Foto: Cedida

As forças de segurança municipal tem reforçado a fiscalização ao cumprimento das medidas restritivas de enfrentamento à Covid-19, em Mossoró. O trabalho está sendo realizado pela Guarda Civil Municipal e Agentes de Trânsito em parceria com a Vigilância Sanitária.

O principal objetivo das equipes é o cumprimento do decreto nº 5.959/2021, publicado no Jornal Oficial de Mossoró (JOM), no último dia 24. O decreto determina o respeito as medidas de biossegurança, em especial a não ocorrência de aglomerações, com fechamento dos bares e restaurantes às 22h e encerramento dos serviços às 23h. O intuito é evitar aglomerações e consequentemente barrar a disseminação do coronavírus em virtude da pandemia.

O secretário municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito, Cledinilson Oliveira, destaca que “o trabalho que vem sendo feito é de fiscalização e conscientização da população no sentido de fazer cumprir o decreto municipal, seguindo todos os protocolos sanitários”.

“A população vem aderindo bem ao decreto e vê com bons olhos a fiscalização realizada pela equipes da Guarda Municipal e Trânsito do município”, destacou Cledinilson.

Reforço das medidas de enfrentamento à Covid-19
Em reunião remota neste sábado (27), o Comitê de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19, formado por prefeito, secretários, médicos especialistas, representantes do comércio e líderes religiosos, e discutiu as medidas de enfrentamento ao coronavírus.

Foi determinado que o município reforçará o trabalho de conscientização e fiscalização, estabelecidos no decreto municipal nº 5.959/2021.

27
fev

Registros

Postado às 12:51 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus neste sábado (27). Foram mais 294 casos confirmados, totalizando 165.344. Até sexta-feira (26) eram 165.050 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 3.578 no total, sendo 03 (três) mortes registradas nas últimas 24h, em Ceará-Mirim, Parnamirim e Acari.

A Sesap ainda registrou 13 óbitos ocorridos em dias ou semanas anteriores, após a confirmação de exames laboratoriais. Até sexta-feira (26), eram contabilizados 3.562 mortos. Óbitos em investigação são 717. Casos suspeitos somam 87.534 e descartados 361.926. Recuperados são 123.331. 

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 89,4%, registrada no início da tarde deste sábado (27). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 476.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 91,4% dos leitos críticos ocupados, a região Seridó tem 80% e a Região Oeste tem 89,4%

Até o momento desta publicação são 30 leitos críticos (UTI) disponíveis e 243 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 73 disponíveis e 226 ocupados. Há 34 pacientes com perfil de leito crítico na lista de regulação.

A Prefeitura Municipal de Mossoró publicou decreto nº 5.959, nesta quarta-feira (24), instituindo novo protocolo sanitário no município. As medidas consideram o aumento dos casos de infecção e reinfecção pela Covid-19. De acordo com o decreto, fica proibida a venda de bebidas alcoólicas entre as 22h e 6h, bem como o consumo em espaços públicos e de uso comum no mesmo período. O município regulamenta ainda o funcionamento de restaurantes, pizzarias, lanchonetes, bares, food parks e similares para encerrar o atendimento ao público às 22h, com o encerramento das atividades operacionais até, no máximo, as 23h. No caso do serviço de delivery, os estabelecimentos poderão atender seus clientes sem qualquer limitação de horário, desde que não seja para comercialização de bebidas alcoólicas.

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça (23) portaria dispondo sobre as medidas temporárias em relação às  realizadas nas unidades de saúde do Rio Grande do Norte, devido ao crescimento do número de casos do Coronavírus (COVID-19).

Por meio do documento, a Sesap suspende, temporariamente, o agendamento e a realização dos procedimentos cirúrgicos em geral nas unidades hospitalares estaduais, além de recomendar a mesma ação nas unidades que compõem a Rede SUS (municipais e filantrópicas) e na rede suplementar.

As cirurgias eletivas que poderão permanecer sendo realizadas são as cirurgias vasculares, ortopédicas, cirurgias via demanda judicial e aquelas em que o adiamento possa agravar as condições de saúde do paciente. Nesse sentido, as unidades devem estabelecer medidas de gestão que possam garantir a segurança para realização das eletivas que estarão autorizadas.

A Portaria recomenda ainda a suspensão de atividades presenciais, ambulatoriais, laboratoriais e de apoio diagnóstico, que não comprometam o cuidado continuado de pacientes, com o propósito de evitar aglomeração de pessoas nos ambientes de espera.

Outra medida disposta na portaria é que as Unidades Hospitalares deverão disponibilizar os leitos e os espaços destinados aos procedimentos eletivos para atendimento e internações dos pacientes suspeitos ou confirmados quando incluídos dentro do Plano Estadual de enfrentamento ao COVID-19, ou dos Planos de contingência dos serviços.

Devido à alta ocupação de leitos de UTI críticos da região metropolitana, a SESAP realizou a primeira transferência de pacientes por transporte aéreo para hospitais de Mossoró. A decisão envolveu dois pacientes que terão como destino o Hospital Rafael Fernandes e o Hospital São Luís, ambos em Mossoró.

Toda a logística teve o apoio da SAMU RN na locomoção dos pacientes. Um dos pacientes saiu da Unidade de Pronto Atendimento de Parnamirim utilizando oxigenação, com destino ao Hospital Rafael Fernandes e o outro paciente foi transferido do Hospital Regional de João Câmara para o Hospital São Luís.

O Hospital Rafael Fernandes é serviço estadual e referência macro regional no tratamento de condições infecto contagiosas, dispondo de 14 leitos para pacientes acometidos Covid-19, sendo 10 de UTI com leitos críticos. O Hospital São Luís é contratado pelo estado para atendimentos Covid, dispondo de 40 leitos de UTI.

22
fev

Registros

Postado às 12:46 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta segunda-feira (22). Foram mais 81 casos confirmados, totalizando 160.752. Até domingo (21) eram 160.671 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 3.498 no total. Sendo 03 (três) óbitos registrados nas últimas 24h, em Assú, Mossoró e Tibau.

A Sesap ainda registrou 13 óbitos ocorridos em dias ou semanas anteriores, após a confirmação de exames laboratoriais. Até domingo (21), eram contabilizados 3.482 mortos. Óbitos em investigação são 683. Casos suspeitos somam 79.337 e descartados 356.069. Recuperados são 118.035.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 81,3%, registrada no início da manhã desta segunda-feira (22). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 432.

Até o momento desta publicação são 42 leitos críticos (UTI) disponíveis e 222 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 88 disponíveis e 210 ocupados. Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 89,9% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 80.2% e a Região Seridó tem 68.6%

21
fev

Registros

Postado às 17:05 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus neste domingo (21). Foram mais 850 casos confirmados, totalizando 160.671 Até sábado (20) eram 159.821 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 3.482 no total. Sendo 01 (um) óbito registrado nas últimas 24h, em Tenente Ananias. A Sesap ainda registrou 9 óbitos ocorridos em dias ou semanas anteriores, após a confirmação de exames laboratoriais. Até sábado (20), eram contabilizados 3.472 mortos. Óbitos em investigação são 679.

Casos suspeitos somam 78.856 e descartados 355.997. Recuperados são 118.035

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde na região Metropolitana de Natal atingiu 90,5% por volta das 8h15 deste domingo (21).

A última vez que esta taxa esteve acima dos 90% foi em 15 de julho de 2020, quando a Grande Natal registrou 91,94% de ocupação de leitos de UTI, de acordo com os dados do RegulaRN-Sesap-LAIS.

18
fev

Registros

Postado às 17:19 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quinta-feira (18). Foram mais 378 casos confirmados, totalizando 157.800. Até quarta-feira (17) eram 157.422 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 3.437 no total. Quatro(04) óbitos registrados nas últimas 24h, sendo 03 em Natal e 01 em Mossoró.

A Sesap ainda registrou 09(nove) óbitos ocorridos em dias ou semanas anteriores, após a confirmação de exames laboratoriais. Até quarta-feira (17), eram contabilizados 3.424 mortos. Óbitos em investigação são 651.

Casos suspeitos somam 73.730 e descartados 352.787. Recuperados são 108.220. A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 79,8%, registrada no fim da manhã desta quinta-feira (18). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 370.

Até o momento desta publicação são 49 leitos críticos (UTI) disponíveis e 193 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 113 disponíveis e 177 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 86,5% dos leitos críticos ocupados, a região Seridó tem 80% e a Região Oeste tem 69,1%

O músico Izael Caldeira, 79 anos, integrante do grupo Demônios da Garoa, morreu na noite de ontem em decorrência da. A informação foi confirmada pelo conjunto nas redes sociais.

“É com profunda tristeza e com nossos corações completamente apertados que comunicamos o falecimento de nosso amado irmão Izael. Ainda sem acreditar que perdemos uma das vozes mais lindas desse país e um ser humano ímpar que vai deixar muitas saudades”, disseram os músicos.

Izael estava internado desde o início deste mês. Em suas redes sociais, o grupo vinha informando o estado de saúde do músico e pedia orações por sua recuperação.

O músico não fazia parte da formação original do Demônios da Garoa, tendo ingressado em 1999. O conjunto, formado em 1943, é o mais antigo do país.

O corpo de Izael foi sepultado na manhã de hoje, no Cemitério Parque dos Pinheiros, em São Paulo.

*Com informações da Agência Brasil

O  “Carnaval” não tem o poder de pausar o crescimento de contágio e mortes por Coronavirus em todo Brasil. Pelo contrário.

Os números são alarmantes, preocupantes e parecem não chocar mais. As pessoas, nós, cansamos e, pior, nos acostumamos com mais de mil mortes diárias.

Rio Grande do Norte voltou à triste marca de mais de 80% de leitos ocupados para Covid-19. O Brasil registrou neste domingo a maior média móvel de mortes por Covid-19 desde o início da pandemia.

Nos últimos 7 dias, foram 1.102 óbitos diários, em média, de acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde. O número superou o recorde do dia 25 de julho de 2020, quando o país registrou a média de 1.097 mortes.

O RN voltou ao vermelho no mapinha do Jornal Nacional. Enquanto isso, o Rio de Janeiro já anunciou a paralisação da vacina por falta de imunizante. Outras capitais já pararam ou vão parar nos próximos dias. Natal inclusive.

TL

12
fev

Registros

Postado às 17:16 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta sexta-feira (12). Foram mais 568 casos confirmados, totalizando 148.199. Até quinta-feira (11) eram 147.631 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 3.392 no total. Sete(07) óbitos foram registrados nas últimas 24h, de pacientes residentes em Natal(02), Parnamirim(01), São José do Mipibu(01), Assu(01), Jardim de Piranhas(01) e Areia Branca(01).

A Sesap registrou 04 (quatro) óbitos ocorridos em dias ou semanas anteriores, após a confirmação de exames laboratoriais. Até quinta-feira (11), eram contabilizados 3.381 mortos. Óbitos em investigação são 628. Casos suspeitos somam 88.473 e descartados 328.535. Recuperados são 104.832.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 71,5%, registrada no fim da manhã desta sexta-feira (12). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 340.

Até o momento desta publicação são 68 leitos críticos (UTI) disponíveis e 171 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 136 disponíveis e 169 ocupados. Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 81,7% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 60,3% e a Região Seridó tem 60%

O desejo de trabalhar imune à Covid-19 está finalmente sendo uma realidade para milhares de profissionais da saúde de Mossoró, a partir da aplicação dos imunizantes colocados à disposição pelo Ministério da Saúde para uso na campanha nacional de vacinação contra a doença. Na capital do Oeste, o destinatário de cada dose consta em lista nominal produzida pelas unidades de saúde. Nesta sexta-feira, 29, as doses chegaram até a UBS Chico Costa no Santo Antônio; UBS Sinharinha Borges, no Bom Jardim; UBS Joaquim Saldanha, na Estrada da Raiz; o Centro Clínico Evangélico; UBS Antônio Soares Júnior, no Bom Jesus; UBS vereador Lahyre Rosado, no Alto do Sumaré; UBS Bernadete Bezerra de Souza Ramos, no Dom Jaime Câmara; UBS vereador Durval Costa, no Walfredo Gurgel e UBS Antônio Camilo, na Ilha de Santa Luzia. Ainda hoje doses da vacina de Oxford também chegaram às equipes da UBS Francisco Nazareno Gurgel, no Bom Pastor; UBS Sueldo Câmara, na Quixabeirinha; UBS do CAIC; UPA do Belo Horizonte; UBS Marcos Raimundo Costa, no Belo Horizonte; UBS Dr. Epitácio da Costa Carvalho, nos Pintos, finalizando a região do grande Alto de São Manoel.
24
jan

Registros

Postado às 12:13 Hs

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus neste domingo (24). Foram mais 893 casos confirmados, totalizando 3.235. No sábado (23) eram 134.881 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 3.235 no total. Foram 3 (três) mortes ocorridas nas últimas 24 horas, (Caicó, Major Sales e Mossoró).

A Sesap também registrou 2 (dois) óbitos ocorridos em dias ou semanas anteriores, após a confirmação de exames laboratoriais. Até sábado (23), eram contabilizados 3.230 mortos. Óbitos em investigação são 552. Casos suspeitos somam 74.748 e descartados são 311.494. Recuperados são 95.604.

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 61,7%, registrada no início da tarde deste domingo (24). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 317. Até o momento desta publicação são 93 leitos críticos (UTI) disponíveis e 150 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 137 disponíveis e 167 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região Seridó apresenta 82,9% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 62,5% e a Região metropolitana de Natal 55,5%.

Secretários de Fazenda de 18 estados assinaram uma carta, nesta sexta-feira (22), destinada ao Congresso Nacional , em que pedem a adoção de “medidas urgentes” contra a segunda onda de Covid-19 no Brasil. Entre elas, está a prorrogação do auxílio emergencial , concedido aos mais vulneráveis até dezembro. Os secretários também pedem a prorrogação do estado de calamidade pública e do Orçamento de Guerra por mais seis meses, que perderam a vigência em 31 de dezembro de 2020. Essas medidas dispensam uma série de regras orçamentárias e facilitam o aumento dos gastos públicos . Até agora, o governo federal vem negando a intenção de prorrogar o auxílio emergencial , o estado de calamidade e Orçamento de Guerra , diante da crise nas contas públicas. No ano passado, os gastos com a pandemia se aproximaram de R$ 600 bilhões, a maior parte por conta do auxílio.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) irá apurar todos os casos de fura fila na campanha de vacinação contra a Covid-19. De acordo com a Secretaria Estadual de saúde Pública (Sesap), a primeira fase da vacinação no Estado contempla apenas profissionais de saúde que estejam na linha de frente de combate ao coronavírus e ainda idosos residentes em instituições de longa permanência. Alguns planos municipais autorizam a vacinação de outros grupos de pessoas, o que será observado de forma individualizada pelo MPRN.

Os casos de pessoas que receberam a vacinação mesmo sem se enquadrarem serão analisados individualmente para se investigar se houve o cometimento de crime ou ato de improbidade.

O disponibiliza o Disque Denúncia 127 para o recebimento de denúncias de crimes em geral. O cidadão pode ligar gratuitamente para o número. A identidade da fonte será preservada.

Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para disque.denuncia@mprn.mp.br. Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.

Fonte: MPRN

O governo do Rio Grande do Norte já discutiu e elaborou todo o esquema logístico para garantir que as vacinas contra a Covid-19 cheguem à população com total segurança. Na sexta-feira (15), em videoconferência realizada com a participação de membros do Governo Federal e secretarias estaduais de Segurança Pública e da Saúde, foram definidos os últimos acertos para quando as primeiras doses do imunizante chegarem ao estado, sejam elas a Coronavac, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo, ou a vacina da Universidade de Oxford/Astrazeneca, que está sendo produzida por um laboratório na Índia. As doses da Coronavac começam a ser distribuídas com os estados brasileiros ainda nesta segunda (18). Neste primeiro momento, cerca de 81 mil doses da vacina serão enviadas ao Rio Grande do Norte. A prioridade são os profissionais da saúde que atuam na linha de frente no combate ao coronavírus.

O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse nesta segunda-feira (18), que a vacinação contra a Covid-19 será iniciada a partir das 17h em todo o país. O anúncio foi feito após ele sofrer pressão dos governadores, que pediram para antecipar o início da aplicação das doses, inicialmente previsto para esta quarta-feira (20), conforme informou a colunista Andréia Sadi.

“Acho que podemos começar hoje até o fim do expediente, a partir das 17h”, declarou o ministro.

O horário foi proposto, segundo ele, para dar tempo de todos os estados receberem as doses da CoronaVac, vacina do Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

Em cerimônia em São Paulo, Pazuello deu início à distribuição das doses pelo país. As caixas saíram do centro de distribuição de logística do Ministério da Saúde em Guarulhos, na Grande São Paulo. “A todas as famílias das vítimas, recebam a nossa solidariedade. É muito difícil perder alguém que amamos. Está dado o primeiro passo para a maior campanha de vacinação do mundo”, afirmou o ministro.

Das 6 milhões de doses, 4.636.936 serão enviadas pelo governo federal aos estados brasileiros. As outras 1.357.640 serão distribuídas pelo estado de SP.

Veja divisão das doses da CoronaVac para cada estado:

Região Norte

Rondônia – 33.040
Acre – 13.840
Amazonas – 69.880
Roraima – 10.360
Pará – 124.560
Amapá – 15.000
Tocantins – 29.840
Total de doses – 296.520

Região Nordeste

Maranhão – 123.040
Piauí – 61.160
Ceará – 186.720
Rio Grande do Norte – 82.440
Paraíba – 92.960
Pernambuco – 215.280
Alagoas – 71.080
Sergipe – 48.360
Bahia – 319.520
Total de doses – 1.200.560

Região Sudeste

Minas Gerais – 561.120
Espírito Santo – 95.440
Rio de Janeiro – 487.520
São Paulo – 1.349.200
Total de doses – 2.493.280

Região Sul

Paraná – 242.880
Santa Catarina – 126.560
Rio Grande do Sul – 311.680

Total de doses – 681.120

Região Centro-Oeste

Mato Grosso do Sul – 61.760
Mato Grosso – 65.760
Goiás – 182.400
Distrito Federal – 105.960
Total de doses – 415.880

Governadores

O evento, que contou com a presença de alguns governadores, não teve a participação do governador João Doria (PSBD). O vice-governador, Rodrigo Garcia, representou o estado de São Paulo. Em coletivas de imprensa simultâneas, Doria e Pazuello trocaram acusações neste domingo (17).

Pazuello disse que o governo de São Paulo fez uma “jogada de marketing” ao iniciar a vacinação simbólica em profissionais da Saúde logo após a aprovação da vacina. O uso emergencial das 6 milhões de doses prontas vindas da China foi aprovado neste domingo (17) pela Anvisa.

Por volta das 5h, caminhões de carga refrigerados começaram a deixar o centro de distribuição escoltados por carros da Polícia Federal. Cem caminhões farão o transporte da vacina. As doses da CoronaVac também serão distribuídas em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) e companhias aéreas que farão o transporte gratuitamente.

De acordo com o governo federal, os estados serão responsáveis pela distribuição aos municípios para o início do plano nacional de vacinação na quarta-feira (20).

Novo pedido

O Instituto Butantan vai entregar nesta segunda-feira o pedido de uso emergencial para as doses da CoronaVac envasadas no país.

Aprovada na Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou neste domingo (17), por unanimidade, o uso emergencial das vacinas Coronavac e da Universidade de Oxford contra a Covid-19. A reunião que discutiu o tema durou cerca de 5 horas.

G1

A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, se tornou neste domingo, 17, a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 no Brasil. Ela foi imunizada com a CoronaVac, desenvolvido pelo Instituto Butantan, em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. Ela é negra, tem 54 anos e trabalha na UTI do hospital Emílio Ribas. Também é obesa, hipertensa e diabética.

Com a aprovação pela maioria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) neste domingo, do uso emergencial do fármaco, Calazans e outros profissionais de saúde indicados por hospitais públicos e que trabalham na linha de frente do combate à Covid-19 estão sendo vacinados pelo governo de São Paulo.

Mônica recebeu uma dose da CoronaVac momentos depois da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) conceder autorização para o uso emergencial do imunizante.

fev 28
domingo
22 46
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
117 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.859.904 VISITAS