23
jun

Um pouco de cultura popular…

Postado às 0:27 Hs

A origem das fogueiras juninas…

 

“A fogueira tá queimando em homenagem a São João…”, cantou Luiz Gonzaga. De acordo com a tradição católica, a fogueira queimou, nas montanhas da Judeia, para anunciar o nascimento de João, no dia 24 de junho. Foi a forma que sua mãe Isabel encontrou para comunicar a chegada do filho à Maria, sua prima, que também estava grávida e seis meses depois daria luz a Jesus.

“Como Maria, Isabel também engravidou contra todas as probabilidades. Não era virgem, mas dizia-se que estava estéril e tinha idade avançada quando concebeu o último filho. Ele se tornou um pregador e ficou conhecido por batizar os gentios nas águas do Rio Jordão. […] Para ganhar de vez o apelido de `Batista´, realizou um feito capaz de fazer inveja a qualquer outro santo: abençoou o próprio Jesus”.

Antes da evangelização da Europa, na Idade Média, as fogueiras eram utilizadas em rituais pagãos, que celebravam a chegada do solstício de verão no Hemisfério Norte. Como uma maneira de dar novo significado às práticas pré-cristãs, a exemplo dos cultos solares e lunares relacionados à vida agrícola, o dia 24 de junho foi incorporado ao calendário cristão, como comemoração ao nascimento de São João Batista.

 

Quadrilhas, fogueiras e bandeirinhas. A festa junina, comemorada em todo o Brasil e que ganha grande expressão no Nordeste, tem como uma das principais tradições, as comidas típicas.

Pamonha, milho cozido, canjica, cuscuz, pipoca e bolo de milho são alguns dos alimentos consumidos nesse período. O ingrediente comum de todos eles é o milho. A nutricionista Roseanny Cristina, do Hapvida Saúde, explica que o cereal é um ótimo aliado da saúde por ser rico em vitaminas. “O milho é uma fonte de fibras para saúde, rico em vitamina A e E, é um alimento que proporciona fonte de energia e melhora no funcionamento do organismo”.

Mas, apesar do milho trazer benefícios à saúde, a preparação dos pratos com outros ingredientes pode não ser tão saudável. “Os ingredientes que levam nas comidas de típicas, como manteiga e açúcar, podem acarretar problemas futuros. Sendo também prejudicial a um paciente diabético ou hipertenso”, ressalta a nutricionista.

Outros alimentos que fazem parte do cardápio da festividade são os doces: vatapá, mugunzá, paçoca, baião de dois e pé de moleque. Com tantas opções dessa culinária típica, a palavra chave é moderação.

Segundo a profissional, é possível fazer a substituição de ingredientes. “Na hora de preparar os alimentos, pode trocar determinados itens por leite desnatado, açúcar demerara ou orgânico e manteiga orgânica”, ressalta.

24
jun

Origem da fogueira de São João

Postado às 21:59 Hs

“A fogueira tá queimando em homenagem a São João…”, cantou Luiz Gonzaga. De acordo com a tradição católica, a fogueira queimou, nas montanhas da Judeia, para anunciar o nascimento de João, no dia 24 de junho. Foi a forma que sua mãe Isabel encontrou para comunicar a chegada do filho à Maria, sua prima, que também estava grávida e seis meses depois daria luz a Jesus.

“Como Maria, Isabel também engravidou contra todas as probabilidades. Não era virgem, mas dizia-se que estava estéril e tinha idade avançada quando concebeu o último filho. Ele se tornou um pregador e ficou conhecido por batizar os gentios nas águas do Rio Jordão. […] Para ganhar de vez o apelido de `Batista´, realizou um feito capaz de fazer inveja a qualquer outro santo: abençoou o próprio Jesus”, comenta Luciana Chianca, professora de Antropologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Segundo Luciana, tais feitos conferiram a João Batista um lugar de honra entre os santos católicos: ele é o único do qual se comemora, assim como Jesus, o dia do nascimento e não o da morte, como os demais santos. Antes da evangelização da Europa, na Idade Média, as fogueiras eram utilizadas em rituais pagãos, que celebravam a chegada do solstício de verão no Hemisfério Norte. Como uma maneira de dar novo significado às práticas pré-cristãs, a exemplo dos cultos solares e lunares relacionados à vida agrícola, o dia 24 de junho foi incorporado ao calendário cristão, como comemoração ao nascimento de São João Batista.

“Naquele continente, a diferença entre as estações é bem marcada por um contraponto: o solstício de verão – dia com maior duração da luminosidade do sol (21 de junho) –, e seis meses depois, o solstício de inverno – dia menos beneficiado pela luz solar (21 de dezembro). Entre os mais importantes cultos solares, registrava-se por toda a Europa a queima noturna de fogueiras no solstício de verão, para festejar a vitória da luz e do calor sobre a escuridão e o frio. A Igreja Católica adotou esses marcos cósmicos, atribuindo aos primos João e Jesus dois momentos de honra para seus nascimentos: o primeiro, perto do solstício de verão; o segundo, perto do solstício de inverno”, explica Luciana Chianca.

Reza a tradição popular que, para cada santo junino, a fogueira tem de ser armada de uma determinada maneira: a de São João deve ter uma base arredondada, já a de Santo Antônio deve ser quadrada e a de São Pedro, triangular.

 

26
jun

Passeio

Postado às 9:59 Hs

Passeio junino no comando da Braavo Turismo

 

O Mossoró Cidade Junina está acabando, mas ainda dá tempo de programar um passeio super divertido com toda turma reunida a bordo do Pau de Arara Eletrônico. A Braavo Turismo, responsável em organizar os passeios fechados para grupos de turistas e outros, tem dicas excelentes para tornar o passeio junino um momento único.

Lembrando ainda que nos passeios organizados pela Braavo, o cliente escolhe o local de saída, data, horário e percurso. Tudo na medida certa! Informações e reservas através do (84) 3323-0345.

29
Maio

Pré-São João do Hotel Thermas

Postado às 9:39 Hs

08
Maio

Pré-São João…

Postado às 4:00 Hs

20
Maio

Arraiá do Thermas 2012

Postado às 18:00 Hs

1º Arraiá do Thermas Hotel e Resort

 

O Thermas Hotel e Resort é só festa nos dias 31 de maio, 01 e 02 de junho, quando realizará o seu primeiro Arraiá. Na programação, apresentação de quadrilhas juninas estilizadas, barraca de comidas típicas e muito forró com as bandas Forró dos 3, Forró Mais Eu, Vamu Xamegar & Tetê Pessoa, Banda Arrocha o Nó, Forró Jogo de Cintura, forró Danado e Forró da Elite, além de decoração junina preparada especialmente para os três dias de festa e muito mais. As noites de festejos juninos terão início sempre às 21h.

 

Hóspedes e clientes com cartão passaporte terão acesso gratuito.Os ingressos antecipados estarão à venda na loja ZZ, no Mossoró West Shopping.Convide a turma, participe conosco dessa grande festa.

16
Maio

Made in Mossoró !!!

Postado às 20:41 Hs

# # Chegando o periodo junino e a  ciddae respira São João o mês inteiro,com ele vem tambem o perigo dos fogos de artifícios,os cuidados devem ser redobrados com o manuseio.Fica à dica. Todo cuidado é pouco. # #

# # A Paróquia de São João do bairro Doze Anos já nos preparativos para a festa do padroeiro que tem início no dia 14 de junho e prossegue até 24/06,este ano o lema da festa é “Quem me ama guarda a minha palavra.” # #

# # O nosso agradecimento a todos que acreditaram e acreditam em nosso trabalho. Você é o nosso diferencial. A verdadeira audiência qualificada. Obrigado webleitor ! Continue conosco…# #

# # Valber Fernandes anima Sexta Sertaneja no Sélect. O cantor Valber Fernandes é a atração de mais uma Sexta Sertaneja no Sélect Nouveau. A festa, que acontece a partir das 22h, da noite de 18 de maio, proporcionará ao público muita diversão. Durante a programação a banda Forró do Bode também sobe ao palco do Sélect. Para completar a alegria, até as 23h a entrada de universitários é gratuita. No sábado, 19, tem ‘Especial Balada Anos 80’ com Alfredo & Os Caras e Caixa Pop.# #

# # Os do contra a realização do Mossoró Cidade Junina 2012 já começaram o tiro teio, desta vez o apelo é que  “A seca está assolando o município”,porém muitos deveriam saber que o evento movimenta a economia da cidade. Estive conversando com uma empresária do ramo de vestuário e a mesma foi enfática em dizer este periodo de vendas é ótimo só perdendo para o Natal.Conta outra, mas a seca é algo que temos que aprender a conviver,e emprego e renda são formas de amenizar os efeitos causados pela falta de chuvas. Acabar com o evento não resolve o problema da estiagem. Acordem !!! # #

# #  O nosso obrigado ao casal anfitrão  Ailton Farias e Leônia pela deferência a este blogueiro e a minha família quando  estivemos em Umarizal no último final de semana  aproveitando o Umarizal FEST 2012.Evento que promete permanecer entre as grandes micaretas do RN.Difícil nos dias atuais a realização de evento deste tipo.Além da tranquilidade a alegria era vista em todos os quadrantes da cidade. Que vem outros !!

# # Participe do nosso trabalho enviando sugestões para o nosso email:contato:paduabarreto@bol.com.br ou contato@paduacampos.com.br ou ainda pelo twitter e facebook.   Para nós você é o nosso diferencial !# #

15
Maio

Mossoró ti espera em JUNHO !!!

Postado às 17:12 Hs

Vai começar o Maior e mais animado Arraiá do Brasil, é isso mesmo é o Mossoró Cidade Junina , já entre os Tops Nacionais do gênero.

Em sua 16ª. edição do Mossoró Cidade Junina, começar prá valer  no dia 09 de junho com o Pingo da Mei’Dia. A dupla Ítalo e Renno, as bandas Forró dos Plays e Forró dos 3 animarão a festa, que contará com o trio elétrico Brocoió puxando o comboio junino no Corredor Cultural. As apresentações musicais na Estação começarão no dia 14 e seguem até o dia 30, de quinta a sábado.

 

Confira a programação completa.

 

– Circo do Forró (quintas e sextas) – 21h

– Forró dos Cafonas (sábados) – 21h

– Forraço (quarta, 27 de junho) – 21h

– Shows musicais (quinta a sábado) – 21h

 

Grade de Programação do MCJ 2012

Sábado (09/06) –

Pingo da Mei’Dia – Ítalo e Renno, Forró dos Plays e Forró dos 3.

Quinta (14/06)

Forró Doidera, Forró da Curtição e Garota Safada.

Sexta (15/06)

Encaixe Perfeito, Pegada de Luxo, Saia Rodada e Toca do Vale.

Sábado (16/06) 

Samba Nobre, Forró do Gordim, Forró Danado, Aviões do Forró e Bakulejo.

Quinta (21/06)

Flor Mania, Banda Líbanos e Furacão do Forró.

Sexta (22/06) –

Messias Paraguai, Forró Arretado, Bonde do Brasil e Forró Pé de Ouro.

Sábado (23/06)

Genê di Paula e Banda, Nataly e Banda Abadala, Bonde das Gatinhas, Forró do Muído e Gilvan Costa e Forró Remelexo.

Quarta (27/06) 

20h – Forraço/ INTER TV

Quinta (28/06) 

Forró Mais Eu, Cavalo de Aço e Dorgival Dantas.

Sexta (29/06) –

Roberto e Banda Maior Expressão, Forró dos 3, César Menotti e Fabiano e Jogo de Cintura.

Sábado (30/06) 

Papel Gomes, Andrade Jr. e Banda, Eliane, Ferro na Boneca e Banda Inala.

 

 

23
jun

Tradição Continua…

Postado às 21:07 Hs

As comemorações juninas são tantas que às vezes passamos desapercebidos de algumas tradições. São tantas festas, “arraiás”, forrós tradicionais, quadrilhas, que deixamos de comemorar o sentido principal da festa de São João.

Hoje é noite de São João e, pela tradição, é a noite de acender uma fogueira em cada casa ou cada rua.

Nas comunidades rurais também não se passava por uma casa sem se passar por uma fogueira. Hoje em dia essa tradição ainda não está perdida nessas comunidades, mas acredito que não seja mais tão forte como antes.
.
Isso vale também para o dia 28 de junho, noite de São Pedro. Em alguns Casos e bairros afastados do centro ainda é possivel  ver as fogueiras e as crianças soltando fogos.

11
jun

Rosalba e José Agripino no Cidade Junina

Postado às 20:44 Hs

O público marcou presença na primeira noite da temporada de shows do Mossoró Cidade Junina que segue com sua programação até 28 de junho.

Em plena quinta-feira (10), a Estação das Artes Eliseu Ventania ficou pequena para a grandiosidade do público que esperava ansiosa o fenômeno do forró nacional, a banda Aviões do Forró. E no meio do público, a senadora Rosalba Ciarlini (DEM-RN), que criou o Mossoró Cidade Junina quando era prefeita da cidade, participou da festa visitando barracas, camarotes, concedendo entrevistas e falando com o público que também assistiu ao Forró do Bom.

A senadora ficou impressionada com a presença do público. “Mesmo sendo dia de semana, numa quinta-feira, muita gente na rua, turistas de muitos lugares e a cidade em festa e preparada para receber os visitantes no maior São João do Brasil”, disse Rosalba que ainda pretende voltar mais vezes para o Mossoró Cidade Junina e para o Chuva de Bala no País de Mossoró, aliando a festa com sua agenda de compromissos.

“O “Chuva de Bala no País de Mossoró” é, sem dúvida, uma das maiores referências do evento Mossoró Cidade Junina”, disse Rosalba que recomenda a todos o espetáculo ao ar livre, que celebra o espírito libertário dos mossoroenses, ao contar a história de resistência ao bando de Lampião.

out 24
domingo
02 54
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
47 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.882.999 VISITAS