Fórum dos Servidores do Oeste Potiguar mobiliza trabalhadores contra a Reforma da Previdência.

 ”Se o trabalhador parar o país, essa reforma não vai passar”, afirma a coordenação. Na manhã desta quarta-feira (20), o Fórum dos Servidores Públicos do Oeste Potiguar, promoveu um ato contra e Reforma da Previdência em frente ao INSS, no bairro Aeroporto. O objetivo foi mobilizar trabalhadores (as) e contribuintes do INSS para participarem da Greve Geral que acontecerá na próxima sexta-feira, dia 28. A data corresponde à uma articulação nacional de diversos segmentos sindicais.

Sindicalistas de diversas categorias do serviço público estiveram na Agência da Previdência Social no bairro Aeroporto para dizer não à retirada de direitos. Durante as falas, dirigentes sindicais alertaram aos presentes sobre as consequências da Reforma da Previdência na vida da população. “Essa reforma objetiva manter as pessoas trabalhando e contribuindo por mais tempo em troca de seus benefícios previdenciários, o que afeta sobretudo as classes baixas e grupos com situação socioeconômica precária, deixando a rotina de trabalho mais árdua e com mais risco a vida do trabalhador”, explica João Morais, membro do Fórum.

 Para a professora e doutora em Serviço Social, Rivania Moura, o governo não apresenta transparência nos valores arrecadados pela previdência. “O governo só mostra os dados do que são arrecadados pelos trabalhadores, subtraindo a divida de grandes empresas privadas como bancos e hospitais, sem falar no grande índice de inserção fiscal que existe no país”, explica a professora. No final do ato, os presentes fizeram um “abraço simbólico” em defesa da previdência em frente a unidade do INSS.

Fonte: Assessoria