16
nov

@ @ É NOTÍCIA … @ @

Postado às 12:15 Hs

  • Representantes da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) entregarão ofício à embaixada de Cuba nesta sexta (16) com um apelo para que o país reconsidere a decisão de abandonar o programa Mais Médicos. Secretários municipais de Saúde também planejam ir à embaixada para tentar conversar com cubanos sobre os riscos da saída imediata dos médicos.(Folha).
  • A Revista Crusoé, na reportagem sobre a juíza Gabriela Hardt, diz que, diante da robustez das provas, Lula pode pegar até vinte anos de pena pela propina recebida no sítio de Atibaia.
  • O juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília, aceitou nessa quarta-feira (14) a denúncia oferecida pelo Ministério Público contra os ex-deputados federais Geddel Vieira Lima (MDB-BA), Eduardo Cunha (MDB-RJ) e Henrique Alves (MDB-RN) e mais 15 pessoas. Com a decisão do juiz, eles se tornaram réus no processo e passarão a responder a uma ação penal.
  • Deputados e senadores de vários partidos articulam a criação de uma frente parlamentar anticorrupção no Congresso para debater o pacote de medidas que deve ser encaminhado ao Legislativo pelo juiz Sérgio Moro já no início do governo, informa a Folha de São Paulo. A intenção declarada é dar suporte e agilizar a tramitação das medidas, mas a intenção velada é dividir os holofotes com Moro e não deixar que ele colha sozinho os louros do tema.
  • O deputado federal eleito Benes Leocádio (PTC) já tem um capital político. Além dos deputados estaduais eleitos Ubaldo Fernandes (PTC) e Eudiane Macedo (PTC), um grupo de prefeitos e vereadores do interior está disposto a acompanhá-lo. Leocádio passa de liderado a líder político.O grupo pode pegar uma sigla forte para comandar no Estado.
  • Figura dada como certa no governo Fátima Bezerra (PT), a deputada estadual Márcia Maia poderá voltar ao PSB ou se filiar ao PCdoB. É o que andam falando. Ela hoje é filiada ao PSDB.

 

É perceptível e nítido o crescimento da candidatura à Câmara Federal do ex-prefeito de Lajes e ex-presidente da Federação dos Municípios do RN (FEMURN) Benes Leocádio (PTC). Lenitivo insignificante, que se diga, à tragédia pessoal e familiar insanável que viveu há poucos dias.

Com o anúncio da retirada da candidatura a deputada federal da sua esposa e médica Vanessa Lopes, o candidato a deputado estadual pelo PSD Ivan Júnior, atendendo apelo dela fará dobradinha em Assú e outros municípios da região com o ex-prefeito de Lajes e candidato a deputado federal pelo PTC Benes Leócadio.

A campanha eleitoral para deputado federal vai pegar fogo em Assú, numa batalha municipalizada entre o candidato a deputado estadual Ivan Júnior (PSD) e o deputado estadual do PR e candidato a reeleição George Soares, com ajuda do seu irmão e prefeito Gustavo Soares, que vão medir forças para garantir a maior votação no município aos seus candidatos: João Maia (PR) e Benes Leocádio (PTC), respectivamente.

Na campanha de 2014, o então candidato a deputado federal Fábio Faria, apoiado na época por Ivan Júnior, obteve 10.265 votos e a deputada federal e hoje candidata a senadora pelo PHS Zenaide Maia, apoiada pelo clã dos Soares, ficou com apenas 4.842 votos, menos da metade da votação do seu rival político.

Com a rivalidade das duas principais lideranças políticas e de olho nas eleições para prefeito de Assú em 2020, Ivan Júnior e George Soares, vão desencadear uma verdadeira guerra para deputado estadual e também para deputado federal. Quem tiver mais votos para estadual e garantir a maior votação para federal, sai vencedor e com chances de vencer o pleito de 2020.

Fonte: Blog do VT

set 18
quarta-feira
19 27
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
14 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5798631 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram