17
out

Números da Covid

Postado às 19:52 Hs

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil neste domingo (17):

– O país registrou 130 óbitos nas últimas 24h, totalizando 603.282 mortes; Foi o menor número de óbitos em 24h neste ano.

– Foram 5.738 novos casos de coronavírus registrados, no total 21.644.464. Pela primeira vez desde 14 de maio de 2020, a média de novos casos de Covid-19 no Brasil fica abaixo de 10 mil.

O Ministério da Saúde calcula que 20,7 milhões de pessoas já se recuperaram da Covid-19. A média movel de casos (9.806) está em queda de -36,27% em relação a 7 dias atrás e média móvel de óbitos(324) está em queda de -26,03% em relação a 7 dias atrás.

17
out

Registros

Postado às 19:46 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus neste domingo (17). São 370.895 casos totalizados. Na sexta-feira (15) eram contabilizados 370.791, ou seja, 104 novos casos em comparação com o dia anterior, destes, 38 confirmados nas últimas 24 horas.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 7.364 no total. Sem registro de óbitos ocorridos nas últimas 24h. No sábado (16) eram 7.363 mortes. A Sesap registrou 01 morte após resultados de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.319.

Recuperados são 260.484. Casos suspeitos somam 178.671 e descartados são 746.633. Em acompanhamento, são 103.047.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 35,1%, registrada no início da tarde deste domingo (17). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 119. Até o momento desta publicação são 124 leitos críticos (UTI) disponíveis e 67 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 95 disponíveis e 52 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 37,9% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 31,8% e a Região Seridó tem 20%. O RN permanece com fila zerada de pacientes para UTI Covid conforme levantamento feito por volta das 12h10 deste domingo (17).

Neste período, havia 05 pacientes com perfil para leitos críticos na lista de regulação e outros 02 aguardavam avaliação. Foram registrados disponíveis 124 leitos críticos e outros 95, sendo clínicos.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou ontem (15) que a Secretaria Especial do Tesouro e Orçamento autorizou a complementação de cerca de R$ 292 milhões ao orçamento do Censo Demográfico 2022. Com a emenda ao Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2022, a pesquisa receberá R$ 2.292.907.087.

O PLOA 2022 foi enviado ao Congresso Nacional em 31 de agosto com a previsão de R$ 2 bilhões para a realização da pesquisa, que é a mais completa executada pelo IBGE e serve de base para outros estudos e índices calculados pelo instituto. O IBGE destacou na época que o valor não era suficiente, e que eram necessários os R$ 292 milhões adicionais, valor que foi confirmado ao Supremo Tribunal Federal (STF) no início deste mês, em resposta a um pedido de informação do ministro Gilmar Mendes.

Na nota divulgada hoje, o instituto informa que a Secretaria do Tesouro considerou “possível” a ampliação do orçamento do censo nos termos esclarecidos pelo instituto ao Supremo. Os recursos complementares sairão do Fundo de Garantia à Exportação (FGE), supervisionado pelo Ministério da Economia.

15
out

Registros

Postado às 17:24 Hs

O RN registrou 03 óbitos nas últimas 24h (Lagoa D’anta, Natal e Mossoró ), segundo a atualização da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) desta sexta-feira (15).

São 370.418 casos totalizados. Na quinta-feira (14) eram contabilizados 370.120, ou seja, 298 novos casos em comparação com o dia anterior, destes, 85 confirmados nas últimas 24h horas.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 7.361 no total. Na quinta-feira (14) eram 7.358 mortes. Óbitos em investigação são 1.353. Recuperados são 260.484. Casos suspeitos somam 178.795 e descartados são 744.480. Em acompanhamento, são 102.573.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 31,3%, registrada no início da tarde desta sexta-feira (15). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 115. Até o momento desta publicação são 132 leitos críticos (UTI) disponíveis e 60 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 100 disponíveis e 55 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 35,3% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 27,3% e a Região Seridó tem 6,7%.

O RN permanece com fila zerada de pacientes para UTI Covid conforme levantamento feito por volta das 12h00 desta sexta-feira (15).

Neste período, havia 03 pacientes com perfil para leitos críticos na lista de regulação e nenhum aguarda avaliação. Foram registrados disponíveis 132 leitos críticos e outros 100, sendo clínicos.

14
out

Registros

Postado às 14:48 Hs

O RN registrou 01 óbito nas últimas 24h (Parnamirim), segundo a atualização da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) desta quinta-feira (14).

São 370.120 casos totalizados. Na quarta-feira (13) eram contabilizados 369.995, ou seja, 125 novos casos em comparação com o dia anterior, destes, 77 confirmados nas últimas 24h horas.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 7.358 no total. Na quarta-feira (13) eram 7.357 mortes. Óbitos em investigação são 1.349. Recuperados são 259.995. Casos suspeitos somam 178.582 e descartados são 743.072. Em acompanhamento, são 102.767.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 33,9%, registrada no início da tarde desta quinta-feira (14). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 119. Até o momento desta publicação são 127 leitos críticos (UTI) disponíveis e 65 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 105 disponíveis e 54 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 36,8% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 29,5% e a Região Seridó tem 20%.

O RN permanece com fila zerada de pacientes para UTI Covid conforme levantamento feito por volta das 11h50 desta quinta-feira (14). Neste período, havia 01 pacientes com perfil para leitos críticos na lista de regulação e 03 aguardavam avaliação. Foram registrados disponíveis 127 leitos críticos e outros 105, sendo clínicos.

Pesquisa PoderData realizada nesta semana (11-13.out.2021) mostra leve melhora para o governo Jair Bolsonaro na opinião pública nos últimos 15 dias. A taxa de reprovação à gestão federal hoje está em 58%, uma queda de 5 pontos em comparação à pesquisa anterior. A aprovação ao governo sobe para 33%. Oscilou para cima dentro da margem de erro da pesquisa, de 2 pontos percentuais. O resultado indica uma melhora pontual para o governo, embora o quadro siga negativo para o Planalto. A taxa de reprovação está 25 pontos percentuais acima da de aprovação. Mas já foi pior: essa diferença era de 36 pontos no início de setembro. A pesquisa foi realizada por meio de ligações para telefones celulares e fixos. Foram 2.500 entrevistas em 469 municípios nas 27 unidades da Federação de 11 a 13 de setembro de 2021. Para chegar a 2.500 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população.
13
out

Registros

Postado às 14:13 Hs

O RN registrou 01 óbito nas últimas 24h (Parnamirim), segundo a atualização da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) desta quarta-feira (13).

São 369.995 casos totalizados. Na terça-feira (12) eram contabilizados 369.903, ou seja, 92 novos casos em comparação com o dia anterior, destes, 13 confirmados nas últimas 24h horas.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 7.357 no total. Na terça-feira (12) eram 7.354 mortes. Óbitos em investigação são 1.348. Recuperados são 259.995. Casos suspeitos somam 178.014 e descartados são 742.501. Em acompanhamento, são 102.643.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 34,9%, registrada no início da tarde desta quarta-feira (13). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 115. Até o momento desta publicação são 125 leitos críticos (UTI) disponíveis e 67 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 104 disponíveis e 48 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 38,1% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 29,5% e a Região Seridó tem 33,3%.

O RN permanece com fila zerada de pacientes para UTI Covid conforme levantamento feito por volta das 12h00 desta quarta-feira (13). Neste período, havia 04 pacientes com perfil para leitos críticos na lista de regulação e nenhum aguardava avaliação. Foram registrados disponíveis 125 leitos críticos e outros 104, sendo clínico

 

12
out

Números da Covid

Postado às 20:01 Hs

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta terça-feira (12):

– O país registrou 185 óbitos nas últimas 24h, totalizando 601.398 mortes;

– Foram 7.359 novos casos de coronavírus registrados, no total 21.590.097.

O Ministério da Saúde calcula que 20,6 milhões de pessoas já se recuperaram da covid-19.

Casos: média atual: 13.003, menor média desde 18/05/20 (12.270) Mortes: média atual: 367, menor média desde 12/11/20 (357)

O Rio Grande do Norte tem 81.958 pessoas com a dose de reforço da vacina contra a Covid em atraso. Os dados são da plataforma RN+ Vacina, do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) e que atua como monitoramento da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) nos índices de vacinação no estado.
Idosos e imunossuprimidos representam a maior parte dos atrasados: são 54.342 em todo o estado, sendo 21.916 deles apenas em Natal.
Já os trabalhadores em saúde com a dose de reforço em atraso são 27.616 em todo o estado, sendo 9.380 na capital potiguar.
São consideradas pessoas com a dose de reforço em atraso aquelas que já estão aptas a se vacinarem de acordo com o Plano Nacional de Imunização e as definições do Estado e dos municípios, mas ainda não foram receber o imunizante.

G1-RN

Dados da Campanha Nacional de Imunização mostram que 54,5% da população com 12 anos ou mais no país está totalmente imunizada contra a Covid-19. Ou seja, já receberam duas doses ou a vacina de dose única. O número corresponde a 99.657.382 dos quase 182 milhões de brasileiros nesta faixa etária, com o ciclo vacinal completo.

No total, 149.684.859 pessoas receberam ao menos uma dose, o que corresponde a 81,8% da população com 12 anos ou mais. Já a dose de reforço foi aplicada em 2.344.769 pessoas.

Nas últimas 24 horas, foram aplicadas 843.195 vacinas no país. Somando a primeira, a segunda e a dose única, são 251.687.010 doses aplicadas no total.

Atualmente o país possui quatro vacinas à disposição no combate à doença. Os laboratórios CoronaVac, Oxford/AstraZeneca e Pfizer/BioNTech recomendam a aplicação de duas doses de seus imunizantes. Já a Janssen prevê apenas uma aplicação para completa imunização.

Os dados foram divulgados pelo consórcio de veículos de imprensa* e analisados pelo (M)Dados, núcleo de análise de grande volume de informações do Metrópoles.

Metrópoles

 

Estudo realizado pela Universidade Federal Fluminense (UFF) constatou que o impacto econômico da inatividade física de brasileiros, em diferentes regiões do país, representa gastos no Sistema Único da Saúde (SUS) de cerca de R$ 300 milhões somente com internações, em valores de 2019. “Esse custo seria evitável na medida em que você ampliasse o acesso da população a programas de promoção de atividade física”, disse Marco Antonio Vargas, subchefe do Departamento de Economia da UFF e coordenador executivo da pesquisa, denominada “Implicações socioeconômicas da inatividade física: panorama nacional e implicações para políticas públicas”. Ele afirmou que esses programas devem ser direcionados a variados segmentos de diferentes faixas da população. “Você tem carências muito claras em alguns setores, principalmente em populações mais vulneráveis”, ponderou. Aí entram ações promovidas pelos municípios. O estudo objetiva contribuir para a formulação e implementação de políticas em saúde preventiva, assim como ao estímulo à prática de atividade física no país.

Vinte e uma unidades federativas do Brasil atualizaram seus dados sobre vacinação contra a Covid-19 neste sábado. Em todo o país, 149.466.344 pessoas foram parcialmente imunizadas com a primeira dose de uma das vacinas, o equivalente a 70,07% da população brasileira. Já 98.831.036 pessoas estão totalmente imunizadas (com as duas doses ou com a vacina de dose única), ou seja, 46,33% da população nacional.

Nas últimas 24h, foram registradas a aplicação de 968.839 vacinas no Brasil, sendo 299.089 de primeira dose, 571.181 de segunda dose, 1.320 de dose única e 97.221 doses de reforço.

07
out

Números da Covid

Postado às 20:31 Hs

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta quinta-feira (7):

– O país registrou 451 óbitos nas últimas 24h, totalizando 599.810 mortes;

– Foram 15.726 novos casos de coronavírus registrados, no total 21.532.558.

O Ministério da Saúde calcula que mais de 20,5 milhões de pessoas já se recuperaram da covid-19.

O País registrou a segunda menor média móvel de casos desde maio de 2020, só fica acima dos 15.053 de 17/09 e também a menor média móvel de óbitos desde novembro de 2020.

07
out

Registros

Postado às 13:31 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quinta-feira (7). São 369.448 casos totalizados. Na quarta (6) eram contabilizados 369.273, ou seja, 175 novos casos em comparação com o dia anterior, destes, 53 confirmados nas últimas 24h horas.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 7.347 no total, com o registro de nenhum óbito nas últimas 24 horas. Na quarta (6) eram 7.346 mortes. A Sesap não registrou mortes após resultados de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.333. Recuperados são 259.995. Casos suspeitos somam 177.663 e descartados são 739.750. Em acompanhamento, são 102.106.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 26,6%, registrada no início da tarde desta quinta-feira (7). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 103. Até o momento desta publicação são 141 leitos críticos (UTI) disponíveis e 51 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 106 disponíveis e 52 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 31,7% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 20,4% e a Região Seridó tem 6,7%.

O RN permanece com fila zerada de pacientes para UTI Covid conforme levantamento feito por volta das 11h50 desta quinta-feira (7).

Neste período, havia 07 pacientes com perfil para leitos críticos na lista de regulação e nenhum aguardava avaliação. Foram registrados disponíveis 141 leitos críticos e outros 106, sendo clínicos.

Pesquisa de intenção de voto no Rio Grande do Norte, realizada pelo Instituto Perfil, em parceria com o AGORA RN, entre 29 de setembro e 2 de outubro, apontou a governadora Fátima Bezerra (PT) como líder na corrida eleitoral para o Estado. Na sondagem estimulada, ela aparece em primeiro lugar com 30,51% das intenções de votos, já na espontânea a petista aparece em segundo lugar com 18,58%, atrás de espantosos 56,58% de indecisos. Nas duas situações, o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) aparece logo atrás de Fátima, sugerindo um possível segundo turno nas eleições 2022.

Na sondagem estimulada, foram apresentados dois cenários possíveis. No primeiro, Fátima lidera com 30,51%, sendo seguida por Carlos Eduardo com 22,75%, indecisos com 16,50%, Brancos e nulos com 15,08%, o senador Styvenson Valentim (Podemos) com 12,58% e o deputado federal Benes Leocádio (Republicanos) com 2,58%. O segundo cenário tem Fátima com 32,58%, Indecisos com 19,25%, Branco e nulos com 16,25%, o prefeito de Natal Álvaro Dias (PSDB) com 15,42%, senador Styvenson Valentim com 14,08% e o deputado Benes Leocádio com 2,42%.

Já na sondagem espontânea, os eleitores indecisos somam 56,58% e brancos e nulos, 10,92%. A governadora Fátima aparece com 18,58% das intenções de votos, seguida por Carlos Eduardo com 6,25%, Styvenson Valentim com 2,58%, Álvaro Dias com 1,42% e Benes Leocádio com 1,17%. Outros candidatos correspondem a 0,92% das intenções. Os nomes dos ex-governadores Garibaldi Alves (0,83%) e Robinson Faria (0,25%) e do ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho (0,25%) também foram lembrados.

No quesito rejeição, a governadora Fátima Bezerra lidera com 22,58%, sendo seguida pelo senador Styvenson com 9,83%, o ex-prefeito Carlos Eduardo com 7,92%, o prefeito de Natal Álvaro Dias com 5,75% e o deputado federal Benes Leocádio com 5,17%. O índice de eleitores consultados que não rejeitam nenhum dos candidatos foi de 18,67%, já os que rejeitam todos é 14%. A margem de erro da pesquisa é de 2,82% para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

Na pesquisa realizada pelo Instituto Perfil há dois meses, Fátima Bezerra tinha 26,58% das intenções de votos, sendo seguida por Garibaldi Alves com 11,50%, Styvenson Valentim com 11,42%, Carlos Eduardo com 10,25%, Álvaro Dias com 7,75% e Benes Leocádio com 2,08%.

05
out

Registros

Postado às 13:11 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta terça-feira (5). São 369.069 casos totalizados. Na segunda (4) eram contabilizados 369.000, ou seja, 69 novos casos em comparação com o dia anterior, destes, 28 confirmados nas últimas 24h horas.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 7.343 no total, com o registro de 01 óbito nas últimas 24 horas. Na segunda (4) eram 7.341 mortes. A Sesap não registrou mortes após resultados de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.341. Recuperados são 259.995. Casos suspeitos somam 177.265 e descartados são 737.768.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 23,9%, registrada no início da tarde desta terça-feira (4). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 101. Até o momento desta publicação são 159 leitos críticos (UTI) disponíveis e 50 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 109 disponíveis e 51 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 27,1% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 20,4% e a Região Seridó tem 6,7%.

O RN permanece com fila zerada de pacientes para UTI Covid conforme levantamento feito por volta das 11h55 desta terça-feira (5). Neste período, havia nenhum pacientes com perfil para leitos críticos na lista de regulação e 01 aguardava avaliação. Foram registrados disponíveis 159 leitos críticos e outros 109, sendo clínicos.

04
out

Números da Covid

Postado às 20:14 Hs

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta segunda-feira (4):

– O país registrou 204 óbitos nas últimas 24h, totalizando 598.152 mortes;

– Foram 10.425 novos casos de coronavírus registrados, no total 21.478.546.

O Ministério da Saúde calcula que mais de 20,4 milhões de pessoas já se recuperaram da covid-19. Média Movel de Casos (16.022) está em queda de -5,99% em relação a 7 dias atrás (17.043) e queda de -53,51% em relação a 14 dias atrás (34.463).

Média Móvel de Óbitos (500) está em queda de -5,30% em relação a 7 dias atrás(528) e -10,07% em relação à 14 dias atrás (556).

04
out

Registros

Postado às 13:01 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta segunda-feira (4). São 369.000 casos totalizados. No domingo (3) eram contabilizados 368.994, ou seja, 06 novos casos em comparação com o dia anterior, destes, 02 confirmados nas últimas 24h horas.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 7.341 no total, com o registro de nenhum óbito nas últimas 24 horas. No domingo (3) eram 7.341 mortes. A Sesap não registrou mortes após resultados de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.334. Recuperados são 259.490. Casos suspeitos somam 176.705 e descartados são 737.391. Em acompanhamento, são 102.169.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 23,4%, registrada no início da tarde desta segunda-feira (4). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 104. Até o momento desta publicação são 160 leitos críticos (UTI) disponíveis e 49 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 105 disponíveis e 55 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 27,1% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 18,5% e a Região Seridó tem 6,7%.

O RN permanece com fila zerada de pacientes para UTI Covid conforme levantamento feito por volta das 12h00 desta segunda-feira (4). Neste período, havia 01 pacientes com perfil para leitos críticos na lista de regulação e nenhum aguardava avaliação. Foram registrados disponíveis 160 leitos críticos e outros 105, sendo clínicos.

out 17
domingo
22 20
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
57 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.881.804 VISITAS