O governo federal anunciou nesta quarta-feira (11) que vai zerar a alíquota do imposto de importação de sete categorias de produtos alimentícios. A decisão foi tomada pelo Comitê-executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Gecex/Camex), do Ministério da Economia. Em coletiva de imprensa para detalhar as medidas, o secretário-executivo da pasta, Marcelo Guaranys, disse que o objetivo da medida é conter o avanço da inflação no país. “Sabemos que essas medidas não revertem a inflação, mas aumentam a contestabilidade dos mercados. Então, o produto que está começando a crescer muito de preço, diante da possibilidade maior de importação, os empresários pensam duas vezes antes de aumentar tanto o produto. Essa é a nossa lógica com esse instrumento”. Em abril, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial, fechou em 1,06%. Foi o índice mais alto para um mês de abril desde 1996 (1,26%). Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que calcula o IPCA, a inflação acumulada em 12 meses está em 12,13%.

Foto: Divulgação

O Geoparque Seridó recebeu o reconhecimento de território de relevância geológica internacional pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). O resultado foi divulgado nesta quarta-feira (13), com oito adições ao mapa, que soma 177 geoparques em 46 países. O Brasil ainda teve a entrada do Geoparque Caminhos dos Cânions do Sul, na região Sul, e foi o único país com mais de um território integrado à Rede Global de Geoparques.

Com o nome da região potiguar, o é território rico nos aspectos naturais e culturais, que envolve seis cidades: Acari, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Currais Novos, Lagoa Nova e Parelhas. São mais de 100 mil pessoas vivendo na região do geoparque.

Tribuna do Norte

Com o anúncio de liberação de volumes recordes de petróleo e derivados de estoques estratégicos e pelos contínuos lockdowns na China para contenção do coronavírus, os preços do barril de petróleo caíram US$ 4 nesta segunda-feira (11), com o Brent sendo negociado abaixo de US$ 100.

O petróleo Brent para entrega em junho caiu US$ 4,26, ou 4,14%, e foi negociado a US$ 98,52 por barril. Já o petróleo bruto dos Estados Unidos (WTI) perdia US$ 4,15, ou 4,23%, passando para US$ 94,11.

Os países membros da Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) liberarão 60 milhões de barris nos próximos seis meses. Os Estados Unidos anunciaram, em março, a liberação de 180 milhões de barris.

A liberação dos volumes da Reserva Estratégica de Petróleo (SPR) equivale a 1,3 milhão de barris por dia (bpd) nos próximos seis meses e é suficiente para compensar um déficit de 1 milhão de bpd no fornecimento de petróleo russo, disseram analistas do JP Morgan.

O mercado também tem observado os desenvolvimentos na China, onde as autoridades mantiveram Xangai em lockdown sob sua política de “tolerância zero” para a Covid-19. A cidade chinesa começou a afrouxar seu lockdown em algumas áreas nesta segunda-feira.

A entrada de fluxos externos atraídos por juros altos e pela valorização das commodities fez o dólar cair pela terceira vez seguida e fechar no menor nível em mais de dois anos. A bolsa de valores teve um dia mais tenso, com a indecisão sobre o comando da Petrobras, e teve leve queda. O dólar comercial encerrou esta segunda-feira (4) vendido a R$ 4,608, com queda de R$ 0,059 (-1,27%). Após abrir próxima da estabilidade, a cotação operou em baixa durante todo o dia, na faixa entre R$ 4,60 e R$ 4,62. A moeda norte-americana está no menor nível desde 4 de março de 2020, uma semana antes de a Organização Mundial de Saúde decretar a pandemia de covid-19, quando tinha fechado a R$ 4,58. Apenas nos dois primeiros dias úteis de abril, o dólar caiu 3,2%. Em 2022, a divisa acumula baixa de 17,36%.

O Governo Federal estuda revogar nos próximos dias uma série de medidas que marcaram os últimos dois anos, como a obrigatoriedade do uso de máscaras em alguns estabelecimentos, as regras sanitárias para a entrada de estrangeiros e a restrição na exportação de insumos médicos e hospitalares.

Esse movimento de flexibilização, que ainda precisa ser confirmado pelo Ministério da Saúde, acontece na esteira do que foi feito em muitos países da Europa, como Reino Unido, Dinamarca, França e Espanha, que a partir de fevereiro e março começaram a relaxar muitas das políticas públicas de saúde que marcaram 2020 e 2021.Ainda no cenário internacional, a ideia da “covid zero”, que tentava acabar com qualquer surto da doença logo no início, foi praticamente abandonada em locais como Austrália, Nova Zelândia e Coreia do Sul — o último bastião desta política é a China, que ainda faz lockdowns rigorosos nas regiões em que é detectado um aumento de casos da infecção pelo coronavírus.

Nas últimas semanas, porém, é possível notar um aumento em casos, hospitalizações e mortes por covid em alguns desses países que reabriram completamente.

Por ora, Brasil vive uma situação relativamente estável em relação à pandemia. As médias móveis de casos e mortes estão em queda desde o início de fevereiro e, até agora, as aglomerações registradas no carnaval e a liberação do uso de máscaras em muitos Estados não resultaram numa reversão dessa tendência, com uma piora significativa dos índices.Diante de todos esses elementos, será que é hora de declarar o fim da pandemia? E o que o Brasil (e os brasileiros) podem aprender com situação pós-abertura observada em outros países?

A palavra final é da OMS – A epidemiologista Ethel Maciel, professora da Universidade Federal do Espírito Santo, lembra que a prerrogativa de declarar o início e o fim de uma pandemia é da Organização Mundial de Saúde (OMS). Portanto, não são os países que vão “rebaixar” o status da covid-19 e definir que ela se tornou uma doença endêmica.

O que o Ministério da Saúde pode fazer é acabar com a Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (Espin), o que permitiria aliviar muitas das medidas adotadas desde que o coronavírus começou a se espalhar país adentro.

Pouco tempo depois de conhecer os adversários da primeira fase da Copa do Mundo, o Brasil conheceu também os horários das partidas. O time pentacampeão estreará no Catar 2022 contra a Sérvia, em 24 de novembro, uma quinta-feira, às 16 horas (de Brasília). Ainda na fase de grupos, a seleção brasileira enfrentará a Suíça, no dia 28, às 10 horas; e, quatro dias depois, às 16h, pegará Camarões.

# Brasil x Sérvia – quinta-feira, 24 de novembro – 16h (horário de Brasília)
# Brasil x Suíça – segunda-feira, 28 de novembro – 10h (horário de Brasília)
# Brasil x Camarões – sexta-feira, 2 de dezembro – 16h (horário de Brasília) .

Caso avance com a primeira posição do Grupo G, o time do técnico Tite pegará o segundo colocado de uma chave com Portugal, Uruguai, Gana e Coreia do Sul. Se avançar em segundo, enfrentará o primeiro colocado do Grupo H. A Copa do Mundo acontece de 21 de novembro a 18 de dezembro. A grande final está marcada para domingo, às 10 horas.

01
abr

Copa do Qatar 2022

Postado às 21:05 Hs

A Fifa realizou hoje o sorteio dos grupos da Copa do Mundo do Qatar. A seleção brasileira está no grupo G, ao lado de Sérvia, Suíça e Camarões. A Copa do Qatar será realizada de 21 de novembro a 18 de dezembro de 2022. O Brasil estreia em 24 de novembro contra a Sérvia. Depois, joga contra a Suíça em 28 de novembro e encerra a fase de grupos em 2 de dezembro contra Camarões. O jogo de abertura da Copa será Qatar x Equador, às 7h (de Brasília), em 21 de novembro. As equipes foram divididas em quatro potes de acordo com a posição de cada seleção no ranking da Fifa. O Brasil estava no pote 1, junto aos demais cabeças de chave, e lidera o ranking da entidade. Ainda restam três vagas na Copa, que serão preenchidas em confrontos de repescagem. Os duelos da repescagem são: Costa Rica x Nova Zelândia, Austrália ou Emirados Árabes Unidos x Peru e País de Gales x Escócia ou Ucrânia. A Fifa aguardava o sorteio para direcionar os horários dos jogos da fase de grupos. A ideia da entidade é colocar os confrontos em horários atrativos para as transmissões de cada país.

A Fifa (Federação Internacional de Futebol) sorteia nesta sexta-feira (1º.abr.2022), 13h (horário de Brasília) os grupos da Copa do Mundo do Qatar, marcada para começar em 21 de novembro. Das 32 vagas para o mundial, 29 já estão preenchidas. As partidas da repescagem intercontinental foram adiadas por conta da pandemia. Já a última vaga europeia foi atrasada pela guerra na Ucrânia.

O sorteio é dividido em 4 potes com 8 seleções cada. Estes foram montados de acordo com a posição de cada país no ranking da Fifa, atualizado mensalmente.

A seleção brasileira assumiu a liderança da lista na última atualização, nessa quinta-feira (31.mar) e encabeça o pote 1, que tem 7 das 8 melhores seleções do mundo – a equipe da Itália, 6ª no ranking, não se classificou. Já o time do Qatar também está no pote principal por ser do país-sede. Está automaticamente alocado no grupo A e fará o jogo de estreia.

Os potes 2, 3 e 4 seguem a mesma lógica, com as seleções mais bem ranqueadas no 2º pote e assim por diante. As 3 seleções ainda não definidas estão automaticamente no pote 4 do sorteio.

Poder360

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou nesta quarta-feira (30) um plano atualizado para a covid-19, estabelecendo importantes estratégias que, se implementadas em 2022, permitirão que o mundo saia da fase emergencial da pandemia. O plano inclui três cenários possíveis para como o vírus pode evoluir no próximo ano. “De acordo com o que sabemos agora, o cenário mais provável é que o vírus da covid-19 continue evoluindo, mas a gravidade da doença que ele causa irá reduzir com o tempo enquanto a imunidade aumenta por conta da vacinação e das infecções”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, durante um briefing.
A cerimônia do Oscar 2022 aconteceu nesse domingo (27), em Los Angeles, apresentada pelas atrizes e comediantes Regina Hall, Wanda Sykes e Amy Schumer, e a grande vitória foi do filme independente “No Ritmo do Coração”, contra as expectativas do grande favorito, “Ataque dos Cães”, que teve 12 indicações e apenas uma vitória. Este ano, “Duna” foi um grande vitorioso nas categorias técnicas. Enquanto isso, nas categorias principais, não houve grandes surpresas. Will Smith, Jessica Chastain, Troy Kotsur e Ariana DeBose foram os consagrados em atuação, como já especulava-se no início da temporada. Veja aqui a lista completa de vencedores do Oscar 2022:

O Brasil aceita oficialmente receber refugiados da guerra na Ucrânia desde o dia 3 de fevereiro, quando foi publicada portaria com as regras de concessão de visto humanitário, que incluem possibilidade de trabalhar legalmente e de pedir moradia definitiva. Desde então, de acordo com a Polícia Federal, o país já recebeu 894 ucranianos que fugiram do cenário de guerra.

De acordo com a Embaixada da Ucrânia no Brasil, a maioria desses refugiados já tem alguma ligação com a comunidade ucraniana no Brasil, que se organizou para recebê-los, principalmente em São Paulo e nos estados da Região Sul.

Ainda de acordo com a PF, esses refugiados já entraram com 21 pedidos para visto temporário, cinco pedidos para residência permanente e dois pedidos para visto provisório. É um número bem menor do que o total de refugiados recebidos porque eles têm até três meses para iniciar o processo de imigração humanitária.

Refugiados da guerra

Ao menos três milhões de ucranianos deixaram o país desde o início da guerra e estão refugiados no estrangeiro, sobretudo na Polônia, segundo a Agência da ONU para Refugiados (Acnur).

Metrópoles

Vatican News

Com voz e mãos firmes, o Papa foi contundente ao pedir, mais uma vez, o fim imediato da guerra na Ucrânia  ao final da oração mariana do Angelus deste domingo (13/03): “Acabamos de rezar para Nossa Senhora. Esta semana, a cidade que leva seu nome, Mariupol, se tornou uma cidade mártir da guerra desoladora que está devastando a Ucrânia. Diante da barbárie da matança de crianças, de inocentes e de civis indefesos não existem razões estratégicas plausíveis: deve-se somente cessar a inaceitável agressão armada, antes que reduza as cidades em cemitérios.”

“Com dor no coração, uno a minha voz àquela das pessoas comuns, que imploram o fim da guerra. Em nome de Deus, se ouça o grito de quem sofre e se ponha fim aos bombardeios e aos ataques! Invista-se real e decididamente na negociação, e os corredores humanitários sejam efetivos e seguros.” “Em nome de Deus, eu peço: parem este massacre!”

Deus é só Deus da paz, não da guerra

O Papa pediu também um maior esforço para acolher os quem foge da guerra e que os fiéis intensifiquem as orações: Gostaria ainda, mais uma vez, exortar ao acolhimento dos muitos refugiados, nos quais Cristo está presente, e agradecer pela grande rede de solidariedade que se formou. Peço a todas as comunidades diocesanas e religiosas que aumentem os momentos de oração pela paz. Aumentar os momentos de oração pela paz. Deus é só Deus da paz, não é Deus da guerra, e quem apoia a violência profana o seu nome. Vamos agora rezar em silêncio por quem sofre e para que Deus converta os corações a uma firme vontade de paz.”

O Pontífice está acompanhando de perto tudo o que está acontecendo na Ucrânia. A seu pedido, esta semana dois cardeais, Konrad Krajewski e Michael Czerny, estiveram entre os refugiados na Polônia e na Hungria para levar a solidariedade do Papa e ajudas materiais. O esmoleiro, card. Krajewski, inclusive conseguiu ir até Lviv, cidade que os russos bombardearam nas últimas horas. Na frente diplomática o secretário de Estado, Pietro Parolin, conversou no decorrer da semana com o ministro das relações exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, para pedir o fim imediato dos bombardeiros e oferecendo a mediação da Santa Sé.

10
mar

Já em casa

Postado às 13:06 Hs

Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) pousaram hoje (10), por volta das 6h30 da manhã, no Recife, em Pernambuco. O cargueiro KC-390 Millennium e o Embraer Legacy trouxeram 42 brasileiros, 20 ucranianos, 5 argentinos e 1 colombiano, além de 14 crianças. Também foram trazidos oito cachorros e dois gatos. Os repatriados estão fazendo uma escala de 3 horas em Recife, de onde partem para Brasília. A previsão de chegada na capital federal é 12h15 e eles serão recebidos pelo presidente Jair Bolsonaro.

O ministro das Relações Exteriores, Carlos França, participou da Operação Repatriação e está acompanhando os repatriados. Ele esteve em visita oficial à Polônia, onde se reuniu com seu homólogo polonês. Após deixar Varsóvia, na Polônia, ontem (9), os aviões fizeram escalas em Lisboa (Portugal) e na Ilha do Sal (Cabo Verde).

Reprodução

A aeronave disponibilizada pelo governo brasileiro para resgatar cidadãos que deixaram a Ucrânia após a invasão da Rússia partirá nesta segunda-feira, às 15h, de Brasília. O KC-390 da Força Aérea Brasileira (FAB) tem como destino a capital da Polônia, Varsóvia, ponto de chegada de grande parte dos refugiados.

Na viagem de ida, os militares brasileiros levarão 11,6 toneladas de mantimentos para ajuda humanitária. O volume representa alimentos, medicamentos, equipamentos de saúde e para energia, além de purificadores de água. Os donativos foram recolhidos sob coordenação da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), ligada ao Ministério das Relações Exteriores. A chegada da aeronave com os brasileiros resgatados está prevista para quinta-feira. O número de pessoas que irão embarcar ainda não foi informado.

Além de resgatar brasileiros, o governo publicou na semana passada uma portaria que concede visto humanitário a ucranianos que queiram vir para o Brasil por causa da guerra. O texto publicado no Diário Oficial da União autoriza permanência dos ucranianos e apátridas no Brasil por 180 dias. Depois desse período, os imigrantes terão direito a residência temporária de dois anos e reivindicar residência permanente.

O período para concessão de vistos ficará em vigor até 31 de agosto deste ano, mas o governo “não afasta a possibilidade de outras medidas que possam ser adotadas pelo Estado brasileiro para proteção dos nacionais ucranianos e apátridas residentes na Ucrânia”.

A portaria também exige que, para solicitação do visto temporário, o imigrante precisará apresentar: documento de viagem válido; formulário de solicitação de visto preenchido; comprovante de meio de transporte de entrada no território brasileiro; atestado de antecedentes criminais expedido pela Ucrânia ou, na impossibilidade de sua obtenção, declaração de ausência de antecedentes criminais em qualquer país.

Valor Econômico

Facebook / Pessoal

Cinco anos após Felipe Massa deixar a Fórmula 1, o Brasil poderá contar com outro piloto representando o país no mais alto escalão do automobilismo de forma definitiva. Piloto reserva da Haas, Pietro Fittipaldi deve assumir o lugar deixado pelo russo Nikita Mazepin, que, até o momento, foi proibido de correr no Reino Unido, medida que deve ser adotada em outros locais do mundo.

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA), inclusive, já anunciou que o Grande Prêmio da Rússia. que era realizado em Sochi e a partir de 2022 seria disputado em São Petersburgo, está fora do calendário. Sanções ocorrem devido à inv asão russa à Ucrânia.

Segundo a Sky Sports, a scuderia norte-americana vai romper contrato com Mazepin. Pietro, de 25 anos, é neto do bicampeão mundial Emerson Fittipaldi que correu entre os anos de 1970 e 1980.

O outro piloto da Hass é o alemão Mick Schumacher, filho do sete vezes campeão Michael Schumacher.  A próxima corrida, que é a primeira da temporada, está marcada para acontecer no dia 20 de março, no Bahrein.

O Tempo

A notícia de que a provedora global de índices MSCI excluiu a Rússia dos seus índices de mercados emergentes pode ser boa para a América Latina, segundo análise do Itaú BBA. O banco estima que, mantida a fatia de 9,33% da região no índice geral de emergentes, a América Latina poderia ter um fluxo de US$ 2,12 bilhões com a exclusão russa. Só para o Brasil, o fluxo seria de US$ 1,34 bilhão. Atualmente, a Rússia tem uma fatia de 1,47% no MSCI Emergentes, ante 4,97% do Brasil, 2,02% do México, 0,43% do Chile, 0,25% do Peru e 0,19% da Colômbia. A exclusão dos russos valerá a partir do próximo dia 9. Com a derrocada dos ativos russos nos últimos dias, a participação do país já vem caindo fortemente. Na última revisão trimestral, em 22 de fevereiro, a fatia russa era de 3,41%. “A exclusão da Rússia resultará em saídas de US$ 5,9 bilhões de investidores passivos e US$ 21,2 bilhões de investidores ativos. Normalmente, analisamos apenas os fluxos de investimentos passivos, pois eles devem seguir os pesos atuais do índice, enquanto os investimentos ativos não precisam – mas dado que a Rússia será praticamente removida do índice, acreditamos que é importante mostrar também os fluxos potenciais ativos”, diz o Itaú BBA.

Os preços do petróleo fecharam na quarta-feira (2.mar.2022) com os maiores valores em mais de 10 anos. E na reabertura do mercado nesta quinta-eira (3.mar.2022), a pressão de alta continua muito forte. A razão da alta são as sanções às empresas petrolíferas russas e a incerteza provocada pela guerra na Ucrânia.

Na quarta-feira, o Brent, o petróleo do Mar do Norte, comercializado em Londres, fechou em US$ 112,93 o barril. Esse indicador é a referência para o preço de vários outros campos de petróleo do mundo, incluindo os do Brasil. O outro índice muito importante, o WTI (West Texas Intermediate), fechou a US$ 112,51. Ambos os valores são os maiores desde 2011.

Na reabertura do mercado, os preços continuaram a subir. Às 3h GMT, o preço do Brent havia superado os US$ 118 e depois recuado para US$ 117,90. A alta dos preços do petróleo deve provocar o aumento dos preços dos combustíveis em todo o mundo, pressionando a inflação.

No ano passado, o preço do petróleo havia subido 45%. Neste ano, a alta já se aproxima dos 30%.

Poder360

A segunda rodada de negociações entre Ucrânia e Rússia, agendada para esta quarta-feira, 2, foi adiada para quinta-feira, 3. De acordo a agência de notícias russa TASS, o novo encontro acontecerá em Belovezhskaya Puscha, na Belarus.

O encontro seria para negociar um possível cessar fogo, e a Rússia espera que autoridades ucranianas cheguem a Belarus, e o exército russo irá fazer um corredor de segurança para eles quando chegarem.

“Esperamos os executivos ucranianos amanhã, já estão a caminho”, afirmou o chefe da delegação russa, Vladimir Medinski.

A primeira rodada de negociações ocorreu na segunda-feira,28, também na Belarus, e durou cerca de cinco horas. A Ucrânia chegou a classificar a negociação como “difícil”, e não teve resultados tangíveis.

Veja

Maio 22
domingo
05 38
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
49 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.899.490 VISITAS