15
abr

* * * QUENTINHAS… * * *

Postado às 10:03 Hs

* * * Em um ano, o número de internautas no Brasil aumentou em 6,1 milhões de pessoas. Havia no País, ao final de 2019, 143,5 milhões pessoas conectadas à internet (78,3%). Os números são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad C), com levantamento feito no 4º trimestre de 2019, divulgada, ontem, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). * *

* * * Três das 27 capitais brasileiras paralisaram a aplicação da primeira dose contra a Covid, ontem, por falta de doses: João Pessoa – que também deixou de aplicar a segunda dose –, Rio Branco e Salvador. Além delas, em Curitiba, a ampliação primeira dose para pessoas com 66 anos ou mais, que começou na terça-feira passada, foi suspensa ontem. Outros grupos que já vinham recebendo a primeira dose seguem sendo imunizados. * * *

* * * O presidente Jair Bolsonaro disse, ontem, que o Brasil está na iminência de uma “crise enorme”. Afirmou que só aguarda uma “sinalização” do povo para agir, sem detalhar o que seria essa ação. Bolsonaro também criticou recentes decisões do STF e medidas de isolamento social para conter a pandemia. Falou que dá tempo de evitar o “aumento da temperatura” no País. “É só parar de usar menos a caneta e um pouco mais o coração”, afirmou. “O Brasil está no limite. O pessoal fala que eu devo tomar uma providência. Estou aguardando o povo dar uma sinalização porque a fome, a miséria e o desemprego está aí [sic], só não vê quem não quer. Ou quem não está na rua. Eu sempre estive na rua”, disse. * * *

O Brasil recebeu neste domingo (21) mais de 1 milhão de doses da vacina contra a Covid-19 fabricada pela AstraZeneca/Oxford. No total, 1.022.400 doses de imunizantes adquiridos por meio do Covax Facility chegaram ao aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, por volta de 17h30, na primeira entrega feita pelo consórcio ao país. O acordo do Brasil com o consórcio, que é uma iniciativa liderada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), prevê mais de 42 milhões de doses neste ano. O Fundo Rotatório da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), responsável pela aquisição via Covax Facility das vacinas contra a Covid-19 para os países das Américas, enviou ao Brasil as doses da vacina AstraZeneca/Oxford, fabricada pelo SK Bioscience, da Coreia do Sul.
16
mar

Brasil 100% vacinado

Postado às 12:47 Hs

O Ministério da Saúde publicou, em edição extra do Diário Oficial da União desta segunda-feira (15), dois extratos de dispensa de licitação para a compra de vacinas contra a covid-19 junto aos laboratórios Janssen Pharmaceutica e Pfizer. O valor total a ser usado para a compra das vacinas é de quase R$ 8 bilhões, sendo R$ 2,139 bilhões para a Janssen; e R$ 5,63 bilhões para a Pfizer.

No dia 12, a Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, em caráter emergencial, a produção da vacina Janssen, de dose única, da farmacêutica norte-americana Johnson & Johnson, para uso contra a covid-19. As duas vacinas anteriores aprovadas pela OMS – a Pfizer/BioNTech e AstraZeneca/Oxford – requerem duas doses para completar o ciclo de imunização da população, sendo que a Pfizer precisa ser armazenada a temperaturas ultrageladas.  A vacina Janssen pode ser guardada em geladeira comum

Marcelo Queiroga assume o cargo com mais de meio bilhão de doses de vacina já contratadas. Na sua coletiva de ontem, em tom de prestação de contas, Eduardo Pazuello fez um balanço de todas as doses revistas. A melhor notícia da coletiva do ministro Eduardo Pazuello (Saúde) foi que o Brasil comprou mais doses que o suficiente para imunizar 100% da população. Teremos mais de 100 milhões de doses para eventual reforço.

Diante do agravamento dos casos de Covid-19 no país e da disseminação da nova variante brasileira do coronavírus, governadores de 14 estados pediram nesta quinta-feira (4), em carta enviada ao presidente Jair Bolsonaro, que o governo federal adote medidas e procure organismos internacionais a fim de adquirir mais doses de vacinas.

Os governadores alegam no documento que estão no “limite” e que a vacinação em massa “é a alternativa que se afigura como a mais recomendável, e, provavelmente, a única capaz de deter a pandemia”.

“Neste momento, há novas, reais e importantes justificativas para que o Brasil obtenha, com celeridade, novas remessas de imunizantes, a principal delas é a chegada e a rápida disseminação, já no estágio de transmissão comunitária, da nova variante P1, que tem se revelado ainda mais letal, prejudicando os esforços para proteger a vida de nossas cidadãs e cidadãos, bem como de suas famílias”, afirmam os governadores no documento.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que, até o momento, os dados públicos de notificações do uso de vacinas contra covid-19 no país não indicam qualquer relação das vacinas com eventos adversos graves ou mortes. De acordo com a Anvisa, não houve alteração na relação de risco e benefício dos produtos.

Em nota, a agência reguladora explicou que a avaliação benefício-risco leva em conta um conjunto grande de informações e os registros informados pelos usuários são apenas uma dessas fontes. As outras envolvem os relatórios de segurança das fabricantes, os sinais de segurança gerados pelo modelo matemático da Organização Mundial da Saúde (OMS), a troca de informações com outras autoridades regulatórias e a discussão em grupos de especialistas.

“Até o momento, não há nenhum caso de óbito conhecido que tenha relação estabelecida com o uso das vacinas para covid-19 autorizadas no país. As vacinas em uso no Brasil são consideradas seguras”, informou a agência. “Já é esperado que pessoas venham a óbito por outros motivos de saúde e mesmo por causas naturais, tendo em vista a taxa de mortalidade já conhecida para cada faixa etária da população brasileira”, completou.

Francieli Fantinato, coordenadora do PNI (Programa Nacional de Imunizações) disse nesta 3ª feira (26.jan.2021) que o país precisa de 154 milhões de doses para imunizar os grupos prioritários contra a covid-19. Ela afirmou que aproximadamente 77,2 milhões de pessoas têm preferência. O Brasil tem, até o momento, 12,1 milhões de doses: 10,1 milhões da CoronaVac e 2 milhões da Oxford/AstraZeneca. Fantinato apresentou as informações durante videoconferência sobre orientações para profissionais de saúde acerca da vacinação contra a covid-19. Ele também afirmou que o cronograma da vacinação contra a covid-19 será detalhado em notas técnicas conforme as doses forem disponibilizadas. Também participam Marcela Alvarenga, assessora técnica de atenção básica do Conasems (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde), e Nereu Mansano, assessor técnico de vigilância em saúde do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde).

O Ministério da Saúde informou ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta terça-feira (15), que o governo prevê iniciar a vacinação contra a Covid-19 em até cinco dias após o registro ou

Foto: Frank Augstein/Pool/Reuters/Arquivo

autorização das doses pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a entrega dos primeiros lotes.

Ainda de acordo com esse novo documento, a vacinação no Brasil deve ser concluída em 16 meses – quatro meses para vacinar todos os grupos prioritários  e, em seguida, 12 meses para imunizar a “população em geral”.

A informação foi entregue ao STF pela Advocacia-Geral da União (AGU) em resposta a um pedido do ministro Ricardo Lewandowski, que pediu dados complementares sobre o plano de imunização enviado ao Supremo na última sexta (11). Lewandowski é relator de duas ações sobre o tema.

No domingo (13), o ministro determinou que o ministro Eduardo Pazuello apresentasse a previsão de início e término do plano, além de detalhar suas fases de implantação.

O documento protocolado pela AGU não tem datas precisas – o governo reafirma que isso só será definido quando a Anvisa aprovar o uso das vacinas no Brasil.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou ao Poder360 que assim que um imunizante contra a covid-19 for autorizado para o sistema público, ele poderá também ser aplicado por hospitais e clínicas particulares. Isso deverá valer já no começo de 2021 –quase ao mesmo tempo em que a vacina começar a ser aplicada pelo serviço público de saúde nos Estados. O presidente da ABCvac (Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas), Geraldo Barbosa, disse que foi informado de que a permissão será simultânea para a rede particular e o setor público no fim da semana passada. Antes, a interpretação era de que essa autorização viria só mais tarde. A associação não contestava a ideia de que o setor privado ficasse para depois. Ofereceu a estrutura das clínicas para treinamento de equipes de saúde pública e até mesmo como espaços para a aplicação das vacinas. A remuneração seria pelo custo. Não houve resposta do governo a essa proposta.
05
out

Campanha

Postado às 10:18 Hs

A campanha de vacinação contra a poliomielite vai começar nesta segunda-feira (5) no Rio Grande do Norte seguindo o início da Campanha Nacional de Multivacinação, do Ministério da Saúde, que visa atualizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes com até 15 anos de idade. No estado, a campanha é coordenada pelo Programa Estadual de Imunizações da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).
A intenção da campanha, segundo a Sesap, é reduzir o risco de reintrodução do poliovírus selvagem no país, oportunizar o acesso às vacinas, atualizar a situação vacinal, aumentar as coberturas vacinais e homogeneidade, além de diminuir a incidência das doenças imunopreveníveis e contribuir para o controle, eliminação e erradicação dessas doenças.
No Rio Grande do Norte, o último caso de poliomielite registrado aconteceu em 1989, no município de São José do Seridó. Desde lá, o estado está livre da doença. Em setembro, dados da Sesap apontaram que metade das crianças potiguares com até dois anos não recebeu todas as vacinas que deveria.
O dia D da campanha em todo o Brasil será em 17 de outubro. O encerramento acontece no dia 30.
O público-alvo de vacinação contra a poliomielite são crianças menores de 5 anos de idade – com estratégias diferenciadas para as crianças menores de um ano e para aquelas na faixa etária de 1 a 4.

Na multivacinação, o grupo visado são as crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade. Nesse caso, serão ofertadas todas as vacinas do calendário básico de vacinação da criança e do adolescente. Um dos focos nacionais é na vacina contra o sarampo.
Sem casos desde 1990, o Brasil recebeu em1994 da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) a certificação de área livre de circulação do poliovírus selvagem aliado aos demais países das Américas.

Em um estudo sobre o novo coronavírus, pesquisadores do Instituto de Virologia Humana da Universidade de Maryland (Estados Unidos) indicam a possibilidade de a vacina oral contra a poliomielite, conhecida popularmente como “gotinha”, pode oferecer uma proteção temporária contra a covid-19. O efeito seria um dos não específicos da vacina.

O estudo foi publicado na revista científica Science, nesta sexta-feira (12), e traz evidências de que a gotinha e a vacina para a tuberculose, conhecida como BCG, podem dar ao organismo humano proteções contra infecções, sendo as respiratórias uma delas – como é o caso da covid-19.

A primeira evidência encontrada por pesquisadores que ligou a vacina BCG ao novo coronavírus foi que os países que ofereceram amplamente a vacina a população e fizeram campanhas de estímulo à imunização contra a tuberculose tiveram taxas menores de infecção da covid-19.

A semelhança apontada por pesquisadores entre o novo coronavírus e o poliovírus está no fato de que ambos microrganismos possuem uma cadeia positiva de RNA (material genético usado para sua replicação em células humanas). Por conta disso, os cientistas escrevem no estudo que os dois vírus possam ser afetados pelo mecanismo das vacinas já existentes.

Se as vacinas já existentes, que podem ser produzidas em massa, se provarem definitivamente efetivas contra o novo coronavírus em futuros estudos, a pandemia pode estar com os dias contados. Até lá, a principal esperança da comunidade científica está em vacinas que estão na fase três de testes, como a Coronavac, que será testada no Brasil, e as vacinas da farmacêutica Moderna e da Universidade de Oxford.

Exame

22
Maio

Faltando…

Postado às 18:43 Hs

454 mil pessoas ainda não tomaram vacina contra a gripe no RN

Quase metade das pessoas que precisam tomar a vacina da gripe ainda não foram imunizadas no Rio Grande do Norte. No estado, mais de 860 mil pessoas fazem parte do público-alvo da campanha e 454 mil ainda não foram imunizadas. A campanha de vacinação segue até o próximo dia 26.

Têm direito a tomar a vacina quem tem mais de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores da saúde, gestantes, mães recentes até 45 dias após o parto, portadores de doenças crônicas, indígenas e professores da rede pública e privada.

Na Grande Natal, os municípios que mais conseguiram imunizar foram Extremoz com 61%, Macaíba com 60%, São Gonçalo do Amarante, com 57%, Parnamirim com 53% e Natal com 47%.

11
set

SAIBA TAMBÉM…

Postado às 9:11 Hs

# # Empossados

A prefeita Cláudia Regina empossou vinte novos guardas civis, na manhã desta terça-feira, 10, em solenidade no Salão dos Grandes Atos, no Palácio da Resistência. Os guardas municipais empossados reforçarão as atividades desenvolvidas na Base Integrada Cidadã (BIC), instalada no bairro Santo Antônio. Cláudia Regina afirmou que o momento é de grande importância para o município, que começa a reescrever a história da segurança na cidade. “A Prefeitura reafirma o compromisso com os novos guardas e com toda a Mossoró, garantindo o cumprimento de suas obrigações com responsabilidade e planejamento”, declarou. A prefeita reforçou que os novos guardas atuarão na BIC, fortalecendo as ações de segurança pública realizadas no Santo Antônio. “Trabalhando de forma planejada e integrada, estamos devolvendo a comunidade o sentimento de pertencimento e garantindo que a população possa circular sem medo em seu bairro”, disse.

# # Brasil vence Portugal em jogo amistoso

Com direito a porradas dos defensores rivais, virada e golaço de Neymar, a seleção brasileira venceu Portugal, nesta terça-feira, nos Estados Unidos, por 3 a 1. O amistoso teve cara de partida de competição, com rivalidade entre os jogadores e superação dos brasileiros. O jogo começou tenso, com os defensores portugueses irritando os brasileiros. Bruno Alves deu um pisão em Bernard e uma cotovelada em Neymar. Apesar disso, não levou cartão amarelo nos lances. A seleção brasileira iniciou praticamente com a mesma formação da goleada sobre a Austrália. A única diferença foi a ausência de Marcelo, lesionado, que deu lugar a Maxwell. No meio campo, Ramires fazia a função de armador. Com um jogo equilibrado, os dois times tentavam tirar vantagens dos erros do rival. Portugal teve mais sorte no início. Aos 17 minutos, Maicon tentou atrasar uma bola de cabeça para Júlio César e deu um presente para Raul Meireles, que aproveitou o equívoco do lateral e tocou para o gol. O Brasil, aparentemente, não se abalou com o gol e foi para cima dos portugueses. Após uma tentativa de ataque, o time teve um escanteio. Neymar cobrou e Thiago Silva subiu mais que todo mundo e cabeceou com força para dentro do gol.

# # PSB na chapa majoritária

Depois da reunião da presidente estadual do PSB, vice-prefeita Vilma de Faria, com a bancada de deputados estaduais do partido saiu a definição de integrar a chapa majoritária, mas ainda sem o anúncio de qual o cargo a disputar. O discurso oficial é comum entre os deputados que participaram da reunião. Eles defendem um fortalecimento da legenda. Depois do encontro, pessoas ligadas à vice-prefeita garantem que a disposição dela é concorrer ao Governo do Estado ou ao Senado. Embora o PSB potiguar já tenha deflagrado conversas com partidos integrantes da oposição ao Governo Rosalba, como PSD, do vice-governador Robinson Faria; e o PT, da deputada federal Fátima Bezerra, a indefinição do governador de Pernambuco Eduardo Campos, presidente nacional do PSB, dificulta as negociações. Caso dispute a Presidência da República, a candidatura de Campos vvai criar barreiras aos projetos de aliança do PSB no Rio Grande do Norte. Liderados de Vilma de Faria garantem que essa é uma das preocupações da vice-prefeita. Já que ela teme que Eduardo Campos possa impor um palanque próprio para o PSB no Rio Grande do Norte.

# # O imortal da ABL

Começou pontualmente, às 21h desta terça-feira (10), a cerimônia de posse do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) na cadeira 36 da Academia Brasileira de Letras (ABL), no Centro do Rio. Com 82 anos, o sociólogo e escritor foi eleito na sucessão do acadêmico e jornalista João de Scantimburgo (1915-2013), no dia 27 de junho deste ano, com 34 dos 39 votos. “A ABL funciona como uma tocha olímpica. Ao passar uma cadeira para outro, os membros mostram continuidade. Agradeço o convite e a honra de me sentar nessa cadeira. Não foram poucas as vezes que participei de momentos cheios de significados”, disse Fernando Henrique, em discurso. Ainda em seu discurso, o ex-presidente mencionou as manifestações que começaram no Brasil em junho deste ano. “Cabe a todos nós, políticos, artistas, escritores, cientistas ou, simplesmente, cidadãos que prezam a liberdade, passarmos da escuta à ação. Eu fui presidente da república e eu não queria que confundissem minha posição política e meu status de presidente com a minha qualidade de intelectual”, afirmou.

# # Um novo partido o PROS

A maioria dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) votou ontem (10), a favor da criação do Partido Republicano da Ordem Social (PROS), fundado no dia 4 de janeiro de 2010. O julgamento foi suspenso por um pedido de vista da ministra Luciana Lóssio. De acordo com o site do partido na internet, a legenda teve origem em Planaltina de Goiás (GO), região do entorno do Distrito Federal. A principal proposta é a redução de impostos. No pedido de registro feito ao TSE, o partido informou ter cumprido todas as exigências da Justiça Eleitoral, como o número de assinaturas mínimas de apoiadores em nove estados. O PROS pediu ao tribunal que a legenda seja identificada com o número 90. O partido conseguiu reunir mais de 515 mil assinaturas. Se o registro for aprovado, o Brasil terá 31 partidos registrados no TSE.

# # Fim da greve

Aos poucos, o serviço público vai se normalizando no Rio Grande do Norte com o fim das greves que vinham paralisando o Estado. Nesta quarta-feira (12) mais uma categoria profissional volta ao trabalho. Os policiais civis retornam às atividades, depois que o Tribunal de Justiça determinou ao trabalho de ao menos 70% da categoria. O fim da paralisação foi definida em assembleia, ontem à noite. A normalização do serviço público é um alívio para a governadora Rosalba Ciarlini.

# # Vacine seu bichinho…

O próximo sábado (14), será o Dia “D”de maior mobilização da Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica 2013. A vacina é indicada para animais a partir dos três meses de idade, não tem contra indicação e é gratuita.

# # O Brasil pode ficar de fora da F1

Com o anúncio desta terça-feira de Felipe Massa de que ele não irá continuar na Ferrari em 2014, o Brasil corre o risco de não ter pilotos na categoria pela primeira vez desde 1969. Além do próprio paulista, Felipe Nasr, hoje na GP2, é quem procura uma vaga, mas a situação não é das mais fáceis. A Ferrari deve confirmar nos próximos dias a contratação de Kimi Raikkonen, que retornaria à equipe quatro anos após ter sido demitido. Imediatamente, a vaga que ele estaria deixando na Lotus se tornaria a melhor entre as que ficariam abertas no mercado de pilotos. Para os dois brasileiros seria um sonho. Para Massa, seria a chance de correr por uma equipe que tem um bom carro, briga por pódios e às vezes até por vitórias, sem a sombra de um primeiro piloto como Fernando Alonso. Para Nasr, uma chance de entrar na F1 podendo mostrar resultados logo de cara e com estrutura para ele se desenvolver. Só que o cenário não é dos melhores. Massa não teve bons desempenhos nas últimas temporadas que justifiquem sua contratação por uma equipe que tenta se tornar grande, como a Lotus. Além disso, o chefe do time já disse publicamente, que na falta de Kimi Raikkonen, gostaria de contar com o alemão Nico Hulkenberg, que já fez bons trabalhos por Williams, Force India e agora Sauber.

24
ago

Começou hoje…

Postado às 13:07 Hs

Hoje é o dia de mobilização nacional da campanha para atualizar a caderneta de vacinação das crianças menores de 5 anos. A campanha se estende até o próximo dia 30. Todas as vacinas do calendário básico estarão disponíveis. O alerta para os pais é que a criança que não completar o esquema de cada vacina, não fica totalmente protegida.

 

A campanha vai mobilizar 34 mil postos fixos de vacinação, além dos volantes, e 350 mil profissionais de saúde. Ao levar as crianças aos postos de saúde é importante que os pais estejam com a caderneta de vacinação. Mesmo que não tenham o documento, os responsáveis não devem deixar de participar da campanha. Caso não haja no posto registro de quando a criança recebeu a última vacina, serão seguidos os protocolos de atualização de acordo com a faixa etária.

As vacinas que estarão disponíveis nos postos são: BCG, hepatite B, penta, inativada poliomielite (VIP), oral poliomielite (VOP), rotavírus, pneumocócica 10-valente, meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral (sarampo, rubéola, e caxumba) e DTP (difteria, tétano e coqueluche). A ação ocorre em parceria entre o Ministério da Saúde, as secretarias estaduais e municipais de Saúde.

As crianças poderão receber também a suplementação da vitamina A para crianças entre 6 meses e 5 anos incompletos, que moram nas regiões Norte e Nordeste e em municípios prioritários do Plano Brasil sem Miséria. O complemento contribui para reduzir o risco de morte por diarreia e ajuda no desenvolvimento das crianças.

26
abr

FIQUE SABENDO…

Postado às 10:20 Hs

# # Em busca de apoios…

O vice-governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria esteve em Brasília esta semana para tratar de um assunto muito importante: buscar o apoio do PMDB para o seu projeto político rumo ao governo em 2014. Em declaração à imprensa Robinson alertou que nunca disse que abriria mão da sua candidatura em favor de um nome do PMDB mas que quer chegar junto com o partido a uma vitória em 2014. Durante a visita à Brasília o presidente da Câmara Federal Henrique Eduardo teve uma conversa com o vice-governador, mas resta saber se Henrique cederá ou continuará com o seu projeto de lançar candidatura própria do PMDB ao governo do Rio Grande do Norte.

# # Segundo Thaisa Galvão

Os deputados Vivaldo Costa e Kelps Lima só tem uma saída para deixarem o PR, como estão tentando: se filiando ao novo MD (Mobilização Democrática). É que a legislação eleitoral, no capítulo que trata de desfiliação por justa causa – como os dois estão tentando – interpreta como ‘justa causa’ as seguintes situações: 1- Incorporação ou fusão de um partido. 2- Criação de um novo partido. 3- Mudança substancial ou desvio reiterado do programa partidário. 4- Grave discriminação pessoal.O item 4 é o que vem tentando Vivaldo, que foi orientado a desistir dessa justificativa, já que hoje ele é o líder do PR na Assembleia. E quem é discriminado não lidera uma legenda… Dos itens acima, cade aos dois uma única saída: o primeiro. Logo, o MD poderá ser o caminho dos dois deputados. Hoje republicanos fora do ninho.

# # Dupla dinâmica

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), telefonou ontem para o senador Aécio Neves (PSDB-MG) para dar apoio à sua ideia de apresentar proposta de emenda constitucional acabando com a reeleição e instituindo mandatos de cinco anos para ocupantes de cargos no Executivo. Os dois potenciais candidatos à Presidência concordaram que a mudança seria o início de uma boa reforma política”, mas não trataram de detalhes de como será encaminhada. Campos disse ao tucano que externava sua opinião pessoal, mas que vai levar a discussão ao partido. Para o pessebista, a mudança, se aprovada agora, deveria valer a partir de 2018.

# # Prorrogado

O prazo, que terminaria na sexta-feira (26), agora vai até 10 de maio. até agora pouco mais da metade do público alvo foi vacinado no país inteiro. Crianças de seis meses a dois anos e idosos a partir dos 60 anos são parte do público-alvo da Campanha Nacional de Vacinação. Também estão incluídos gestantes, mulheres que tiveram bebê nos últimos 45 dias, indígenas, profissionais de saúde e pacientes de doenças crônicas. No Rio Grande do Norte, até esta quinta-feira (25), um total de 42,40% desses grupos foram vacinadas, o que representa 218.121 doses aplicadas. A vacina está disponível em postos de saúde de todo o Estado.

# # Cancelados

Números divulgados ontem (25) pela Justiça Eleitoral indicam que em torno de 1,3 milhão de eleitores podem ter o título cancelado por não justificarem os votos nas últimas três eleições. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), apenas 8,5% dos eleitores faltosos procuraram os cartórios eleitorais para regularizar a situação. O prazo final para justificar a ausência nas últimas três eleições terminou na quinta-feira (25). Segundo o TSE, 1,5 milhão de eleitores estavam com a situação pendente, mas apenas 128,9 mil procuraram a Justiça Eleitoral. O cancelamento de títulos ocorrerá de 10 a 12 de maio e em 14 de maio, data em que serão divulgados os números consolidados e os nomes daqueles que deixarão de ter título porque não votaram, não justificaram a ausência nas três últimas eleições e não foram a um cartório eleitoral para regularizar sua situação dentro do prazo. Ter o título de eleitor cancelado dificulta a retirada de passaporte ou carteira de identidade, o recebimento de salários de função ou emprego público e obtenção de certos tipos de empréstimos e inscrição. Também complica a investidura e nomeação em concurso público e renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

21
abr

@ @ É NOTÍCIA … @ @

Postado às 20:41 Hs

  • Balanço parcial do Ministério da Saúde indica que 5.585.779 de pessoas foram vacinadas contra a gripe até as 12h de ontem (20), quando foi feito um dia de mobilização nacional contra a doença. O número representa 17,5% do público-alvo de 39,2 milhões de pessoas. A meta do governo é imunizar 80% dos chamados grupos prioritários, que incluem idosos com mais de 60 anos, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto (período de puerpério), crianças de 6 meses a 2 anos, índios, profissionais de saúde e doentes crônicos. A população carcerária também vai receber a dose. Foram vacinadas 599 mil de crianças (13,71%); mais de 432 mil trabalhadores de saúde (12,67%); 301 mil gestantes (13,81 %); 3,5 milhões de idosos (16,8%); 59,8 mil índios (9,94%); 68,8 mil mulheres em período de puerpério (19,18%); 665 mil doentes crônicos e 14 mil pessoas privadas de liberdade. A campanha segue até a próxima sexta-feira (26) em todo o país. Por meio de nota, o ministério reforçou que a vacina é segura e constitui a principal arma na tentativa de reduzir complicações, casos graves e mortes provocadas pela gripe. De acordo com a pasta, estudos demonstram que a vacina pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade global. Entre os idosos, a dose pode reduzir o risco de pneumonia em aproximadamente 60% e o risco global de hospitalização e morte em cerca de 50% a 68%, respectivamente.
  • O Palácio do Planalto trabalha com uma lista de, no mínimo, dez ministros-candidatos, que sairão em abril do próximo ano para concorrer a governador, senador ou deputado federal. Esse número poderá chegar a 14, obrigando a presidente a uma grande reformulação no primeiro escalão. Segundo a reportagem d’O Globo, pelo menos, na lista mínima o ministro Garibaldi Filho, da Previdência Social, não figura. Ele é cotado numa aliança com o PT, para disputar o Governo do Estado. Na lista: a Ideli Salvatti (Relações Institucionais) analisa voltar a disputar o Senado por Santa Catarina; Aloizio Mercadante (Educação), Alexandre Padilha (Saúde), Marta Suplicy (Cultura), José Eduardo Cardozo (Justiça) e Guido Mantega (Fazenda) são nomes para concorrer em São Paulo. Gleisi Hoffmann (Casa Civil) vai disputar o Governo do Paraná. Fernando Pimentel (Desenvolvimento Social) quer ser candidato a governador de Minas Gerais. Aldo Rebelo (Esporte) pensa em disputar a reeleição de deputado federal por São Paulo ou arriscará um voo mais alto, no Senado. Deputados gaúchos, Pepe Vargas (Desenvolvimento Agrário) e Maria do Rosário (Direitos Humanos) também são cotados para o Senado. Gastão Vieira (Turismo), Antônio Andrade (Agricultura), Leônidas Cristino (Portos) e Aguinaldo Ribeiro (Cidades) devem disputar as eleições da Câmara dos Deputados.
  • Não é brincadeira, então, que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) poderá votar na presidente da República, Dilma Rousseff (PT), na já anunciada campanha de reeleição da petista em 2014. Quem irá trabalhar para que isso aconteça é ninguém menos que o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB). “Eu acredito que Rosalba poderá votar em Dilma, que está provando o governo republicano que está fazendo e que está sendo muito importante para o Rio Grande do Norte. Portanto, Dilma poderá sim ter o apoio de diversos partidos, diversas lideranças, e o que eu puder construir para ter o apoio maior possível aqui no Rio Grande do Norte, eu farei, como correligionário da presidenta Dilma, por querer muito a sua vitória”, declarou o parlamentar, no final da tarde desta sexta-feira, momentos antes da visita que ele fez ao prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), para anunciar apoio aos projetos do Município. É a primeira vez que Henrique confirma, à imprensa, a possibilidade de a governadora do Rio Grande do Norte votar na reeleição da presidente Dilma Rousseff. Em entrevista ao jornal Tribuna do Norte, de propriedade de Henrique, há cerca de um mês, Rosalba admitiu a possibilidade de votar em Dilma, desde que fosse bom para o Brasil, afirmou ela na ocasião. Duas semanas depois, Rosalba reveleou a alguns populares – testemunhado por jornalistas – essa tendência a votar na presidenta Dilma.
  • Apesar de não ter mais poder, o ex-ministro José Dirceu mostra que tem muito, muito dinheiro. Ele começou na última quinta-feira um roteiro que até a segunda passará por quatro capitais: Teresina, Macapá, Belém e São Luís, segundo relatou a amigos. E só ficará em hotéis 5 estrelas – em Teresina, hospedou-se no Petropolitan. Dirceu viaja em jatinho fretado em São Paulo, um Citation CJ2 prefixo PT-LLU com capacidade para seis lugares, que diz ser bancado por ele. Cada trecho não sai por menos de R$ 30 mil. Só de frete, então, gastará cerca de R$ 150 mil até voltar para casa. Em palestra para militantes petistas em Teresina, na Quinta, Dirceu revelou que recorrerá às cortes internacionais para tentar anular sua condenação. Ele ficou animado com o voto no acórdão do ministro do STF Celso de Mello: que o Supremo poderá acatar o que a Corte Interamericana de Direitos Humanos decidir. O petista disse também que vai usar as viagens a convite do PT para defender o legado de Lula e o governo de Dilma. Dirceu foi condenado a 10 anos e 10 meses de prisão e a pagar multa de R$ 676 mil à Justiça.
07
jul

Prorrogada

Postado às 13:46 Hs

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, iniciada no último dia 16, foi prorrogada no RN até a próxima sexta-feira (13). O Programa Estadual de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) orienta que os pais que ainda não levaram seus filhos para receber a vacina, dirijam-se aos postos de saúde mais próximos de suas casas, levando a carteira de vacinação da criança.

Até o momento foram imunizadas contra a poliomielite no Estado 216.543 crianças, o que representa um total de 89,80%. A meta é vacinar 95% da população na faixa etária de 0 a 4 anos, correspondente a 241.417 crianças. Devem ser imunizadas todas as crianças com idade entre zero a 4 anos, 11 meses e 29 dias, independente de ter recebido a vacina oral anteriormente. De acordo com a coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Helena Santanna, “ainda existem casos de poliomielite em outros países e, enquanto a doença não for erradicada no mundo, todas as crianças precisam receber a dose da vacina, única forma de se proteger contra a pólio”.

08
jun

Vacina contra Alzheimer é lançada

Postado às 22:22 Hs

Uma vacina que poderá ser usada no tratamento da doença de Alzheimer foi testada com sucesso na Suécia. Segundo estudo do Instituto sueco Karolinska publicado no periódico médico Lancet Neurology, a vacina CAD106 conseguiu fortalecer o sistema imunológico, levando o próprio organismo a destruir as proteínas causadoras da doença. A doença de Alzheimer é uma demência neurológica complexa. De acordo com Organização Mundial de Saúde (OMS), a demência é a epidemia de saúde que mais cresce nos tempos atuais. A hipótese prevalente sobre suas causas envolve a APP (proteína precursora de amiloide), uma proteína da membrana exterior das células nervosas. Em vez de ser quebrada, essa proteína acaba por formar uma substância danosa chamada beta-amiloide, que se acumula como plaquetas e mata as células do cérebro. Atualmente, não existe cura para o Alzheimer, e os remédios em uso apenas atenuam os sintomas. Na busca por uma cura, cientistas estão seguindo diversas vias de ataque – entre as quais a vacinação é a maior aposta. O primeiro estudo de vacinação em humanos, feito há quase uma década, demonstrou efeitos adversos em demasia e foi descontinuado. A vacina usada nesse estudo ativava determinadas células brancas do sangue (células-T), que começaram a atacar o próprio tecido cerebral.
10
Maio

Ação Parlamentar

Postado às 5:26 Hs

Alto custo da vacina ainda é o maior entrave para imunização contra o HPV O Ministério da Saúde (MS) informou, nesta quarta-feira (9), que a inserção da vacina contra o Papiloma Vírus Humanos (HPV) na rede pública de saúde deve custar, anualmente, US$ 6 milhões ao Governo. De acordo com o diretor do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle da DST/AIDS do MS, Dirceu Greco, a pasta tem lutado contra os preços “obscenos” praticado pelos laboratórios. Hoje a vacina é comercializada por US$ 14, aproximadamente R$ 27 por pessoa. O assunto foi debatido durante toda manhã no seminário HPV: Sintoma, Diagnóstico e Tratamento, na Câmara dos Deputados. A infeção pelo vírus é responsável por 95% dos casos de câncer de colo de útero. Estimativas apontam que, só este ano, 18 mil mulheres desenvolverão a doença no Brasil e destas, 4 mil morrerão. Para a líder do Partido Socialista Brasileiro (PSB), deputada federal Sandra Rosado (RN), o alto preço da vacina não pode ser empecilho na luta pela imunização. “Não podemos nos acomodar, temos que achar alternativas como o redirecionamento de receitas ou a produção da vacina no País”, enfatizou. “Muito mais caro que a vacina é a vida”, complementou. Atualmente, as vacinas contra o vírus só são encontradas na rede privada ao custo de R$ 1.077, informou a médica Elaine Abissamra.
abr 19
segunda-feira
05 26
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
61 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.865.857 VISITAS