16
nov

Em dezembro

Postado às 19:43 Hs

O sorteio dos grupos da Copa de 2018 será realizado no dia 1º de dezembro, em Moscou. Serão quatro potes com oito seleções em cada um deles e o critério de divisão é o ranking da Fifa.

Confira abaixo como ficaram os potes

Pote 1: Rússia, Alemanha, Brasil, Portugal, Argentina, Bélgica, Polônia e França

Pote 2: Espanha, Peru, Suíça, Inglaterra, Colômbia, México, Uruguai e Croácia

Pote 3: Dinamarca, Islândia, Costa Rica, Suécia, Tunísia, Egito, Senegal e Irã

Pote 4: Sérvia, Nigéria, Austrália, Japão, Marrocos, Panamá, Coreia do Sul e Arábia Saudita

 

Fonte: Esporte – iG

Uruguai perde no Peru e Brasil está classificado para a Copa de 2018. Oito vitórias seguidas nas Eliminatórias Sul-Americana e vaga na Copa do Mundo de 2018 garantida com quatro rodadas de antecedência. A Seleção Brasileira de Tite fez história na noite desta quarta-feira e contou com a ajuda do Peru para carimbar a vaga no Mundial do ano que vem. Após vencer o Paraguai por 3 a 0, o Brasil viu o Peru bater o Uruguai por 2 a 1, em Lima, e agora fará apenas “amistosos” nos últimos quatro jogos classificatórios. Líder das Eliminatórias com 34 pontos, a Seleção não ficará mais abaixo da quarta posição, que garante vaga direta na Rússia – o quinto lugar, hoje ocupado pela Argentina (22 pontos), disputa a repescagem. Como o Uruguai (terceiro, 23 pontos) ainda enfrenta os argentinos, já na próxima rodada, tal confronto direto fará com que ao menos um deles não chegue a 34.
22
jun

Contra ataque

Postado às 12:02 Hs

Brasil vai ‘dedurar’ o tal ‘padrão Fifa’ à Rússia

O governo prepara documento sobre a realização da Copa crítico à Fifa, para entregar à Rússia, que sediará os jogos em 2018. Fontes encarregadas da tarefa, se reuniram com dirigentes da África do Sul, que se somaram aos questionamentos aos métodos da entidade. ‘Não vamos polemizar agora para não reascender a polêmica, mas há muita coisa errada’, diz um ministro. A informação é de Ilimar Franco, na sua coluna do jornal O Globo deste domingo.

O documento — diz o colunista — deverá ser debatido no âmbito do IBAS (Índia, Brasil e África do Sul), para incluir os problemas enfrentados pelos africanos com a Fifa e, depois junto aos Brics (Brasil, Rússia, Índia e China). A intenção do Brasil é fazer alerta aos países que querem ser sede da Copa, e à Fifa, mostrando que precisa reavaliar sua conduta para realizar a Copa em nações democráticas e com controle social. As críticas vão da relação autoritária da entidade, à terceirização da festa de abertura, considerada de ‘péssimo gosto’, à dificuldade de comprar ingressos, até à falta de comida e de segurança nos estádios.

19
jun

Henrique na Rússia…

Postado às 15:30 Hs

O vice-governador de São Petersburgo, Marat Oganesyan, recebeu nesta quarta-feira (19), o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, e delegação com outros sete deputados brasileiros, entre eles, Felipe Maia (DEM). Oganesyan é responsável pela organização da Copa de 2018 na cidade de 4,6 milhões de habitantes, a segunda mais populosa da Rússia, atrás apenas da capital Moscou. “Queremos conhecer os estádios brasileiros e saber como o País se prepara para a Copa de 2014”, declarou. Henrique Eduardo Alves observou que o legado da Copa no Brasil vai além dos estádios, e inclui uma série de obras de infraestrutura urbana e de transportes. “Não visite apenas os estádios”, afirmou a Oganesyan, ao convidá-lo para visitar o País.
30
set

Rússia 2018… e a nossa ???

Postado às 18:40 Hs

Onze cidades e doze estádios sediarão as 64 partidas da Copa do Mundo da FIFA Rússia 2018. O anúncio foi feito ontem, 29 de setembro de 2012, em cerimônia transmitida ao vivo pela emissora de televisão russa Canal 1, com as presenças do ministro do Esporte da Rússia e presidente do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo da FIFA 2018, Vitaly Mutko, e do presidente da FIFA, Joseph S. Blatter. Entre os convidados também estiveram o secretário geral da FIFA, Jérôme Valcke, o CEO do COL, Alexey Sorokin, o técnico da seleção da Rússia, Fabio Capello, e o ex-jogador brasileiro Roberto Carlos. As cidades-sede da Rússia 2018 foram divididas em quatro áreas geográficas: Central (estádios Lujniki e Spartak em Moscou), Norte (São Petersburgo e Kaliningrado), Volga (Níjni Novgorod, Kazan, Samara, Saransk e Volgogrado) e Sul (Rostov do Don e Sóchi), além de Ecaterimburgo.
16
out

Depois da Copa de 2014…

Postado às 18:01 Hs

A Inglaterra desistiu oficialmente da disputa para sediar a Copa do Mundo de 2022 para se focar na candidatura pelo Mundial de 2018, enquanto os Estados Unidos tomaram o caminho oposto, nesta sexta-feira.

“Agora estamos concentrando todos os nossos esforços na candidatura de 2018″, disse o porta-voz do comitê organizador da Inglaterra, Phil Mepham. “É puramente logístico, e nada mais.”

Os Estados Unidos, ao contrário, desistiram da candidatura para organizar a Copa de 2018 e vão se focar inteiramente na proposta pelo Mundial de 2022, informou o comitê da candidatura do país nesta sexta-feira.

“Por algum tempo estamos conversando com a Fifa e a Uefa sobre a possibilidade de nos concentrarmos no processo de candidatura de 2022, uma opção que fizemos referência várias vezes”, disse Sunil Gulati, presidente da Federação de Futebol dos EUA e chefe da candidatura do país para o Mundial.

“Estamos confiantes que isso é o melhor para a candidatura dos EUA”, acrescentou.

Com as desistências, Inglaterra, Rússia e as candidaturas conjuntas de Espanha-Portugal e Bélgica-Holanda seguem na disputa para sediar a Copa de 2018, enquanto o Catar, os EUA, a Coreia do Sul, o Japão e a Austrália competirão pelo torneio de 2022

jul 6
quarta-feira
04 23
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
46 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.903.504 VISITAS