24
mar

Charge: Brasil…os mesmos !

Postado às 11:32 Hs

24
mar

Lembrado…eleições 2018

Postado às 10:54 Hs

‘Honrado, mas com o pé no chão’, diz Neto sobre ser vice de Doria em 2018.

Nesta quinta-feira (23), durante a cerimônia de lançamento de editais de cultura de Salvador, o prefeito ACM Neto (DEM) disse que se sente honrado pela especulação de seu nome como vice da candidatura de João Doria (PSDB) à presidência da República em 2018. O democrata, no entanto, fez questão de ressaltar que tem os ‘pés no chão’. “Quem não ficaria [honrado]. Daí, a você imaginar que isso vai acontecer, são outros quinhentos”, ponderou.

“Eu tenho muita clareza do meu papel, do que devo fazer esse ano, do meu foco. Tem sido uma marca da minha vida ser muito cauteloso em fazer projeções futuras. Toda hora vocês me perguntam se eu vou ser [candidato a] governador. Já me ouviram dizer que vou? Eu tenho que ter muito pé no chão, fazer meu trabalho, as coisas são consequência do trabalho. E entregar na mão de Deus o futuro, que é o que eu sempre fiz”, declarou o prefeito. (Metro 1)

24
mar

MARCELO ODEBRECHT DESMORALIZA DILMA E LULA

Postado às 10:47 Hs

marcelo-odebrecht-e-dilma-roussef
Dilma sabia que Odebrecht usava caixa 2 em campanha, diz Marcelo. O ex-presidente da Construtora Odebrecht, Marcelo Odebrecht, disse que a então presidente Dilma Rousseff sabia que a empresa fazia pagamentos via caixa dois para a campanha de reeleição dela. O depoimento de Marcelo ao Tribunal Superior Eleitoral no processo que pede a cassação da chapa Dilma-Temer foi publicado nesta sexta-feira (23) na internet pelo site “O Antagonista’. Marcelo Odebrecht foi ouvido na ação que acusa a chapa Dilma-Temer de abuso de poder político e econômico. Entre as irregularidades apontadas, dinheiro desviado da Petrobras que abasteceu as contas da campanha em 2014. Trechos do depoimento de Marcelo Odebrecht foram publicados no site “O Antagonista”. A TV Globo confirmou a autenticidade dos documentos. O empresário foi perguntado sobre a relação da Odebrecht com a campanha eleitoral que reelegeu Dilma Rousseff.
24
mar

Acontece

Postado às 10:29 Hs

 Sábado tem show de Jorge Vercillo e SESI BIG BAND no Natal Shopping

O show acontece neste sábado (25), a partir das 19h, no estacionamento externo do Natal Shopping. A realização deste encontro é da Juçara Figueiredo Produções. No show, o público será surpreendido por um repertório envolvente e com arranjos exclusivos da orquestra de jazz formada por instrutores e professores do projeto SESI ARTE, regida pelo maestro Eugénio Graça. Cantores como Ed Motta, Ivan Lins, Taryn Szpilman, Roberta Sá, Khrystal, Yamandu Costa, Lenine e Mestrinho já passaram pelo projeto.

 Os ingressos podem ser adquiridos nas Lojas Romance Brazil do Natal Shopping, Midway Mall e Praia Shopping, disponíveis nos seguintes valores: R$ 40 (pista – inteira) e R$ 80 (cadeira – inteira). Para quem adquiriu o ingresso em janeiro (antiga data), o mesmo continua valendo, no entanto é necessária a troca que também pode ser feita nas lojas Romance. Parte da renda arrecadada com a venda dos ingressos será revertida em produtos de necessidades básicas à LIGA contra o Câncer.

Serviço

Sesi Big Band convida Jorge Vercillo

Data: 25 de Março de 2017 (Sábado) / Local: Estacionamento Externo do Natal Shopping

Horário: 19h / Venda de Ingressos: Lojas Romance Brazil

(Natal Shopping, Praia Shopping e Midway Mall)

Informações: (84) 99981-0052

24
mar

@@@ O dia de Hoje na História… @@@

Postado às 7:03 Hs

24 de março:
Dia Mundial da Tuberculose.
Dia da União dos Povos Latinos
Dia Mundial da Juventude 
Dia de Santa Catarina
Nesta data em:

1882 – Robert Koch anuncia o descobrimento da bactéria responsável pela tuberculose, a Mycobacterium tuberculosis, na imagem.
1976 – As Forças Armadas da Argentina realizam um golpe de Estado e depõem a presidente Isabelita Perón, iniciando o Processo de Reorganização Nacional.
1999 – Guerra do Kosovo: a OTAN inicia o bombardeio aéreo sobre a Jugoslávia.

Nasceram neste dia…

1762 – Marcos Portugal, compositor e músico português (m. 1830).
1874 – Harry Houdini, ilusionista húngaro (m. 1926).
1930 – Steve McQueen, ator estadunidense (m. 1980).

Morreram neste dia…

1603 – Elizabeth I de Inglaterra n. 1533).
1971 – Arne Jacobsen, arquiteto e desenhista industrial dinamarquês (n. 1902).
1980 – Óscar Romero, bispo salvadorenho (n. 1917).

1997 – Alípio Martins, cantor brasileiro (n. 1945)

1997 – Walter Clark, produtor e executivo brasileiro (n. 1936)

1998 – António Ribeiro, religioso português (n. 1928)

2000 – Marinho de Oliveira Franco, maestro e músico brasileiro (n. 1912)

2002 — César Milstein, cientista argentino (n. 1927).

2012 — João Mineiro, cantor brasileiro (n. 1935).

2014 — Paulo Schroeber, guitarrista, produtor, compositor e professor musical brasileiro (n. 1973).

2016 — Johan Cruijff, futebolista e treinador de futebol neerlandês (n. 1947).

A história da ESAM/Ufersa está relacionada diretamente a Agronomia, afinal foi o primeiro curso implantado pela instituição em 1967. Meio século depois, as conquistas são bastante evidentes com egressos se destacando país afora e com pesquisas renomadas em todo o Brasil, mas há muitos desafios no presente. Foi pensando nos novos caminhos a trilhar que o Centro Acadêmico de Agronomia e a Coordenação do Curso iniciaram uma semana de discussões sobre o contexto atual do profissional engenheiro agrônomo no semiárido brasileiro. A II Semana de Agronomia da Ufersa começou resgatando a história do curso. A organização do evento reuniu fotos, cartazes, informes e peças que marcaram meio século de atividades no interior potiguar. No caminho para o auditório da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, local onde estão ocorrendo as palestras e mesas redondas, os visitantes entram numa linha do tempo e têm a oportunidade de ver materiais raros do curso como o Informativo CANGAÇO elaborado pelo Centro Acadêmico de 1981 O passado está presente na Semana de Agronomia para lembrar que é necessário pensar e planejar o futuro do curso com mudanças na estrutura curricular. Dentro da programação, está a realização de um grande painel para discutir o novo projeto político pedagógico da Agronomia da Ufersa. Será uma grande oportunidade para Coordenação e Núcleo Estruturante do curso debaterem com os alunos e traçarem as mudanças necessárias.
24
mar

Informativo

Postado às 0:42 Hs

# Cruzeta sai da lista de colapso e será abastecida pelo sistema de rodízio.

 

Em virtude das recentes chuvas na região Seridó, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) retomará o abastecimento da cidade de Cruzeta nesta quinta-feira (23). O açude público da cidade atingiu um volume que é possível retomar o fornecimento de água via sistema da companhia.

Atualmente, o Estado está com 17 cidades em colapso de abastecimento, na situação de rodízio estão 77 cidades. Cruzeta estava em colapso desde setembro de 2016. A perspectiva da Caern é que com a continuação das chuvas o número de cidades em colapso venha diminuir nos próximos dias.

 

#  Pane elétrica afeta Estação de Tratamento de Água e força parada no abastecimento de Cerro Corá

A queda de energia nessa quarta-feira (22) em Cerro Corá provocou um curto-circuito na Estação de Tratamento de Água da cidade. Foram afetados equipamentos importantes, além do quadro de comando. Em virtude desta situação, o abastecimento foi interrompido para a população.

A equipe da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) já realizou todos os serviços de manutenção da Estação e aguarda a concessionária de energia elétrica fazer uma ligação. A previsão da Cosern é fazer o serviço nesta sexta-feira (24). A normalização do abastecimento para Cerro Corá está prevista para o sábado (25)

O Centro de Referência em Direitos Humanos da Ufersa – CRDH – lança na próxima quarta, dia 29 de março, o livro “Semiárido: Espaço de Violações de Direitos Humanos e Potencial de Lutas”. A obra, organizada pela professora Oona de Oliveira Caju e pelo professor Rodrigo Vieira, conta com a contribuição de diversos professores da Ufersa, bem como de alunos(as) e profissionais que atuaram no CRDH do Semiárido.

O livro aborda temas com os quais o Centro de Referência atua desde sua criação, em 2013, refletindo suas experiências na defesa e promoção dos direitos humanos no Semiárido potiguar. A obra será apresentada pelo professor da Universidade Federal de Goiás, Fernando Dantas. Convidado especial, o professor é Doutor e Mestre em Direito das Relações Sociais pela Universidade Federal do Paraná e desenvolve pesquisas em diversas áreas do direito, com enfoque especial para os direitos dos povos indígenas.

O lançamento do livro será às 19h no Auditório da Proec, no Campus Leste em Mossoró.

23
mar

Oportunidade

Postado às 22:00 Hs

Para Kelps, canonização dos Mártires é oportunidade para turismo religioso. O deputado Kelps Lima (Solidariedade) disse nesta quinta-feira (23) em pronunciamento na Assembleia Legislativa que o anúncio da canonização dos Mártires de Uruaçu e Cunhaú é uma nova oportunidade para o Governo do Estado planejar o turismo no Rio Grande do Norte, principalmente na área do turismo religioso. “Tem que aproveitar a oportunidade com inteligência, com investimento constante. Tem que transformar a estrutura para que o Rio Grande do Norte amplie o seu setor de turismo.”, afirmou o deputado. O parlamentar sugeriu ainda ao Governo que tome como exemplo o que fez o deputado Tomba Farias (PSD) que, quando prefeito, transformou o santuário de Santa Rita de Cássia numa referência no turismo religioso, mesmo sem a Santa ser do Rio Grande do Norte nem nunca ter vindo aqui.

Por Débora Álvares e Ranier Bragon / Folha

Um dia após a Câmara dos Deputados aprovar a liberação ampla da terceirização baseada em um projeto de quase 20 anos atrás, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), afirmou nesta quinta-feira (23) que os senadores irão votar nos próximos dias um projeto mais recente sobre o tema. Ele se refere a texto apresentado em 2015, já aprovado pela Câmara, e que traz mais salvaguardas aos trabalhadores do que o projeto que os deputados enviaram para a sanção do presidente Michel Temer. De acordo com Eunício, a ideia é que o presidente da República faça uma “seleção” do que irá sancionar nos dois projetos aprovados.

MAIA DESENGAVETOU – O texto que a Câmara votou nesta quarta foi desengavetado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), como forma de driblar a resistência dos senadores de aprovarem a regulamentação da terceirização.

Apresentado pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) em 1998, esse projeto havia sido aprovado na Câmara e modificado no Senado na época, precisando apenas de uma nova votação dos deputados para ir à sanção, o que acabou acontecendo.

A principal medida do projeto é liberar as empresas a terceirizar qualquer área de sua produção, incluindo aquelas diretamente relacionadas à “atividade-fim”, o que vinha sendo barrado por jurisprudência da Justiça do Trabalho.

REVISÃO DO PROJETO – “Esse outro projeto que está tramitando vai ser o projeto para complementar, se for o caso, o projeto na Câmara, porque o Senado é a Casa revisora”, disse Eunício, segundo quem é “natural” a Câmara ter recorrido à manobra de desengavetar um projeto de 20 anos que não teve o aval da maioria da atual composição do Senado.

Ao comentar a votação desta quarta, Rodrigo Maia afirmou na manhã desta quinta que não considera preocupante a vitória governista apertada na discussão da terceirização —231 a 188, apenas 43 votos de diferença. A aprovação da reforma da Previdência, por exemplo, precisa de apoio expressivo por se tratar de emenda à Constituição —308 dos 513 deputados.

ATIVIDADE-FIM – Oposição ao governo Temer, o relator da proposta no Senado, Paulo Paim (PT-RS), tem insistido no veto à terceirização da atividade-fim. “Apresentei o relatório e espero votar, no mais tardar, na quinta que vem. É possível que possamos votar antes da sanção, para dar oportunidade do presidente vetar aquele [aprovado pela Câmara] e sancionar esse”.

O petista classificou o projeto aprovado na Câmara como “atrasado, arcaico, obsoleto” e destacou que seu relatório garante ao trabalhador terceirizado “os mesmos direitos de quem está na empresa matriz”, bem como o cumprimento da CLT (Consolidação das Leis de Trabalho). O relatório de Paim também não prevê terceirização na atividade-fim. Além disso, segundo o senador, “amarra” as regras de forma que a empresa se veja obrigada a pagar um “seguro obrigatório” ao funcionário mensalmente.

SENADO É CONTRA – Paim diz já ter conversado sobre a proposta com vários senadores, entre eles o presidente da Casa e o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR).

“Nenhum senador me disse, até hoje, que é favorável a permitir a terceirização na atividade-fim e todos querem que haja uma responsabilidade de fato da empresa que é terceirizada, que ela pague todos os direitos que estão na CLT para os trabalhadores, que é a responsabilidade solidária”.

Ministro do STF diz que mudanças devem buscar baratear o custo das eleições

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Barroso defendeu nesta quinta-feira a adoção do voto distrital misto — no qual o eleitor escolhe os deputados dando um voto para o partido e outro para um representante de sua região. Além disso, o ministro defendeu que o financiamento das campanhas seja feito com recursos públicos e de pessoas físicas e que se acabe com as coligações nas eleições de deputado e vereador. Para ele, esses são os pontos mais importantes que deveriam ser mudados com a reforma política.

Barroso debateu as alterações nas regras durante o Seminário Reforma Política e Eleitoral no Brasil, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo ele, as mudanças no sistema devem buscar baratear o custo das eleições, aumentar a legitimidade democrática e facilitar a governabilidade, segundo informações de O Globo.

O jurista afirmou que o modelo de financiamento misto é bom e é necessário aproveitá-lo, como uma forma de baratear as campanhas e incrementar a legitimidade do sistema. Umas das formas sugeridas por Ana Claudia Santana, da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político (Abradep), para diminuir os custos das campanhas foi o crowdfunding, que seria também uma maneira de aumentar a participação popular.

23
mar

Escola da Assembleia

Postado às 17:44 Hs

unnamed
Os servidores das 167 prefeituras do Rio Grande do Norte já podem contar com cursos de especialização e qualificação através da Escola da Assembleia. Um convênio foi assinado nesta quinta-feira (23), pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), e pelo presidente da Federação dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte (Femurn),Bênes Leocádio (PMDB), no gabinete da presidência do Legislativo Estadual. “Este ato formal de assinatura de convênio possibilita a troca de experiência e torna possível que servidores do Poder Executivo Municipal de todas as regiões do Estado se utilizarem da grade de cursos da Escola da Assembleia, com foco numa melhor prestação de serviços para os munícipes. São estes que estão na ponta e que querem receber o melhor do serviço público os maiores beneficiados. Pois terão a execução de projetos e programas conduzidos por um servidor melhor qualificado”, enfatizou Ezequiel Ferreira.
23
mar

Usando a crise como desculpa

Postado às 17:41 Hs

Empresa é condenada por usar “crise” como desculpa para não pagar trabalhador.

A 3ª Vara do Trabalho de Natal (RN) condenou a empresa Posidonia Serviços Marítimos Ltda. a pagar as verbas rescisórias de um empregado demitido sem justa causa. Em sua defesa, a empresa alegou não ter pago as verbas rescisórias em virtude da “crise financeira existente no país e, em particular, a gravidade das dificuldades financeiras por si vivenciadas”.

O juiz Décio Teixeira de Carvalho Júnior discordou da alegação apresentada pela empresa, por entender que a crise financeira não justificaria o descumprimento das obrigações trabalhistas.

“Os problemas financeiros por ela enfrentados não constituem juridicamente o que se entende por ‘força maior’, seja porque o ônus do negócio não pode ser transferido ao empregado, seja porque a situação em apreço não se enquadra no conceito de força maior previsto no art. 501 da CLT”, ressaltou o magistrado. Com a decisão, o trabalhador demitido terá direito a salário residual, a parte de 13º salário, férias e diferença de FGTS, repouso remunerado, além de multas referentes aos artigos 477 e 467 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Em caso de não pagamento do montante de condenação, no prazo de 15 dias após o trânsito em julgado da decisão, a Posidonia deverá pagar multa de 10%, nos termos do art. 523, § 1º (primeira parte), do CPC. Processo: 0001639-78.2016.5.21.0003

23
mar

Acontece

Postado às 15:18 Hs

Fátima Matos realiza Oficina de Eventos Infantis

No próximo dia 01 de Abril, a coach de eventos e cerimonial Fátima Matos realizará oficina para mamães e responsáveis onde abordará temas voltados aos eventos infantis: das pequenas festas na escola até as festas dos sonhos. Os participantes poderão descobrir o que essas celebrações têm em comum.

Fátima irá abordar muitos temas que preocupam os pais e o que pode ser resolvido durante esse período de preparação para o grande dia. A oficina abordará sobre convites, lancheiras, etiqueta em geral, cerimonial, buffet, lembranças, animação da festa e muito mais.

A oficina acontecerá no Hotel Villa Oeste, à partir das 15h e a entrada do evento é uma lata de leite em pó, que será revertida a instituições de caridade. O evento será limitado para 100 pessoas e a inscrição pode ser feita através do link: https://www.sympla.com.br/oficina-de-eventos-infantis__128507.

FATIMA MATOS

Coach de eventos com mais de 25 anos de carreira. Realiza eventos e assina o cerimonial de diversos tipos de festas na cidade de Mossoró e na região oeste do Estado.

Maiores informações: (84) 3061-1506

 

Mesmo sob forte protesto da oposição, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou ontem (22) o Projeto de Lei (PL) 4.302/1998, de autoria do Executivo, que libera a terceirização para todas as atividades das empresas. O projeto foi aprovado por 231 a favor, 188 contra e 8 abstenções.

Desde o início da sessão, a oposição obstruía os trabalhos. A obstrução só foi retirada após acordo para que fosse feita a votação nominal do projeto e simbólica dos destaques. O acordo foi costurado entre o líder do governo, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), e parte da oposição.

Pelo projeto, as empresas poderão terceirizar também a chamada atividade-fim, aquela para a qual a empresa foi criada. A medida prevê que a contratação terceirizada possa ocorrer sem restrições, inclusive na administração pública. Atualmente a legislação veda a terceirização da atividade-fim e prevê a adoção da prática em serviços que se enquadrem como atividade-meio, ou seja, aquelas funções que não estão diretamente ligadas ao objetivo principal da empresa

# Bancada Potiguar

Do total de oito deputados federais, apenas três deputados da bancada potiguar, Rafael Motta (PSB), Walter Alves (PMDB) e Zenaide Maia (PR), votaram contrários ao projeto que regulamenta a terceirização e o trabalho temporário no país. O texto foi aprovado, sob protesto da oposição, por 231 votos a 188. Foram registradas 8 abstenções. Entre outras coisas, o projeto de lei (PL 4302/98) permite a terceirização até da atividade-fim de uma empresa. O deputado Antônio Jácome (PTN) se absteve, ficando em cima do muro. Os deputados Fábio Faria (PSD), Felipe Maia (DEM) e Rogério Marinho (PSDB) foram favoráveis ao projeto. Beto Rosado, do PP, não compareceu à sessão, segundo informações do Congresso Em Foco e Agência Brasil

23
mar

E continua a novela…

Postado às 12:25 Hs

Deputados dizem ter conseguido mais de 200 assinaturas para criar CPI da carne

Os deputados federais Julio Delgado (PSB-MG) e Ivan Valente (PSOL-SP) disseram ter conseguido reunir na noite desta quarta-feira (22) assinaturas suficientes para protocolar o pedido de criação de uma CPI para apurar o suposto esquema investigado pela Operação Carne Fraca, da Polícia Federal.

Os deputados afirmaram ter mais de 200 assinaturas de deputados. O mínimo exigido é 171. A efetiva criação e instalação da CPI, porém, depende do atendimento de algumas exigências.

A primeira dela é a conferência da assinaturas dos deputados.

23
mar

Pobre Brasil !

Postado às 11:32 Hs

Corrupção: Nem 1% do que foi descoberto pela PF foi mostrado, diz delator da Carne Fraca

O fiscal agropecuário federal Daniel Gouveia Teixeira, responsável por denúncias que levaram à Operação Carne Fraca, afirmou que há uma série de irregularidades ainda não reveladas pela Polícia Federal (PF).Em entrevista à Rádio Eldorado nesta quarta-feira, 22, Teixeira ressaltou que o pagamento de propina é frequente no processo de fiscalização da carne. “Não foi mostrado nem 1% do que foi descoberto pela Polícia Federal”, disse.

O servidor do Ministério da Agricultura, que foi transferido de função desde o início das investigações, atribui as falhas à ingerência decorrente de indicações políticas. “É a interferência de políticos para tirar e colocar fiscais mais rigorosos em locais que não atrapalhassem interesses das empresas”, relatou. Teixeira também revelou que havia denúncias relacionadas ao setor engavetadas há cerca de dez anos. “A PF conseguiu fazer em dois anos o que o Ministério da Agricultura não fez em dez”, garante.

Apesar de denunciar o envolvimento de colegas e frigoríficos nos casos de corrupção, o fiscal tranquiliza a população em relação ao consumo da carne produzida no País. “Não é motivo de pânico. A população tem de conhecer o produto, verificar se é fiscalizado. 90% dos meus colegas são pessoas honestas e qualificadas que trabalham para garantir a qualidade dos produtos.”

Teixeira ainda afirmou que as irregularidades foram registradas ao longo de vários governos, ao menos desde o mandato do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, e que não houve mudança após o PMDB assumir o Planalto. O delator disse não ter conhecimento de qualquer associação ou formação de cartel por parte dos frigoríficos que pagavam propina a servidores federais. Ele criticou ainda as tentativas de minimizar a importância da Operação Carne Fraca.

O funcionário representa a categoria como delegado sindical, mas garante não ser filiado a nenhum partido político. Ele recebe segurança da Polícia Federal e de outros órgãos de segurança do Paraná desde o início da operação, há dois anos e meio.

Fonte: Isto É

23
mar

Charge: Logo ali na esquina…

Postado às 11:16 Hs

mar 24
sexta-feira
14 48
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
17 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5559922 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram