O prefeito mossoronse Allyson Bezerra (Solidariedade) recebeu o pré-candidato ao Governo do RN, Fábio Dantas (Solidariedade). O encontro foi realizado na noite desta quinta-feira (28), no Palácio da Resistência, sede do governo municipal.

Estavam presentes também o presidente da Câmara, Lawrence Amorim (Solidariedade), e o ex-vereador Jadson, os dois nomes de Allyson na disputa à Câmara dos Deputados e a Assembleia Legislativa, respectivamente.

Essa dupla é a prioridade de Allyson para as eleições gerais de outubro. Também presente no encontro desta quinta-feira o presidente do Solidariedade no RN, advogado Janiel Hercílio.

Fonte: Saulo Valle

Via blog Saulo Vale

Pré-candidato a governador, Fábio Dantas (Solidariedade) cumpre intensa agenda em Mossoró nesta quinta-feira (28).

Fábio deverá ter um encontro com o prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade), de quem almeja o apoio. Há uma pressão do partido para que o chefe do Executivo mossoronse declare logo apoio ao nome de Fábio ao governo.

Allyson tem dito que só se pronuncia sobre eventuais apoios a governo e ao Senado depois do Mossoró Cidade Junina 2022, contrariando a pressa de seu partido.

Vereadores

Fábio tem buscado também o apoio dos quatro vereadores do Solidariedade em Mossoró. Até aqui, somente o presidente da Câmara, Lawrence Amorim (Solidariedade), deu declarações favoráveis ao nome de Fábio ao governo.

 

Do Blog: O prefeito só não vai apoiar Fátima Bezerra isso não tenha dúvida.

 

O prefeito de Mossoró, Allysson Bezerra, vai realizar até o fim de maio uma grande reunião política para apresentar a Mossoró e a região Oeste a chapa que irá apoiar nas eleições deste ano.

Alysson vai de Fábio Dantas que é do partido dele, o Solidariedade, e de Rogério Marinho que tem sido um grande parceiro da sua gestão em Mossoró. Mossoró que mandou hoje para Natal uma grande delegação para prestigiar o evento do Solidariedade de lançamento da pré-candidatura de Fábio Dantas.

Neste evento que deverá acontecer em Maio, Allysson também apresentará seus candidatos a deputado federal e estadual.

O partido Solidariedade deve se reunir, hoje ou amanhã, para definir oficialmente entre o ex-vice-governador Fábio Dantas e o ex-prefeito Brenno Queiroga, quem será o candidato a governador do Estado com apoio de outros partidos de oposição. Segundo o ex-ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, a oficializarão desse nome será na próxima terça-feira (19).

Candidato com mais de 106 mil votos nas eleições de governador em 2018, Brenno Queiroga já havia se colocado para concorrer ao cargo, outra vez, no fim do ano passado. “Como o nosso partido já tinha chapas para deputados, federal e estadual, e nunca ocupou um cargo no governo, sempre foi oposição, tínhamos independência para fazer uma caminhada política”, disse ele.

Brenno Queiroga afirma ter percorrido mais de 30 mil quilômetros em pelo menos 60 municípios, sempre sabendo das dificuldades de consolidação de outros candidatos, “devido o cenário individual de cada um deles”. Segundo ele, agora, na reta final em que não surgiram outros nomes dentro dos outros partidos, apareceu essa perspectiva com o apoio do ex-ministro  Rogério Marinho a uma pré-candidatura de Fábio Dantas: “Nós tivemos uma conversa, Fábio ventilou a possibilidade de aglutinar em torno do nomes dele partidos de oposição e as principais lideranças do Estado, feito isso, trazia essa perspectiva pra gente discutir”.

“Essa construção se define até no máximo segunda-feira (18), vamos fazer uma reunião com todos os membros do partido e apresentar os prós e os contras e de uma forma bem construtiva e propositiva, pensando no bem-estar do povo do Rio Grande do Norte, tomaremos a decisão mais conveniente”, confirmou.

Tribuna do Norte

A pesquisa é de âmbito estadual mas perguntou aos eleitores de Mossoró como eles avaliam a administração do prefeito . Os eleitores mossoroenses responderam da seguinte forma: 38% consideram a administração regular, 34% consideram boa, 16% consideram ótima. 3% consideram a administração ruim e outros 3% consideram péssima. 6% não sabem ou não responderam.

Quando perguntados se aprovam ou desaprovam a administração municipal o quadro ficou assim: 72% aprovam a administração Allyson Bezerra. 15% desaprovam e outros 13% não sabem ou não responderam.

A pesquisa TCM/TS2 também quis saber a influência do apoio do prefeito a candidatos em disputa nas eleições deste ano. Para 47% dos eleitores de Mossoró o apoio de Allyson a um candidato não faz diferença. Para 35% aumenta as chances de voto. 13% não sabem ou não responderam. E para 5% as chances de voto diminui.

A margem de erro é de 2,4 pontos percentuais para mais ou para menos. Foram entrevistados 1.600 eleitores do Estado do Rio Grande do Norte entre os dias 29 de março a 1º de abril de 2022.

O nível de confiança utilizado é de 95% A pesquisa foi contratada pela PROGRAMADORA CANAL TCM LTDA (CNPJ: 04209895000120), com recursos próprios, e está registrada sob número RN-04362/2022.

Foto: Milka Moura

O prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra (Solidariedade), declarou nesta segunda-feira (14), em entrevista à 98 FM, que apoiará Fábio Faria para o Senado caso o ministro das Comunicações vença a disputa pelo apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL) para o cargo com Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional.

Em entrevista ao programa “12 em Ponto”, Allyson Bezerra afirmou que tem um “sentimento de gratidão” por Fábio Faria. De acordo com o prefeito, o ministro foi peça fundamental para destravar ações em Brasília para Mossoró.

“É o ministro que tem aberto as portas de Brasília para mim. Tive essa abertura com Fábio, não com outro. Encontrei 15 obras paradas por falta de prestação de contas e questões burocráticas. Precisava fazer ações bem diligentes, e eu encontrei em Fábio Faria isso. Ele nos atendeu prontamente, abriu as portas do gabinete dele”, enfatizou Allyson Bezerra.

O prefeito de Mossoró acrescentou que, se Fábio Faria for candidato a senador, terá o apoio dele na disputa. Mas, se o escolhido for Rogério Marinho, Allyson Bezerra não deu tanta certeza e disse que precisará conversar com seu grupo político para definir a situação.

Sobre Rogério Marinho, Allyson Bezerra destacou que “esperava mais” do ministro.

“Mossoró vota em quem trabalha por Mossoró, por quem presta serviço a Mossoró. Esperamos muito mais (de Rogério Marinho). Natal recebeu R$ 97 milhões para algumas obras. É importante que Natal receba, Seridó receba, Região Metropolitana receba. Mas tem o Alto Oeste, que é importante que receba também. Tem o médio Oeste, a Costa Branca. Mossoró merece. Tem que pensar que seja a obra que for, a ação que for, ela repercute para toda a região”, declarou Allyson.

98 FM

Reprodução

Presidente da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Lawrence Amorim (Solidariedade) foi anunciado oficialmente nesse domingo (10) como pré-candidato do prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) à Câmara Federal. “Meu nome, nosso nome, é o de Lawrence. Será um candidato de grupo e de povo, para ser eleito com o mesmo sentimento de mudança que me fez chegar ao Palácio da Resistência de forma histórica”, disse o governante.

Ao lado de alguns auxiliares de governo e da primeira-dama Cínthia Raquel Pinheiro, Allyson reuniu a bancada governista de 17 vereadores e respectivos familiares em almoço à tarde de hoje.

“O prefeito será o verdadeiro deputado federal de Mossoró em Brasília. Seremos sua voz, seu porta-voz, representante de Mossoró e de seu povo”, sacralizou Lawrence Amorim.

Para simbolizar o efetivo apoio a Lawrence, o prefeito teve um gesto tão claro quanto suas palavras, ladeando o escolhido: pegou chapéu de couro que foi marca de sua campanha a deputado estadual em 2018 e, à prefeitura em 2020, passando-o ao vereador.

Falando em nome da bancada, o vereador e líder governista Genilson Alves (Pros) disse que todos estariam “unidos em torno dessa escolha”. Reforçou ainda, que da mesma forma ocorreria em relação a quem fosse ungido como pré-candidato a deputado estadual.

“Em breve apresentaremos também nosso estadual”, deixou claro Allyson Bezerra. “Será candidato de um grupo político popular que venceu a oligarquia e terá o compromisso de representar todos os mossoroenses na Assembleia Legislativa”, resumiu.

Também participaram da reunião o chefe de Gabinete do município (Kadson Eduardo), secretário do Desenvolvimento Social (Thiago Marques), secretário da Comunicação (Bruno Martins) e assessor especial de Gabinete (Fellipe Rodrigues).

Fonte:  Blog do Carlos Santos

Foto: BCS

Via Heitor Gregório

O prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra (Solidariedade), descartou veementemente uma possível candidatura de sua esposa Cínthia Raquel Pinheiro  a deputada estadual, em 2022, como vem sendo especulado nos meios políticos.

“Era o comum na cidade de Mossoró de colocar a esposa, colocar o irmão, filho, sobrinho, papagaio, tinha uma regra, era está dentro de casa. Isso não procede. Minha esposa não é candidata.

Ela poderia até pela legislação ser secretária, mas não é, me ajuda, é voluntária na Prefeitura, está sempre ao meu lado trabalhando comigo, mesmo sem nenhum cargo, porque o que importa para ela é está servindo. Então realmente ela não será candidata e isso é mais uma conversa criada”, afirmou, em entrevista na tarde desta segunda-feira (21), ao Meio Dia RN na 96 FM. Depois completou que “é algo muito natural na cidade” surgir esse assunto, pois era algo comum que ocorria em Mossoró, mas, que não vai se repetir, segundo o próprio prefeito.

“Agora, Mossoró terá os seus candidatos”, ressaltou, e admitiu que um nome para 2022 é do vereador Lawrence Amorim, presidente da Câmara Municipal de Mossoró.

No grupo governista municipal, Allyson Bezerra não deixa dúvidas do apoio que dará ao atual presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Lawrence Amorim (Solidariedade), à Câmara Federal. A deputado estadual ainda não é visível uma escolha.

Este blog já noticiou anteriormente que Lawrence é o nome do prefeito Allyson para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados em 2022.

 

25
Maio

* * * QUENTINHAS… * * *

Postado às 11:14 Hs

* * * O Deputado Federal Benes Leocadio é um nome que não pode ser descartado de maneira alguma para disputar o Governo do Estado contra Fátima Bezerra nas eleições de 2022. Benes é bem articulado com a grande maioria dos Prefeitos do Rio Grande do Norte (RN). E um nome de trânsito livre entre as lideranças políticas do Estado. *  *  *

* * *O prefeito  Allyson Bezerra (Solidariedade) desembarcou ontem (24) à noite em Brasília. Deve cumprir agenda com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, em busca de projetos para infraestrutura. Também está na pauta, no Ministério da Educação, obras do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que estão travadas. Além disso, outro assunto a ser tratado, no Ministério da Saúde, é a habilitação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Belo Horizonte e mais repasses para as demais. * * *

O Ministério da Saúde informou nesta terça-feira(25) o envio de mais vacinas contra Covid essa semana ao Rio Grande do Norte. A sinalização foi confirmada pela governadora Fátima Bezerra em suas redes sociais. A previsão de chegada das vacinas está para esta quinta-feira(27). Serão 122.250 doses da AstraZeneca, Fiocruz e 9.360 da Pfizer.

* * * Nada de PSD como chegou a ser especulado. O Prefeito de Mossoró (RN) Alysson Bezerra vai continuar no Solidariedade. E a tendência é a de apoiar Lawrence Amorim  para Deputado Federal nas eleições de 2022.* * *

 

29
abr

Cenário Potiguar 2022 : Conjecturas

Postado às 9:57 Hs

No Rio Grande do Norte o cenário projeta um duelo de titãs na disputa pelo Governo do Estado e o Senado Federal. Isso é o que mais tem se comentado nos bastidores da política potiguar. Para enfrentar a governadora Fátima Bezerra (PT) que deverá disputar a reeleição, surgem os nomes do deputado estadual Tomba Farias (PSDB), deputado federal General Girão (PSL) e o senador Styvenson Valentim (Podemos). Apesar das incertezas, as eleições 2022, estão previstas para ocorrer nos dias 2 e 30 em outubro.

Desses, o nome que nasce com mais força para enfrentar a petista Fátima Bezerra é o parlamentar Tomba Farias, voz firme na oposição a governadora. Tomba chegaria com o apoio do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB); prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB); ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD), deputados estaduais e prefeitos de cidades-polo. Na sua chapa majoritária, o candidato a Senador seria o ministro Rogério Marinho (sem partido). Maior liderança política do Trairi e com o apoio do prefeito da capital, segundo consta, o objetivo de Tomba é buscar seu companheiro de chapa em Mossoró. A indicação partiria do prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade).

Por sua vez, a governadora Fátima Bezerra contará em seu palanque com o ex-presidente Lula (PT), apontado hoje em todas as pesquisas na corrida presidenciável como o favorito do eleitorado. O seu vice-governador seria o secretário de Desenvolvimento Econômico e ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado (PROS). Na sua base, a governadora contabiliza a senadora Zenaide Maia (PROS), o senador Jean-Paul Prates (PT), deputada federal Natália Bonavides e os deputados estaduais que lhe dão sustentação na Assembleia Legislativa e diversos prefeitos do interior do RN.

E agora viria a cartada de mestre de Fátima Bezerra. Para o Senado Federal, o convite foi formulado, é o que se propaga, para Carlos Eduardo Alves, ex-prefeito de Natal por quatro mandatos. Pelo que se comenta nas rodas políticas, como forma de unir a capital e o interior, o ex-prefeito de Caicó, Bibi Costa (PL) estaria na chapa como o 1º suplente, bem como para atrair o apoio da família Alves que tem como maior liderança o ex-senador e ex-governador Garibaldi Alves Filho (MDB). Especula-se que neste cenário, o deputado federal Walter Alves (MDB) e o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (MDB), também estariam juntos.  São conjecturas. Aguardemos…

Fonte: Blog A Fonte

 

 

Por Maricelio Almeida

O prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra (Solidariedade), afirmou que respeita a decisão do Governo do Estado em instituir medidas mais duras para promover o isolamento social e evitar o avanço do coronavírus no Rio Grande do Norte, apesar de não concordar com o novo decreto assinado pela governadora Fátima Bezerra (PT). O documento estabelece o fechamento das atividades não essenciais no período de 20 de março a 2 de abril.

Segundo o gestor mossoroense, várias sugestões foram apresentadas ao Poder Executivo estadual no sentido de que fossem adotadas medidas menos impactantes para a economia. “Nós apresentamos uma série de ideias, de medidas, sugestões ao Governo do Estado, inclusive da classe produtiva que nós recebemos no nosso gabinete, no Palácio da Resistência, e levei tudo para a governadora, não só eu, como também a Federação dos Prefeitos do Rio Grande do Norte apresentou sugestões”, disse.

Allyson destaca que o novo decreto é totalmente impositivo. “O Município é obrigado a seguir o decreto, porque ele é impositivo. Já houve decretos do Estado com algumas recomendações aos municípios, esse não, ele é totalmente impositivo, ele obriga de fatos os municípios a fazerem”, relatou o prefeito, acrescentando:

“Coloquei o nosso Comitê Municipal para se reunir com o Comitê Estadual, trabalhamos de várias maneiras para tentar que a gente pudesse ter um decreto que causasse o menor dano possível a nossa economia, infelizmente nós tivemos esse decreto por parte da governadora, a gente pode até não concordar, mas respeita. Os poderes são independentes entre si, e a legislação é muito clara: vale o decreto que é mais restritivo. Existe um decreto do Governo do Estado que é muito restritivo, então cabe ao município de Mossoró realmente seguir essa imposição por parte do decreto estadual”, concluiu.

A assistente social e jornalista Janaína Holanda vai assumir a Secretaria de Desenvolvimento Social e Juventude.  O convite foi formalizado hoje pela manhã no Palácio da Resistência. Que já foi aceito – foi feito pelo prefeito mossoroense

Janaína é servidora efetiva da Prefeitura de Mossoró e da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa). Até pouco tempo, estava como pró-reitora de Assuntos Estudantis.

O professor Almir Mariano, também servidor da Ufersa, foi o primeiro nome anunciado para a pasta, mas houve dificuldade em sua cessão à Prefeitura.

Mudanças

O professor da Ufersa Almir Mariano foi anunciado como secretário da pasta, mas houve dificuldade burocrática para sua cessão à Prefeitura. Janaína assume uma das pastas com maior número de equipamentos (unidades) do Município. A secretaria também passará por mudanças na reforma administrativa. Vai receber o setor da habitação, que hoje está inserido na Secretaria de Infraestrutura.

Via Blog de Saulo Vale 

 

 

“Queremos a união de todos em favor de Mossoró.” Pregou o prefeito Allyson Bezerra (Solidariedade) em seu discurso de posse no início da noite desta sexta-feira, 1º de janeiro de 2021. Ao lado do vice-prefeito Fernandinho das Padarias (PSD), ele foi empossado pelo presidente eleito da Câmara Municipal, Lawrence Amorim (Solidariedade).

Allyson e Fernandinho foram recepcionados por correligionários e eleitores na entrada do Teatro Municipal Dix-huit Rosado. Antes, a Câmara havia realizado sessão de posse dos 23 vereadores e a eleição da Mesa Diretora.

O prefeito conversou rapidamente com jornalistas e radialistas antes de entrar no teatro. Disse que vai encontrar dificuldades na Prefeitura, mas que está consciente e preparado para enfrentar o maior desafio se sua ainda curta carreira política.

No seu discurso, Allyson disse que vai fazer um governo voltado para o povo, para garantir os serviços públicos em favor da população. Também prometeu uma relação de respeito com o Legislativo, onde terá apoio da maioria dos vereadores, e com todos os segmentos da sociedade. “O dinheiro do povo será bem aplicado”, afirmou.

Após a posse, Allyson Bezerra seguiu para o Palácio da Resistência a pé.

Foto: Nilton César

Via Saulo Vale 

O advogado Kadson Eduardo, anunciado pelo prefeito diplomado Allyson Bezerra (Solidariedade ) como chefe de gabinete da Prefeitura, deve assumir interinamente a Secretaria de Administração.

Foi o que afirmou o prefeito durante entrevista no Enfoque Político (Super TV) desta quarta-feira. Allyson afirmou que Kadson assume interinamente até que a cessão de servidora da Ufersa que vai assumir a pasta seja concluída.

“Eu solicitei a cessão de sete servidores da Ufersa, dentre eles o da pessoa que vai assumir a Administração. Até que esse processo seja concluído, Kadson vai assumir a pasta”, afirmou. Em contrapartida, a Ufersa, onde Allyson é servidor licenciado, também vai receber funcionários da Prefeitura cedidos, numa solicitação da reitora Ludimilla Oliveira.

Confira os 18 nomes já anunciados por Allyson para o seu secretariado:

Auditor fiscal Edmilson Freire Júnior – Finanças-

Consultor contábil Ivo Franklin de Moura Bezerra – Fazenda-

Enfermeira Morgana Dantas – Saúde-

Professor-doutor Almir Mariano – Desenvolvimento Social-

Economista Franklin Filgueira – Desenvolvimento Econômico-

Professor Etevaldo Almeida – Cultura-

Advogado Raul Santos – Procuradoria-Geral-

Advogado Humberto Fernandes –Consultoria-Geral-

Advogado Paulo Linhares – Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Mossoró (Previ-Mossoró)-

Jornalista Regy Carte – Comunicação Social-

Desportista Júnior Xavier – Esporte-

Professora Hubeônia Alencar – Educação-

Engenheiro Brenno Queiroga – Infraestrutura-

Sargento PM Cledinilson Morais – Segurança-

Veterinário Faviano Moreira – Agricultura.

Contabilista Claudemberg Emídio – controlador geral

Kadson Eduardo – chefe de Gabinete Civil e Administração (interinamente)

Frank Felisardo – secretário de Planejamento.

Via Saulo Vale

O prefeito diplomado de Mossoró, Allyson Bezerra (Solidariedade) reuniu, pela primeira vez, parte de seu futuro secretariado.  O encontro, que aconteceu no sábado passado (26), na Sala dos Conselhos da Ufersa, serviu para falar sobre as primeiras medidas que serão anunciadas na gestão Allyson.

A equipe é preparada e estar muito motivada para trabalhar incansavelmente pelo povo de Mossoró.

Há metas para os primeiros 7 dias de gestão e outras que serão executadas nos primeiros 30 dias do governo.

O prefeito diplomado, que tomará posse na próxima sexta-feira (1°), tratou ainda, durante o encontro, de decretos, que serão publicados por ele, já no próximo sábado (2).

Via Saulo Vale

O prefeito diplomado de Mossoró, Allyson Bezerra (Solidariedade) anunciou nesta segunda-feira mais dois nomes para o primeiro escalão de seu governo. O anúncio foi durante live com a jornalista Thaisa Galvão. O advogado Kadson Eduardo será o chefe do Gabinete Civil.  Kadson é especialista em Gestão Pública e atuou como chefe de Gabinete de Allyson na Assembleia Legislativa.

O outro nome

O outro nome é o do professor da UERN Frank Felisardo. Ele será secretário de Planejamento. Frank é graduado em Administração pela UERN. Especialista em Administração e Negócios, pela Universidade Regional do Cariri – URCA. Mestre em Administração Organizacional pela UFRN. Doutor pela Universidad Politecnica da Cataluña, Barcelona. É professor da UERN.

Já atuou como diretor da UNP Campus Mossoró e diretor administrativo da Faculdade Católica do RN, coordenando processos de implantação, expansão e gerenciamento de cursos e Campus.

Tem experiência nas áreas de Administração, com ênfase em Administração Organizacional, atuando principalmente nas áreas Administrativa, Financeira, de Planejamento, Gestão de Projetos e de Gestão Estratégica.

Via Blog da Chris 

O prefeito eleito e diplomado, Allyson Bezerra (Solidariedade), anunciou agora ao blog, sábado (26), mais um nome que fará parte de seu secretariado.

Para comandar a secretaria de Finanças o nome escolhido é o do auditor fiscal do município, Edmilson Freire Júnior.

Edmilson é bacharel em Ciências Contábeis pela UERN; Auditor Fiscal do município, com 28 anos de serviços prestados na Secretaria da Fazenda.

Já tendo sido Chefe do Departamento de Fiscalização, Chefe do Departamento de Arrecadação, Chefe do Departamento de Assuntos Transitórios, Conselheiro do Tribunal Administrativo de Tributos Municipais (TATM); Presidente do TATM por dois mandatos, representante da Secretaria da Fazenda no Conselho Municipal de Cultura e Secretário no Programa Nacional de Apoio à Gestão Administrativa e Fiscal dos Municípios Brasileiros (PNAFM).

O consultor tributário Ivo Franklin de Moura Bezerra será secretário da Fazenda de Mossoró.  o anúncio foi feito na noite desta sexta-feira (25) pelo prefeito diplomado Allyson Bezerra (Solidariedade) em entrevista ao repórter Cézar Alves, editor do portal Mossoró Hoje.  Ivo já compõe a equipe de transição. Vai assumir a pasta responsável pela arrecadação direta do município.

Currículo

Graduado em ciências contábeis UERN, Direito UNP, pós-graduado em contabilidade pública e planejamento tributário UNP, mestre em Auditoria e Perícia Tributaria – UCA Pontifícia Universidad Católica da Argentina, Doutor em Ciências jurídicas e sociais- UCA Pontifícia Universidad Católica da Argentina. Contabilista especialista em planejamento tributário, professor de pesquisa e extensão, professor de pós-graduação, consultor tributário.

CEO da empresa MB contabilidade e consultoria tributária, com  20 anos de experiência em setor contábil público e privado e planejamento tributário e recuperação tributaria, no setor privado com ênfase na área tributária. Já desempenhou cargos como de auditor fiscal, coordenador de tributo, Chefe de fiscalização e Secretário de tributação e controlador-geral.

Fonte: Blog Saulo Vale

jul 5
terça-feira
22 37
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
40 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.903.501 VISITAS