21
mar

Azul cancela todos os voos em Mossoró

Postado às 12:15 Hs

Mais um efeito do Coronavírus. A Azul Linhas Aéreas cancelou todos os voos partindo do Aeroporto Dix-sept Rosado a partir de segunda-feira.

Alguns passageiros estão sendo remanejados para viagens saindo de Natal desde que concordem.  Além disso, a Infracea que administra o aeroporto de Mossoró está dispensando os funcionários sem remuneração. A decisão é por tempo indeterminado.

Os voos para o Rio Grande do Norte estão com ocupação superior a alguns destinos do Nordeste. É o que revelam os dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), onde Natal se posiciona acima da média da região no balanço anual do segmento. O destino apresentou uma média de 90,5% de ocupação de voos no mês de dezembro de 2019, sendo o “Fator de Aproveitamento dos Assentos” (load factor) maior que os de Fortaleza, João Pessoa, Recife, Salvador, Aracaju e São Luís, no mesmo período.

“O cenário que apresentamos hoje é positivo se comparado aos anos anteriores e um claro reflexo da política de redução do QAV e das contrapartidas determinadas pelo governo em 2019”, afirmou a secretária de turismo, Aninha Costa. “A iniciativa faz parte de uma série de medidas que estão sendo tomadas pela atual gestão para reposicionar o Rio Grande do Norte nacional e internacionalmente e potencializar a entrada de turistas”, concluiu a titular.

 

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou hoje (5) a entrada da companhia aérea JetSmart no país. A empresa, de baixo custo (low cost), pertence ao fundo norte-americano Índigo Partners. De acordo com a agência, a JetSmart pretende iniciar a operação de rotas internacionais entre o Chile e o Brasil.

A aprovação diz respeito à subsidiária chilena da empresa. Antes, no final de agosto, a Anac já havia aprovado a autorização para a subsidiária argentina da empresa operar voos entre o Brasil e a Argentina.

“Além da JetSmart, outras quatro empresas de baixo custo vieram para o país desde a abertura de mercado com a desregulação da franquia de bagagem despachada, sendo que três empresas estrangeiras já ofertam passagens: a chilena Sky Airlines (partindo de Santiago para o Rio de Janeiro/RJ e para Guarulhos/SP desde novembro/2018); a europeia Norwegian (com a rota Londres-Galeão desde maio de 2019); e a argentina Flybondi (ofertando voos da Argentina para o Galeão e para Florianópolis com início a partir de outubro de 2019)”, informou a Anac.

Pela regra atual, os passageiros podem levar até 10 quilos como bagagem de mão. A volta da franquia de bagagens chegou a ser aprovada pelo Congresso Nacional, mas foi vetado pelo presidente Jair Bolsonaro. O veto ao trecho que recriou a franquia de bagagens, determinando o limite de 23kg como despacho gratuito de bagagem para aviões com capacidade de mais de 31 lugares ainda não foi apreciado pelo Congresso Nacional.

27
fev

Mossoró poderá ter voos da AZUL

Postado às 11:23 Hs

Azul assegura interesse em Mossoró

 

Na tarde desta quinta-feira, 26, o prefeito Francisco José Júnior, acompanhado pelo governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, e pelo presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereador Jório Nogueira, se reuniu, em Natal, com os representantes da Azul Linhas Aéreas.

Na ocasião, o analista de Relações Internacionais da companhia Azul, Guilherme Aberle, e o responsável pelo comercial Nordeste, Alexandre Melita, garantiram que a empresa tem interesse em ativar voos comerciais de Natal para Mossoró e outros polos da região Nordeste.

O governador Robson Faria determinou que a Secretaria de Infraestrutura do Estado dedique atenção especial ao projeto de reforma do aeroporto Dix-sept Rosado e, já na solenidade durante a qual desonerou o querosene de aviação, que foi realizada na Governadoria, aproveitou para cobrar das companhias aéreas atenção ao pleito de inserir Mossoró na rota dos voos comerciais.

“Atendemos um pleito do setor e desoneramos o querosene de aviação. Nada mais justo que tenhamos um investimento em Mossoró. Isso é um compromisso que tenho e vamos honrar”, declarou o governador.

Após o evento, Guilherme Aberle e Alexandre Melita confirmaram que a companhia fará os investimentos necessários para a implantação de voos ligando Mossoró às principais capitais do Nordeste.

O prefeito Francisco José Júnior explicou que os representantes da Azul aguardam as adaptações do aeroporto de Mossoró para em seguida contratar pessoal e realizar os investimentos necessários para o início das operações. “O mais importante é que saímos da reunião com a certeza dessa conquista. A Azul informou que os voos para Mossoró são totalmente viáveis, o que nos motiva ainda mais”, comemorou o prefeito Francisco José Júnior.

Fonte: Assessoria

28
jan

De volta…

Postado às 15:56 Hs

Voos comerciais devem ser operados no segundo semestre

No encontro que teve com o secretário de Infraestrutura do Estado, Jader Torres, o prefeito Francisco José Júnior conseguiu a garantia de implantação e execução do estudo que viabilizará a volta da operação dos voos regulares comerciais no aeroporto Dix-sept Rosado, em Mossoró. A reunião aconteceu na manhã desta quarta-feira, 28, em Natal.

O secretário de Infraestrutura assegurou prioridade e urgência para a questão e a expectativa é de que, juntas, as gestões do Município e Estado possam desarticular os entraves que hoje impedem a utilização do aeroporto pela população mossoroense e turistas. A intenção é fazer o aeroporto operar com voos comerciais regulares já no segundo semestre.

De acordo com o secretário Jader Torres, o aeroporto de Mossoró é um compromisso firmado pelo próprio governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria. “Vamos levantar todas as necessidades e resolver para que o aeroporto entre em operação ainda neste ano”, assegurou Jader.

07
jan

E o aeroporto ?

Postado às 9:25 Hs

Mossoró foi a primeira cidade do interior a receber a visita do Governador Robinson Faria (PSD), nesta terça-feira (06). O compromisso inicial do Chefe do Executivo foi no Aeroporto Dix-Sept Rosado.

O Aeroporto Dix-sept Rosado também fez parte da agenda e o mesmo se comprometeu  reativar os voos comerciais, uma reivindicação antiga dos mossoroenses. Para isso, Robinson Faria disse que vai conceder concessão do ICMS do querosene de aviação . Vou conceder o incentivo do querosene de aviação, mas dentro dessa concessão, vou cobrar das companhias áreas que ofereçam um voo para Mossoró”, afirmou, acrescentando que pretende implementar a cadeia produtiva do turismo do estado, incluindo Mossoró no roteiro.

Mossoró espera que dessa vez realmente isto ocorra, já que o aeroporto é um equipamento essencial para o desenvolvimento não só de Mossoró mas de toda a região. Vamos ver se o sonho se concretiza. Foram muitas promessas de governos passados que nunca se concretizaram. Vamos aguardar…

08
jan

Voos extras para Copa

Postado às 10:19 Hs

As companhias aéreas solicitaram 1.523 voos regulares extras para atender a demanda da Copa, no período de 6 de junho a 20 de julho. Os pedidos estão sendo analisados pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), que deve divulgar as autorizações no dia 15 de janeiro. Este é o saldo líquido a mais de voos. Há voos sendo cancelados, remanejados e também novas ligações. A partir desta liberação da Anac é que as empresas poderão iniciar a venda dos bilhetes. O melhor momento para comprar passagens para esses voos será justamente na hora em que os bilhetes entrarem no sistema de venda das empresas. Levantamento preliminar da agência sobre os pedidos mostra que as cinco rotas que mais receberão reforço de voos são as de Brasília para Guarulhos, do Rio de Janeiro para Buenos Aires, do Rio de Janeiro para Campinas, de Fortaleza para Guarulhos e de Salvador para Guarulhos.
05
jan

Nas alturas literalmente…

Postado às 11:24 Hs

O preço das passagens aéreas para os principais jogos da Copa do Mundo pode variar até 176% de uma companhia para outra.Ver o jogo entre Brasil e Camarões, em Brasília, no dia 23 de junho, pode custar R$ 2.434,90 pela Azul ou R$ 879,10 pela TAM. Os dois voos partem do aeroporto de Guarulhos (SP). A variação foi encontrada pela Folha em consulta feita nos dias 2 e 3 de janeiro nos sites de quatro empresas (TAM, Gol, Azul e Avianca). Foram procurados voos de ida um dia antes dos jogos e os de volta, um dia depois. Todos são em horários semelhantes e saem dos mesmos aeroportos. A diferença de valores aparece também nas decolagens a partir de Congonhas (SP). Para ver a seleção brasileira em Brasília, viajando pela Gol, o torcedor pagaria R$ 1.223,92, enquanto que pela TAM, a passagem sairia por R$ 661,12. No fim, a variação é de 85%.
Nos últimos meses, a movimentação de passageiros no Aeroporto Internacional Augusto Severo, em Parnamirim, vem caindo vertiginosamente. Os dados divulgados recentemente pela Infraero já preocupam o setor turístico potiguar e fez soar o alarme para tomada de medidas rápidas. De acordo com as informações, de janeiro a outubro deste ano os pousos de voos regulares domésticos atingiu a marca de 7.676. No mesmo período de 2012, a marca atingida foi de 9.128 pousos. Uma redução de 1.452 pousos (-15,91%). Nos voos regulares internacionais, a redução foi de 23 pousos. De janeiro a outubro deste ano: 181 pousos. No mesmo período de 2012: 204 pousos. O trade turístico defende como uma das alternativas para barrar essa queda um maior incentivo governamental na desoneração da carga tributária do querosene da aviação (QAV). “
20
Maio

Made in Mossoró !!!

Postado às 20:06 Hs

# # A cidade já respira São João, as montagens da Arena das Quadrilhas e a iluminação já começam a aparecer, sem falar na decoração. O Maior evento do RN  aquece a economia local, em sua 17 ª edição o MOSSORÓ CIDADE JUNINA 2013, promete ! O Maior arraiá do Brasil acontece de 8 a 30 de Junho, e MOSSORÓ TE ESPERA DE BRAÇOS ABERTOS… # #

# # Desde já agradeço a paciência e audiência que todos voces puderam me dar até agora , Continue conosco, muito obrigado mesmo, já entre as mais lidas de Mossoró e Oeste 2º o Alexa Traffic. A caminho dos 2 milhões de acessos…Porque você fez isso possível. Obrigado # #

# # Mais uma vez este espaço volta a falar da necessidade de voos regulares na cidade, estamos sem eles desde 13 de julho de 2011, quando a NOAR deixou de operar na cidade em virtude da tragédia aérea. A AZUL Linhas Aéreas está aguardando as  melhorias prometidas para operar,para isso deverão ser investidos 150 milhões de reais para seu pleno funcionamento. Mossoró e região aguardam por este serviço, uma cidade como a nossa não pode ficar isolada neste item. # #

# # Participe do nosso trabalho enviando sugestões para o nosso email: contato:paduabarreto@bol.com.br ou contato@paduacampos.com.br ou ainda pelo twitter e facebook. Para nós você é o nosso diferencial ! # #

# # A loja Subway deverá em breve inaugurar sua 2ª loja na cidade, a pujança de Mossoró é inegável. Mais empreendedores devem ancorar por aqui…com certeza. # #

# # Enquanto isso no West Shopping é esperado que outras lojas sejam abertas em breve, é preocupante ver um empreendimento daquele com muitas lojas  fechadas. Tá dito. # #

# # Limpeza , uma característica visível em qualquer cidade como item positivo, todos precisam fazer sua parte. A prefeitura tem feito sua parte mais “alguns” insistem em jogar lixo na rua ou em terrenos baldios, qualquer dúvida basta ligar para 3315- 5000 e pedir para ser coletado o lixo que não é doméstico. Já que a coleta passa religiosamente em dia. Chega de sujeira…# #

 

# # Estaremos comemorando os 3 anos do nosso blog, no PINGO DA MEI DIA 2013 no dia 08 de Junho com distribuição de brindes personalizados. Aguardem… # #

# # Uma coisa de Moscou : Você é simplesmente um produto,pelo que aparenta ter, pelo que veste,pelos locais que frequenta, amigos tambem descartáveis, é uma lástima. Mais comum em Mossoró… Uma verdadeira embalagem.!!!# #

17
jan

FIQUE SABENDO…

Postado às 21:02 Hs

# # Inscrições abertas…

Estão abertas, a partir de hoje (17), as incrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni), exclusivamente no site do programa (prouniportal.mec.gov.br/). Os candidatos podem se inscrever até as 23h59 (horário de Brasília) de segunda-feira (21). O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. Para participar, é preciso ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em estabelecimento particular na condição de bolsista. Também é pré-requisito ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012 e atingido pelo menos 450 pontos, além de não ter zerado a nota da redação. Até o ano passado, a exigência mínima era alcançar 400 pontos. A bolsa integral é concedida a estudantes com renda bruta familiar por pessoa até 1,5 salário mínimo, e as parciais àqueles com renda familiar até três salários mínimos por pessoa.

# # Cresce ocupação em voos

As quatros maiores companhias aéreas do país registraram aumento de 7,14% na demanda por viagens aéreas em 2012, em relação a 2011. A oferta de assentos, por sua vez, teve expansão de 3,12% na mesma base de comparação. A informação foi divulgada hoje pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), integrada por Avianca, Azul, Gol e  TAM. “Como a demanda cresceu mais do que a oferta, houve um aumento da taxa média de ocupação dos aviões”, afirmou o consultor técnico da Abear, Adalberto Febeliano. Segundo a Abear, a taxa média de ocupação dos aviões entre as suas associadas encerrou 2012 em 72,96%, um aumento de 3 pontos percentuais. No total, foram transportados 75 milhões de passageiros no ano. A Abear estima que o aumento da demanda por viagens aéreas em 2013 ficará entre 9% e 9,5%, segundo o presidente da entidade, Eduardo Sanovicz. Essa projeção considera o PIB entre 3% e 3,5%,

# # PV vai crescer ainda mais…

O vereador Francisco Carlos (PV) disse à edição de hoje da Gazeta do Oeste que pretende o seu partido vai retomar o crescimento em nível nacional, liderado pelo senador Paulo Davim. O parlamentar acredita que Davim está no caminho certo, buscando novas lideranças e anunciando a realização de encontros regionais interior afora com o objetivo de agregar novos valores. “Passado o período conturbado da administração de Natal, que trouxe prejuízos para a imagem do partido, agora a legenda vai viver um novo momento. Entendo que o senador Paulo Davim é bem intencionado e está no caminho certo pelo fortalecimento da sigla. O PV do RN vai retomar seu crescimento”, destacou. Nesse cenário, Mossoró será importantíssima pelo fato de ter a maior bancada de vereadores da legenda no Estado. O PV elegeu três vereadores – além de Francisco Carlos, Alex do Frango e Celso Lanches. Na entrevista, o vereador Francisco Carlos também fala sobre seu mandato na Câmara Municipal, a sua eleição para a primeira-secretaria da Casa, além da retomada do projeto “Diálogos do Desenvolvimento”, em que reúne especialistas para discutir ideias em favor da cidade.

# # Liberada

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) revogou despacho de novembro do ano passado que suspendia a prestadora TIM Celular de comercializar a promoção denominada Infinity Day. No despacho publicado nesta quinta-feira, no Diário Oficial da União (DOU), o superintendente de Serviços Privados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Bruno de Carvalho Ramos, alerta para o fato de que a Anatel poderá suspender novamente a comercialização da promoção caso as metas previstas para o próximo período avaliativo do Plano Nacional de Ação de Melhoria da Prestação do SMP não sejam suficientes e compatíveis com a vigência da promoção. A Anatel suspendeu a promoção Infinity Day em novembro de 2012 por temer que a oferta provocasse um aumento de tráfego que a operadora não teria condições de suportar. Outro motivo foi o fato de a TIM não ter comunicado previamente à agência o lançamento da oferta. Essa era uma das condições do acordo para a melhoria da qualidade da rede, assinado por todas as operadoras.

21
set

Integração regional

Postado às 10:12 Hs

 

Natal e Mossoró poderão ganhar novas opções de voo dentro do Nordeste a partir de fevereiro, mês em que a companhia aérea Passaredo planeja inaugurar linhas aéreas intraregionais. A previsão foi feita em reunião na semana passada entre a empresa, secretários de turismo da região, a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e a Comissão de Turismo Integrado (CTI Nordeste). Para viabilizar a proposta da nova malha aérea, apresentada em agosto pela Sudene, as federações estudam a concessão de incentivos fiscais. Inicialmente a ideia é reduzir a alíquota sobre o querosene de 25% para 3%.

“Fechamos que todos os darão incentivos por igual. Cada um estudará com as respectivas secretarias de fazenda e governadoras”, explica o secretário executivo do CTI Nordeste, Roberto Pereira. De acordo com o secretário estadual de Turismo, Renato Fernandes, também ficaram acertados o tipo de aeronave a ser utilizada na operação – ATR72 com capacidade para 70 passageiros -e um preço médio de R$ 200 por voo. Além disso, foram traçados roteiros e planos de voos. “Fazer as principais capitais é muito interessante, mas queremos envolver também os municípios. Ainda não se sabe quantos”, reforça Roberto Pereira.

Para viabilizar os voos dentro da região, o secretário estadual de Turismo ressalta que será necessário integrar as viagens regionais com rotas nacionais. Fernandes acredita que a parceria entre Passaredo e Gol, assinada nesse ano, pode contribuir para essa integração no plano nacional. No plano de voos discutido na reunião a proposta é de duas linhas ligando o norte ao sul do Nordeste, e outras duas contemplando as direções leste e oeste da Região.

Mesmo com os avanços na negociação, a Passaredo deixou claro na reunião que será preciso investir nos aeroportos para tornar as operações viáveis. “Os dois maiores gargalos que nós temos são a infraestrutura e o financiamento. O que planejamos é possível de se realizar e nós vamos trabalhar para isso”, relatou durante o encontroo vice-presidente da Passaredo, Eduardo Busch. Uma nova reunião entre os representantes dos estados está marcada para o próximo dia 19 de outubro.

Vamos aguardar…

06
set

Na espera…

Postado às 11:19 Hs

Continua a especulação sobre a expansão áerea regional, a boa noticia e  que quatro companhias aéreas vão construir novas rotas entre as cidades do interior e as capitais do Nordeste: Azul/Trip, Passaredo, Avianca e Voa Brasil, conforme acordado em reunião, ontem, na sede da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), em Recife (PE).

De acordo com o jornal Correio da Paraíba, o centro das rotas (HUB) será a cidade de Petrolina (PE), onde acontecerão as trocas de aeronaves. Na Paraíba, Campina Grande e Patos serão beneficiadas. Para a operação dos voos, as companhias terão isenção de impostos dos estados, como o ICMS, e demanda de crédito tanto da Sudene, quanto do BNB e BNDES.

A assessoria de imprensa da Sudene informou que a construção das linhas aéreas nas cidades do interior entre si e com as capitais faz parte de um projeto maior que ainda será anunciado pela presidenta Dilma Rousseff. Os municípios que serão contemplados na primeira fase do projeto são: Imperatriz (MA), Parnaíba (PI), Juazeiro do Norte (CE), Petrolina (PE), Campina Grande (CG), Mossoró (RN), Paulo Afonso, Barreiras, Ilhéus e Porto Seguro (BA), Linhares (ES) e Montes Claros (MG). Na segunda etapa do projeto serão contemplados os municípios de Balsas (MA), Bananeiras e São Raimundo Nonato (PI), Arcoverde (PE), Jijoca e Aracati (CE), Patos (PB), Lençóis (MA), Vitória da Conquista e Luis Eduardo Magalhães (BA).

Vamos voltar no tempo. Mais precisamente ao mês de dezembro de 2011. Naquele período, no apagar das luzes do velho ano, representantes das empresas aéreas Trip e Azul conversam com o governo do Estado sobre a possibilidade de realizar voos regulares utilizando aeroportos do interior do Rio Grande do Norte.

A Trip estudava um voo que incluia Fortaleza-Mossoró-Natal. Naquela reunião, segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Benito Gama, “A Azul demostrou interesse e pretensão de expandir os voos regionais no Nordeste”. Mossoró e Caicó poderiam estar nos planos da empresa, assim como Campina Grande (PB) e Arapiraca (AL).Se há uma intenção do Governo Federal em interiorizar os voos, aproveitando a pujança da economia nordestina, concedendo incentivos fiscais, redução de tributos principalmente na compra de combustível, e ainda ajudando no financiamento de aeronaves, Mossoró e Caicó não podem perder esse voo, devendo ver nessa possibilidade um grande passo para alavancar seu desenvolvimento.

Mossoró está sem voos regionais desde o acidente aéreo da Noar, uma cidade pujante como Mossoró não merece ficar sem ligação aérea é uma pena.

25
jul

Mossoró pode ter de volta voos regulares

Postado às 15:40 Hs

A possibilidade de Mossoró voltar a ter voos comerciais está mais perto do que se imagina. Nesta terça (24), durante reunião no Recife, o município foi incluído numa lista de 21 cidades do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo que passarão integrar um circuito de rotas aéreas ainda neste ano. A discussão está sendo feita entre os secretários de turismo de 11 estados e representantes da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

Em dez dias, seis empresas aéreas que mantêm atividades regulares no país serão convidadas a apresentar propostas contemplando os aeroportos apontados num prazo de 30 dias. Depois disso, a Sudene espera que com mais dois meses o projeto esteja estruturado.

De acordo com o secretário estadual de turismo, Renato Fernandes, que representou o RN no encontro, os governo estadual e municipal já estão trabalhando na correção as irregularidades do aeroporto Dix-Sept Rosado, em Mossoró.

Estados e municípios contemplados:

RN – Natal e Mossoró ,Alagoas: Maceió,Bahia – Salvador, Ilhéus, Paulo Afonso, Porto Seguro;Ceará – Fortaleza e Juazeiro do Norte,

PB – João Pessoa e Campina Grande,MA – São Luis e Imperatriz,PE – Recife, F. Noronha e Petrolina,PI – Teresina e Parnaíba,SE – Aracaju,MG – Montes Claros, ES – Linhares.

A cidade possui demanda para tal, isso já é considerado viável, aguardemos…

Fonte: Defato.com

18
fev

Carnaval congestionando…

Postado às 15:50 Hs

Os aeroportos brasileiros registraram 124 atrasos nas decolagens dos 629 voos domésticos que saíram entre a meia-noite deste sábado de Carnaval até às 8 horas da manhã, segundo a Infraero. Isso corresponde a 19,7%. Neste momento, os atrasos atingem 4,1% dos voos, com um total de 26 voos. Outros 18 foram cancelados desde a meia-noite.

Nos aeroportos de São Paulo, em Guarulhos (SP), até a manhã deste sábado, ocorreram 21 atrasos entre as 73 decolagens (28,8%). Neste momento, a Infraero informa que cinco voos estão atrasos. No aeroporto de Congonhas, os índices são menores, com apenas dois atrasos entre os 28 programados.

No Rio de Janeiro (RJ), o aeroporto do Galeão registrou atraso em oito dos 41 voos programados (19,5%), mas neste momento há um atraso na decolagem. No Santos Dumont, também apenas um voo está fora do horário programado.

Em Brasília (DF), foram registrados seis atrasos entre as 21 operações programadas para este sábado, o que representa 28,6% dos voos. Neste momento, os atrasos caíram para três voos.

Já em Salvador (BA), ocorreram atrasos em 11 dos 48 voos deste sábado (22,9%), mas há pouco o número caiu para três.

23
dez

Paralisação nos aeroportos

Postado às 10:00 Hs

Sindicalistas fazem manifestação no saguão do aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo

O SNA (Sindicato Nacional dos Aeroviários) não aceitou a última proposta do Snea (Sindicato Nacional das Empresas Aéreas) de reajuste salarial de 6,5% e deu início a uma greve nos aeroportos de Rio de Janeiro, Brasília, Salvador, Belo Horizonte e Fortaleza no fim da tarde desta quinta-feira.

A proposta do Snea era de reajuste salarial de 6,5%. Os aeroviários querem aumento de 10%.

No Galeão (Rio), a greve começou às 18h, horário de entrada de parte dos funcionários, que acabaram não ocupando seus postos.

As lideranças acusaram as empresas de obrigarem os outros funcionários que entraram antes a ficarem mais tempo no trabalho, devido à paralisação. “Tem funcionário aqui que entrou cedo e está saindo agora. Eles estão obrigando os funcionários a dobrarem por conta da greve, disse o secretário geral do SNA, Marcelo Schmidt.

Schmidt disse, no entanto, que o sindicato está respeitando a decisão judicial, determinando a manutenção de 80% dos aeroviários em suas funções.

A entidade que representa os trabalhadores que atuam dentro dos aviões, como pilotos e comissários, o Sina (Sindicato Nacional dos Aeronautas) aceitou a proposta feita hoje pelas empresas aéreas, de reajuste de 6,5% e suspendeu a greve que estava marcada para começar às 23h de hoje.

PARALISAÇÃO

Nesta quinta-feira, parte dos funcionários da TAM no aeroporto de Congonhas parou, o que provocou atrasos e cancelamentos de voos.

Segundo a TAM, parte dos funcionários do setor de rampa, responsáveis pelo manuseio de cargas e bagagens e pelos equipamentos de solo que atendem as aeronaves, cruzaram os braços desde a manhã.(Folha)

20
dez

Incentivo a voos

Postado às 12:49 Hs

Uma alteração no regulamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) permitirá que aeronaves que pousarem nos aeroportos de Mossoró e Caicó sofram uma redução da carga referente ao abastecerem.

O incentivo fiscal significa que as empresas optantes por estes destinos terão a redução de 17% para 5% do ICMS devido nos abastecimentos de aeronaves nos respectivos aeroportos.

De acordo com o secretário de Estado da Tributação, José Airton da Silva, o objetivo da ação foi ajudar no desenvolvimento das duas cidades, com intenção de atrair empresas que usarem os aeroportos para criar uma linha de passageiros.

As companhias interessadas deverão formalizar a opção pelo benefício na Unidade Regional de Tributação do domicílio fiscal, de acordo com critérios da Secretaria de Estado da Tributação.

Desde o acidente aéreo ocorrido no início do ano com a NOAR, Mossoró está sem voos regulares.Mesmo tendo potencial até agora nenhuma empresa se dispõe a fazer voos na cidade . É uma pena.

30
out

Novo atendimento

Postado às 11:10 Hs

Desde ontem (29), as companhias aéreas deverão oferecer aos passageiros guichês para atendimento presencial nos 23 aeroportos do país que têm movimentação acima de 500 mil passageiros por ano. A determinação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) vale para todas as companhias aéreas regulares nacionais e estrangeiras que operam no Brasil e obriga as empresas a disponibilizar o atendimento presencial, além do serviço via internet e telefone.

Por meio do atendimento presencial, o passageiro poderá registrar reclamações em relação aos serviços prestados pela empresa aérea, que deverá adotar, quando possível, os procedimentos necessários para a solução imediata do problema. O prazo final para a resposta ao passageiro não poderá ultrapassar cinco dias úteis a partir do registro de atendimento. O passageiro vai receber um número de protocolo, que apresentará caso haja necessidade de recorrer à Anac.

A estrutura de atendimento deve ser implantada separadamente dos balcões de check-in e das lojas destinadas à venda de passagens, com a identificação da empresa. O atendimento presencial deve estar disponível no mínimo duas horas antes de cada decolagem e duas horas após cada pouso das aeronaves.

As companhias que devem atender à determinação da Anac são a TAM, a Gol, a Webjet, a Azul, a Avianca e a American Airlines. Durante o primeiro mês de vigência da resolução, a Anac deverá monitorar o funcionamento do atendimento presencial e, em dezembro, vai começar a fiscalização e eventuais autuações.

nov 24
terça-feira
03 20
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
80 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.840.946 VISITAS