Em forte clima de emoção e união, o Partido da República – PR reuniu na manhã desta quarta-feira (01), no auditório do Hotel Maine, em Natal, centenas de prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, ex-vereadores e lideranças do PR para decidir o rumo do partido em 2018. O espírito republicano de respeito às bases e a lealdade ao partido, nas falas dos componentes da mesa, deram o tom da reunião. O prefeito de Santana do Matos, Dr. Edvaldo Júnior, chamou atenção sobre como o PR conduz suas decisões. “O PR tem uma característica que é importante ressaltar: Muitas vezes divergimos acirradamente, muitas vezes convergimos com facilidade, mas sempre debatendo. Sempre houve espaço para discussão, troca de ideias e para o entendimento. Esse respeito tem que haver em qualquer sigla do RN”, argumentou.
10
jun

Encontro

Postado às 12:13 Hs

O PR lotou o auditório do Hotel VillaOeste, em Mossoró, na manhã deste sábado (09), com as presenças de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, ex-vereadores, filiados e lideranças políticas das regiões Oeste e Salineira durante o IV Encontro Regional do partido. Com o tema “Trabalho para fortalecer o RN”, o Encontro nas terras de Santa Luzia reuniu mais de 400 pessoas e teve os pré-candidatos Tião Couto e Jorge do Rosário, como anfitriões. O presidente estadual do PR, João Maia, fez a abertura chamando atenção para a importância de se investir nas pessoas, capital humano, qualificar e gerar emprego. E a política tem essa responsabilidade. “O trabalhador precisa viver em uma sociedade onde as regras sejam vistas. Estudos mostram que os países que têm capital físico, tecnológico, humano e institucional, sofrem crises mas crescem mais rápido e tem desenvolvimento. Só quem cria capital institucional é a política”, disse João Maia.
08
jun

Acontece

Postado às 23:36 Hs

Mossoró recebe Encontro do PR neste sábado.

Em Mossoró tudo pronto para a realização neste sábado (09), a partir das 9h, do Encontro Regional do PR, que irá reunir filiados e lideranças das regiões Oeste e Salineira no Hotel VillaOeste.

Um nome de peso do empreendedorismo e liderança empresarial do Estado foi escolhido para fazer parte do evento: o empresário Antônio Leite Jales, o Toinho da Ster Bom, que vai mostrar um pouco do Rio Grande do Norte que dá certo, que gera emprego e que tem muito a nos ensinar.

O presidente estadual do PR, João Maia, explica a escolha: “Toinho é um exemplo do sucesso do empreendedor moderno. O seu segredo está no seu trabalho, na sua determinação e na capacidade de liderança de construir parcerias”, declara João Maia.

O PR tem realizado com muito sucesso os Encontros Regionais. O de Mossoró será o quarto evento graças ao empenho de todos que fazem parte do partido. “O PR não é um partido de donos, que tome decisões, sem ouvir, sem escutar, sem entusiasmar, sem empolgar. O espírito de participação, de construção de parcerias é o segredo do sucesso, nas coisas da vida, da empresa, da política e de todas as outras”, destaca João Maia.

O Partido da República (PR) segue promovendo uma discussão de alto nível sobre o Rio Grande do Norte. No próximo sábado, dia 9 de junho, será a vez do Encontro Regional do PR em Mossoró, que irá reunir filiados e lideranças das regiões Oeste e Salineira no Hotel VillaOeste, a partir das 9h da manhã.

Depois das palestras dos empresários Marcelo Alecrim, Newton Maia e Afrânio Miranda, nos três Encontros do PR em Assú, Caicó e Pau dos Ferros agora será a vez do empresário Antônio Leite Jales, o Toinho da Ster Bom, mostrar um pouco do Rio Grande do Norte que dá certo, que gera emprego e que tem muito a nos ensinar. “Toinho aprendeu na vida que o sucesso do empreendedorismo está na parceria. Construiu a empresa do nada, sem capital e transformando seus funcionários em sócios, os fornecedores em parceiros e depois em clientes. Toinho é um exemplo do sucesso do empreendedor moderno. O seu segredo está no seu trabalho, na sua determinação e na capacidade de liderança de construir parcerias”, explica João Maia.

Para o presidente estadual do PR, João Maia, o partido tem realizado com muito sucesso os Encontros Regionais graças a empenho de todos que fazem parte do PR. “Liderar significa partilhar as decisões, informar a todos igualmente e respeitar os aliados. O PR não é um partido de donos, que tome decisões, sem ouvir, sem escutar, sem entusiasmar, sem empolgar. O espírito de participação, de construção de parcerias é o segredo do sucesso, nas coisas da vida, da empresa, da política e de todas as outras”, destaca João Maia.

27
mar

Andanças

Postado às 12:30 Hs

JOÃO MAIA CONFIRMA PRETENSÃO DE VOLTAR A CÂMARA DOS DEPUTADOS.

O presidente estadual do PR, João Maia esteve neste domingo, dia 25, cumprindo agenda política na região Seridó potiguar. Na cidade de Caicó, conversou com lideranças políticas, momento que revelou as suas pretensões para o pleito vindouro, que é de retornar a Câmara dos Deputados.

Ao ser entrevistado pelos jornalistas Marcos Dantas da Rádio Rural (AM/FM) e Luciano Vale (106 FM), João Maia oficializou a sua intenção nas Eleições 2018. “Eles (líderes políticos) estão me perguntando qual é a minha posição e eu estou dizendo para as pessoas que estou me colocando como pré-candidato a deputado federal”, declarou.

João Maia ainda acrescentou que o processo eleitoral periódico serve para rever as nossas decisões. “Nem sempre o novo é bom e nem sempre o velho é ruim. Existe o que tem compromisso e capacidade de trabalhar para melhorar a vida das pessoas, a vida da sua cidade, do seu Estado e do seu país”, afirmou.

A senadora Fátima Bezerra, do PT, apontada como candidata ao Governo do RN nas eleições deste ano, que deseja a irmã do presidente do PR, João Maia, como aliada na chapa majoritária e candidata ao Senado, pode acabar  enfrentando nas urnas, a deputada federal Zenaide Maia,  como candidata também a governadora.

Um embate entre Fátima Bezerra e Zenaide Maia, pode mudar a euforia dos petistas que dizem ser a senadora do PT, uma governadora de férias. Na avaliação de observadores, Zenaide Maia tem capacidade e apoio popular para derrotar a petista e impedi-la de governar o Rio Grande do Norte.

Os senador José Agripino e Garibaldi Filho, trabalham nos bastidores para convencer Zenaide Maia a desistir do Senado e assumir a disputa para governador do RN.

O martelo ainda não foi batido, mas as conversas já começaram e o presidente regional do PR, João Maia, trabalha nos bastidores para que sua irmã não aceite essa escolha. Comenta-se nos bastidores que João Maia escuta a conversa e até concorda Zenaide sair para governadora, mas nas conversas com a irmã, diz o contrário. ele quer que ela dispute a vaga de senadora.

05
abr

Enquanto isso…

Postado às 10:30 Hs

Três partidos covardes: PP, PR e PSD

Os três partidos que negociam espaços no governo — PP, PR e PSD — decidiram em conjunto deixar o anúncio da nova configuração de ministérios para depois da votação do impeachment em plenário. A avaliação é que, se Dilma Rousseff sobreviver ao processo, precisará do “centrão” para governar e, portanto, cumprirá o acordo.

Mas, na hipótese da petista tombar pelo caminho, ao menos se livram da foto da posse e elevam o passe para negociar com o governo do dia seguinte. Última hora A declaração de apoio à petista, porém, teria de ocorrer antes da votação.

O PP, que deve combinar com as demais legendas parceiras a data do anúncio, já fala em se posicionar somente em 11 de abril — a menos de uma semana do dia D.

Painel

31
mar

Opinião

Postado às 9:18 Hs

A ordem é comprar votos

Na tentativa de barrar o impeachment, a presidente Dilma começou, ontem, no dia seguinte ao perder o PMDB, a lotear o seu fim de Governo de forma vergonhosa. Ao PP, que já tem a Integração Nacional, ofereceu Saúde. Ao PR, donatário atual da área de Transportes, ofertou Minas e Energia. Ao PSD, que ocupa Cidades, estendeu o latifúndio do Turismo.

As ofertas são as mais descabidas. Não interessa currículo ou capacidade de gerenciamento. O que está em jogo é a guerra travada com a oposição na Câmara dos Deputados para sepultar qualquer tentativa desdobramento do processo de impeachment, aberto pela Comissão Especial, que aprova o relatório provavelmente na terça-feira, 12.

O PP tem uma bancada de 49 deputados. Segundo vazou ontem, a promessa do partido é a garantia de 30 votos, no plenário da Câmara, onde o Governo só tem, hoje, 102 votos para os 172 necessários de freamento do impeachment. Dos 102, 58 seriam do PT, 20 do PDT, 13 do PCdoB, 6 do PSOL e 5 da Rede.

Na prática, o Governo precisaria de mais 70 votos, o que pode vir, no toma-lá-dá-cá, do PP, PR e PSD, que, juntos, criam uma espécie de Frentão, movimento que eclodiu na Constituinte, liderado pelo ex-deputado Ricardo Fiúza, com a expressão intenção de impedir avanços na Carta Magna.

A negociação com o novo Centrão é para tornar o deputado Cacá Leão (PP-BA) o novo ministro da Integração Nacional no lugar de Gilberto Occhi, que tem menor representatividade na bancada de 49 deputados. Occhi assumiria a presidência de alguma estatal ou autarquia federal. A Saúde ficaria com o deputado Ricardo Barros (PP-PR).

Em reunião na manhã de hoje, no gabinete do presidente do PP, Ciro Nogueira (PI), o partido decidiu marcar para o dia 11, véspera da votação do impeachment na Comissão Especial da Câmara, a decisão final se vai ou não permanecer no Governo. Logo depois da reunião, o deputado Ricardo Barros disse que não foi convidado para nenhum ministério e que nem poderia discutir qualquer assunto relacionado a isto porque seu partido decidiu marcar reunião para o dia 11 para decidir sua posição sobre o impeachment.

O nome de Barros, porém, faz parte da lista que o Palácio do Planalto montou para tentar garantir a manutenção do PP na base aliada e, com isto, evitar a abertura do impeachment. Ciro se encontrou, na última terça-feira, com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que comanda os entendimentos para tentar barrar o impeachment de Dilma Rousseff.

A Saúde é comandada hoje pelo deputado licenciado Marcelo Castro (PMDB-PI), cuja permanência se tornou difícil após a decisão do PMDB de romper com o Governo. Além do PP, PR, PSD e outras legendas menores, como o PTN e o PHS estão sendo procuradas pelo Governo com a proposta de ocupar o espaço que será aberto com a entrega de ministérios e cargos pelo PMDB.

Fonte: Blog do Magno

Via Blog de Cristiana Lôbo

 

Em substituição ao PMDB, que anunciou nesta terça-feira seu desembarque do governo, a presidente Dilma Rousseff deu início a conversas para a formação de um novo bloco na Câmara, formado por PP, PR e PSD que, juntos, somam 129 votos – contra os 69 votos do PMDB. Para isso, a presidente está disposta a abrir mais espaço a esses partidos. O “espólio” do PMDB (sete ministérios e mais de 700 cargos) está sendo disputado: o PP sonha conquistar o Ministério da Saúde; o PR, além do Ministério dos Transportes, que comanda hoje, gostaria de ter também o comando de Portos; e o PSD gostaria de ter também o Ministério dos Esportes.

Com essa reoganização do ministério, a presidente espera reunir pelo menos 172 votos, número necessário para barrar o processo de impeachment em tramitação na Câmara. Se conseguir isso, desempenho considerado difícil no quadro atual, Dilma se disporia a comandar um governo com minoria, mas com base mais estável.

A presidente está sendo aconselhada a definir as mudanças na equipe até a próxima sexta-feira, como anunciou o chefe de Gabinete da Presidência, Jacques Wagner, nesta terça, ao comentar a saída do PMDB do governo. Nesta terça, ela teve conversas com o presidente do PSD, Gilberto Kassab; e com o presidente do PP, Ciro Nogueira. A Kassab foi dito que o partido só ganhará mais espaço se a bancada estiver unida em apoio ao governo. Kassab disse à presidente que não houve a liberação dos votos da bancada – negando, portanto, informação transmitida por deputados.

Para um auxiliar do governo, a união de PP, PR e PSD seria um “novo centrão”, numa referência a um bloco formado na Constituinte reunindo vários partidos que, na ocasião, deu maioria aos conservadores. O “centrão” na Constituinte acabou superando o PMDB, partido que tinha a maior bancada na Câmara e no Senado.

A ideia da presidente, segundo auxiliares, é aguardar uma manifestação dos ministros do PMDB (que marcaram reunião para a noite desta terça na tentativa de buscar uma solução conjunta) e, depois disso, tomar a decisão.Na avaliação do Planalto, se o líder do PMDB na Câmara, deputado Leonardo Picciani, assegurar votos de 15 a 20 deputados, o partido poderá manter o comando de um ministério – o da Saúde ou o da Ciência e Tecnologia, dependendo das negociações com outros partidos.

Dos ministros senadores, pelo menos Kátia Abreu deve continuar – permanecendo ou não no PMDB. Esse quebra-cabeça foi discutido nesta terça-feira no Palácio da Alvorada, em reunião da presidente Dilma com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com os ministros Ricardo Berzoini e Jaques Wagner.

21
fev

* * * Quentinhas … * * *

Postado às 18:13 Hs

* * * O deputado estadual José Dias estará aproveitando a janela partidária para trocar de partido. Rompido com o governador Robinson Faria, desde o início da gestão, José Dias sairá do PSD e assinará filiação ao PSDB, comandado no Estado pelo deputado federal Rogério Marinho. Inclusive, o PSDB estará realizando em março, um grande evento de filiação onde receberá filiações de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de várias cidades do Estado. * * *

* * * Novas siglas…O caminho partidário da ex-governadora e atual vice-prefeita de Natal, Vilma de Faria, ex-PSB, está entre ir para o PR comandado no Estado pelo ex-deputado federal João Maia ou assumir o controle estadual do recém criado PMB (Partido da Mulher Brasileira). Apesar da incerteza partidária, uma coisa está definida. Estarão juntos DEM, PR e Vilma. E sobre candidaturas, duas postas na mesa da ex-governadora: a candidatura de Márcia Maia prefeita pelo PR e Vilma de Faria candidata a vereadora. * * * 

* * * O deputado federal Rafael Motta destaca que o PSB está decidido a ter candidato próprio a prefeito de Natal. Ele afirma primeiro que está à disposição para concorrer nas eleições majoritárias deste ano para, em seguida, descartar compor em uma aliança na qual o Partido Socialista Brasileiro apoiaria outro candidato. “O PSB terá candidato”, disse ele em entrevista à Tribuna do Norte. * * *

As bancadas do PR, PSD e PROS formarão o segundo maior bloco partidário da Câmara Federal, a partir da próxima quarta-feira, com 80 deputados.A decisão já está tomada e só falta ser formalizada junto à Mesa Diretora do parlamento.Até então, as três legendas integravam o bloco junto com PT e PCdoB, que agora seguem rumos distintos.

No acordo de criação do bloco ficou definido que as bancadas terão como metas defender a responsabilidade fiscal, produção, geração de emprego e renda, busca pela reconstrução da economia do Brasil e retomada do crescimento.

O segundo maior bloco tem 34 deputados do PR, 34 do PSD e 12 do PROS.O grupo parlamentar com mais deputados é formado pelo PP, PTB, PSC e PHS, que somam 81 integrantes.

27
abr

Encontro

Postado às 16:52 Hs

O Partido da República – PR realizou na manhã desta segunda-feira (27), em Natal, um encontro com líderes do partido e novos filiados. O presidente Estadual do PR, João Maia, foi o grande anfitrião juntamente com a deputada federal Zenaide Maia (PR/RN), o deputado estadual George Soares (PR/RN) e a presidente do PR Mulher, Shirley Targino. Para João Maia, o encontro serviu para apresentar novos filiados, unir ainda mais as lideranças do partido e gravar o programa partidário, que será veiculado durante o mês de maio nas TV e Rádios de todo o Rio Grande do Norte. O primeiro programa, que vai ao ar no dia 01 de maio, fará uma homenagem especial a todos os trabalhadores do Estado. “Nossa luta é sempre por um Rio Grande do Norte mais forte em toda a parte, seja na Câmara dos Deputados, na Assembleia Legislativa, nas prefeituras e Câmaras Municipais. Onde existir um republicano tenha a certeza de que ele estará comprometido com o desenvolvimento do lugar onde mora”, defendeu João Maia.
24
abr

Na telinha

Postado às 22:50 Hs

João Maia e lideranças regionais gravarão Programa do PR para a TV e Rádio


Na próxima segunda-feira (27), o presidente estadual do Partido da República – PR, João Maia, estará em estúdio gravando o Programa Eleitoral do partido, que será veiculado durante o mês de maio nas TV e Rádios de todo o Rio Grande do Norte. Para mostrar a importância que o partido tem na luta pelo desenvolvimento do Estado, João Maia fez questão de convidar lideranças de todas as regiões para gravar com ele o programa. É uma prova de que o PR continua unido e se fortalecendo para as próximas lutas.

Já no primeiro programa, que vai ao ar no dia 01 de maio, uma homenagem especial a todos os trabalhadores e trabalhadoras do nosso Estado. “Nossa luta por um RN mais forte continua, seja na Câmara dos Deputados, na Assembleia Legislativa, nas prefeituras e Câmaras Municipais. Onde existir um republicano tenha a certeza de que ele estará comprometido com o desenvolvimento do lugar onde mora”, explicou João Maia.

25
jun

É na 6ª feira…

Postado às 13:38 Hs

PR realiza convenção na próxima sexta-feira

A convenção estadual do Partido da República – PR será realizada na próxima sexta-feira, dia 27, a partir das 08 horas, na sede da Direção Estadual do Partido, localizada na Av. Senador Salgado Filho, 179, Hotel Maine, bairro Lagoa Nova, Natal.

Na ocasião, o PR vai oficializar as candidaturas e a coligação com as quais vai concorrer às eleições deste ano no Rio Grande do Norte. Logo após a convenção, o PR irá homologar a aliança com o PMDB e o PSB, participando da convenção que será realizada no Ginásio Nélio Dias, Zona Norte de Natal. A coligação terá o deputado federal Henrique Alves (PMDB) como candidato a governador, o deputado federal João Maia (PR) como candidato a vice-governador e a vice-prefeita de Natal Vilma de Faria (PSB) como candidata ao Senado.

“Quero convidar a Família PR para nesta sexta-feira, dia 27, na nossa convecção aprovarmos uma proposta de inovação na gestão, para resolvermos questões de saúde, segurança, educação, geração de emprego, e a esperança das moças e dos rapazes, dos pais e das mães de família de um Rio Grande do Norte forte, solidário e respeitado por todo o Brasil”, declarou o deputado João Maia.

Via Blog de Magno Martins

A convenção nacional do PR prorrogou até o dia 30 de junho a decisão sobre que rumo tomar na eleição presidencial. O presidente do PR, senador Alfredo Nascimento (AM), não quis falar sobre sua preferência, mas deu a entender que não quer apoiar Dilma, que o afastou do cargo de ministro dos Transportes após ser acusado de irregularidades.

— Saí do governo da forma que todos viram. A relação com o governo, ao longo do tempo, não é boa.

O encontro deste sábado foi marcado pela ausência da maioria dos deputados federais da legenda: apenas nove dos 32 compareceram. No total, 138 delegados votaram. A opção para que a executiva decida o que fazer teve 122 votos, contra 16 que apoiaram a indicação do senador Magno Malta (ES) como candidato do partido à Presidência.

Nascimento reconheceu que a ausência da maioria dos parlamentares significava que a bancada não está satisfeita com o governo da presidente Dilma. Ele observou que o resultado da convenção é legal, porque o estatuto do PR prevê a possibilidade de a executiva encaminhar o apoio da forma que entender melhor.

— Há uma certa divisão na sigla. E a ausência dos deputados pode ser uma demonstração disso — declarou.

Há uma ala que prefere apoiar o tucano Aécio Neves. Outra, menor, capitaneada por Anthony Garotinho (RJ), tem demonstrado que o melhor caminho seria a aliança com o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB).

18
jun

Saiba Também…

Postado às 17:20 Hs

# # Convenção do PR 

O Partido da República fará sua convenção no próximo dia 27 de junho, para homologar a candidatura do presidente estadual da legenda, deputado federal João Maia, a vice-governador na chapa de Henrique Alves (PMDB). A convenção será cartorial, na sede do PR, no Hotel Maine. Em seguida, João Maia e demais correligionários seguem para o Ginásio Nélio Dias, na Zona Norte, para a convenção do PMDB, desta vez para homologar a candidatura de Henrique Alves ao governo do estado.

# # Antônio Maria na festa de São João 

O Bairro Doze Anos em festa…É a Festa de São João Batista segue animada e com excelente participação de fiéis. E no sábado, 21, o largo da matriz recebe o grandioso show do padre Antônio Maria. A festa será encerrada dia 24, com a procissão logo após a missa das 19h. É esperar e conferir!

# # PSOL 

O PSOL estadual realiza hoje (18), às 18h30, na Assembleia Legislativa, sua convenção estadual para oficializar Robério Paulino como candidato a governador. A chapa puro-sangue será formada ainda Ronaldo Garcia (vice-governador) e Lailson de Almeida (senador).

# # Folgados 

Desde a semana passada não há sessões de votações no Senado e na Câmara dos Deputados. A perspectiva é que os deputados e senadores só retomem os trabalhos em julho. Até mesmo o calendário light de votações elaborado para junho e julho — que previa 18 sessões deliberativas na Câmara e 15 no Senado — foi abandonado. Mesmo assim, os 513 deputados e 81 senadores receberão seus vencimentos mensais, de R$ 26,7 mil. Nos trinta dias de junho, o esforço concentrado resumiu-se a três dias de sessões no Senado, o que dá uma média de R$ 8,9 mil por dia trabalhado, e outros quatro dias na Câmara, uma média de R$ 6,7 mil por dia.

# # Rosalba vai participar da sucessão estadual e deixará o DEM

Ainda na entrevista concedida ao jornalista Diógenes Dantas, no Jornal da 96 FM, agora a pouco, Rosalba deixou claro que irá participar do processo eleitoral de outubro próximo, mas que só definirá sua posição na hora certa.Sobre a possibilidade de deixar o partido, já que sentiu-se traída pelo DEM, Rosalba disse que cumprirá o seu mandato e depois pensará se ingressará em um novo partido.

“Eu sempre fui fiel ao meu partido, recebi convites para ingressar no PSD, PP,PROS e outros partidos, mas eu não deixei em nenhum momento o senador José Agripino. Me senti traída pelo meu próprio partido que se diz “Democrata”, disse Rosalba

 

O PR Mulher de Apodi reuniu mais de mil mulheres na noite do último domingo (18), para comemorar a Festas das Mães. Em um clima de alegria, o Clube Pankadão no Distrito de Soledade ficou pequeno para tanta gente

 

O evento contou com as presenças do presidente municipal do PR, vereador João Evangelista, dos deputados João Maia e George Soares, dos prefeitos de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado e de Venha Ver, Expedito Salviano, do vereador natalense Adão Eridan e das dirigentes estaduais do PR Mulher, Shirley Targino e Zenaide Maia, além de lideranças comunitárias, empresários e pessoas da comunidade.

 

“Nunca é tarde para homenagearmos esse ser maravilhoso que temos na vida que é a nossa mãe. E proporcionar a alegria de milhares delas aqui em Apodi não tem preço. É um pequeno gesto que fazemos com muito carinho”, disse Evangelista, que antes recepcionou em sua residência a comitiva, reunindo amigos e familiares.

 

12
maio

FIQUE SABENDO…

Postado às 20:16 Hs

 

# # Fifa Fan Fest

Em Natal, o evento deve acontecer na Praia do Forte, onde se espera abrigar 20 mil pessoas.Dentre as atrações já confirmadas e divulgadas pela Fifa para a cidade de Natal, estão as bandas Araketu, Olodum, Marina Elali, Arquivo Vivo, Meirinhos e Forró Meirão, Rastafeeling, Cavaleiros do Forró, Valéria Oliveira, Fadja Lorena, Rodolfo Amaral e Banda, Banda Dusouto, Banda Sangue Bom, Quarteto Linha, Forró da Pegação, Babal e Banda, Isaque Galvão e Banda, Perfume de Gardênia, Banda Alphorria, Frevo do Xico, Nara Costa e Zé Hilton, Carlos Zens, Tropa Trupe, Catita Choro e Gafieira, Oz Balas da Bahia, Mad Dogs, Roda de Bambas, Banda Fukai, Rosa de Pedra, Desafio de Violeiros, Mistura Fina, Joaldo Bresse e Timbaêa, Carcará na Viagem, N-Ghetto, Talma e Gadelha, Camarones Orquestra Guitarrística, Uskaravelho, Far From Alaska

# # Vice de Robinson ?

Além do Partido dos Trabalhadores, a coligação encabeçada pelo vice-governador Robinson Faria (PSD) conseguiu o apoio do PTB, de Aldair da Rocha, e quase PMN, comandado pelo deputado estadual Antonio Jacome, Mas este anunciará o apoio a Henrique Alves (PMDB). As fichas estão agora com o PSDC, presidido pelo advogado Joanilson de Paula Rego, e a carta forte nessa rodada de conversas passa a ser vereadora natalense Eleika Bezerra, provavelmente para ocupar a vaga de vice na chapa do PSD.

# # Mais chuvas…

O boletim pluviométrico da Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte registra boas chuvas entre às 7 horas da última sexta-feira (9), até a manhã de hoje (12). Foram 51 postos de monitoramento com chuvas, em todas as regiões do Estado. No Oeste Potiguar as maiores precipitações ocorreram em Tabuleiro Grande, com 47 milímetros (mm); Pendências (32,7mm); Serra do Mel (25,5mm); Mossoró (20,8mm); Ipanguaçu 11,7mm; e Areia Branca e Carnaubais, com 11mm em cada município. Choveu também em Porto do Mangue, Parau, Alto do Rodrigues e Apodi. No Seridó e Messoregião Central choveu nos municípios de São Bento do Norte (125mm); Lajes (63,6mm); Lagoa Nova (31mm); Pedro Avelino (28,2mm); Acari (Açude Gargalheiras, 22,1 milímetros) e São Vicente (16,2mm). Nas regiões Agreste e Leste, as maiores chuvas foram registradas em Campo Redondo (85,4mm); Barcelona (48mm); Lajes Pintadas (37,7mm); Parazinho (31,7mm); Canguaretama (41,1mm) e Natal (13,0mm), entre outros municípios dessas regiões.

# #  PT e PR podem ficar de fora do rateio do Fundo Partidário

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marco Aurélio Mello, disse nesta segunda-feira, 12, em entrevista à Rádio Estadão, que o PT e o PR podem ser suspensos da participação do rateio do Fundo Partidário.Reportagem publicada nesta segunda pelo Estado revelou que os diretórios nacionais desses partidos contrataram com recursos públicos, provenientes do Fundo Partidário, os mesmos advogados que representam, na esfera privada, condenados no julgamento do mensalão.”A lei prevê punição, inclusive chegando-se a não só ao recolhimento dos valores, como também se for o caso a suspensão na participação desses partidos no rateio do fundo partidário”, disse. “Não há norma que autorize esse gasto. Esse gasto é um gasto esdrúxulo, extravagante”.Para o presidente do TSE, há no caso uma “impropriedade manifesta”, pois recursos de origem pública não podem bancar despesas com honorários de processos criminais, de cunho “pessoal” (Estadão)

nov 13
quarta-feira
12 50
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
28 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5806458 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram