As Estimativas de População dos municípios, divulgadas hoje pelo IBGE, mostram que quase um quarto dos 5.570 municípios brasileiros (1.378 municípios) tiveram redução populacional. Além disso, em mais da metade deles (2.986), as taxas de crescimento populacional foram inferiores a 1%, e em apenas 258 municípios (4,6% do total) o aumento foi igual ou superior a 2%.

A redução populacional concentra-se, principalmente, no grupo de municípios com até 20 mil habitantes (32,5% ou 1.236 municípios). Por outro lado, aqueles com mais de 100 mil a um milhão de habitantes tiveram a maior proporção de municípios com crescimento acima de 1% (45,5% ou 133). Dez dos 17 municípios com mais de um milhão de habitantes tiveram taxas de crescimento entre 0,5% e 1% ao ano. A diminuição de habitantes ocorre com mais frequência na região Sul, enquanto no Norte e o Centro-Oeste estão as maiores proporções de municípios com taxas de crescimento acima de 1%.

No raio-x da evolução do país desde o começo do século 21, o município de Severiano Melo, no Rio Grande do Norte, está entre cidades que mais diminuíram, segundo gráfico divulgado pelo jornal Folha de São Paulo. A contagem populacional, entre outros objetivos, é utilizada para calcular as cotas do Fundo de Participação de Estados e Municípios.

26
jun

No Oeste

Postado às 16:27 Hs

Em Severiano Melo, PSDB terá candidato a vice-prefeito

O PSDB realizou neste sábado (25) um grande encontro na cidade de Severiano Melo, quando decidiu pela indicação de Dr. Chico Filho como candidato a vice-prefeito do município, na chapa encabeçada por Jacinto de Carvalho, do Solidariedade, que é o atual vice da cidade. O evento foi realizado na comunidade rural de Santo Antônio, e contou com a presença do deputado estadual Kelps Lima, presidente do Solidariedade no Rio Grande do Norte.

Para o presidente do PSDB de Severiano Melo, vereador Bruno Melo, que também preside a União de Vereadores do RN (Uvern), a presença de Chico Filho fortalece ainda mais o nome de Jacinto na disputa. “Estamos todos unidos e com consciência de que este é o melhor caminho para o futuro de Severiano Melo”, disse Bruno. Também estiveram presentes no encontro vereadores e lideranças da região.

28
fev

Informativo

Postado às 0:39 Hs

O SEBRAE/RN pretende expandir as áreas de cultivo de tilápia em tanques escavados no Rio Grande do Norte. Piscicultores da cidade de Severiano Melo, que fica a 357 quilômetros de Natal, na região Oeste, serão alvo de projeto, que visa capacitar criadores de peixes para ampliar produção de tilápia. Inicialmente, dez produtores do município serão contemplados com consultorias e orientações com foco em sustentabilidade. A iniciativa faz parte do Projeto Setorial de Piscicultura do Sebrae, que realizou na semana passada, uma reunião para apresentar a proposta a um grupo de produtores rurais do município, interessados em cultivar tilápia em tanques escavados. O projeto tem o objetivo de orientar o cultivo da tilápia seguindo os preceitos da sustentabilidade, com foco no mercado.
12
fev

Feira agroecológica

Postado às 21:36 Hs

O comércio de gêneros cultivados sem defensivos agrícolas e mais saudáveis por parte de agricultores familiares estará à disposição da população de mais um município potiguar. O SEBRAE/RN, através do Escritório Regional no Alto Oeste, lança a feira agroecológica na cidade de Severiano Melo, nesta quinta-feira (13). O evento ocorre em frente ao Mercado Público da cidade, às 6h. A feira faz parte das ações do Programa Agroecológico Integrado e Sustentável(PAIS). O PAIS é resultado de uma parceria entre o Sebrae, a Fundação Banco do Brasil e o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES). O programa aproveita pequenas áreas para produzir integradamente várias culturas, desde hortaliças a animais, sem agredir o ambiente. O Projeto possibilita que pequenos agricultores tenha condição de cultivar os gêneros que necessitam e ainda fazer negócios, com a venda do material excedente em feiras agorecológicas.

Nas proximidades do riacho da Malhada Vermelha teve inicio a povoação do Bom Lugar,voltada para a atividade agropastoril.Era uma terra muito ligada ,em seus primeiros dias de colonização de Apodi.Contando com uma produtiva agricultura e sinais efetivos de avanço no setor pecuário,o povoado  do Bom Lugar,nos idos de 1929,já era um contigente populacional com um razoável número de moradias e uma escola pública.

Com o transcorrer dos anos,Bom Lugar foi se tornando,cada vez mais,uma terra agrícola, com a força da cultura do algodão fazendo com que a lavoura substituísse a pecuária.Nesse período de gradativo desenvolvimento,o povoado também recebeu influência positiva do crescimento experimentado pelo município de Itaú.

Em 3 de dezembro de 1963,pela lei nº 2.991 Bom Lugar foi desmembrado de Itaú, tornando-se município com o nome de Severiano Melo. O nome dado ao novo município foi uma homenagem a um filho de uma tradicional família existente entre as terras de Apodi e Itaú,líder regional.grande incentivador da terra encravada as margens do Rancho da Malhada Vermelha e praticamente fundador da cidade.

O município de SEVERIANO MELO está localizado na região do Médio Oeste, a 380 km de Natal, tendo uma extensão territorial de 141 km2, onde residem 5.752 habitantes.Pelos dados do último censo a cidade perdeu um grande número de habitantes. A cidade conta com os açudes Malhada Vermelha e Quebradas que armazenam juntos 9 milhões de metros cúbicos.

A economia local é baseada na agricultura. Feijão, caju e, principalmente, castanha de caju (sendo uma das cidades do RN que mais produz) são os principais itens que compõem o cenário comercial do município. O comércio da cidade sobrevive graças ao funcionalismo público,aos aposentados e a programas sociais do governo federal. Apesar de ser grande produtora de castanha de caju, a cidade não possui uma grande fábrica de beneficiamento ou cooperativa, sendo que a produção é quase toda escoada para municípios vizinhos, como Umarizal e Itaú. Um maior incentivo por parte do governo municipal na área da agricultura, no artesanato, pequenas cooperativas, etc, impulsionaria mais o comércio da cidade.

A economia do município é baseada nas atividades pastoris e na produção agrícola. No artesanato destaque para a confecção de chapéus e esteiras fetas com palha de carnaúba e a fabricação de panelas e estatuetas de barros. As manifestações populares são vistas em toda as partes através da presença de violeiros e cantadores por ocasião dos festejos juninos,com a apresentação do casamento matuto e de quadrilha roceira.

Durante a última semana de novembro ocorre a festa da padroeira Nossa Senhora das Graças,com atos religiosos e animação popular que conta com a presença de fiéis das cidades vizinhas.Dia 26 de Novembro é feriado religioso na cidade.

jul 6
quarta-feira
04 09
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
48 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.903.504 VISITAS