16
jul

RN Eleições 2022

Postado às 11:13 Hs

Benes e Rogério iniciam agenda juntos em Natal

O deputado federal Benes Leocádio confirmou a pré-candidatura a governador do Rio Grande do Norte nas eleições de 2022. Benes, em entrevista a 98FM, disse que seu nome está sendo bem visto para o cargo em todas as regiões do Estado e que faltam adversários para enfrentar a governadora Fátima Bezerra.

“Assumimos à disposição de concorrer um cargo ao Executivo Estadual potiguar e colocar nosso nome como pré-candidato para avaliação da opinião pública. É mais uma missão que aceito com muita responsabilidade, ciente dos desafios que serão enfrentados. Meu nome está sendo muito bem visto nos quatro cantos do estado. Temos apoio em todos os municípios, situação que me fortalece”, disse.

O parlamentar também avisou que deve formar uma chapa para concorrer ao Senado Federal com ministros Rogério Marinho (do Desenvolvimento Regional) e Fábio Faria (Comunicações). De acordo com Benes, o nome saíra em consenso após uma conversa entre os três e o presidente Jair Bolsonaro.

Reunindo

Pré-candidatos ao Governo e Senado, o deputado federal Benes Leocádio (Republicanos) e o Ministro Rogério Marinho (Sem partido) começaram a cumprir agenda política juntos.

Foram recebidos em um almoço na casa do vereador de Natal, Aroldo Alves (PSDB). Presenças também do prefeito Álvaro Dias (PSDB), do deputado federal Beto Rosado (PP), do ex-deputado Betinho Rosado e do vereador Raniere Barbosa (Avante).

Fontes: Heitor Gregório e BG

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho (sem partido), descartou nesta quarta-feira (14) a possibilidade de ser candidato a governador do Rio Grande do Norte em 2022. Em entrevista concedida a 96 FM, o ex-deputado federal potiguar revelou ainda que o grupo político do qual faz parte está se programando para lançar um pré-candidato ao Governo do Estado até o final do mês ou início de agosto.

“Meu projeto é ser um grande ministro. No final do ano vamos nos sentar o grupo político com o presidente Bolsonaro e estou à disposição do grupo. Mas, temos conversado com pessoas que têm afinidade conosco, deputados, prefeitos, e está se articulando para lançar candidatura ao Governo do Estado como contraponto à administração que aí está, que não representa nossa visão de país ou estado. Não serei eu o candidato. não sou candidato a governador”, disse o ministro.

Em seguida, ao ser questionado sobre a possibilidade de disputar o Senado da República, o ministro afirmou que esta discussão se dará mais adiante. E completou: “O presidente Bolsonaro precisa ter no Senado uma base de apoio, pessoas que tenham afinidade ao seu projeto, que possam defender o seu legado e a sua administração”, finalizou.

Grande Ponto

A capital potiguar começa a semana com a presença de três ministros: Fabio Faria (Comunicações), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), e Gilson Machado (Turismo) cumprem até da de visitas técnicas e entregas do Governo Federal.

A agenda dos ministros começa, às 10h, pelo Complexo Cultural da Rampa. O Complexo da Rampa vai abrigar o Museu da Rampa e o Memorial do Aviador, que passam por obras de ajustes e retoques finais.

Além desta visita técnica, os Ministros ainda visitarão o Forte dos Reis Magos. Na agenda está prevista, ainda, a entrega da restauração do Antigo Armazém Real da Capitania – Casa do Patrimônio. Os deputados federais, estaduais, a Governadora e secretários estaduais participam da agenda de entregas.

Nada de Fátima Bezerra com quem tenho profundas divergências políticas e de gestão, disse Álvaro Dias ao blog do Xerife.

Num contexto político são observadas vária suposições. Ninguém pode fechar as portas em definitivo para nenhum político. Foi isso que quis dizer em relação a Fátima Bezerra. Apenas isso. Nada de possibilidade de apoio à sua reeleição, contou Álvaro Dias para acrescentar:

“Eu disse numa entrevista que tenho profundas divergências com Fátima, principalmente durante toda a Pandemia. Montei Hospital de Campanha, postos de atendimento, UBSs, tratamento de pacientes, avancei na vacina, fiz tudo o que estava ao meu alcance e continuarei fazendo. Não contei com ajuda de Fátima em nenhum momento. Até nos decretos do município ela interferiu e derrubou. Como vou apoiar quem esteve contra mim a todo momento? Eu tenho um relacionamento amigável com Fátima, mas longe da política onde, repito, temos profundas divergências”.

E mais:

“Eu tenho candidato a governador. Esse candidato é o Ministro do Desenvolvimento Rogério Marinho. Esse tem me ajudado, ajudado a Natal (RN) e ao Rio Grande do Norte (RN). Rogério está capacitado para ser Governador. No que depender do Prefeito de Natal (RN) ele será o nosso candidato”.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, cumpre agendas em Natal (RN) nesta segunda-feira (28), ao lado do prefeito Álvaro Dias, onde autorizará repasses para obras de saneamento básico na cidade e mais 10 estados e Distrito Federal, além de assinar acordos de cooperação técnica com diferentes instituições para o estabelecimento de ações nas áreas de desenvolvimento regional e habitação. Às 10h, Marinho visitará as obras de saneamento integrado nos bairros Nossa Senhora da Apresentação e Lagoa Azul. No local, ele assina a liberação de R$ 34 milhões para a continuidade das obras na capital potiguar e ações nos estados da Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, São Paulo e Sergipe, além do Distrito Federal. As intervenções na Zona Norte de Natal receberão R$ 5 milhões. No mesmo local, Marinho também assina parcerias para viabilizar a regularização de 6,5 mil imóveis no Rio Grande do Norte. Uma delas, com o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), no valor de R$ 3,5 milhões, visa promover o ensino, pesquisa e extensão voltadas à capacitação e assistência técnica para regularização fundiária urbana em áreas de interesse social no estado. A ideia é que 200 gestores públicos possam ser capacitados.

Ao discursar no canteiro de obras da Barragem de Oiticica, o presidente Jair Bolsonaro enalteceu a importância da obra para o Estado do Rio Grande do Norte.

“Essa obra não tem preço. Não são R$ 200 ou 300 milhões. Isso aqui vale vidas. Isso aqui vale o futuro de uma geração. Isso aqui vale fazer dos nossos filhos, melhor do que nós. Agradeço a Deus por esse momento”, afirmou em discurso.

Quatro Ministros acompanharam a agenda presidencial: os potiguares Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e Fábio Faria (Comunicação), além do General Heleno (Segurança Institucional) e João Roma (Cidadania).

Cinco deputados federais também compareceram: João Maia (PL), General Girão (PSL), Beto Rosado (PP), Benes Leocádio (Republicanos) e Carla Dickson (PROS). De estaduais, estavam Nelter Queiroz (MDB) e Albert Dickson (PROS), além de prefeitos, vereadores e outras autoridades.

“Graças a Deus, até o momento, não temos um só ato de corrupção em dois anos e meio do nosso Governo”, ressaltou ainda Bolsonaro no evento.

O Presidente Jair Bolsonaro participa de agenda oficial no Rio Grande do Norte na próxima quinta-feira (24). Na oportunidade, o Governo Federal assina a Ordem de Serviço para a construção do Ramal do Apodi. A cerimônia será realizada na cidade de Pau dos Ferros e, além do Presidente, também deverá contar com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. Essa é a segunda passagem do presidente por Mossoró em menos de um ano.

A obra vai levar as águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco a 54 municípios do nordeste, sendo 32 no Rio Grande do Norte, 13 na Paraíba e nove no Ceará, beneficiando 750 mil pessoas. Também ampliará em 700 mil hectares a área para agricultura irrigada na região. O investimento federal no empreendimento é de R$ 938,5 milhões.

Durante o evento, deve ser assinada, ainda, a Ordem de Serviço para a revisão do Projeto Executivo da Barragem Poço de Varas, localizada no município potiguar de Coronel João Pessoa. O projeto original foi elaborado pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) há dez anos e precisa passar por atualização do levantamento cadastral e estudos ambientais. O investimento federal nesta primeira etapa será de R$ 1,07 milhão. Quando concluída, a previsão é que a barragem garanta abastecimento a 42,4 mil pessoas, além de contribuir com pequena irrigação, piscicultura e lazer.

Foto: Web/autor não identificado

Informações sobre o evento

Assinatura da Ordem de serviço do Ramal do Apodi e do Projeto Executivo da barragem Poço de Varas

Data: 24/6 (quinta-feira)

Hora: 14h30

Local: Praça de Eventos Nossa Senhora da Conceição – Pau dos Ferros/RN

Não vai ser desta vez que a civilidade e convivência de adversários políticos será possível na agenda do presidente da República ao Rio Grande do Norte (RN).

O ministro Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional)  confirmou há pouco a Emmily Virgilio no Bom Dia RN, da Intertv Cabugi. .

A visita do presidente Jair Bolsonaro está confirmada para próxima quinta-feira, 24 com desembarque em Mossoró e destino a Jucurutu, onde visitará a Barragem de Oiticica, “obra que se arrasta desde o Governo Getulio Vargas”.

Apesar da obra ser construída com recursos federais, é o Governo do RN responsável pela execução.

– Mas a governadora foi convidada, ministro? 

Resposta de Marinho:

Hoje o Ministério enviará um ofício ao Secretário de Recursos Hídricos do Estado para representar o Governo do Rio Grande do Norte durante a visita do Presidente. 

TL

Mais um passo foi dado para a construção do Ramal do Apodi, no Rio Grande do Norte, que vai levar as águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco a 48 municípios potiguares, cearenses e paraibanos. Nesta quarta-feira (2), o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) divulgou o resultado final do edital de seleção da empresa que realizará a construção do trecho IV do empreendimento. A vencedora foi a construtora Queiroz Galvão, que apresentou o menor custo – R$ 935,8 milhões – para a execução de obras civis, aquisições, montagens, comissionamentos, pré-operação e elaboração de projetos executivos complementares. “Esta é a última etapa do Projeto de Integração do Rio São Francisco, que vai permitir que milhares de nordestinos do Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte tenham acesso à água, um bem tão valioso, especialmente para o povo que reside no semiárido”, destacou Marinho. “O compromisso do Governo Federal é de não medir esforços para finalizar esta obra tão importante para o Nordeste”, completou.

Via Heitor Gregório

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), quebrou o silêncio.

Em entrevista exclusiva à Tribuna do Norte antecipou: “Rogério Marinho, candidato ao Senado, tem meu apoio”.

Apesar de evitar uma posição mais clara quanto a um possível candidato ao Governo, o apoio de Ezequiel a Rogério é um sinal claro de distanciamento político com a governadora Fátima Bezerra (PT).

Ezequiel ainda disse estar satisfeito com o seu partido, o PSDB, acabando, portanto, com a especulação de uma possível migração para o Partido Progressista (PP).

Em mais uma ação para garantir a segurança hídrica do Rio Grande do Norte, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) vai destinar R$ 16,7 milhões para a instalação de cisternas e perfuração de poços em 47 municípios do estado.

As ordens de serviço para o início das obras, que serão conduzidas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), foram assinadas nesta segunda-feira (17), em Natal (RN), pelo ministro Rogério Marinho.

Ao todo, serão construídas 462 cisternas em comunidades rurais de sete cidades potiguares, com investimento de R$ 3,5 milhões. Além disso, a previsão é que sejam investidos R$ 13,2 milhões para a perfuração de 275 poços artesianos em 47 municípios do Rio Grande do Norte.

A ação beneficiará as cidades de Água Nova, Alexandria, Almino Afonso, Antônio Martins, Apodi, Areia Branca, Barcelona, Campo Redondo, Caraúbas, Cerro Corá, Coronel Ezequiel, Currais Novos, Felipe Guerra, Florânia, Governador Dix-Sept Rosado, Jaçanã, Japi, João Câmara, João Dias, José da Penha, Lagoa D’Anta, Lajes, Lajes Pintadas, Lucrécia, Luís Gomes, Monte das Gameleiras, Mossoró, Nova Cruz, Paraná, Pau dos Ferros, Pedra Preta, Rafael Fernandes, Riachuelo, Rodolfo Fernandes, Santa Cruz, São Francisco do Oeste, São Miguel, São Paulo do Potengi, São Tomé, Senador Elói de Souza, Serra de São Bento, Severiano Melo, Serrinha dos Pintos, Sítio Novo, Tenente Ananias, Upanema e Venha-Ver.

Prestigiaram a assinatura da ordem de serviço, o prefeito de Natal, Álvaro Dias; os deputados federais Benes Leocádio, Carla Dickson, General Girão e João Maia e os estaduais Tomba Farias, Galeno Torquato e Dr. Bernardo, além do ex-deputado Antônio Jácome, dentre outras lideranças políticas da capital e do interior

Fonte: Heitor Gregório

17
Maio

Na Femurn

Postado às 8:39 Hs

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho (sem partido), estará nesta segunda-feira (17) na sede da Femurn, a partir das 9 horas. Na oportunidade, o ministro assinará ordem de serviço para instalação de 462 cisternas em sete municípios potiguares: Luís Gomes, Jaçanã, José da Penha, Santa Cruz, São Tomé, Monte das Gameleiras e Coronel Ezequiel. O investimento federal será de R$ 3,5 milhões.

Além disso, Rogério Marinho também assina duas ordens de serviço para perfuração e instalação de 275 poços em 47 municípios do estado. No total, serão investidos R$ 13,2 milhões.

A presença da imprensa e de convidados será limitada devido aos protocolos sanitários de enfrentamento à Covid-19.

Via Lauro Jardim/ O Globo

Foto: Web/autor não identificado

Rogério Marinho está balançando — e já foi informado disso por Jair Bolsonaro.

O presidente quer (ou precisa) trocar o ministro do Desenvolvimento Regional por um legítimo quadro do Centrão — Marinho só integrou dois partido na vida, PSB e PSDB, legendas que passam longe do Centrão.

Esta era pelo menos a situação até o momento dessa nota ir ao ar. Como se sabe que Bolsonaro detesta que suas trocas de ministros sejam antecipadas pela imprensa, talvez Marinho ganhe uma sobrevida. Mas não será longa.  Problema que é fácil de resolver: Como Rogério está sem partido, é só o ministro potiguar se filiar ao partido que deseja ter mais visibilidade no Governo Federal. O PP de Beto Rosado é um dos caminhos a percorrer.

 

29
abr

Cenário Potiguar 2022 : Conjecturas

Postado às 9:57 Hs

No Rio Grande do Norte o cenário projeta um duelo de titãs na disputa pelo Governo do Estado e o Senado Federal. Isso é o que mais tem se comentado nos bastidores da política potiguar. Para enfrentar a governadora Fátima Bezerra (PT) que deverá disputar a reeleição, surgem os nomes do deputado estadual Tomba Farias (PSDB), deputado federal General Girão (PSL) e o senador Styvenson Valentim (Podemos). Apesar das incertezas, as eleições 2022, estão previstas para ocorrer nos dias 2 e 30 em outubro.

Desses, o nome que nasce com mais força para enfrentar a petista Fátima Bezerra é o parlamentar Tomba Farias, voz firme na oposição a governadora. Tomba chegaria com o apoio do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB); prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB); ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD), deputados estaduais e prefeitos de cidades-polo. Na sua chapa majoritária, o candidato a Senador seria o ministro Rogério Marinho (sem partido). Maior liderança política do Trairi e com o apoio do prefeito da capital, segundo consta, o objetivo de Tomba é buscar seu companheiro de chapa em Mossoró. A indicação partiria do prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade).

Por sua vez, a governadora Fátima Bezerra contará em seu palanque com o ex-presidente Lula (PT), apontado hoje em todas as pesquisas na corrida presidenciável como o favorito do eleitorado. O seu vice-governador seria o secretário de Desenvolvimento Econômico e ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado (PROS). Na sua base, a governadora contabiliza a senadora Zenaide Maia (PROS), o senador Jean-Paul Prates (PT), deputada federal Natália Bonavides e os deputados estaduais que lhe dão sustentação na Assembleia Legislativa e diversos prefeitos do interior do RN.

E agora viria a cartada de mestre de Fátima Bezerra. Para o Senado Federal, o convite foi formulado, é o que se propaga, para Carlos Eduardo Alves, ex-prefeito de Natal por quatro mandatos. Pelo que se comenta nas rodas políticas, como forma de unir a capital e o interior, o ex-prefeito de Caicó, Bibi Costa (PL) estaria na chapa como o 1º suplente, bem como para atrair o apoio da família Alves que tem como maior liderança o ex-senador e ex-governador Garibaldi Alves Filho (MDB). Especula-se que neste cenário, o deputado federal Walter Alves (MDB) e o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (MDB), também estariam juntos.  São conjecturas. Aguardemos…

Fonte: Blog A Fonte

 

 

06
abr

* * * QUENTINHAS… * * *

Postado às 11:49 Hs

* * * O Ministro das Comunicações, Fábio Faria, aposta todas as fichas na reeleição de Jair Bolsonaro para continuar no cargo que ocupa e tentar eleger seu pai e Ex-Governador do RN, Robinson Faria, para a Câmara dos Deputados. Fábio tem abandonado suas bases eleitorais que já estão, inclusive, se comprometendo com outros candidatos. Se Robinson for eleito em 2022, tudo bem. Caso contrário, encerra a carreira política. Se Bolsonaro perder, Fábio continuará sendo, muito provavelmente, o marido de Patrícia Abravanel. * * *

* * * Cada vez mais o Ex-deputado Federal e Ex-Ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves se aproxima da Governadora Fátima Bezerra. Já comentam que ele poderá se filiar ao PT para disputar uma vaga de deputado federal em 2022. Aguardemos ! * *  *

* * * O vereador e atual presidente da Câmara Municipal, Lawrence Amorim (SDD), pode ser o nome de Allyson Bezerra (SDD) para representar Mossoró em Brasília, como deputado federal. Lawrence tem uma trajetória exitosa na politica do estado, e em Mossoró vem se destacando. Já foi por duas vezes prefeito do município de Almino Afonso. Em 2018, Lawrence concorreu a uma vaga para deputado federal e ficou na primeira suplência de sua coligação, que elegeu o General Girão (PSL).

* * * Rogério Marinho confidenciou a um interlocutor quando esteve na Região Seridó, dias atrás, que Fábio Faria não será candidato a Senador nas eleições de 2022 “nem por cem uma cocada”. Ele sim, será o candidato de Bolsonaro. Em Mossoró foi um silêncio só. * * *

Via Lauro Jardim (Globo):

Jair Bolsonaro avisou a aliados que anunciará seu novo partido “em breve”. Repetiu que o comando da sigla escolhida nos Estados será decidida por ele.

PS: Muito provavelmente o Partido escolhido por Bolsonaro será o Patriotas. O escolhido por ele para comandar a legenda será o Ministro do Desenvolvimento, Rogério Marinho. Que deverá ser o seu candidato ao Senado ou ao Governo do Estado.

 O diretório potiguar foi todo escolhido por Rogério Marinho.

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) autorizou, nesta quarta-feira (10), o início das obras de expansão do sistema de transporte de passageiros sobre trilhos na Região Metropolitana de Natal (RN).

A ordem de serviço assinada pelo ministro Rogério Marinho vai possibilitar a implantação da Linha Branca da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). O investimento federal será de R$ 58,3 milhões. O empreendimento da Linha Branca será composto por 24 quilômetros de via, no qual serão construídas seis estações.

As cidades de São José de Mipibu e Nísia Floresta serão beneficiadas com a iniciativa – o trecho tem início na última estação da Linha Sul. A previsão é de que cerca de 6,8 mil passageiros utilizem o serviço diariamente com o acesso à capital, além de apoiar o turismo na região.

Como o blogue do Xerife já disse em nota mais abaixo:

Foto: Web/autor não identificado

Gilberto Kassab, que comanda o PSD nacional está tentando assegurar o Ministério do Desenvolvimento Regional, que é ocupado pelo ex-deputado federal norte-rio-grandense, Rogério Marinho, para o seu partido.

O Ministro das Comunicações Fábio Faria estaria “Lambendo uma Rapadura” para que a conspiração dê certo. Ele ficaria livre de Marinho para seu projeto político que ensaia para 2022: Governo ou Senado.

Ocorre que ele pode esperar deitado que em pé cansa. Bolsonaro não abre mão de Rogério nem “por cem uma cocada”. O Presidente tem Rogério como seu principal Ministro. Foi ele quem alavancou sua popularidade no Nordeste, principalmente.

Fonte: Robson Pires

jul 27
terça-feira
06 55
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
90 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.874.915 VISITAS