A média móvel de casos e mortes por Covid-19 no Brasil chegou ao número mais baixo desde janeiro deste ano. As quedas nas notificações, registradas nesta segunda-feira (02), são reflexo das ações do Ministério da Saúde no combate à pandemia, principalmente da campanha de vacinação, que segue em ritmo acelerado. A média de óbitos por Covid-19 dos últimos 14 dias chegou a 1,03 mil – é o número mais baixo desde o dia 29 de janeiro. Os números de novos casos também estão diminuindo – a média móvel está em 40,12 mil. É o menor número registrado desde 8 de janeiro. Os dados estão disponíveis na plataforma LocalizaSUS. O balanço é feito a partir de dados enviados pelas Secretarias Estaduais de Saúde ao Ministério diariamente.
A taxa de transmissão (Rt) da Covid-19 no Brasil caiu para 0,88, segundo levantamento do Imperial College de Londres, atualizado nesta terça-feira. O índice é o menor registrado no país em 2021. No relatório divulgado na semana passada, o Rt brasileiro estava em 0,91. O índice atual significa que cada 100 pessoas contaminadas transmitem a doença para outras 88 pessoas. Quando fica abaixo de 1, a taxa de contágio indica tendência de estabilização. Dentro da margem de erro calculada pela universidade britânica, o Rt brasileiro atual pode variar de 0,77 a 0,96. A taxa de transmissão é uma das principais referências para se acompanhar a evolução epidêmica do Sars-CoV-2 no país. No entanto, especialistas costumam ponderar que é preciso acompanhá-la por um período prolongado de tempo para avaliar cenários e tendências, levando em conta o atraso nas notificações e o período de incubação do coronavírus.
26
jun

Registros

Postado às 13:08 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus neste sábado (26). Foram 852 novos casos confirmados, totalizando 334.929. Até sexta-feira (25) eram 330.077 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 6.717 no total, sendo 08 mortes registradas nas últimas 24h: Baraúna (01), Alexandria (01), Natal (01), Mossoró (01), Santana do Matos (01), Parnamirim (01), Ipanguaçu (01) e Currais Novos (01).

Segundo a Sesap, foram registrados outros 3 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Na sexta-feira (25) o número total de mortes era 6.706. Óbitos em investigação são 1.435. Casos suspeitos somam 156.912 e descartados 628.874.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 72,3%, registrada no início da tarde deste sábado (26). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 493. Até o momento desta publicação são 114 leitos críticos (UTI) disponíveis e 298 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 224 disponíveis e 195 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 67,4% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 86,1% e a Região Seridó tem 67,5%.

O RN permanece com fila zerada de pacientes para UTI Covid conforme levantamento no início da tarde deste sábado (26). Por volta das 12h50, haviam apenas 1 paciente com perfil para leitos críticos na lista e outros 3 aguardando avaliação. Quanto aos leitos, foram registrados 114 disponíveis.

04
jun

Registros

Postado às 16:50 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta sexta-feira (04). Foram mais 724 casos confirmados, totalizando 272.885. Até quinta-feira (03) eram 272.161 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 6.245 no total, sendo 16 mortes registradas nas últimas 24h: Mossoró(03), Japi(02), Macaíba(01), Parnamirim(01), Goianinha(01), Caicó(01), Passa e Fica(01), Alexandria(01), Tangará(01), São Paulo do Potengi(01), Espírito Santo(01), Francisco Dantas(01) e Martins(01).

A Sesap ainda registrou outros 13 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.312. Na quinta-feira (03) o número total de mortes era 6.216.  Casos suspeitos somam 89.896 e descartados 525.713.

O Rio Grande do Norte registrou no fim da manhã desta sexta-feira (04) oitenta e três (83) pacientes com Covid-19 com perfil de leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado. O levantamento foi feito às 12h.

Diante do número de leitos disponíveis (20), o número de pacientes em espera até a publicação desse post, com a devida subtração de números, registra 63 pessoas na fila por leitos críticos. A maioria dos pacientes em espera da Grande Natal.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 95%, registrada no fim da manhã desta sexta-feira (04). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 667.

Até o momento desta publicação são 20 leitos críticos (UTI) disponíveis e 378 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 127 disponíveis e 289 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 92,8% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 98,1% e a Região Seridó tem 100%.

Os Estados Unidos incluíram o Brasil na lista de países que vão receber parte do primeiro lote de doação de vacinas contra a , anunciaram as autoridades americanas nesta quinta-feira (3).
Ao todo, os EUA se comprometeram a redistribuir cerca de 80 milhões de doses das vacinas AstraZeneca, Pfizer, Moderna e Johnson & Johnson para outros países até o final de junho. Do total, 25 milhões de doses serão enviadas neste primeiro lote.
As doses destinadas ao Brasil serão entregues por meio da aliança Covax, da Organização Mundial da Saúde (OMS), que vai receber 19 milhões das doses disponíveis e que serão distribuídas da seguinte forma:
* 6 milhões para América do Sul e Central: Brasil, Argentina, Colômbia, Costa Rica, Peru, Equador, Paraguai, Bolívia, Guatemala, El Salvador, Honduras, Panamá, Haiti, Comunidade do Caribe e República Dominicana.
* 7 milhões para a Ásia: Índia, Nepal, Bangladesh, Paquistão, Sri Lanka, Afeganistão, Ilhas Maldivas, Malásia, Filipinas, Vietnã, Indonésia, Tailândia, Laos, Papua Nova Guinea, Taiwan, e as Ilhas do Pacífico.
* 5 milhões para a África, distribuídas entre os países selecionados em coordenação com a União Africana.
As outras 6 milhões de doses disponíveis neste primeiro lote enviado pelos EUA serão distribuídas entre parceiros regionais dos americanos como o México, Canadá, a Coreia do Sul, Cisjordânia, Gaza, Ucrânia, Kosovo, Haiti, Geórgia, Egito, Jordânia, Iraque, Iêmen e para os trabalhadores da linha de frente das Nações Unidas.

O governo americano anunciou a disponibilização de 80 milhões de doses de vacinas que serão entregues até o fim de junho. O destino das outras 55 milhões de doses ainda não foi anunciado.

G1

Diante do agravamento da pandemia no interior, o Governo do Estado convocou reunião com prefeitos das regiões Oeste e Alto Oeste para tratar da adoção de medidas destinadas a barrar a disseminação do coronavírus (Covid-19) nos municípios sob jurisdição da 2ª e 6ª regionais de saúde, reduzir os pedidos de leitos para pacientes covid, que hoje estão na faixa de 100 por dia no Rio Grande do Norte, e conter a média diária de mortes por Covid-19. Os números mais recentes do Indicador Composto mostram que a situação vem se deteriorando nessas duas regiões, apesar do esforço do governo e das prefeituras de ampliar o atendimento aos moradores. O indicador leva em conta, entre outras variantes, a ocupação de leitos críticos e clínicos, taxa de mortalidade e casos ativos da doença. “Ficou acertado no encontro com os prefeitos que vamos consultar a área jurídica do governo para avaliar a possibilidade de editar um decreto regionalizado, à luz dos dados apresentados hoje”, explicou o secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, coordenador do Pacto pela Vida. “Todos estão confluindo para a adoção de ações conjuntas de enfrentamento da pandemia”, reforçou Mineiro, que conduziu a reunião.
O Brasil registrou queda de 19% na média móvel de mortes por Covid-19 nas duas últimas semanas. Em 18 das 27 unidades de federação, o índice está caindo, mostrou o boletim do consórcio da imprensa nesta segunda-feira. Apenas um estado está em viés de elevação na última quinzena, enquanto oito permaneceram em tendência estável (variação menor de 15% para mais ou para menos). Os números trazem esperança no combate à pandemia, mas projeções feitas por cientistas nos EUA e Brasil, no entanto, acenderam o alerta de especialistas sobre a possibilidade de uma terceira onda no país, com nova alta de óbitos. — Evitá-la vai depender muito da vacinação, que já se mostra efetiva na redução de mortes e internações. Temos que vacinar 1,5 milhão de pessoas ao dia, idealmente 2 milhões. E ter cautela na flexibilização das medidas de isolamento — explica Ethel Maciel, professora da UFES e doutora pela Univesidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Sem o avanço na vacinação, o Instituto de Métricas de Saúde e Avaliação da Universidade de Washington, nos EUA, que tem se destacado por suas projeções certeiras desde o início da pandemia, indica que o país poderá chegar à trágica marca de 751 mil mortes por Covid-19 até 27 de agosto. E isso em cenário que inclui o uso de máscaras por 95% da população no país.
22
abr

Registros

Postado às 16:14 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quinta-feira (22). Foram mais 486 casos confirmados, totalizando 214.974. Até quarta-feira (21) eram 214.488 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 5.222 no total, sendo 18 mortes registradas nas últimas 24h: Natal (08), Mossoró (03), Parnamirim(01), Macaíba(01), Extremoz(01), Santa Cruz(01), Parelhas(01), Lajes Pintada(01) e Florânia(01).

A Sesap ainda registrou outros 19 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.035. Na quarta-feira (21) o número total de mortes era 5.185 mortes. Casos suspeitos somam 52.615 e descartados 437.520. Recuperados são 150.649

O Rio Grande do Norte registra no fim da manhã desta quinta-feira(22) 25 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado. Às 12h10, o estado tinha 34 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte dos pacientes é da região metropolitana de Natal.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 91%, registrada no fim da manhã desta quinta-feira (22). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 676.

Até o momento desta publicação são 34 leitos críticos (UTI) disponíveis e 344 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 82 disponíveis e 332 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 90,7% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 99,1% e a Região Seridó tem 70%.

Reprodução / Instagram

O cantor Vicente Nery deixou a UTI nesta quarta-feira (21) após evoluir no tratamento contra a Covid-19. A informação foi divulgada pela esposa do cearense, Carol Rabelo, por meio das redes sociais.

Vicente foi transferido para um leito clínico no Hospital Otoclínica, em Fortaleza. Sorrindo, ele tirou uma foto na cama da unidade de saúde fazendo um coração com a mão.

“Aos queridos fãs, obrigada pelo carinho e continuemos nessa linda corrente de orações e muito amor! Já já ele @vicentenery_ estará de volta para honra e glória de Deus”, escreveu Carol Rabelo.

Nessa terça-feira (20), foi anunciado no Instagram do forrozeiro que ele havia obtido avanços no combate à doença. Ele está internado desde o último dia 16 de abril.

“Voltei! Beijo para vocês. Deus abençoe. Não esqueça nunca da fé, do amor ao próximo e que Deus existe”, disse o artista, ainda com dificuldades na fala.
Diário do Nordeste

21
abr

Registros

Postado às 11:49 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quarta-feira (21). Foram mais 820 casos confirmados, totalizando 214.488. Até terça (20) eram 213.668 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 5.185 no total, sendo 12 mortes registradas nas últimas 24h: Natal (04), Mossoró (01), Currais novos (01), Caico (01), Florânia (02), Santo Antônio (01), São José de mipibu (01) e Doutor Severiano (01).

A Sesap ainda registrou outros 17 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.036. Na terça (20) o número total de mortes era 5.156 mortes. Casos suspeitos somam 52.653 e descartados 436.894. Recuperados são 150.649

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 89,1%, registrada por volta das 10h50 desta quarta-feira (21). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 668.

Desde 1º de marco que a taxa média de ocupação de leitos críticos no RN não ficava abaixo dos 90%. Naquela data, a média foi de 89,39%. De lá pra cá, sempre esteve acima dos 90%.

Até o momento desta publicação são 42 leitos críticos (UTI) disponíveis e 342 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 85 disponíveis e 326 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 89% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 96,3% e a Região Seridó tem 70%.

O Rio Grande do Norte registrou no fim da manhã desta quarta-feira (21) 33 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado.

Às 11h35, o número de leitos críticos disponíveis (37) era maior que a quantidade de pessoas na fila. A maior parte dos pacientes (20) é da região metropolitana de Natal.

19
abr

Registros

Postado às 16:33 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta segunda-feira (19). Foram mais 755 casos confirmados, totalizando 213.447. Até domingo (17) eram 212.692 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 5.126 no total, sendo 12 mortes registradas nas últimas 24h: Natal (02), Mossoró(02), Macaíba(01), São Gonçalo do Amarante(01), Caicó(01), Assu(01), Acari(01), Caraúbas(01), São Paulo do Potengi(01) e Portalegre(01).

A Sesap ainda registrou outros 8 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.025. No domingo (18) o número total de mortes era 5.106 mortes. Casos suspeitos somam 52.689 e descartados 435.589. Recuperados são 150.649.

O Rio Grande do Norte registra no fim da manhã desta segunda-feira(19) 58 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado. Às 12h10, o estado tinha 17 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte dos pacientes é da região metropolitana de Natal.

16
abr

Registros

Postado às 16:36 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta sexta-feira (16). Foram mais 592 casos confirmados, totalizando 211.050. Até quinta-feira (15) eram 210.458 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 5.045 no total, sendo 15 mortes registradas nas últimas 24h: Natal(02), Mossoró(02), São Gonçalo do Amarante(02), Maxaranguape(01), São Miguel do Gostoso(01), Canguaretama(01), Caraúbas(01), Jardim do Seridó(01), São Tomé(01), Jucurutu(01), Tenente Ananias(01) e Assu(01).

A Sesap ainda registrou outros 11 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.015. Na quinta-feira (15), o número total de mortes era 5.019. Casos suspeitos somam 52.774 e descartados 432.262. Recuperados são 150.649.

O Rio Grande do Norte registra no fim da manhã desta sexta-feira(16) quarenta e dois(42) pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado. Às 12h20, o estado tinha 16 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte dos pacientes é da região metropolitana de Natal.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 95,7%, registrada no fim da manhã desta sexta-feira (16). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 710. Até o momento desta publicação são 16 leitos críticos (UTI) disponíveis e 359 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 63 disponíveis e 351 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 94,7% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 99,1% e a Região Seridó tem 92,5%.

Os municípios brasileiros levam, em média, 17,8 dias para aplicar vacinas contra a covid-19 já entregues aos Estados pelo governo federal. Esse é o tempo que passa do momento da distribuição das doses até a aplicação.

O Poder360 compilou as informações de distribuição de doses do painel LocalizaSUS, do governo federal, e das plataformas covid19br e coronavirusbra1, que reúnem o número de aplicações divulgadas pelas secretarias estaduais. O período considerado foi de 1º de março de 2021 até as 15h de 15 de abril.

Primeiro, verificou-se o total de doses distribuídas em cada uma das datas desse período. Depois, foi calculado quanto tempo levou para que o acumulado de doses recebidas em cada dia fosse aplicado. O cálculo acima é uma média.

O governo federal havia entregue até 14 de abril 48,1 milhões de doses de vacinas da covid-19 aos Estados, que ficam responsáveis por repassar as doses para as cidades. Essa é a última data com informações detalhadas de distribuição de imunizantes.

Em 26 de março, o governo federal havia entregado 33,6 milhões de doses aos Estados desde o começo da pandemia. A aplicação dessa quantidade de vacinas só foi ultrapassada em 15 de abril, segundo os números informados pelas Secretarias estaduais da Saúde. São 20 dias de diferença.

15
abr

Nota

Postado às 17:10 Hs

Comunicador Francileno que estava internado na UTI do Hospital de Pau dos Ferros morreu vítima de complicações da Covid-19.

É com profundo pesar, que o Grupo TCM Telecom recebe a notícia do falecimento do apresentador e repórter do programa Ronda Policial, na TCM e da Rádio 95 FM, Francileno Góis, que infelizmente não resistiu às complicações da Covid-19. Natural de Caraúbas, Francileno Góis estava internado na UTI do Hospital em Pau dos Ferros, desde a quinta-feira (8) e faleceu na manhã desta quinta (15).

Apaixonado pela comunicação, Francileno fazia parte do grupo de colaboradores da TCM desde maio de 2009, quando passou a atuar como repórter do Ronda Policial. Além de repórter, atualmente apresentava o programa Ronda Policial 1ª edição. Humildade, paixão pela comunicação, profissionalismo e carisma são marcas deixadas por Francileno Góis.

Filho de Francisco de Assis de Góis e Maria Madalena de Góis, o comunicador tinha 50 anos e deixa esposa, Valdelice (Licinha) Gurgel de Góis e duas filhas, Fernanda e Giovana.

Perdemos um profissional dedicado e um ser humano iluminado. Sentiremos falta do seu bom humor e seu comprometimento com a verdade e a comunicação e também do seu carinho com todos. À família, amigos e colegas de trabalho, a nossa solidariedade e os nossos sentimentos. Que Deus conforte os corações de todos.

Em virtude da perda, a programação jornalística do Canal TCM 10HD foi suspensa, tendo um momento especial de homenagens ao comunicador com retransmissão do Meio-Dia Mossoró da Rádio 95 FM. A programação será retomada às 18h, com o Jornal TCM.

O Grupo TCM reforça que segue cumprindo os protocolos de higiene, saúde e segurança determinados pelo Ministério da Saúde.

Fonte: Assessoria

14
abr

Opinião: Ladrões também na CPI

Postado às 7:54 Hs

A CPI da Pandemia, oficializada na tarde de ontem, pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), teve a sua proposta ampliada e poderá apurar eventuais irregularidades em estados e municípios, atendendo ao senador Eduardo Girão (Podemos-CE), que pretendia criar uma outra CPI para investigar governadores e prefeitos ou ampliar o alcance da CPI proposta por Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Imposta pelo Supremo numa ação desmoralizadora para o Congresso, a CPI agora está unificada e a investigação de estados e municípios está limitada somente “à fiscalização dos recursos da União repassados aos demais entes federados para as ações de prevenção e combate à pandemia da Covid-19”. Essa ampliação do alcance da CPI era defendida por parlamentares governistas e pelo presidente Jair Bolsonaro.
09
abr

Registros

Postado às 11:06 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta sexta-feira (09). Foram mais 1.860 casos confirmados, totalizando 205.249. Até quinta-feira (08) eram 203.389 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 4.835 no total, sendo 14 mortes registradas nas últimas 24h: Natal (03); Mossoró(03); São Gonçalo do Amarante(01); João Câmara(01); Ceará-Mirim(01); Parnamirim(01); Ouro Branco(01); Areia Branca(01); Caraúbas(01); Almino Afonso(01)

A Sesap ainda registrou outros 15 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 958. Na quinta-feira(08) o número total de mortes era 4.806 mortes.

Casos suspeitos somam 54.898 e descartados 424.668. Recuperados são 142.776.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 95,2%, registrada no fim da manhã desta quarta-feira (07). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 674. Até o momento desta publicação são 18 leitos críticos (UTI) disponíveis e 356 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 100 disponíveis e 318 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 94,7% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 100% e a Região Seridó tem 85%.

O Rio Grande do Norte recebeu no fim da tarde desta quinta-feira (8), mais 69 mil doses de vacinas contra a covid-19, sendo 32 mil doses da CoronaVac e 37 mil da AstraZeneca, enviadas pelo Ministério da Saúde.

Foto: Raiane Miranda

Seguindo as orientações do Plano Nacional de Imunização (PNI/MS), o novo lote será direcionado a 1ª dose em idosos e trabalhadores das forças de segurança, e a 2ª dose de trabalhadores de saúde e idosos de 74 a 70 anos, informou o Governo do Estado nas redes sociais.

As doses da AstraZeneca/Fiocruz serão divididas, de acordo com a nota técnica do ministério, entre a segunda dose para trabalhadores da saúde e a ampliação da primeira dose para idosos acima dos 65 anos. Já as CoronaVac/Butantan têm a destinação a completar o esquema vacinal de profissionais da saúde e idosos entre 70 e 74 anos, além de aplicação da primeira dose entre membros da segurança pública e pessoas entre  65 e 69 anos.

Com essa nova carga entregue no Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, o RN completa 754.690 doses recebidas. Até a tarde de hoje, foram aplicadas 458.910 vacinas, em mais de 370 mil potiguares, que receberam pelo menos a primeira dose, segundo o RN+ Vacina.

08
abr

Registros

Postado às 16:30 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quinta-feira (08). Foram mais 1.652 casos confirmados, totalizando 201.737. Até quarta-feira (07) eram 203.389 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 4.806 no total, sendo 10 mortes registradas nas últimas 24h: Natal (04); Mossoró(01); São Gonçalo do Amarante(01); João Câmara(01); Brejinho(01); Assu(01); Angicos(01).

A Sesap ainda registrou outros 10 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 952. Na quarta-feira(07) o número total de mortes era 4.786 mortes. Casos suspeitos somam 52.814 e descartados 421.766. Recuperados são 142.776.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 95,2%, registrada no fim da manhã desta quinta-feira (08). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 663. Até o momento desta publicação são 18 leitos críticos (UTI) disponíveis e 357 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 113 disponíveis e 306 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 94,3% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 99,1% e a Região Seridó tem 90%.

O Rio Grande do Norte registra no fim da manhã desta quinta-feira(08) 45 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado. Às 12h o estado tinha 18 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte dos pacientes é da região metropolitana de Natal.

out 17
domingo
23 13
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
56 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.881.808 VISITAS