O prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, assinou nesta quarta-feira (21), a ordem de serviço para início da obra de construção do Anel Viário de Mossoró, grande obra do Programa do Mossoró Realiza, que interligará as BRs 110, na saída para Areia Branca, a 304, na saída para Fortaleza/CE.

“Hoje é um dos dias mais felizes, emocionantes e emblemáticos da minha vida e da minha trajetória como engenheiro e prefeito, estou extremamente feliz de estar iniciando hoje esse grande projeto, essa grande obra, que é a maior que a prefeitura pode executar, uma obra muito sonhada e que trabalhamos nela desde o início da gestão,” disse Allyson.

O Anel Viário vai ligar a BR-110 à BR-304, garantindo mobilidade urbana e desenvolvimento para Mossoró, será uma avenida de 8km de extensão, passando pelo Rio Mossoró com uma ponte de 140 metros, ligando a cidade de uma ponta à outra.

A obra tem investimento de R$ 67 milhões, e se destaca como a maior obra já realizada pela Prefeitura na história do município. “Agradeço ao senador Rogério Marinho, na época Ministro, ao qual apresentei o projeto, fui várias vezes até o seu gabinete e o senador atendeu o nosso pedido e enviou os recursos para realizar o sonho do nosso povo,” frisou o gestor.

Allyson destaca que a obra é emblemática para a população e também para o setor salineiro, de energias renováveis, entre outros que utilizam diariamente às BRs. A obra também vai beneficiar diretamente o acesso às universidades.

O Anel Viário de Mossoró será a primeira avenida do Município 100% com calçadão e ciclovia, além de contar com iluminação de led. “Hoje é um momento histórico em que tiramos do papel um grande sonho, uma grande obra, que foi pensada há muito tempo e graças ao trabalho de nossas equipes, todo esse empenho, estamos iniciando hoje”, concluiu o prefeito.

Na leitura da mensagem anual, o prefeito de Mossoró Allyson Bezerra anunciou em 1ª mão que as obras do aguardado Anel Viário da cidade terão início já nesta quarta-feira, 21 de fevereiro. Com investimento de R$ 67 milhões, a ordem de serviço acontecerá às 16 horas e as máquinas já iniciam a obra logo após a assinatura. O prefeito, que também é engenheiro civil, expressou sua paixão por construções e enfatizou o compromisso de concretizar projetos que por anos foram apenas promessas vazias.

“Como engenheiro civil e apaixonado por fazer obras, quero aqui anunciar e convidar a todos para, amanhã, quarta-feira, às 4 da tarde, darmos a ordem de serviço e iniciarmos as obras do tão sonhado Anel Viário de Mossoró, ligando a BR-110 à BR-304. As máquinas estarão lá, e essa tão sonhada obra vai começar! A era das falsas promessas ficou para trás. Chega de brincar com os sonhos das pessoas. O Anel Viário, uma obra que por muitos anos foi considerada uma lenda urbana, agora vai virar realidade em nossa gestão”, declarou Allyson.

foto: assessoria

O Anel Viário será a maior obra já realizada pela prefeitura em toda a sua história, prometendo oferecer mais mobilidade e desenvolvimento para a cidade. Com uma extensão de 8 quilômetros, a avenida atravessará o Rio Mossoró com uma ponte imponente de 140 metros, conectando a cidade de ponta a ponta. Além disso, será a primeira avenida com 100% de ciclovias e calçadão, contando com iluminação totalmente em LED.

A infraestrutura proporcionará acesso facilitado às universidades, à indústria salineira, às energias renováveis e ao setor petrolífero, consolidando-se como um marco para a mobilidade urbana e para o futuro de Mossoró.

“Essa obra não se trata apenas de concreto. É uma obra que renova a esperança do povo de Mossoró. Um povo que por muitos anos ficou desacreditado, mas que agora sabe que pode sonhar e realizar. O Anel Viário de Mossoró vai começar. É a maior obra do Mossoró Realiza. É transformação de verdade na cidade e na vida do nosso povo”, afirmou o prefeito com entusiasmo.

Com o início das obras do Anel Viário, Mossoró se prepara para vivenciar uma significativa transformação em sua paisagem urbana, representando um passo concreto em direção a um futuro mais promissor para todos os seus habitantes.

O prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, anunciou nesta sexta-feira (16), o lançamento do Mossoró Cidade Junina 2024.

O evento acontecerá no dia 6 de março no Teatro Municipal Dix-huit Rosado, em horário a ser divulgado em breve. O lançamento vai proporcionar que os comerciantes e empresários locais tenham mais tempo para organização e preparação para a festa.

Para 2024, todos os polos estão garantidos, disse o prefeito. “Os polos Antônio Francisco e Arraía do Povo, lançados em 2023, foram sucesso de público e estão garantidos para esta edição. Nossas equipes já trabalham no planejamento para assegurar mais uma vez o São João que o povo de Mossoró merece“, destacou Allyson.

O Mossoró Cidade Junina está entre as maiores festas juninas do país e tem se consagrado nos últimos dois anos como as edições mais organizadas e mais seguras de todos os tempos, atraindo mais público com os novos polos e atrações locais, regionais e nacionais

Do blog: As perspectivas é de que o evento comece dia 08 de junho com o tradicional Pingo da Mei Dia (Maior percurso) e mais espaço privados.E termine dia 29 com o tradicional Boca da Noite. Aguardemos a divulgação oficial.

Atrações de renome nacional  são esperadas para o Maior Evento do Estado, e um dos maiores do Brasil. Está será a 27ª edição. Mossoró te espera em Junho ! Para mais um MOSSORÓ CIDADE JUNINA

15
fev

Eleições 2024: Barba, cabelo e bigode

Postado às 19:22 Hs

O ex-senador José Agripino, presidente estadual do União Brasil, quer eleger o maior número prefeitos e vereadores em 2024 no Rio Grande do Norte (RN).

Para isso ocorrer, o líder político vem articulando grandes alianças nas principais cidades do estado, como Mossoró, aonde o prefeito Allyson Bezerra já conta com o apoio do PL e do PSDB, e em Natal com Paulinho Freire recebendo mais uma vez o apoio dos partidos e do PL que entra como coadjuvante na chapa, dando sustentação ao projeto de Agripino nessa eleição.

Em Parnamirim,  na terceira maior cidade do estado, o União Brasil está fazendo cara feia para apoiar um nome que não seja de Kátia Pires e Salatiel de Souza do seu partido, mesmo já recebendo importantes apoios nos dois maiores município do estado.

Fonte: Robson Pires

Foto: João Bittar/Divulgação/ MEC

Após o governo federal divulgar o novo piso nacional dos professores, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) alegou que a portaria que estabeleceu o reajuste é ilegal e orientou os gestores locais a pagar os aumentos conforme as condições fiscais de cada cidade, “com igual tratamento dado ao conjunto dos servidores municipais”. O Ministério da Educação definiu a base salarial de R$ 4.580,57, um aumento de 3,62% em relação ao valor do ano passado.

Na justificativa, o CNM alegou que “existe um vácuo legal para o reajuste do piso nacional do magistério, sendo ilegal a sua definição por meio de portaria”. Um dos critérios para o cálculo leva em conta o valor anual mínimo por aluno do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), índice previsto em uma lei revogada.

A contestação já foi feita por meio de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade, o que, para a confederação, reforça que “o governo mantém o erro há três anos, mesmo sabendo que não existe segurança jurídica para esse reajuste”.

R7

Em Mossoró tem novo presidente. O vice-prefeito Fernandinho das Padarias assumiu o partido e, ao lado do vereador e suplente de deputado estadual, Isaac da Casca (MDB), vai trabalhar na formação de forte nominata e na disputa majoritária das Eleições 2024 no segundo maior colégio eleitoral do Rio Grande do Norte.

Fernandinho destacou a importância de fortalecer o partido, consolidando uma nominata robusta para a disputa eleitoral que se avizinha, bem como a disputa majoritária. “Vamos trabalhar na formação de uma nominata forte, capaz de representar os anseios da população mossoroense, e na disputa majoritária, preocupados com o desenvolvimento da cidade”, disse Fernandinho.

A composição da nova liderança do MDB mossoroense conta com a presença do vereador Isaac da Casca, conhecido pela sua atuação destacada no cenário político local. Em 2020, ele foi o vereador mais votado.

De acordo com o presidente estadual do MDB, vice-governador Walter Alves, Fernandinho das Padarias tem qualidades para comandar o partido em Mossoró. “Fernandinho tem qualidades que o tornam uma escolha sólida para comandar o diretório do MDB em Mossoró. Ele é reconhecido pela habilidade em construir pontes entre diferentes setores da sociedade, promovendo a união e o diálogo construtivo”, contou.

Wilson Júnior é assessor especial da gestão Allyson – Foto: arquivo

Via Blog Carol Ribeiro

Em Mossoró, o PSB deve ter mudanças de comando em breve. O vereador Pablo Aires, que compõe a bancada da oposição na Câmara de Mossoró, está de saída da sigla. Deve seguir para o PV.

Quem poderá assumir o comando do PSB é um dos nomes do partido, Wilson Fernandes Júnior, assessor especial do prefeito Allyson Bezerra (União), lotado no Gabinete Municipal, e pessoa muito próxima e ligada ao presidente estadual da sigla, ex-deputado federal Rafael Motta.

Wilson Fernandes já foi supervidor da 1ª Circunscrição de Trânsito (1ª Ciretran).“Estou aqui pra somar com o projeto do prefeito, se for da vontade do prefeito e de Rafael eu estou a disposição”, disse Wilson ao Blog Carol Ribeiro.

Natal

Em Natal, o ex-deputado federal Rafael Motta já passou para o lado do prefeito Álvaro Dias (Republicanos), assumindo a secretaria municipal de Esportes da capital, com vistas às eleições municipais que se aproximam.

24
jan

Eleições 2024: Petras no PSD

Postado às 19:53 Hs

Reunião aconteceu agora há pouco (Foto: cedida)

O ex-vereador Petras Vinícius decidiu se filiar ao PSD. Definição aconteceu nesta tarde (24), após reunião com o novo presidente do partido em Mossoró, Paulo Linhares.

O próximo passo será o anúncio do restante da nominata, que deve ser composta por suplentes de vereadores, alguns dos nomes que já vinham articulando com Petras desde o ano passado.

“O partido estará forte na nominata para vereadores e poderá participar da chapa majoritária”, afirma ao Blog Carol Ribeiro.

Com histórico de ações na área social, Petras já foi vereador na Câmara de Mossoró (2017 – 2020), secretário Executivo da Vice-prefeitura (2005 a 2008) e secretário de Relações Institucionais do Gabinete da Prefeitura (2013). Hoje é assessor de ações sociais de inclusão e acessibilidade da Prefeitura de Mossoró.

Petras Vinicius construiu carreira política ao lado da ex-prefeita Claudia Regina no PFL/DEM/União Brasil. Com amadurecimento político, seguiu rumo próprio. Ultimamente estava sem partido.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa na manhã desta terça-feira (23) a discutir uma série de propostas com regras para serem aplicadas no pleito de 2024. Os trabalhos se estendem na quarta e quinta-feira (24 e 25).

Entre os pontos, há uma inédita regulamentação da inteligência artificial (IA) na propaganda eleitoral. O tema é visto com preocupação pela Corte, dado o potencial que o uso malicioso da tecnologia tem para afetar o processo.

O tema da IA será tratado na quinta-feira (25). Nesta terça, os tópicos elencados para debate envolvem:

  • circulação de armas e munições por caçadores, atiradores e colecionadores (CACs);
  • uso de celular nas cabines de votação;
  • possibilidade de multas a partidos que questionem sem provas o sistema eleitoral;
  • transporte público gratuito no dia das eleições.

Todos os pontos fazem parte de propostas de resolução apresentadas pelo TSE e serão discutidos com especialistas, pesquisadores e representantes de partidos, instituições e associações.

A partir das sugestões e dos debates, o tribunal poderá fazer adequações e complementos nos textos das resoluções.

CNN Brasil

O candidato que quiser concorrer a um cargo eletivo para o pleito deste ano deve ficar atento ao calendário eleitoral. De acordo com a Lei das Eleições, o político deve estar inscrito em um partido seis meses antes da votação. Neste caso, até o dia 6 de abril, pois o primeiro turno das eleições ocorrerá em 6 de outubro.

Para se filiar a uma legenda política, o candidato passa primeiramente por uma avaliação interna. Em seguida, a sigla deve inserir os dados do filiado no sistema eletrônico da Justiça Eleitoral, que automaticamente enviará aos juízes eleitorais, para arquivamento, publicação e cumprimento de prazos para efeito de candidatura. De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), um pouco mais de 15,8 milhões de pessoas, está filiado a um dos 30 partidos políticos existentes no País atualmente.

Vale lembrar que a Lei dos Partidos Políticos estabelece que, só pode se filiar a uma sigla, quem estiver em pleno gozo dos direitos políticos. Além de outras condições de elegibilidade, como a nacionalidade brasileira, o pleno exercício dos direitos políticos, o alistamento eleitoral, a idade mínima de 21 anos para se candidatar a prefeito ou a vice-prefeito, e a idade mínima de 18 anos para vereador. No caso da disputa pela Prefeitura, essa informação é conferida no dia da posse. Já para o cargo de vereador, é preciso ter alcançado a maioridade até a data-limite para o registro da candidatura.

Secretário Marcos Oliveira recebe sindicato – Foto: reprodução

A diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum) reuniu-se na manhã desta quinta-feira (11) com uma equipe da Secretaria de Educação de Mossoró para discutir as pautas de reivindicações da categoria para o ano de 2024, conforme determinado em assembleia realizada no último dia 20 de novembro.

Estiveram presentes pelo Sindiserpum, a presidente Eliete Vieira; o vice-presidente, Luiz Costa; o secretário-geral, Jerônimo Emiliano e a diretora de formação e vereadora, Marleide Cunha (PT), que expuseram as demandas dos servidores à equipe coordenada pelo secretário Marcos Oliveira, que recebeu o sindicato pela primeira vez.

Após mais de uma hora de reunião, o secretário se comprometeu a apresentar às pautas ao prefeito Allyson Bezerra (União Brasil) e agendar uma nova reunião, que será definida se contará com a presença do gestor ou não.

“O diálogo foi aberto e agora vamos esperar que tudo seja resolvido sem a necessidade de tencionar as relações, como aconteceu no ano passado e possamos resolver tudo da melhor maneira possível. É isto que esperamos,” comentou a presidente do Sindiserpum, professora Eliete Vieira.

Fonte: Blog Saulo Vale

Os cidadãos que pretendem votar nas eleições municipais de outubro têm menos de quatro meses para tirar o primeiro título de eleitor ou regularizar o documento. A partir de 8 de maio, o cadastro eleitoral será fechado e nenhuma alteração poderá ser feita nos registros eleitorais.

O cumprimento do prazo vale para jovens a partir de 16 anos que pretendem votar pela primeira vez e para o eleitor que está em situação irregular por ter deixado de votar e justificar ausência por três eleições consecutivas.

Para regularizar a situação, o eleitor deve entrar no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e acessar as opções disponíveis. Para checar a situação da inscrição eleitoral, basta preencher o número do CPF.

Para tirar a primeira via do título de eleitor, os interessados podem clicar na opção título eleitoral e seguir os passos sugeridos pelo atendimento eletrônico. No primeiro turno, que será realizado no dia 6 de outubro, os eleitores irão às urnas para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

O segundo turno está previsto para o dia 27 do mesmo mês em municípios com mais 200 mil eleitores em que nenhum candidato a prefeito obteve votos suficientes para vencer a disputa na primeira rodada.

Novo Notícias

A Prefeitura de Mossoró publicou nesta terça-feira (9) mais um edital de concurso público, agora destinado ao preenchimento de 50 vagas imediatas em cargos de níveis médio e superior do quadro de pessoal da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (SEMASC). Estão sendo ofertadas ainda 250 vagas para cadastro de reserva. O edital do certame está disponível no Diário Oficial de Mossoró (DOM), a partir da página 3.

Este é o primeiro concurso para a Assistência Social após a sanção, em outubro de 2023, do Plano de Cargos, Carreira e Remunerações (PCCR) da categoria. Os servidores aguardavam desde 2014 pela implementação do plano, que prevê, por exemplo, gratificação de incentivo à qualificação para servidores dos níveis médio e superior, promovendo especialização e avanço na carreira, com reajustes que chegam a mais de 50%, entre outros avanços.

As vagas estão distribuídas para os cargos de Agente Administrativo (3), Cuidador Social (9), Educador Social (12), Assistente Social (12), Psicólogo (10), Técnico de Nível Superior (2) e Técnico de Nível Médio (2). A remuneração inicial varia de R$ 1.527,88 a R$ 4.211,17. As inscrições serão abertas às 14h desta quarta-feira (10), seguindo até o dia 15 de fevereiro, no site www.idecan.org.br.

As provas objetivas e subjetivas serão aplicadas no dia 31 de março. Há reserva de vagas para Pessoas com Deficiência (PcD) e autodeclaradas negras, conforme disposto no edital. A taxa de inscrição para os cargos de nível médio é de R$ 100,00. Já para os cargos de nível superior o valor é de R$ 130,00.

A Prefeitura de Mossoró garantirá, por meio da Lei Municipal n.º 4.075/2023, a isenção na taxa de inscrição para o candidato inserido no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), observada a renda familiar per capita, mensal, no valor inferior ou igual a meio salário-mínimo.

Doadores de sangue, de órgãos, de medula óssea e os participantes que tenham contribuído nas três últimas eleições na função de mesário, também serão isentos do pagamento da taxa.

SAÚDE

Seguem abertas também as inscrições para o concurso público da área da Saúde. São 330 vagas imediatas ofertadas, em diferentes cargos de níveis médio, técnico e superior. Os candidatos podem se inscrever até o dia 5 de fevereiro, pelo site www.idecan.org.br. A Prefeitura de Mossoró deve lançar ainda novos concursos, para a Procuradoria-Geral do Município, Secretaria da Fazenda e Secretaria da Educação.

Faltam poucos meses para que 152 milhões de eleitoras e eleitores compareçam às urnas para eleger candidatas e candidatos aos cargos de prefeito e vice-prefeito; bem como vereadoras e vereadores, que atuarão nas casas legislativas dos municípios do país.

As eleições municipais de 2024 serão realizadas no dia 6 de outubro. Eventual segundo turno deve ocorrer no último domingo do mês (dia 27), nas cidades com mais de 200 mil eleitores em que a candidata ou candidato mais votado à Prefeitura não tenha atingido a maioria absoluta, isto é, metade mais um dos votos válidos (excluídos brancos e nulos).

Alguns prazos referentes às eleições municipais de 2024 já começaram a valer na virada do ano. Confira as principais datas:

Pesquisa de opinião

Desde o dia 1º de janeiro, todas as entidades ou empresas que realizarem pesquisas de opinião pública sobre intenção de voto em eventuais candidatas e candidatos às Eleições Municipais de 2024 devem fazer o registro prévio do levantamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O registro da pesquisa na Justiça Eleitoral deve ocorrer até cinco dias antes da divulgação dos resultados.

Audiências públicas e resoluções

De 23 a 25 de janeiro, todas as resoluções que disciplinam as Eleições Municipais de 2024 serão discutidas em audiências públicas e posteriormente aprovadas pelo Plenário do TSE. As resoluções regulamentam dispositivos contidos na legislação e sinalizam a candidatas e candidatos, a partidos políticos e a cidadãs e cidadãos condutas permitidas e vedadas durante o processo eleitoral.

Janela partidária

Entre 7 de março e 5 de abril, acontece a janela partidária, período em que vereadoras e vereadores poderão trocar de partido para concorrer às eleições sem perder o mandato.

Registro de estatutos e filiação partidária

Dia 6 de abril, seis meses antes do pleito, é a data-limite para que todas as legendas e federações partidárias obtenham o registro dos estatutos no TSE. Esse também é o prazo final para que todas as candidatas e todos os candidatos tenham domicílio eleitoral na circunscrição em que desejam disputar as eleições e estarem com a filiação deferida pela agremiação pela qual pretendem concorrer.

Alistamento eleitoral

Jovens que precisam tirar o título ou eleitoras e eleitores que desejam fazer a transferência de domicílio eleitoral ou alterar o local de votação têm até 8 de maio de 2024, 151 dias antes do pleito, para solicitar os serviços da Justiça Eleitoral. É importante que todas e todos consultem como está a situação eleitoral. Caso haja pendências, a regularização deve ser requerida dentro do mesmo prazo.

Fechamento do cadastro eleitoral

Após o período do alistamento, a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997) determina que nenhum requerimento de inscrição eleitoral ou de transferência seja recebido dentro dos 150 dias anteriores à data da eleição. Portanto, a partir de 9 de maio, o cadastro estará fechado

Teste de Confirmação do TPS

Entre os dias 15 e 17 de maio de 2024 acontece, na sede do TSE, em Brasília, o Teste de Confirmação. No evento, as investigadoras e os investigadores participantes do Teste Público de Segurança da Urna (TPS), ocorrido no período de 27 de novembro a 2 de dezembro do ano passado, voltam ao Tribunal para conferir se as soluções aplicadas pela equipe técnica foram suficientes para corrigir os achados encontrados durante a realização do TPS.

Financiamento coletivo

Em 15 de maio, pré-candidatas e pré-candidatos poderão iniciar a campanha de arrecadação prévia de recursos na modalidade de financiamento coletivo, desde que não façam pedidos de voto e obedeçam às demais regras relativas à propaganda eleitoral na internet.

Convenções partidárias e registros de candidatura

Entre 20 de julho e 5 de agosto é permitida a realização de convenções partidárias para deliberar sobre coligações e escolher candidatas e candidatos às prefeituras, bem como ao cargos de vereador. Definidas as candidaturas, as agremiações têm até 15 de agosto para registrar os nomes na Justiça Eleitoral.

Propaganda eleitoral

Esse tipo de publicidade só pode ser feita a partir de 16 de agosto de 2024, data posterior ao término do prazo para o registro de candidaturas. A data é um marco para que todos os postulantes iniciem as campanhas de forma igualitária. Até lá, qualquer publicidade ou manifestação com pedido explícito de voto pode ser considerada irregular e é passível de multa.

Propaganda em rádio e TV

Pré-candidatos que apresentem programas de rádio ou televisão ficam proibidos de fazê-lo a partir do dia 30 de junho. Já em 6 de julho, passam a ser vedadas algumas condutas por parte de agentes públicos, como a realização de nomeações, exonerações e contratações, assim como participar de inauguração de obras públicas.

Horário eleitoral gratuito

A propaganda gratuita no rádio e na TV é exibida nos 35 dias anteriores à antevéspera do primeiro turno. Dessa forma, a exibição deverá começar em 30 de agosto e se encerrará em 3 de outubro, uma quinta-feira.

Prisão de eleitores

Já a partir do dia 21 de setembro (15 dias antes do dia da eleição), candidatas e candidatos não poderão ser presos, salvo no caso de flagrante delito. Eleitoras e eleitoras, por sua vez, não poderão ser presos a partir do dia 1ª de outubro (cinco dias antes do dia da eleição), a não ser em caso de flagrante delito, em cumprimento de sentença judicial por crime inafiançável ou em razão de desrespeito a salvo-conduto.

04
jan

Conversa de Alpendre

Postado às 19:56 Hs

A edição desta quinta-feira (4) será com Rosalba Ciarlini; a do dia 11 com Isolda Dantas; a do dia 18 com Allyson Bezerra e a do dia 25, será com Tony Fernandes.

A temporada 2024 do Verão TCM começou no dia 1º de janeiro e está bombando e também promete destacar muitas informações dos bastidores da política em Mossoró com o programa Conversa de Alpendre, que estreia nesta quinta-feira (4), às 20h30, na TCM.

Com formato renovado e entrevistas leves e interessantes, a atração jornalística apresentada por Vonúvio Praxedes trará informações inéditas e detalhes humanizados da trajetória de políticos considerados pré-candidatos à Prefeitura de Mossoró nas Eleições 2024.

Outra novidade do programa é o quarto bloco, intitulado “Conversa de Alpendre Saideira”, gravado na Cervejaria Cabocla em Mossoró e que conta com a participação de Tárcio Araújo, Saulo Vale e Tio Colorau. Os jornalistas convidados comentam sobre a situação política de cada entrevistado.

O programa Conversa de Alpendre desta quinta (4) será com Rosalba Ciarlini; o dia 11 com Isolda Dantas; o dia 18 com Allyson Bezerra e a edição do dia 25, com Tony Fernandes. Curta pelos Canais 10 e 14.1, apps TCM Play e TCM 10 Play, site www.tcmplay.tv.br e o Canal da TCM no YouTube TCM 10 HD.

Já o melhor das festas no veraneio, aventuras com esportes radicais, hits e coreografias de sucesso, moda praia, gastronomia no litoral potiguar e provas com as Olimpíadas de Verão TCM poderão ser conferidos no programa Verão TCM. A atração é exibida às segundas-feiras, às 21h15 e aos sábados, às 16h30, com reapresentação aos domingos, às 17h.

02
jan

Eleições 2024 chegando

Postado às 8:57 Hs

Quatro anos após a realização de eleição no cenário de pandemia, marcada por restrições e precedida pela campanha realizada por máscaras e limitada pelo distanciamento social, os 156,5 milhões de eleitores brasileiros terão nova chance de escolher quem governará seus municípios.

No pleito marcado para 6 de outubro de 2024, estarão em jogo 5.570 prefeituras e quase 60 mil cadeiras em câmaras de vereadores espalhadas pelo país.

Cerca de dois milhões e meio  de eleitoras e eleitores do Estado devem comparecer às urnas para eleger os prefeitos e vereadores nos 167 municípios potiguares.  Enquanto não se inicia o período da propaganda eleitoral, surge o fenômeno das pré-campanhas.

Por não haver prazo estabelecido para o início das mesmas para as eleições de 2024, contata-se desde logo, a sua realização no cotidiano das cidades.

Aquele que deseja disputar um cargo eletivo, mas que ainda não teve seu registro de candidatura formalizado pela Justiça Eleitoral é um pré-candidato.

A pré-candidatura se dá a partir da apresentação por parte dos interessados de suas pretensões tanto aos eleitores, quanto ao seu partido político, ou federação constituída, devendo atentar-se às normas eleitorais, sobretudo a Lei das Eleições (9.504/1997).

A legislação eleitoral (art. 36-A da Lei 9.504/97) permite algumas ações dos pré-candidatos, como a menção a uma possível candidatura, exaltação de suas qualidades pessoais, concessão de entrevistas, participação em programas, encontros ou debates no rádio, na televisão e na internet, inclusive podendo expor suas plataformas e projetos políticos.

Também é permitida a realização de encontros, seminários e congressos – em ambiente fechado e às custas do partido político – para organização dos processos eleitorais, planos de governos e alianças partidárias para as eleições.

Além disso, pré-candidatos podem realizar a divulgação de atos parlamentares e debates legislativos, desde que não façam pedido de votos.

É possível ainda divulgar posicionamentos pessoais sobre questões políticas, inclusive nas redes sociais, além de realizar prévias partidárias, distribuindo material informativo, divulgando os nomes dos filiados que disputarão a vaga e realizando debates entre eles.

Apesar de poder mencionar sua possível candidatura, é proibido declarar sua candidatura antecipadamente ou fazer qualquer pedido de voto, seja de forma explícita ou implícita.

É proibida a publicidade por meio de outdoors, inclusive os do tipo eletrônico, tanto na pré-campanha como no período de propaganda eleitoral. A empresa responsável, os partidos, as coligações, candidatas e candidatos estão sujeitos ao pagamento de multa no valor de cinco a quinze mil reais e são obrigados a retirar imediatamente a propaganda irregular.

Caso estas proibições sejam violadas, o responsável pela divulgação da propaganda e o seu beneficiário (quando comprovado seu prévio conhecimento) terão sua candidatura indeferida.

Se alguma conduta irregular for identificada, as cidadãs e cidadãos poderão auxiliar na fiscalização do processo eleitoral fazendo sua denúncia através do sistema Pardal ou noticiando o fato ao Ministério Público Eleitoral.

Assim, aos pré-candidatos, fica a possibilidade de interação com o eleitorado, mas com prudência e plena observância aos cuidados necessários, evitando-se assim o sancionamento através de multas ou prejuízos ao futuro registro de candidatura.

Foto: Agência Brasil

Por mais um mês, a Prefeitura de Mossoró antecipa o pagamento dos salários dos servidores efetivos, comissionados, pensionistas e estagiários. Os recursos foram transferidos nesta sexta-feira (22), uma semana antes da previsão inicial. Com isso, o Município fecha o ano de 2023 pagando todos os salários em dia.

Como havia sido anunciado, os salários chegam às contas dos servidores com reajustes para nove diferentes categorias, entre elas a Guarda Civil, Agentes de Trânsito e Conselheiros Tutelares, conforme leis sancionadas recentemente.

Além do salário-base, foram pagos adicionais, férias e rescisões, em um total de R$ 22.081.095,68 transferidos para os servidores municipais, aquecendo a economia neste final de ano, com pagamento antes do Natal. O 13º dos servidores já havia sido pago, também de forma antecipada, no dia 8, e para os servidores efetivos no mês do seu aniversário.

Desde janeiro de 2021, as remunerações dos servidores municipais vêm sendo pagas dentro do mês trabalhado. Para além disso, a antecipação do pagamento é um compromisso que também está sendo mantido pela gestão Allyson Bezerra, valorizando o funcionalismo público.

“São mais de R$ 22 milhões que chegam para movimentar a economia da cidade e gerar renda para o nosso povo. São 36 meses de gestão e 36 meses de salário na conta, sempre pago dentro do mês trabalhado e de forma antecipada para os nossos servidores. Fica aqui minha gratidão a todos e reforço o nosso compromisso em seguir valorizando o servidor público mossoroense”, pontuou o prefeito Allyson Bezerra.

18
dez

Novo diretor assume a gestão do IPEM-RN

Postado às 18:58 Hs

O Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (IPEM/RN) tem um novo diretor-geral. João Henrique Maia de Farias assumiu a gestão do órgão delegado do Inmetro no RN na segunda-feira passada (11), após a nomeação oficializada pela governadora Fátima Bezerra em portaria publicada no Diário Oficial do Estado, no dia 8 de dezembro.

João Henrique Maia de Farias é advogado com pós-graduação em Direito Processual Civil. Atuou como coordenador administrativo no Departamento de Trânsito do Rio Grande do Norte – Detran/RN, no período de 2017 a 2019. Foi assistente parlamentar no Senado Federal de 2007 a 2011. Também ocupou cargos na Prefeitura de Mossoró e na Secretaria de Tributação do Estado do Rio Grande do Norte.

“Assumo essa missão com o objetivo de trazer o IPEM/RN para mais perto dos cidadãos. A sociedade precisa saber qual o nosso papel e como e quando nos acionar. Para isso, vamos buscar dar maior destaque aos serviços prestados pelo órgão na defesa do consumidor e na promoção da justa competitividade entre as empresas”, afirma o novo diretor.

Do blog: Mais um rosalbista no governo Fátima. O novo diretor é esposo da ex-vereadora Arlene Sousa.

 

fev 22
quinta-feira
18 46
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
3 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.950.554 VISITAS