23
jul

Agenda Olímpica / Tóquio 2020

Postado às 20:23 Hs

Após serem adiados em um ano, os Jogos Olímpicos de Tóquio, enfim, começaram. Até 8 de agosto, o Japão será palco da disputa de 33 esportes e 339 eventos de medalha. Nos 33º Jogos de verão, o Time Brasil contará com 301 atletas, a maior delegação já enviada pelo país ao exterior para o evento. Desse total, 31 chegam à capital japonesa como medalhistas olímpicos, sendo 18 deles campeões. Veja o que tem de melhor na agenda olímpica de hoje e quais brasileiros entram em ação. Veja atrações a partir da noite desta sexta-feira(23):

A dois dias da cerimônia de abertura da Olimpíada de Tóquio, 270 dos 302 brasileiros classificados para a Olimpíada de Tóquio 2020 já estão no Japão, distribuídos pelas bases do Time Brasil e Vila Olímpica.

De acordo com o Comitê Olímpico do Brasil (COB), atletas de 20 das 35 modalidades para as quais o Brasil se classificou chegarão até o final desta quarta-feira (21) à Vila Olímpica. Entre eles, competidores do badminton, canoagem de slalom, ciclismo MTB, esgrima, ginástica artística, handebol, hipismo adestramento, levantamento de peso, natação, remo, saltos ornamentais, skate, taekwondo, tênis, tênis de mesa, tiro com arco, tiro esportivo, triatlo, vôlei de praia e vôlei.

Ao desembarcarem no Japão nos últimos dias, boa parte dos atletas ficou em bases do COB, espalhadas pelas cidades de Ota, Hamamatsu, Nagato, Sagamihara, Saitama e Tsurigasaki, e também Ilha de Enoshima. Entre eles, Bruno Rezende, o Bruninho, capitão a seleção brasileira masculina de vôlei, que será o porta-bandeira do país na cerimônia oficial na sexta (23), às 8h (horário de Brasília).

Foto: AMANDA PEROBELLI / REUTERS

A Argentina venceu o Brasil por 1 a 0 na final da Copa América, disputada neste sábado (10) no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Com o resultado, a seleção argentina quebrou o jejum de títulos que já durava 28 anos. Foi também o primeiro título do craque Messi na equipe principal da Argentina.

Di Maria foi o autor do gol da conquista, ainda no primeiro tempo. Messi superou o duelo particular com Neymar, ex-companheiro de Barcelona. O argentino, um dos artilheiros do torneio, com quatro gols, foi eleito o melhor jogador da competição.

O Brasil acabou por reviver o “Maracanazo” de 1950, como ficou conhecida a derrota para o Uruguai por 2 a 1 na final da Copa do Mundo, também disputada no estádio carioca e uma das piores memórias da seleção brasileira em sua história. O jogo foi aberto a convidados, com um público limitado a 10% da capacidade do estádio, cerca de 5,5 mil pessoas.

A seleção argentina principal não era campeã desde a Copa América de 1993, disputada no Equador. Desde então, o país perdeu sete finais da competições oficiais. Jogador mais destacado da seleção argentina e seis vezes considerado pela Fifa o melhor jogador do mundo, Lionel Messi esteve em quatro finais nas quais a Argentina foi vice-campeã: nas edições da Copa América de 2007, 2015 e 2016 e na final da Copa do Mundo de 2014.

CNN Brasil

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal votou para rejeitar duas ações que pedem a suspensão da Copa América. Com a decisão, o início da competição fica mantido para domingo (13), com quatro cidades-sede confirmadas: Brasília, Rio de Janeiro, Cuiabá e Goiânia. Dez dos onze ministros votaram a favor da manutenção da competição: Marco Aurélio, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Rosa Weber, Luiz Fux, Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso. Edson Fachin concordou, mas impôs protocolos sanitários para o evento. Os magistrados podem inserir os votos no sistema virtual da Corte até as 23h59. O Supremo analisa três ações distintas. Uma delas é da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos, que pede a suspensão da competição em caráter liminar por conta do risco de aumento de casos e mortes por Covid-19.  A outra, do PSB (Partido Socialista Brasileiro), defende que sediar o evento viola os direitos fundamentais à vida e à saúde. Ambas são relatadas pela ministra Cármen Lúcia.
08
jun

STF julga suspensão da Copa América

Postado às 21:28 Hs

A próxima quinta-feira será decisiva para o rumo da Copa América no Brasil. Hoje, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, acatou o pedido da ministra Carmen Lúcia para realização de uma sessão extraordinária para discutirem como proceder com competição sul-americana sediada no país. As informações são do portal Lance.

No dia primeiro de junho, um dia após o anúncio por parte da Conmebol, CBF e governo federal, o processo para impedir a realização da Copa América foi protocolado no STF por meio de ações do Partido dos Trabalhadores (PT) e do Partido Socialista Brasileiro (PSB). A partir da meia-noite desta quinta-feira, em plenário virtual, os ministros julgarão se o Brasil apresenta condições cabíveis para sediar a competição marcada para o próximo domingo.

Inicialmente, a Copa América seria realizada na Colômbia e Argentina. Contudo, em razão de protestos que dominaram o país, a Colômbia retrocedeu e vetou o torneio. Em seguida, sob nova quarentena por avanços da Covid-19, a Argentina também cancelou o evento.

Motivo de críticas nas últimas semanas, embora mais de 470 mil mortes confirmadas por conta da pandemia, o aval do governo Bolsonaro possibilitou a CBF aceitar realizar a competição da Conmebol.

Rogério Caboclo foi afastado da Presidência da Confederação Brasileira de Futebol por 30 dias, com possibilidade de prorrogação. A Comissão de Ética da instituição decidiu, hoje, retirá-lo do comando devido a acusações de assédio moral e sexual feitas por uma funcionária da própria CBF.

Caboclo nega. Já houve a notificação da decisão. O vice mais velho, Antônio Carlos Nunes, assume durante o período de afastamento. Uma reunião entre os diretores e vice-presidentes foi convocada para amanhã (7), no Rio de Janeiro.

Pressionado por patrocinadores e outros dirigentes da confederação, Caboclo agora cuidará de sua defesa e sairá de cena no momento de atrito entre comissão técnica e jogadores da seleção brasileira antes da Copa América. Tite e o grupo de atletas prometem se  manifestar na terça-feira sobre a realização do torneio no país.

*Com informações do Globo Esporte.com

O presidente Jair Bolsonaro confirmou, hoje, durante solenidade no Ministério da Saúde, que o Brasil será a sede da Copa América. Segundo Bolsonaro, os governadores de Distrito Federal, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Goiás e “um quinto que chegou um pouco atrasado” aceitaram receber jogos da competição a partir do próximo dia 13. Ele não mencionou o quinto estado.

Depois do anúncio de Bolsonaro, o ministro Luiz Eduardo Ramos (Casa Civil) publicou em uma rede social que serão quatro sedes: Distrito Federal, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Goiás. A assessoria da Casa Civil confirmou o Mato Grosso como sede (e não Mato Grosso do Sul, como disse Bolsonaro).

Ontem, o ministro Luiz Eduardo Ramos (Casa Civil) afirmou que o governo daria nesta terça uma “posição final” sobre a realização da copa no Brasil. O anúncio de que o Brasil seria a sede da competição tinha sido feito mais cedo pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). A entidade chegou a agradecer o presidente Jair Bolsonaro por “abrir as portas” do país.

“Confirmada a Copa América no Brasil. Venceu a coerência! O Brasil que sedia jogos da Libertadores, Sul-Americana, sem falar nos campeonatos estaduais e brasileiro, não poderia virar as costas para um campeonato tradicional como este. As partidas serão em MT, RJ, DF e GO, sem público”, escreveu Luiz Eduardo Ramos em rede social.

Reprodução

A Copa América poderá ocorrer em Natal. O presidente da Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF), José Vanildo, confirmou que recebeu uma ligação da CBF confirmando a possibilidade. “Estamos ultimando detalhes com instituições públicas e demais entidades representativas dos desportos”, disse o dirigente através do microblog Twitter.

Após ser sede da Copa do Mundo de 2014, a Arena das Dunas pode voltar ao cenário internacional recebendo jogos da Copa América que já começa no próximo dia 13 de junho.

A FNF, inclusive, vai enviar ofício à CBF colocando a Arena das Dunas à disposição da Conmebol para sediar os jogos.

Até o início da reunião, a possibilidade de o Brasil organizar o torneio era descartada tanto pela CBF quanto pela Conmebol. Mas ao longo do encontro mencionou-se que o país tem estádios de Copa do Mundo que estão ociosos, como Mané Garrincha em Brasília, Arena da Amazônia, Arena Pernambuco e Arena das Dunas em Natal.

A ideia é colocar um grupo para jogar em Manaus e Brasília, o outro nos dois estádios do Nordeste. O Campeonato Brasileiro não será interrompido.

Foto: Reuters/Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports/Direitos Reservados

O brasileiro Helio Castroneves venceu as 500 Milhas de Indianápolis pela quarta vez neste domingo (30), diante do maior público a participar de um evento esportivo nos Estados Unidos desde o início da pandemia de covid-19.

O piloto de 46 anos avançou para a frente a duas voltas do fim e resistiu ao ataque do espanhol Alex Palou para reivindicar a vitória e se juntar a AJ Foyt, Rick Mears e Al Unser como os únicos a vencer quatro vezes o “Maior Espetáculo da Corrida”.

Foi a 21ª partida da Indy 500 para Castroneves, mas a primeira com a Meyer Shank Racing – as vitórias em 2001, 2002 e 2009 foram com a poderosa equipe Team Penske.

Com a corrida voltando a ocorrer no tradicional feriado norte-americano de Memorial Day, depois que o evento do ano passado foi transferido para agosto e realizado em uma pista vazia devido à pandemia, 135 mil fãs empolgados esgotaram os ingressos para acompanhar a corrida no Indianapolis Motor Speedway (IMS).

Agência Brasil

A Federação Norte-rio-grandense de Futebol recuou da decisão de cancelar o Campeonato Potiguar 2021, conforme havia anunciado no último dia 25, em comunicado que contou com a assinatura dos clubes. Nesta terça-feira, um dia após o governo do estado liberar os treinamentos de todas as equipes participantes da competição, a FNF emitiu nova nota em que “determinou a suspensão da publicação da convocação da Assembleia Geral Extraordinária, que seria realizada para ratificar a decisão de cancelamento do campeonato”.

A entidade destacou ainda que “agora aguarda nova decisão, no dia 3 de abril, para que possamos avançar ainda mais com a liberação do retorno das partidas do Campeonato Potiguar, seguindo todos os protocolos de biossegurança estabelecidos pelas autoridades públicas competentes”.

O estadual, inicialmente, foi suspenso de 20 de março a 2 de abril por conta do decreto que estabeleceu medidas mais rígidas de isolamento social em todo o RN. Na nota desta terça-feira, a FNF também “solicitou aos clubes filiados que estavam com atividades paralisadas que retornem aos treinamentos visando a continuidade do certame estadual”, o que já aconteceu.

O Governo do Estado autorizou os clubes de futebol potiguares a retomarem os treinos, seguindo os protocolos sanitários e sem a presença de público e também da imprensa, é o que diz a nota técnica (veja aqui) publicada nesta segunda-feira (29)

O Campeonato Potiguar havia sido cancelado pela FNF após acordo com os clubes. Seis deles não aceitavam a posição do governo estadual de liberar os treinamentos apenas para ABC e América, por participarem de competições nacionais, enquanto eles ficariam parados.

Com a liberação dos treinos, é provável que a FNF reúna os clubes para retomar o campeonato estadual.

“Resta, portanto, possibilitada a liberação das avidades de treinamento a todos os clubes profissionais de futebol devidamente inscritos junto à Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol (FNF), desde que observados todos os protocolos sanitários estabelecidos, limitados os locais de treinamentos aos atletas e à comissão técnica, vedada a presença de público e da imprensa”, diz a nota técnica assinada pelo secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia.

A Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) anunciou na tarde desta quinta-feira (25) o cancelamento do Campeonato Potiguar de 2021. De acordo com a entidade, a decisão foi motivada pela falta de acordo com as autoridades públicas, após a suspensão dos jogos depois de determinação do governo do estado durante a vigência do atual decreto. Em nota, a FNF criticou a liberação de atividades apenas para os times potiguares que disputam competições regionais e nacionais, casos de ABC – que joga a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste – e de América – que disputa a Copa do Brasil. “Tal decisão demonstra que o motivo maior da suspensão da competição não é a propagação da covid-19 e muito menos as vidas que se perderam no Rio Grande do Norte em decorrência da doença. Se assim fosse, não seriam abertas exceções para beneficiar determinadas equipes. Trata-se de um motivo político, sem qualquer coerência ou razoabilidade”, afirma.

A Federação Norte-rio-grandense de Futebol seguirá determinação do governo do estado, que estabeleceu em decreto medidas mais rígidas de isolamento a partir deste sábado (20) até o dia 2 de abril em todo o Rio Grande do Norte, confirmou a suspensão do Campeonato Potiguar. A informação foi confirmada pelo presidente da FNF, José Vanildo, na tarde desta sexta-feira (19). Os clubes já foram comunicados sobre a paralisação.

O Desembargador João Rebouças concedeu liminar ao Conselho Regional de Educação Física – CREF/RN – autorizando a abertura de academias em todo o Estado do Rio Grande do Norte.

De acordo com a decisão (veja aqui), os decretos estaduais e municipais não podem se sobrepor ao Federal.

“Defiro a medida liminar pleiteada, para autorizar o funcionamento das atividades das academias de ginástica, estúdios de musculação, de esportes, artes marciais e congêneres de pequeno, médio e grande porte, voltados à atividade física, desde que obedecido, rigorosamente, os rígidos protocolos de segurança expedidos pelas autoridades sanitárias Federal, Estadual e Municipal”, escreveu o Desembargador na decisão.

As medidas de restrição contidas no último decreto do Governo do RN que restringe o funcionamento de vários setores e serviços, está mobilizando os professores de educação física de Mossoró. É que as academias foram incluídas nos serviços não essenciais e, pelo decreto não podem funcionar. Porém, baseados na Lei Federal, 9.696/98, que determina que as atividades físicas estão incluídas na área da saúde, portanto, por lei, sendo um serviço essencial, os profissionais de educação física estão reivindicando a inclusão das atividades oferecidas nas academias na lista de essenciais, podendo funcionar durante a vigência do decreto.

Uma ótima notícia para o desportista mossoroense. O Estádio Manoel Leonardo Nogueira, o Nogueirão, está oficialmente municipalizado.

O anúncio foi feito pelo prefeito Allyson Bezerra na manhã desta quinta-feira (11/3), no Salão dos Grandes Atos do Palácio Rodolfo Fernandes, sede do governo municipal.

A mudança de comando do equipamento, que era administrado pela Liga Desportiva Mossoroense (LDM), para a Prefeitura de Mossoró, veio com a confirmação do registro em cartório, a pedido da atual administração municipal, dos documentos que legitimam a alteração na propriedade do imóvel.

“Um momento histórico. Nós assumimos a Prefeitura e de cara abraçamos essa responsabilidade de devolver ao povo de Mossoró, de fato e de direito, o estádio Nogueirão. Era uma demanda histórica, de décadas, que a população queria que o Município pudesse cuidar do estádio”, comemorou o prefeito Allyson Bezerra.

A oficialização da municipalização contou com o empenho pessoal do secretário de esportes Júnior Xavier, que recebeu carta branca do prefeito Allyson Bezerra, e o apoio decisivo dos titulares da Procuradoria-Geral do Município e da Consultoria-Geral, Raul Santos e Humberto Fernandes, respectivamente, que fizeram um minucioso estudo de todo o processo e indicaram encaminhamentos até o desfecho positivo.

“A importância dessa municipalização é grande, em todos os aspectos esportivos. Para os jogos escolares e nós vamos fazer voltar; para o esporte amador e para o profissional, porque a gente ficava triste em ver nossos representantes tendo que fazer seus jogos fora, longe do seu torcedor. Sem contar com o espaço para atletismo, com a pista que o Nogueirão possui”, comentou o secretário Júnior Xavier.

A municipalização do Nogueirão representa uma nova perspectiva para a principal praça de esportes do município, que viveu nos últimos anos constantes interdições devido as condições precárias em sua estrutura física.

Agora, o Município poderá fazer investimentos em obras no Estádio Municipal Manoel Leonardo Nogueira, dotando-o de condições adequadas de segurança e conforto para uso de atletas, imprensa e público.

“Ao final dessa pandemia, nós teremos a oportunidade de o povo de Mossoró voltar a frequentar o Nogueirão. Vamos fazer grandes investimentos para que a gente tenha realmente uma grande praça de esportes”, finalizou o prefeito Allyson Bezerra.

Fonte: Assessoria

A parceria entre o Grupo TCM Telecom e a Band RN no Campeonato Potiguar 2021 de futebol profissional vai ser especial para o interior do estado. Agora, os torcedores de Potiguar e Assu (Associação Sportiva Sociedade Unida), que até então não tinham como assistir as partidas, vão poder curtir jogos ao vivo pelo Canal TCM 10 HD e uma cobertura especial nos telejornais da TCM.

A estreia do ‘Time Macho’ está garantida. Já na quarta-feira, 24 de fevereiro, o time recebe o Santa Cruz de Natal. Então pode tirar a camisa do armário e preparar o manto para 90 minutos de muita raça. E a equipe da TCM vai estar afiada: a comentarista Larissa Maciel, o repórter Fabiano Junior e a narração fica por conta de Lucílio Filho. Uma equipe que ama o futebol e conhece os times da região como ninguém.

O empenho do Grupo TCM Telecom em transmitir os jogos dos representantes da nossa região é parte do DNA da empresa que não abre mão de valorizar o que é nosso. “Essa é uma parceria importante fechada entre a TCM e a Band, na qual vamos fazer a cobertura do Campeonato Estadual no interior do Estado, principalmente nas praças de Mossoró e Assú, levando todos os detalhes dos jogos do Potiguar e Assu ao torcedor, que não pode ir ao estádio em virtude da pandemia. O papel hoje do grupo TCM é levar essa emoção do futebol pra casa dos nossos assinantes, dos torcedores”, destaca Gustavo Sena, Diretor Comercial da TCM.

O presidente do Potiguar de Mossoró, Benjamim Machado, celebra a parceria entre a TCM, a Band e a equipe para transmissão das partidas por meio da tecnologia do grupo TCM Telecom. “Agradecemos a TCM por essa disposição dando o importante apoio para divulgação do nosso futebol, por entender que precisamos fortalecer cada vez mais nosso futebol”, afirma.

O assinante da TCM já pode ficar na expectativa por mais um campeonato estadual, pois na TCM teremos transmissões de jogos em todas as rodadas. Confira os jogos do Potiguar e Assu no Estadual 2021 pelo Canal TCM 10 HD, pelos Apps TCM Play e TCM 10 HD e ainda pelo site www.tcmplay.tv.br. Se você ainda não é assinante TCM, assine já e não perca nada!

As rádios 95 FM e 90 FM também transmitirão, ao vivo, os jogos do Potiguar de Mossoró e do Assu no Campeonato Estadual de Futebol Profissional 2021.

Fonte: Assessoria

O início da gestão municipal tem sido marcado, entre outras ações, pela atenção dada à zona rural. No âmbito da Secretaria de Esporte e Lazer não tem sido diferente.

No domingo (7), o secretário Júnior Xavier esteve visitando as comunidades de Coqueiro, Riachinho e Montana, quando conversou com desportistas locais a fim de conhecer seus anseios e traçar estratégias de atendimento a essas comunidades.

A iniciativa faz parte de um planejamento da pasta para que as ações da Prefeitura de Mossoró no esporte cheguem também à zona rural do município com a mesma eficácia do que se planeja para a zona urbana.

Na visita do fim de semana passado, além de ouvir os moradores das comunidades, Júnior fez entrega de bolas e redes aos representantes locais, possibilitando a mínima condição para que o futebol, esporte mais praticado nesses locais, não sofra interrupção em sua prática.

“Nós queremos identificar os principais problemas e anseios da população rural para que a prática esportiva se desenvolva com mais tranquilidade e frequência. São vários problemas vistos de cara, mas os principais deles dizem respeito à falta material para treino, limpeza dos campos de futebol, entre outros detalhes que são passivos de atuação do Município”, analisou Júnior Xavier.

As visitas à zona rural começaram há cerca de 15 dias pela comunidade de Melancias e continuarão pelos próximos finais de semana, quando outras comunidades serão observadas pelo secretário Júnior Xavier.

“Vamos percorrer o maior número de comunidades possível. Queremos ter um diagnóstico mais preciso das dificuldades dessa população em relação a prática esportiva. Nosso planejamento será montado em cima desse levantamento. Ouvir as pessoas é fundamental para que a gente consiga atender a zona rural, merecedora de atenção tanto quanto a zona urbana”, finalizou Júnior.

Fonte: Assessoria

jul 27
terça-feira
05 27
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
80 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.874.914 VISITAS