19
jun

Informativo

Postado às 16:59 Hs

Caern realiza parada de abastecimento para melhoria no sistema Médio Oeste

A Caern realiza uma parada programada de abastecimento na Adutora Médio Oeste no dia 22 de junho, quarta-feira, para realizar uma intervenção para melhoria do sistema. Serão instalados rotores novos e uma nova base de concreto nos conjuntos moto bomba, além de ser realizada a correção de um vazamento em equipamento da adutora.

Com a realização destes três serviços haverá uma melhoria no abastecimento das cidades atendidas, que são: Triunfo Potiguar, Paraú, Campo Grande, Janduís, Messias Targino, Patu e Serra João do Vale. Estas localidades ficarão sem abastecimento das 8h às 20h do dia 22, e após retomada a oferta de água, normalização para todas as áreas se dará em até 48 horas.

O Instituto Mais Cidades teve acesso a uma lista que mostra que 61 municípios do Rio Grande do Norte não tem sequer uma residência que se enquadra na chamada tarifa social da CAERN, que que possibilita que o cliente de baixa renda pague menos R$ 10 reais na conta de água. O número é incompatível com a quantidade de pessoas que realmente precisam ter acesso ao benefício no estado, onde cerca de 445 mil pessoas recebem o Auxílio Brasil, programa social do Governo Federal voltado para famílias mais simples. No RN inteiro, apenas 4 mil residências pagam o menor valor pela água.

Algumas cidades com grandes quantidades de clientes, como Extremoz e Acari, somam 0 clientes na tarifa social. “Não é possível que não tenha nenhuma família nesses municípios que não precisem pagar um valor mais barato na conta de água. O problema é que os critérios adotados pela CAERN para a concessão da tarifa social são impossíveis de serem seguidos pelas pessoas que mais precisam”, comentou o presidente do Instituto Mais Cidades, advogado Alexandre Teixeira.

Por meio do Instituto, Alexandre tem brigado na justiça por uma mudança nos critérios da tarifa social, como forma de garantir que essa tarifa, e consequentemente o acesso à água potável, chegue à mais gente. “Eu criei o Projeto Tarifa Justa para tentar mudar os critérios adotados pela CAERN. Nós acreditamos que receber um programa social do governo, como o Auxílio Brasil, deve ser o único fator necessário para a tarifa social”, disse o advogado.

Atualmente, a família inteira de uma residência só pode consumir até 10m³ de água se quiser pagar a tarifa social. A ONU estipula que 3,3m³ por mês são suficientes para uma pessoa. “Mas como ficam as famílias com mais de 3 membros? E as famílias com renda per capta inferior? Uma família de três pessoas que possui renda total de um salário-mínimo não tem a mesma capacidade financeira de outra família com sete ou mais membros e renda total de dois salários mínimos, por exemplo. Seria essa família de sete membros capaz de viver com 10m3 de água?”, questiona Alexandre Teixeira. Quando a família consome mais que os 10m³ permitidos pela tarifa social, a conta sobe para R$ 46 reais podendo chegar até R$100 reais. Essa é um dos critérios da CAERN que o projeto Tarifa Justa quer mudar.

Critérios da tarifa social da CAERN

• Consumo máximo de até 10m³ de água
• Ser cadastrado e ativo em um dos Programas Sociais do Governo
• O consumo de energia elétrica não pode ser superior a 110 KWh
• O imóvel deve possuir área construída de, no máximo, 40m²

Proposta do projeto Tarifa Justa

• 3,3 m³ de água por pessoa residente na unidade cadastrada
• Família cadastrada em pelo menos um programa social do governo
• Ultrapassando-se o limite de consumo per capta de água da unidade consumidora residencial familiar, poderia ser cobrada a sobretarifa.

25
fev

Informativo

Postado às 11:45 Hs

Carnaval modifica horário de atendimento ao cliente da Caern em todo o Estado

O horário de funcionamento da Caern em todo o Estado será alterado durante o período de carnaval. Não haverá expediente na segunda-feira (28) e terça-feira (1°). O atendimento presencial volta a ocorrer a partir das 14h de quarta-feira (2). Na quinta-feira (3) e sexta-feira (4), o atendimento ocorre das 7h30 às 13h45, devendo ser marcado o agendamento no www.caern.com.br.

Em todo o período do carnaval, a Caern terá equipes de plantão para resolver situações de abastecimento de água nas cidades, vazamentos, obstrução de esgoto e demais atividades essenciais. Os clientes podem informar essas situações por meio do telefone gratuito 115, aplicativo Caern mobile e pela agência virtual no site da Caern.

11
jan

Informes

Postado às 11:51 Hs

A Caern realiza nesta terça-feira (11), manutenção em equipamentos do sistema adutor Jerônimo Rosado. A partir das 6h da manhã, o serviço será iniciado e o envio de água para Mossoró e Assú será suspenso. A adutora reforça o abastecimento de parte de Mossoró e a totalidade de Assú.

Os bairros mais afetados em Mossoró são: Dom Jaime Câmara, Costa e Silva, Sumaré, Liberdade I e II, Planalto 13 de Maio, Ilha de Santa Luzia, Centro, Paredões, Bom Jardim, parte do Santo Antônio, Abolição III e IV, Nova Betânia e Santa Delmira.

Para Mossoró a previsão é que o serviço seja concluído durante à noite da terça-feira (11), quando o sistema será religado. Após o funcionamento do mesmo são necessárias 48 horas para normalização.

ASSÚ

Em Assú, a religação está prevista para ocorrer durante a tarde de terça-feira (11), por volta das 14h. Após religar são necessárias 48 horas para normalização.

05
nov

Situação precária

Postado às 9:25 Hs

Foto: Igor Jácome / G1

Com uma seca que atinge 100% do seu território, o Rio Grande do Norte tem 69 municípios em rodízio no abastecimento de água e dois em colapso, de acordo com a Companhia de Águas e Esgotos do Estado (Caern).

O número representa quase metade do total de 152 cidades abastecidas pela empresa. De acordo com o superintendente de Operação e Manutenção da Caern, Ricardo Barros, o problema é causado principalmente pela falta de chuvas. A situação atinge principalmente as cidades do interior do estado.

“Essa situação está bem relacionada com a frustração no índice de precipitação recente, do último período chuvoso”, disse Ricardo Barros, superintendente de Operação e Manutenção da Caern.

De acordo com ele, o esquema de rodízio funciona com a oferta e paralisação do abastecimento em dias e horários definidos, mas que mudam de acordo com cada realidade. Já o colapso ocorre quando a companhia não tem mais condições de ofertar água para determinada localidade. De acordo com o superintendente, atualmente, as cidades em colapso são Paraná e parte de Serra do Mel.

No caso de colapso, a população passa a ser atendida por carros-pipa e pela Defesa Civil. Paraná está em situação de colapso há cerca de 8 anos. De acordo com o superintendente, uma obra de mais de R$ 1 milhão, realizada pela Caern, busca resolver a situação do município até o fim do ano. Porém, ele alerta que a seca também é preocupante para outros municípios. “Se nos próximos 40 dias se não ocorrer uma chuva para abastecer o açude de Cruzeta, o município também vai entrar em colapso”, alertou.

19
out

Sem água

Postado às 20:52 Hs

As cidades de Campo Grande, Paraú, Triunfo Potiguar, Messias Targino, Janduís, e Patu estarão com abastecimento suspenso a partir das 6 horas da manhã desta quarta-feira (20).

A Caern realiza serviço de instalação de conjuntos motobombas em três Estações de Bombeamento de Água, ao longo da adutora. O sistema deverá ser religado no início da noite ainda da quarta-feira. Após religar são necessárias 48 horas para normalizar o abastecimento para as cidades atendidas.

O serviço de troca de conjuntos motobombas ocorrerá nas Estação Bombeamento de Água (EB-1), próximo à captação na barragem Armando Ribeiro, na EB-2 em Triunfo Potiguar e na EB-3 em Janduís. A Caern recomenda a população o uso racional de água e atenção ao período em que permanecerá com abastecimento suspenso e em normalização.

09
set

Informativo

Postado às 23:08 Hs

Abastecimento suspenso em Baraúna para manutenção em poço

O abastecimento de água está reduzido na cidade de Baraúna para manutenção emergencial no Poço P4. A previsão da Caern é que o serviço seja concluído até a noite deste sábado (11), quando o fornecimento de água será regularizado. A previsão para que o sistema esteja completamente normalizado, ou seja, com o abastecimento pleno para todos os imóveis é de até 72h após o conserto, ou seja, até a noite da terça-feira (14).

O Governo do RN, através da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, decretou situação de emergência em decorrência da estiagem nos municípios de Paraná e São Miguel, ambos na região do Alto Oeste potiguar, e que permanecem em colapso hídrico. O Decreto de Situação de Emergência por Seca está publicado na edição do Diário Oficial do Estado deste sábado (4), com vigência a partir de hoje (5), e tem validade por 180 dias. São Miguel e Paraná são os únicos que permanecem oficialmente em colapso hídrico conforme a Companhia de Águas e Esgoto do Rio Grande do Norte (Caern).

No Rio Grande do Norte, são 91 municípios em situação de emergência declarada pelos gestores municipais. O município de Luís Gomes, também no Alto Oeste do Rio Grande do Norte, sai da lista de municípios em colapso hídrico porque houve recarga no reservatório usado pela Caern para atender à demanda da população. Desse total, 86 municípios são atendidos pela Operação Carro Pipa Federal, coordenada pelo Governo Federal, e voltada à área rural. Outros dois são atendidos pela Operação Vertente do Governo do RN.

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) emitiu um alerta para que a população potiguar use a água fornecida de forma racional neste período do ano, quando a temperatura é mais alta e as chuvas são menos frequentes.

Dados do Instituto de Gestão de Águas do Rio Grande do Norte (Igarn) apontam que as reservas hídricas no Estado chegam a 46,98%, nos mananciais. A região mais preocupante é a do Seridó, que teve o menor nível de recarga em mananciais no período do inverno neste ano. Por esse motivo, essa deve ser a região com mais rodízios de abastecimento neste segundo semestre.

Para os supersticiosos, cruzar com um gato preto em uma sexta-feira (13) não traz boa sorte. Há uma crença de que essas duas coisas combinadas só podem acabar mal, porque o azar é potencializado. E se a gente trouxer isso para uma situação mais realista, será que há razão para o medo?   A Caern afirma que sim, se o gato em questão é aquele que pessoas mal intencionadas fazem na rede de água. Afinal, todo mundo sabe que os bichanos só trazem o bem, sejam eles pretos, cinzas ou de qualquer cor. Na rede de água, a história é outra. Considerado crime, o desvio de água popularmente conhecido como “gato” prejudica a correta distribuição de água para a população e é passível de penalidades. É ou não é chamar o azar?   O desvio de água causa desequilíbrio no abastecimento, já que o volume de água produzido é baseado no que foi previsto para atendimento de clientes ativos. É um consumo não medido e não previsto. Além disso, o não pagamento devido da água leva ao desperdício, e quem age para o desvio não tem a mínima preocupação de usar racionalmente. No interior do Estado, por exemplo, já foram detectados desvios em adutoras para encher grandes reservatórios, para uso em irrigação ou outros fins.
12
ago

Informes

Postado às 10:21 Hs

Baraúna amplia rodízio para execução de serviço

A cidade de Baraúna está com redução na oferta de água em função de serviço que a Caern realiza. Um dos poços da cidade, o p-4, receberá novo equipamento e a equipe precisa fazer intervenções, necessitando de um prazo maior para conclusão.

Para realizar o abastecimento, a Caern divide a cidade em duas. Cada parte da cidade está cinco dias com abastecimento e cinco dias sem fornecimento de água.  Os bairros mais afetados pela redução no fornecimento, são: Cinderela, Subestação, Campo Verde, Portal das Palmeiras, Mata Burro, Loteamento Mauro Velho e Loteamento Nossa Senhora.

Na quarta-feira (18), quando o serviço for concluído, o sistema será regularizado e a Caern informará a população o novo cronograma de abastecimento.  A Caern recomenda nesse período o uso racional de água e pede a compreensão da população, pois o serviço é necessário para melhorar o abastecimento.

05
ago

Informativo

Postado às 12:16 Hs

Caern realiza manutenção em dois poços de Mossoró

A Caern de Mossoró realiza manutenção no Poço 15, que apresentou um defeito mecânico no conjunto motobomba. Para realizar o conserto foi necessário suspender o abastecimento pelo sistema, afetando as seguintes áreas da cidade: Boa Vista, Doze Anos e Aeroporto. Enquanto não é retomado o abastecimento pelo P-15, estes bairros vão receber reforço no envio de água de maneira emergencial. A previsão é de que o conserto seja concluído na manhã desta quinta-feira (5), com retomada do abastecimento de água e normalização total em até 48 horas.

Poço P-6

Também está suspenso o abastecimento pelo poço 6, para que seja feita uma troca de equipamento elétrico para melhorar o desempenho do mesmo. A parada inicia na tarde desta terça-feira (3) e deve ser concluída até a manhã desta quarta-feira (4), quando será retomado o abastecimento. Até lá, os bairros Nova Betânia, Bela Vista e Aeroporto I e II estarão com abastecimento reduzido. Quando religado o sistema, a normalização do fornecimento de água para todas as áreas se dará em até 48 horas.

Adutora Jerônimo Rosado

Algumas áreas de Mossoró, localizadas em partes mais altas de bairros como o Sumaré, Liberdade I, Nova Vida, Malvinas, Dom Jaime Câmara, Costa e Silva e parte do Alto  de São Manoel,  estão tendo a normalização de abastecimento até o final da manhã desta quarta-feira (4). Uma das Estações de Bombeamento da adutora Jerônimo Rosado teve parada e o sistema encontra-se em normalização.

A Caern investiu R$ 11,5 milhões para garantir melhor distribuição de água aos consumidores de 29 cidades, em diversas regiões do Estado. O serviço foi iniciado pelas cidades de Natal, Mossoró e Parnamirim. Empresa contratada pela Caern está fazendo a instalação de novos hidrômetros e a substituição dos antigos. Esses equipamentos promovem a cobrança justa e combatem irregularidades no sistema de abastecimento.

A Companhia pretende instalar 36 mil novos hidrômetros e substituir nas residências outros 33 mil equipamentos em todo o Estado. O trabalho de troca dos conhecidos “relógios” não terá custo para o cliente. A Caern faz comunicado aos consumidores com antecedência. No dia da instalação, a equipe informa ao chegar no imóvel, que fará o serviço.

Conforme a Lei 11.445, previsto também em resolução da Agência Reguladora de Serviços Públicos (Arsep/RN) e Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico do Município de Natal (Arsban), o corte ocorrerá para os que se negarem a receber o hidrômetro. No caso de negativa em aceitar será entregue o comunicado dando um prazo de cinco dias, após esse prazo a equipe da Caern retorna ao imóvel, caso haja negativa novamente a água será cortada.

Após a conclusão do serviço nas cidades de Natal, Mossoró e Parnamirim, a programação prevista é levar o serviço para outras 26 cidades. São elas: Alto do Rodrigues, Apodi, Areia branca, Assú, Baraúna, Caiçara do Norte, Caicó, Caraúbas, Cruzeta, Currais novos, Goianinha, Guamaré, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, João Câmara, Jucurutu, Macaíba, Macau, Nova cruz, Parazinho, Parelhas, Pau dos Ferros, Pendências, Poço branco, São José de Mipibu e São Paulo do Potengi.

GEORADAR

O superintendente comercial da Caern, Giordano Filgueira, lembra que o investimento é importante para garantir melhor distribuição de água. A novidade esse ano é que o georadar, equipamento de sondagem para identificar redes de água, estará auxiliando na identificação de tubulações para a instalação dos novos hidrômetros. “Vamos perder menos tempo procurando a rede com a ajuda do georadar. Além disso, não é preciso escavar para encontrar a tubulação, nem quebrar a calçada”, reforça Giordano.

17
jul

Em Parelhas

Postado às 20:54 Hs

O fornecimento de água da cidade de Parelhas está reduzido, em 50%, para uma manutenção corretiva na Estação de Tratamento de Água (ETA).

A Caern irá realizar intervenção, na segunda-feira (19), na estrutura de um dos filtros da ETA, desativado neste sábado (17).

A previsão de conclusão do serviço é no início da noite da quarta (21), já o prazo para que todos os imóveis estejam plenamente abastecidos é até a sexta-feira (23). Os bairros mais afetados com a redução são Maria Terceira, Cruz do Monte, José Clóvis e parte do Ivan Bezerra.

17
jun

Informes

Postado às 10:34 Hs

Parte de Mossoró terá redução de abastecimento nesta quinta-feira (17)

A Caern fará manutenção na Estação de Bombeamento da adutora Jerônimo Rosado nesta quinta-feira (17), a partir das 7h da manhã. Por esse motivo, parte do abastecimento de Mossoró estará reduzido. A previsão é religar o sistema às 19h ainda na quinta. Após religar são necessárias 48 horas para total normalização do abastecimento.

Os bairros afetados pela parada são: Alto de São Manoel, Ilha de Santa Luzia, planalto 13 de maio, Liberdade I e II, Bom Jardim, Paredões, Barrocas, Centro, Santa Delmira, Nova Betânia e Abolição III.

04
jun

Informes

Postado às 10:30 Hs

Desde às 5h da manhã desta sexta-feira(04), a Caern suspendeu o abastecimento para Barcelona, Boa Saúde, Campo Redondo, Coronel Ezequiel, Elói de Souza, Jaçanã, Japi, Lajes Pintadas, Lagoa de Velhos, Rui Barbosa, Santa Cruz, São Bento do Trairi, São Tomé, Serra Caiada, Sítio Novo e Tangará.

A previsão é terminar a manutenção na adutora Monsenhor Expedito e ligar o sistema às 20h ainda na sexta-feira (4).

Após o funcionamento do sistema são necessárias 48 horas para normalização do abastecimento em todas as cidades que tiveram o abastecimento suspenso.

06
Maio

Informes

Postado às 22:21 Hs

A Caern vai abrir mais um período de negociação de débitos em atraso para que os clientes que estão com contas em aberto possam regularizar a situação. O prazo começa na próxima terça-feira (11) e vai até o dia 15 de junho. A campanha de negociação abrange todas as faturas não quitadas com vencimento anterior a março de 2021. As condições de negociação incluem a possibilidade de parcelar a dívida em até 36 meses, com entrada de 10% do valor total. Também haverá a dispensa de juros e multa. Segundo o superintendente Comercial da companhia, Giordano Filgueira, as faturas de abril podem ser incluídas no parcelamento, mas nesse caso não há a dispensa dos juros e multa.
02
Maio

Informes

Postado às 23:08 Hs

Caern trabalha em conserto de poço em Mossoró

Os bairros Ulrick Graff, Walfredo Gurgel, Inocoop do Alto de São Manoel, Pintos, Costa e Silva, Parque Universitário e Alto das Brisas estão com abastecimento reduzido. A previsão é que o trabalho no poço 26 seja concluído no final da tarde de terça-feira (4). Após a religação são necessárias 48 horas para regularização do abastecimento. Durante o período de paralisação do poço 26, a Caern irá fazer remanejamento de água da adutora Jerônimo Rosado para minimizar os transtornos na região afetada.

jul 5
terça-feira
03 13
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
58 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.903.397 VISITAS