã Nóbrega (Semsur), Danielle Mafra (Secretaria Executiva), Heverton Freitas (Secom), Joanna Guerra (Sempla), além do deputado federal Benes Leocádio e do vereador Preto Aquino.

Reprodução

O prefeito Álvaro Dias elencou o conjunto de obras que vai impactar o desenvolvimento da cidade, como a pavimentação e drenagem de 334 obras na zona Norte, a obra de drenagem e pavimentação do bairro do Planalto, que já atinge mais de 30% de execução, além da construção de uma lagoa de captação. Também lembrou que o futuro Hospital Municipal de Natal já tem emenda parlamentar da bancada federal na ordem dos R$ 19 milhões e detalhou o andamento da obra de enrocamento e a engorda da praia de Ponta Negra.

“Temos todas essas obras que vão transformar e modernizar a cidade, e não se pode falar em desenvolvimento de Natal sem destacar a luta do ministro Rogério Marinho que tem tido um relevo fundamental em muitas obras impactantes”, disse o gestor.

O enrocamento e engorda da praia de Ponta Negra foi o assunto que dominou boa parte do encontro. A obra está em pauta no município. A engorda vai ampliar a faixa de praia, que passará a 50 metros de faixa em maré cheia e 100 metros na maré seca.

O ministro Rogério Marinho lembrou a importância de Ponta Negra para os natalenses que sofrem com a deterioração da orla ao longo das décadas.

“Essa obra vai devolver o orgulho próprio do natalense, além do acréscimo de receita para o turismo. É um projeto de grande impacto porque vai resgatar o fluxo das marés, fazer a urbanização moderna, pois estamos cercados de cidades que competem com Natal. É uma obra que será um divisor de águas, a prefeitura está de parabéns”.

TERMO DE COOPERAÇÃO

Foto: Joana Lima

Mais cedo, o prefeito Álvaro Dias também participou da cerimônia de assinatura do Termo de Cooperação com a Fiern,que visa a parceria para desenvolver pólo minero-químico e industrial no Rio Grande do Norte. O presidente da FIERN, Amaro Sales de Araújo, e o ministro Rogério Marinho assinam o documento de cooperação técnica (ACT) para a elaboração dos estudos necessários à concretização do empreendimento.

Fonte: Heitor Gregório

Curiosidade nos bastidores políticos, em meio a movimentos de deputados na tentativa de agregar apoios à pré-candidatura do deputado federal Benes Leocádio ao governo do Rio Grande do Norte:

Quando o prefeito de Natal (RN), Álvaro Dias, vai anunciar em definitivo, se será candidato a governador ou se vai apoiar o nome de Benes?

Álvaro já confirmou que vota no ministropara senador, mas quando o assunto é o governo, ele prefere dizer que está focado no governo dele.

Segundo Álvaro, obras importantes como a engorda da praia de Ponta Negra, o projeto turístico da Redinha, a construção do Hospital Municipal, impedem que ele suba no palanque mais de um ano antes das eleições.

Sobre a candidatura de Benes ao governo, já que ele forma palanque com Rogério, Álvaro ressalta que a candidatura dele é legítima, que é um nome bom e que tem boa relação com muitos prefeitos.

Sobre declarar se vota ou não, ele repete que é cedo para falar em candidatura ao governo. Dele ou de qualquer outro postulante.

Fonte: Thaisa Galvão

Engana-se quem pensa que o Ministro da Propaganda, Fábio Faria, está com a bola toda com Jair Bolsonaro, quando da disputa com o Ministro Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) pela preferência do presidente nas eleições do Rio Grande do Norte (RN). Tanto Fábio quanto Rogério brigam pelo apoio presidencial para disputarem o Senado. Na perspectiva de entendedores da política nacional, é Rogério Marinho, e não Fábio, quem disporia de maiores chances de emplacar a candidatura.  Em entrevista concedida à 96 FM de Natal (RN), Bolsonaro mostrou o quanto está comprometido com uma ou com outra dessas postulações, afirmando que Fábio e Rogério devem “tirar no par ou ímpar” quem disputará o Senado e quem deverá tentar vaga na Câmara dos Deputados. Ou seja, Bolsonaro não irá meter a colher nessa briga, diferentemente do que se especulava a respeito. Antes pelo contrário, se tiver que apoiar uma delas, muito provavelmente será a de Rogério. 

Reprodução

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, e o presidente do Banco do Brasil, Fausto de Andrade Ribeiro, lançam nesta sexta-feira 30, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, uma parceria que também envolve o Sebrae Nacional para a ampliação do programa Wi-Fi Brasil. Através da parceria, serão instalados mais mil pontos de internet em comunidades carentes, que não têm conectividade atualmente. Mais de 14 mil pontos já foram instalados pelo Ministério das Comunicações.

Será a segunda vez, numa mesma semana, que Fábio Faria promove agenda no Rio Grande do Norte. Na segunda-feira passada, lançou o programa Infovia Potiguar. Em verdade, o ministro intensificou as vindas ao Estado, com o objetivo de materializar as pretensões políticas de se tornar candidato a senador pela oposição nas eleições do ano que vem.

Para se tornar candidato, entretanto, Faria terá de se desdobrar para retirar do páreo o colega de Esplanada dos Ministérios, , ministro do Desenvolvimento Regional, que deseja a mesma vaga. Mais articulado e presente no Estado que Faria, inclusive com liberações de verbas vultosas para obras, Marinho já havia articulado uma chapa com o deputado federal Benes Leocádio (Republicanos), que seria lançada neste fim de semana.

Utilizando-se de influência junto ao presidente Jair Bolsonaro, contudo, o ministro da Comunicação conseguiu o adiamento desse lançamento, o que terminou gerando uma crise palaciana. Rogério, muito irritado, ameaçou entregar o cargo de ministro, mas foi convencido a tirar umas férias, para esfriar a cabeça.

Com o empoderamento do chamado “Centrão”, com a posse do senador Ciro Nogueira na Casa Civil, Fábio Faria termina fortalecendo-se ainda mais, atuando muito intensamente para desbancar Rogério da postulação.

16
jul

RN Eleições 2022

Postado às 11:13 Hs

Benes e Rogério iniciam agenda juntos em Natal

O deputado federal Benes Leocádio confirmou a pré-candidatura a governador do Rio Grande do Norte nas eleições de 2022. Benes, em entrevista a 98FM, disse que seu nome está sendo bem visto para o cargo em todas as regiões do Estado e que faltam adversários para enfrentar a governadora Fátima Bezerra.

“Assumimos à disposição de concorrer um cargo ao Executivo Estadual potiguar e colocar nosso nome como pré-candidato para avaliação da opinião pública. É mais uma missão que aceito com muita responsabilidade, ciente dos desafios que serão enfrentados. Meu nome está sendo muito bem visto nos quatro cantos do estado. Temos apoio em todos os municípios, situação que me fortalece”, disse.

O parlamentar também avisou que deve formar uma chapa para concorrer ao Senado Federal com ministros Rogério Marinho (do Desenvolvimento Regional) e Fábio Faria (Comunicações). De acordo com Benes, o nome saíra em consenso após uma conversa entre os três e o presidente Jair Bolsonaro.

Reunindo

Pré-candidatos ao Governo e Senado, o deputado federal Benes Leocádio (Republicanos) e o Ministro Rogério Marinho (Sem partido) começaram a cumprir agenda política juntos.

Foram recebidos em um almoço na casa do vereador de Natal, Aroldo Alves (PSDB). Presenças também do prefeito Álvaro Dias (PSDB), do deputado federal Beto Rosado (PP), do ex-deputado Betinho Rosado e do vereador Raniere Barbosa (Avante).

Fontes: Heitor Gregório e BG

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho (sem partido), descartou nesta quarta-feira (14) a possibilidade de ser candidato a governador do Rio Grande do Norte em 2022. Em entrevista concedida a 96 FM, o ex-deputado federal potiguar revelou ainda que o grupo político do qual faz parte está se programando para lançar um pré-candidato ao Governo do Estado até o final do mês ou início de agosto.

“Meu projeto é ser um grande ministro. No final do ano vamos nos sentar o grupo político com o presidente Bolsonaro e estou à disposição do grupo. Mas, temos conversado com pessoas que têm afinidade conosco, deputados, prefeitos, e está se articulando para lançar candidatura ao Governo do Estado como contraponto à administração que aí está, que não representa nossa visão de país ou estado. Não serei eu o candidato. não sou candidato a governador”, disse o ministro.

Em seguida, ao ser questionado sobre a possibilidade de disputar o Senado da República, o ministro afirmou que esta discussão se dará mais adiante. E completou: “O presidente Bolsonaro precisa ter no Senado uma base de apoio, pessoas que tenham afinidade ao seu projeto, que possam defender o seu legado e a sua administração”, finalizou.

Grande Ponto

A capital potiguar começa a semana com a presença de três ministros: Fabio Faria (Comunicações), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), e Gilson Machado (Turismo) cumprem até da de visitas técnicas e entregas do Governo Federal.

A agenda dos ministros começa, às 10h, pelo Complexo Cultural da Rampa. O Complexo da Rampa vai abrigar o Museu da Rampa e o Memorial do Aviador, que passam por obras de ajustes e retoques finais.

Além desta visita técnica, os Ministros ainda visitarão o Forte dos Reis Magos. Na agenda está prevista, ainda, a entrega da restauração do Antigo Armazém Real da Capitania – Casa do Patrimônio. Os deputados federais, estaduais, a Governadora e secretários estaduais participam da agenda de entregas.

jul 5
terça-feira
04 34
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
41 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.903.408 VISITAS