Reprodução

O presidente estadual do Partido Solidariedade, advogado Janiel Hercílio, já havia adiantado no meio do ano sobre a pré-candidatura de Kelps a Deputado Federal em 2022. E ontem, depois do evento de filiação do prefeito Luiz Eduardo de Maxaranguape, que é pré-candidato a deputado estadual pelo Solidariedade, Kelps não só confirmou como reafirmou que disputará sim, uma vaga a Câmara Federal no próximo ano. Em contato com o Portal “É Notícia Mossoró”, ele disse:

– O Solidariedade é um partido que vem crescendo muito, e já foi o terceiro mais votado na eleição passada, inclusive para Deputado Federal, mas terminamos não elegendo nenhum. Nas eleições do ano que vem o partido decidiu lançar alguns dos seus melhores e maiores quadros, para que a gente tente conquistar uma vaga para Deputado Federal, essa era a estratégia inicial, mas com a mudança de regra que nos favorece, cresceu a possibilidade de nós elegermos dois deputados federais. Eu sou pré-candidato a deputado federal, e nós teremos candidatos muito fortes nas maiores cidades do Rio Grande do Norte (Natal, Parnamirim e Mossoró), e isso favorece o nosso grupo, que a gente sai das grandes cidades e dos grandes colégios eleitorais. Então a nossa estratégia é essa, eleger dois deputados federais, confiando na nossa capacidade de organização, união interna e por termos hoje os candidatos mais fortes nas três maiores cidades do estado – concluiu.

Kelps Lima se junta agora a lista de outros pré-candidatos a Deputado Federal pelo partido, como o Gari José Pedro, ex-vice-prefeito e vereador mais votado de Jucurutu (RN), o presidente da Câmara de Assú, vereador “Tê”, e o presidente da Câmara de Mossoró, Lawrence Amorim, além de outros nomes que estão em articulação pelo Solidariedade, incluindo um nome forte vindo de Parnamirim, que será anunciado já nos próximos dias.

A intenção do partido é montar uma nominata recheada e forte, na projeção de eleger dois deputados federais e quatro deputados estaduais em 2022.

Fonte: Portal “É Notícia Mossoró”,

16
out

Acontece

Postado às 21:13 Hs

JUVENTUDE DO PSB PROMOVE O 1° CAFÉ POLÍTICO EM MOSSORÓ

A juventude do PSB Mossoró, partido agora presidido pelo Vereador Pablo Aires, promoverá o primeiro ‘Café  Político’ neste domingo(17), às 16h, no Parque Municipal.

“A ideia do Café Político é reunir jovens em praças públicas para conversar sobre temas relevantes na nossa vida em sociedade. Precisamos da participação da população nas discussões políticas, para se informar e trocar conhecimento. O nosso primeiro encontro será sobre Pobreza Menstrual, uma pauta sugerida pelas mulheres da JSB”, relatou Pablo Aires.

O projeto de lei que determina a distribuição de absorventes para pessoas de baixa renda que menstruam, recebeu o veto do Presidente e agora aguarda retorno ao Congresso Nacional. Em Mossoró a discussão viralizou após uma intervenção artística de três mulheres que foram às ruas protestar sangrando.

Eloyza Tolentino, doutoranda em antropologia social pela UFRN, foi uma das interventoras e contará no encontro sobre a experiência e a sua pesquisa sobre o assunto: “Precisamos quebrar o tabu e entender que este sangue, o da menstruação, é um evento que meu corpo participa mensalmente e que preciso de estrutura para recebê-lo. Preciso que acolham, caso eu menstrue na escola, no público”. Além da participação de Eloyza, também foi convidada para falar sobre o assunto, a advogada Lorna Beatriz que é especialista em direitos humanos e mestranda de ciências sociais pela UERN.

Fonte: Assessoria

Foto: Allan Phablo (Secom/PMM)

Neste 15 de outubro, Dia do Professor, a Prefeitura de Mossoró, reafirmando o seu compromisso com a valorização dos educadores, anuncia a retomada da concessão de progressões de classe, processo paralisado desde 2018, e ainda a conclusão das mudanças de nível atrasadas desde 2020. As progressões voltarão a acontecer a partir de novembro e as mudanças de nível serão finalizadas na edição desta sexta (15) do Jornal Oficial de Mossoró (JOM), conforme garantem o prefeito Allyson Bezerra e a secretária de Educação, Hubeônia Alencar.

“Nós queremos parabenizar todos os nossos professores do município de Mossoró, dizer da nossa gratidão a vocês, pelo trabalho, pela dedicação em ensinar e levar conhecimento a todas as nossas crianças. Queremos anunciar com muita satisfação, com muita felicidade, que nós estaremos, a partir do próximo mês, concedendo todas as progressões dos docentes, inclusive, progressões que estão atrasadas desde o ano de 2018”, pontuou o prefeito Allyson Bezerra.

Inicialmente, serão concedidas as progressões represadas dos anos de 2018 e 2019. Paralelamente, a Secretaria Municipal de Educação irá formar uma comissão para avaliar as solicitações de progressões referentes aos anos de 2020 e 2021.  “Dessa forma, todos os professores da rede municipal de ensino que têm direito vão ser diretamente beneficiados. Esse é um compromisso do município, da Prefeitura, de respeitar e garantir todos os direitos a todas as categorias”, acrescentou o prefeito.

Além da retomada de concessão das progressões funcionais, Allyson Bezerra e Hubeônia Alencar anunciaram a conclusão do processo de concessão de todas as mudanças de nível, protocoladas e deferidas, que estavam atrasadas desde 2020. A publicação dos professores contemplados com o benefício será finalizada na edição do Jornal Oficial de Mossoró (JOM) deste 15 de outubro.

“É uma grande conquista para os professores, com impacto positivo direto em suas remunerações. Parabéns a todos os docentes por esse dia, e de um modo muito especial a todos que compõem a rede municipal de ensino de Mossoró, a quem somos gratos pelo compromisso e pela dedicação. Somos muito cientes do papel que o professor desempenha na sociedade, na transformação de vidas. Estamos aqui também para reafirmar o nosso compromisso com os professores na garantia de direitos e na conquista de importantes ações”, concluiu a secretária Hubeônia Alencar.

Fonte: Assessoria

A Prefeitura de Mossoró emitiu nesta sexta-feira (15/10) nota à imprensa sobre retorno das aulas presenciais nas escolas do município. De acordo com a publicação, serão mantidos os encontros virtuais, mas com retorno presencial em rodízio apenas para avaliação diagnóstica com divisão da capacidade de presença dos alunos às salas que servirá de “base para o programa de recuperação de aprendizagem em 2022”. Este formato segue até dezembro deste ano deste ano de 2021. Apenas no ano letivo de 2022 as turmas  voltarão com 100% da capacidade “em condições adequadas e dignas”, diz a nota.

Estas são propostas que serão apresentadas ao Ministério Público e poderão sofrer alterações, dentro do debate que está sendo buscado pelo MP e executivo mossoroense, por meio da secretaria de educação.

Leia nota na íntegra:

PREFEITURA DE MOSSORÓ
Secretaria Municipal de Educação

NOTA À IMPRENSA

A Secretaria Municipal de Educação (SME) de Mossoró continua mantendo diálogo com diversas instituições, como o Ministério Público (MP), Conselho Municipal de Educação (CME), Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes (COMDICA) e Conselho de Alimentação Escolar (CAE), dentre outras, apresentando de forma transparente e com muita responsabilidade as condições das unidades de ensino e do transporte escolar da rede, além de todas as suas ações realizadas em 2021 para o retorno presencial das aulas, de forma segura e planejada.

A SME apresentou ao MP uma proposta viável para a rede municipal de ensino, que garante a continuidade das aulas remotas aos alunos que já têm acesso a elas e aos que não o têm a possibilidade de interação presencial, garantindo, inclusive, o retorno, de forma rotacional, de 100% da rede até dezembro deste ano para avaliação diagnóstica, base para o programa de recuperação de aprendizagem em 2022.

Além disso, a SME apresentou todas as ações executadas pela Secretaria ao longo de 2021 que garantirão o início do ano letivo de 2022 de forma 100% presencial e em condições adequadas e dignas. Dentre essas ações, destaca-se a manutenção das unidades de ensino e do transporte escolar, em curso.

Teve início nesta quarta-feira (13) a primeira etapa da capacitação voltada para as equipes da Secretaria Municipal de Educação (SME) de Mossoró que irão implementar e operacionalizar o Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEduc), ferramenta que possibilitará, a partir do ano letivo de 2022, a realização de matrículas 100% on-line em todos os equipamentos da rede municipal de ensino. Neste primeiro momento, o treinamento contempla as coordenações de Registro e Inspeção Escolar, Educação Infantil e Ensino Fundamental Anos Iniciais e Finais. A capacitação segue nesta quinta (14), em formato virtual, a partir de informações compartilhadas pela empresa SIG Software e Consultoria, responsável pela criação do Sigeduc e vencedora da licitação para implantação do sistema na rede municipal de ensino de Mossoró. “É um marco para a Secretaria Municipal de Educação, porque representa a transição de uma Secretaria que ficou atrasada, no sentido da tecnologia, com todos os processos de matrículas e registros escolares feitos manualmente, em papel, demandando muito tempo, para um momento que a gente inicia agora, com esse processo de implementação do Sigeduc, de modernização, que contempla toda a Secretaria e a gestão dos processos educacionais”, comenta o professor Hélio Oliveira, coordenador de Registro e Inspeção Escolar da SME.

Foto: Allan Phablo/PMM

Aprovado pela Câmara de Vereadores de Mossoró, o Projeto de Lei Complementar nº 03/2021, que trata da estrutura administrativa e organizacional da Prefeitura de Mossoró, entrou em vigor nessa terça-feira (12). Trata-se de Reforma Administrativa, que tem como um dos objetivos organizar a estrutura funcional do município, proporcionando ainda mais transparência.

Oficializando a Reforma Administrativa, foram publicados na edição do Jornal Oficial de Mossoró (JOM) 21 decretos que regulamentam a organização da estrutura administrativa de todas as secretarias, com a alocação de todos os cargos comissionados, bem como suas atribuições e níveis hierárquicos.

“Com a Reforma Administrativa em vigor, como já está, cumprimos nosso compromisso de dar mais transparência às ações do município. Agora, de forma muito clara, o cidadão mossoroense, a imprensa e órgãos de controle têm acesso direto a todos os cargos comissionados da Prefeitura de Mossoró”, explicou o chefe do Executivo municipal Allyson Bezerra.

“Hoje, a população pode ter facilmente acesso às informações sobre o funcionamento das secretarias, atribuições dos cargos comissionados e onde estão lotados”, concluiu o prefeito. Na estrutura organizacional anterior existiam 38 escalões de cargos e dificuldade de se estabelecer a quantidade de cada um e quantos estariam realmente ocupados, por quem e onde.

Organização da estrutura do município

A Reforma Administrativa, elaborada pela equipe de técnicos e secretariado da área econômica da Prefeitura de Mossoró, tem como principal premissa estabelecer o ordenamento e organização do município, a partir da determinação das atribuições e organograma das secretarias, possibilitando mais eficiência nos serviços.

O novo ordenamento também proporciona o fortalecimento da organização municipal por meio do fluxo processual de pagamentos, que poderá ser feito por cada secretário municipal. Assim, o processo ganhará agilidade e otimização dos serviços.

Consultor-Geral do Município, Humberto Fernandes explica que “a nível de estrutura municipal nós tínhamos cinco leis organizando o município, portanto tornando difícil a compreensão de como se dá a estrutura organizacional do município de Mossoró”.

“Com a reforma, a gente revoga todas essas leis e cria uma lei única que regula todos os cargos comissionados, funções gratificadas e tudo que envolve a estrutura administrativa e que constava naquelas cinco leis. Portanto, além de promover a organização do município, a Reforma Administrativa facilita a compreensão, para a sociedade no geral, sobre como a estrutura organizacional funciona”, concluiu Fernandes.

Fonte: Assessoria

Quando a Porcellanati encerrou suas atividades em Mossoró em 2014, a promessa que havia era de efetivação do tal pólo cerâmico, que atrairia outras empresas-satélite e milhares de empregos. Tudo passou de um engodo. No auge de sua produção, em 2010, mantinha pouco mais de 300 empregos. No entanto, após cessar sua produção, no ano seguinte, em 2015, a Prefeitura entrou com processo de reversão do terreno, já que não havia mais serventia para a empresa. O processo caminhou lentamente, sob o pretexto de reabertura da empresa, discurso que sempre ganhava força em anos eleitorais. A ex-prefeita Rosalba Ciarlini terminou seu mandato sem que o processo fosse concluído, que simplesmente desapareceu. Uma ação de restauração de autos foi ingressada para saber em que situação estava o pedido de reversão. O prefeito Allyson Bezerra, por sua vez, já avisou que vai assinar o decreto para que o terreno onde a Porcellanati foi edificada volte para o Município ainda esta semana. “Temos outros projetos e propostas para lá. O terreno passou todo este tempo parado, sem gerar empregos, nem impostos”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Franklin Filgueira. A empresa já tem conhecimento da reversão do terreno, cuja cessão terá outras finalidades. Para tentar gerar maiores embaraços, a direção da Porcellanati voltou a falar em reabertura este ano. Mas, na realidade, ela mantém nove funcionários, entre vigias e equipe de manutenção. Até a principal linha de produção da empresa foi transferida de Mossoró para pagamento de dívidas.

Reprodução

Presidente da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Lawrence Amorim (Solidariedade) foi anunciado oficialmente nesse domingo (10) como pré-candidato do prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) à Câmara Federal. “Meu nome, nosso nome, é o de Lawrence. Será um candidato de grupo e de povo, para ser eleito com o mesmo sentimento de mudança que me fez chegar ao Palácio da Resistência de forma histórica”, disse o governante.

Ao lado de alguns auxiliares de governo e da primeira-dama Cínthia Raquel Pinheiro, Allyson reuniu a bancada governista de 17 vereadores e respectivos familiares em almoço à tarde de hoje.

“O prefeito será o verdadeiro deputado federal de Mossoró em Brasília. Seremos sua voz, seu porta-voz, representante de Mossoró e de seu povo”, sacralizou Lawrence Amorim.

Para simbolizar o efetivo apoio a Lawrence, o prefeito teve um gesto tão claro quanto suas palavras, ladeando o escolhido: pegou chapéu de couro que foi marca de sua campanha a deputado estadual em 2018 e, à prefeitura em 2020, passando-o ao vereador.

Falando em nome da bancada, o vereador e líder governista Genilson Alves (Pros) disse que todos estariam “unidos em torno dessa escolha”. Reforçou ainda, que da mesma forma ocorreria em relação a quem fosse ungido como pré-candidato a deputado estadual.

“Em breve apresentaremos também nosso estadual”, deixou claro Allyson Bezerra. “Será candidato de um grupo político popular que venceu a oligarquia e terá o compromisso de representar todos os mossoroenses na Assembleia Legislativa”, resumiu.

Também participaram da reunião o chefe de Gabinete do município (Kadson Eduardo), secretário do Desenvolvimento Social (Thiago Marques), secretário da Comunicação (Bruno Martins) e assessor especial de Gabinete (Fellipe Rodrigues).

Fonte:  Blog do Carlos Santos

Um projeto do Governo Federal vai beneficiar o Parque Nacional de Furna Feia, localizado entre os municípios de Mossoró e Baraúna, na região Oeste potiguar. O ministro do Meio Ambiente Joaquim Leite se reuniu com o prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, e a prefeita de Baraúna, Divanize Oliveira.

O encontro aconteceu na manhã desta quarta-feira, 6, na sede do ICMBio. O ministro revelou que o projeto pretende plantar mais de 100 mil mudas no Parque Nacional.

Foto: Célio Duarte/PMM

“É um projeto que está plantando 130 mil mudas dentro de Furna Feia. É uma etapa desse projeto de restauração de áreas dentro de parques nacionais. Eu vim aqui fazer uma visita ao parque para conhecer um pouco a realidade da caatinga e preparar o lançamento de um programa que se chama ‘Adote um parque’. Aqui vamos fazer uma nova etapa desse programa exclusivamente para a caatinga que será ‘Adote uma trilha’ para trazer a população para perto dos parques e conhecê-los melhor”.

O prefeito Allyson Bezerra destacou a vinda do ministro ao município e ressaltou a importância do Parque Nacional no tocante ao turismo ecológico de Mossoró e região.

“Recebemos o ministro do Meio Ambiente aqui no nosso Parque Municipal, onde tivemos uma reunião juntamente com a prefeita de Baraúna para tratar sobre projetos do Ministério para o Parque Nacional da Furna Feia. O parque tem em torno de 200 cavernas já localizadas e identificadas. É o primeiro parque nacional aqui no Rio Grande do Norte e um dos maiores de nosso país. Temos total interesse em dar maior atenção ao turismo ecológica da região e foi esse o pedido que fizemos”.

“A cidade já é muito forte no turismo cultural e cabe ainda um trabalho maior que é esse interesse da nossa gestão de fazer um trabalho para o turismo ecológico, um turismo muito ligado à parte ambiental. Com certeza vamos fazer esse trabalho e o Parque da Furna Feia entra diretamente nesse ponto”, complementou.

“É um momento muito importante. Nós temos o Parque da Furna Feia. Quase 53% desse parque ficam no município de Baraúna e estamos discutindo algumas ações em relação ao parque. Eu trouxe inclusive um projeto da entrada do parque por Baraúna”, ressaltou a chefe do Executivo baraunense, Divanize Oliveira

Fonte: Assessoria

O processo de modernização da gestão pública em implantação pela Prefeitura de Mossoró alcança a rede municipal de ensino, que se adequa para ofertar matrículas no formato 100% on-

Foto: Wilson Moreno/PMM

line já a partir do próximo ano letivo, através do Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEduc). Conforme o planejamento do Poder Executivo, todas as escolas e Unidades de Educação Infantil (UEIs) passarão a

realizar as matrículas dos alunos por meio do SIGEduc, sem a necessidade dos pais comparecerem presencialmente aos equipamentos de ensino.

“Estamos trabalhando diuturnamente para transformar essa realidade há tempos enfrentada pelos pais dos alunos da rede municipal, que muitas vezes, para garantir a vaga do seu filho, tiveram que dormir em frente às escolas e UEIs. Isso não pode e não deve mais acontecer. O processo de implantação das matrículas 100% on-line já está bem encaminhado, podemos afirmar, inclusive, que já não é mais um sonho, é algo concreto que em breve será efetivado”, destaca a professor Hubeônia Alencar, titular da Secretaria Municipal de Educação, explicando ainda que, para os pais que tiverem dificuldade no acesso à internet, as escolas e Unidades de Educação Infantil da rede serão disponibilizadas como ponto para efetivação das matrículas no formato virtual.

“É um marco, um verdadeiro divisor de águas no formato de registro escolar. Hoje ainda temos matrículas feitas manualmente, o que é impensável diante do avanço digital que vivenciamos atualmente. Vamos ressignificar esse processo”, complementa Hélio Oliveira, coordenador de Registro e Inspeção Escolar da Secretaria Municipal de Educação.

A modernização da rede municipal passa também pela instalação de Pontos de Inclusão Digital, com internet banda larga sendo disponibilizada tanto nos equipamentos da zona urbana quanto da zona rural, e ainda pela implantação de novos laboratórios de informática. “São ações executadas em parceria com o Governo Federal, através de programas como o Nordeste Conectado, Wi-Fi Brasil, entre outros. É uma verdadeira revolução digital que estamos vivenciando, que trará reflexos extremamente positivos no processo de ensino-aprendizagem dos nossos alunos”, pontua a secretária.

Fonte: Assessoria

05
out

Nota

Postado às 13:46 Hs

Preso na manhã de hoje (5),  Preso na manhã de hoje (5), em Operação da Polícia Civil, o vereador Edson Carlos divulgou uma nota de esclarecimento. Segundo o parlamentar, ele não tem “nada a ver” com a denúncia. Segue:

Nota à imprensa

Sou cidadão de bem, trabalhador e de origem humilde, com a honrosa missão de representar o povo na Câmara Municipal de Mossoró.

Esclareço que não sou investigado nem acusado de participação em venda ilegal de arma e munição. 

Material apreendido em operação policial hoje (5), divulgado na mídia, como pistola, munição, colete à prova de bala, não foi encontrado sob minha posse ou na minha residência.

Tive nome citado uma vez, talvez por ser pessoa pública, em conversa entre investigados, os quais sequer conheço.

Tal fato motivou, na manhã de hoje (5), cumprimento de mandado de busca e apreensão na minha residência, no bairro Rincão.

Perguntado pela autoridade policial, confirmei existência em casa de um revólver calibre 38, herança do meu avô, nunca por mim usado.

Por esta razão, fui conduzido à delegacia, de onde fui liberado após esclarecer a situação e cumprir todos os procedimentos.

Reafirmo não possuir nenhuma ligação com a denúncia e continuo à disposição da Justiça e da sociedade para quaisquer esclarecimentos.

Vereador Edson Carlos(Cidadania)

Mossoró, terça-feira, 5 de outubro de 2021.

 

O Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do RN e a Polícia Civil deflagraram hoje uma operação em Mossoró (RN) com objetivo de cumprir mandados de prisão, busca e apreensão contra investigados em crimes de venda ilegal de armas e munições.

Um dos alvos da operação foi o vereador mossoroense Edson Carlos (Cidadania). Na casa dele foi cumprido um mandado de busca e apreensão.  Uma arma de fogo não registrada foi apreendida na residência do parlemantar.

Edson Carlos foi conduzido à Delegacia Regional e deverá ser liberado mediante pagamento de fiança.

Ao todo foram cumpridos 07 mandados de prisão e 12 de busca e apreensão em Mossoró e região.

 Fim da Linha

Foto: Wilson Moreno (Secom/PMM)

Nesta sexta-feira (1º), as obras de recomposição asfáltica realizadas pela Prefeitura de Mossoró chegaram ao conjunto Abolição I, zona Oeste da cidade. As equipes do programa “Asfalto no Bairro” promovem serviços de recomposição asfáltica para garantir infraestrutura adequada e necessária em ruas e avenidas do município.

Na manhã de hoje, as equipes do “Asfalto no Bairro” realizaram a recuperação da malha viária na Rua Rodrigues Alves, nas proximidades da Praça do Portal do Saber, que também passa por obras.

O investimento do Poder Executivo municipal em asfalto é importante para assegurar mobilidade urbana e acessibilidade aos condutores de veículos que fazem uso das vias contempladas com os serviços. São melhorias realizadas de modo a atender as reivindicações da população.

A partir do trabalho realizado pelas equipes e matéria-prima de qualidade empregada nos serviços, as obras de recomposição para correção do asfalto degastado pela rodagem de veículos e decurso do tempo ofertam um trânsito seguro sem desníveis e buracos na via.

A semana começa e termina com obras do programa sendo realizadas nos quatro cantos de Mossoró. Na segunda-feira (27), a Secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos (SEIMURB) executou obras de recuperação do asfalto em ruas no entorno do Mercado Público Central, no bairro Centro.

Fonte: Assessoria

O assentamento Maísa, em Mossoró, no Rio Grande do Norte, saiu do deserto digital e entrou para o mapa da conectividade. Essa nova realidade se tornou possível graças a entregas realizadas nesta terça-feira (28/9) pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria. A população recebeu pontos de conexão via satélite que vão garantir internet banda larga gratuita, por meio do programa Wi-Fi Brasil. Além disso, o ministro fez a doação de 100 computadores, por meio do programa Computadores para Inclusão. A ação marca o ciclo de mil dias de governo.

Na cerimônia, o ministro recordou que 48 milhões e 500 mil pessoas não tinham acesso à internet no início de 2019. Cenário de exclusão que está se transformando graças aos programas desenvolvidos. “Assumi o ministério e implantamos o programa chamado Wi-Fi Brasil. A gente pega uma antena da Telebras e coloca em uma praça, em uma escola, em algum órgão público, e hoje já são 15 mil pontos. Já são 9 milhões de pessoas que saíram do escuro, do deserto digital – igual à Maísa – para ter internet e estar conectado com os brasileiros”, destacou.

As cinco mil famílias que vivem no assentamento agora poderão usufruir de todos os benefícios que a tecnologia proporciona. As entregas do MCom marcam o início de uma nova fase com inclusão social e digital para a população. A internet e os novos computadores chegam como um sinal de esperança para comunidades de Maísa e Alagoinha, levando conectividade para cinco Unidades Básicas de saúde (UBS), três escolas e uma base da Polícia Militar. “Hoje todos os órgãos públicos da saúde, da segurança, e da educação de Maísa já têm Wi-Fi gratuito e ilimitado”, comemorou o ministro Fábio Faria.

As comunidades beneficiadas estão instaladas em uma área correspondente à antiga Fazenda MAISA (Mossoró Agroindustrial S.A.), símbolo de força da agropecuária na região, grande produtora de caju e melão. Porém, ao longo do ano de 2002, seus quase 20 mil hectares foram desapropriados.

*Conectividade* – Nos últimos anos, o Brasil passou por importantes transformações que impactaram, para melhor, o dia a dia dos brasileiros. O Ministério das Comunicações (MCom), recriado em 2020, tem se destacado com as políticas de promoção de inclusão digital e expansão dos serviços de conectividade, com o esforço de trazer tecnologia de banda larga móvel de quinta geração para o país, o chamado 5G; e com o fortalecimento do setor de radiodifusão; além de garantir que as parcelas mais vulneráveis da população tenham acesso à recepção de televisão digital.

Já são 14 mil pontos de internet banda larga gratuita, via satélite, do programa Wi-Fi Brasil. Do total, 78% estão nas regiões Norte e Nordeste, sendo que mais de 10 mil conexões estão instaladas em escolas da rede pública, 91% delas em atividade na região rural. O programa também beneficia unidades de saúde, telecentros, povos e comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas e pescadores), além de outros equipamentos de interesse público. Nos próximos meses, a instalação de mais três mil pontos foi pactuada com a Telebras (2.000), com a Fundação Banco do Brasil (500) e com o Sebrae (500). Só no RN, são 119 municípios atendidos com 450 pontos instalados (78% na área rural).

Fonte: Blog do BG

 

A semana começou com novas localidades de Mossoró atendidas pelo programa “Asfalto no Bairro”. As obras de recomposição asfáltica da Prefeitura de Mossoró seguem em progresso contemplando mais vias públicas do município. Nesta segunda-feira (27), os serviços foram iniciados em ruas do Centro da cidade.

A Secretaria de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos (SEIMURB) dá continuidade ao cronograma de serviços chegando a ruas localizadas nas imediações do Mercado Público Central. O trabalho visa a recuperação do asfalto desgastado pela ação do tempo e rodagem de veículos, bem como outros fatores que ocasionam desníveis nas vias.

Foto: Walmir Alves (Secom/PMM)

As obras abrangem uma das principais regiões de comércio de Mossoró, registrando intenso movimento diário, sobretudo de segunda a sábado. São melhorias em infraestrutura que vão beneficiar diretamente os condutores de veículos que fazem uso das vias, comerciantes, bem como consumidores, ou seja, serviços que impactam positivamente uma parcela significativa da população.

À medida que atende aos anseios da população, a recomposição asfáltica é importante para garantia de segurança, acessibilidade e mobilidade urbana.

Foto: Walmir Alves (Secom/PMM)

O programa “Asfalto no Bairro” prevê obras de pavimentação e recomposição asfáltica para dezenas de ruas e avenidas do município. Os serviços já contemplaram vias como: Rua Genésio Xavier de Medeiros (Sumaré); Avenida Leste-Oeste (Centro); Rua Raimundo Firmino de Oliveira (Alto de São Manoel); Avenida Senador Petrônio Portela (Abolição IV); Avenida Presidente Dutra (Alto de São Manoel); Avenida Coelho Neto (Boa Vista); Avenida Diocesana (Nova Betânia); Rua Francisco Sólon (Boa Vista); Rua José Damião (Santo Antônio); Rua Delfim Moreira (Bom Jardim); Avenida Rio Branco (Estrada da Raiz e Centro).

Fonte: Assessoria

Reprodução

Na manhã desta segunda-feira (27) o prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, acompanhou a visita do Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, ao município.

Em entrevista à imprensa, Allyson afirmou que a prioridade para Mossoró, no que cabe às competência do ministro, é a resolução da falta de água na zona rural.

O prefeito afirmou que a perfuração de poços, por exemplo, é uma questão “urgente e necessária nesse momento”. A afirmação de Allyson aconteceu após ser questionado sobre os pórticos de entrada de Mossoró, ao que respondeu que esta questão está sendo planejada, mas que a prioridade é resolver os problemas hídricos da zona rural, além do saneamento e recuperação de estradas.

Sobre os pórticos, disse que os projetos já foram apresentados pela equipe de arquitetura e que estes serão apresentados, também, à população, para a realização de uma consulta pública.

Allyson também afirmou que a gestão está aberta a todos que desejarem conhecer os problemas de Mossoró, governo, deputados, ministros etc, visto que a prefeitura está por dentro da realidade do município e sabe quais são as prioridades. “Vamos estar aqui a disposição do ministro Rogério, fazendo essa apresentação e, ele tendo interesse, espero que possa viabilizar essas ações para Mossoró”, disse o prefeito.

Lançado na última quinta-feira (23), o programa “Mossoró Verde”, iniciativa que tem o objetivo de melhorar as condições de arborização no município, promoveu a sua primeira ação de plantio neste domingo (26). O canteiro central da avenida Centenária, no bairro Aeroporto II, foi o espaço contemplado. No total, 200 mudas frutíferas estão sendo plantadas no local. Um dos objetivos do “Mossoró Verde” é dotar, em até quatro anos, os canteiros centrais de Mossoró com uma vegetação nativa. “O programa tem essa finalidade, de arborizar campo e cidade. No espaço urbano nós começamos as atividades e seguiremos com um cronograma já estabelecido. Convidamos toda a população a participar das nossas ações, acompanhar esse trabalho. Partimos da premissa de que só conseguiremos êxito se mobilizarmos a população”, destaca Zildenice Guedes, gerente municipal de Educação Ambiental.

Já tendo sido prorrogado diversas vezes desde a primeira versão em abril do ano passado, o auxílio emergencial deve ser estendido até 2022, segundo planos do governo.

De acordo com informações da coluna do jornalista Lauro Jardim, do O Globo, a ala política do governo trabalha “discreta mas intensamente” para manter o benefício com o mesmo valor – hoje de R$ 150 a R$ 375 – até dezembro e depois reduzir o auxílio gradativamente.

A explicação do esforço é devido à dificuldade de cortar abruptamente o programa, que hoje beneficia mais de 45,6 milhões de brasileiros. O governo deve diminuir o valor das parcelas mês a mês durante 2022. Em tese, essa redução seria recompensada pela recuperação da economia num período já praticamente de pós-pandemia.

O trabalho para a extensão do benefício ocorre em duas frentes: uma no Congresso e outra desenvolve estudos de viabilidade e simulações de valores, custos e tempo de duração.

Segundo o colunista, o Ministério da Cidadania, comandado por João Roma, tem se reunido com Ciro Nogueira, Flávia Arruda e Paulo Guedes, a equipe econômica, Roberto Campos Neto e lideranças do Congresso. A intenção é aprovar até o fim de outubro a extensão do auxílio.

out 17
domingo
22 53
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
57 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.881.807 VISITAS