Neste domingo (31), o diretório estadual do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) oficializou a candidatura de Danniel Morais ao governo do Estado, o qual concorre pela primeira vez ao cargo.A convenção ocorreu na Câmara dos Vereadores de Natal, localizada no bairro Tirol.

O vice anunciado é o radialista Ronaldo Tavares, também do PSOL. Para o Senado, o gestor ambiental Freitas Jr foi o escolhido pelo partido para concorrer. Além deles, candidatos a deputado federal e estadual também foram homologados.

 

A Rede Sustentabilidade aprovou, nesse sábado (12.mar.2022), a formação de uma federação partidária com o Psol (Partido Socialismo e Liberdade). A união permitirá que as duas siglas unam seus resultados para eleger mais deputados e para bater a cláusula de desempenho que regula o acesso ao Fundo Partidário.

“73 votos a favor, nenhuma abstenção, ninguém contra”, disse Pedro Ivo, um dos líderes da Rede. Ainda é necessário que o Psol aprove o acordo – a deliberação é esperada para os próximos dias ou semanas. Havendo concordância dos 2 partidos, a federação pode ser registrada junto à Justiça Eleitoral.

A federação Rede-Psol deverá apoiar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao Planalto. O acordo entre os 2 partidos estipula, porém, que o integrante que apoiar outro candidato em vez de Lula não será punido.

As federações partidárias são um dispositivo novo na política brasileira. A permissão para que fossem criadas veio em 2021. Partidos federados juntam seus desempenhos para eleger deputados e manter acesso ao Fundo Partidário. Por outro lado, ficam associados durante 4 anos.

Poder360

Líderes do PT, PSOL e PCdoB anunciaram ontem que seus deputados e senadores não vão participar da cerimônia de posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro, no dia 1.º de janeiro no Congresso. Outros partidos que já declararam oposição ao futuro governo, como PDT e PSB, informaram que alguns líderes também não devem comparecer à solenidade em que o presidente e o vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão, assinam o termo de posse. Em nota, o PT disse reconhecer o resultado da eleição, mas afirmou que a disputa foi marcada pela falta de lisura por ter sido, segundo o partido, “descaracterizada pelo golpe do impeachment, pela proibição ilegal da candidatura do ex-presidente Lula e pela manipulação criminosa das redes sociais para difundir mentiras contra o candidato Fernando Haddad”, derrotado no segundo turno.
14
abr

@ @ É NOTÍCIA … @ @

Postado às 12:49 Hs

  • Nelson Padovani, deputado pelo PSDB do Paraná, disse a O Antagonista que a penitenciária federal de Catanduvas é “o lugar ideal para o Lula”.“Lá é uma cidade pequena e poderá acomodar muito bem esses visitantes que não têm o que fazer. Levem logo o Lula para um lugar onde ficam bandidos de alta periculosidade.” O parlamentar acrescentou: “Curitiba não é lugar para circo. O circo pode ir para o interior.”
  • Presentes na lista dos 23 senadores investigados na Lava Jato, José Agripino (DEM) e Garibaldi Filho (MDB) precisam ser reeleitos para manterem a prerrogativa do foro privilegiado e não terem seus processos enviados à primeira instância.
  • No campo nacional, Rodrigo Maia só será candidato ao Planalto se crescer. Caso contrário, o DEM indicará um nome para a vice de um aliado –Geraldo Alckmin (PSDB) torce pelo segundo cenário. Nos dois casos, o acordo com o PP prevê que os progressistas vão liderar o bloco para tentar eleger o novo presidente da Câmara. Nesse cenário, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) seria o favorito. A ideia de filiar e lançar o ex-ministro Aldo Rebelo à Presidência pelo SD foi gestada na residência do atual presidente da Câmara. Maia avaliou que era preciso levar Aldo para o seu campo, tirando-o do PSB.
  • Lula deve passar seis anos em regime fechado.É a conta de criminalistas ouvidos pela Folha de S. Paulo. “Sergio Moro vai julgar o ex-presidente no caso do sítio de Atibaia e no do terreno do Instituto Lula, nos quais é acusado pelos mesmos crimes do caso do tríplex: corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Se as penas forem parecidas à primeira, de 12 anos e 1 mês, o petista somará cerca de 36 anos de prisão. E terá que cumprir um sexto dela em regime fechado”.
  • A Executiva Nacional do PSOL se posicionou contra a filiação do advogado potiguar Fábio Hollanda ao partido. Fábio deixou o Avante e, a partir de articulação do vereador de Natal, Sandro Pimentel (PSOL), e do presidente do partido no RN, Danniel Morais, se filiaria ao PSOL.Dirigentes e militantes da partido entraram com recurso coletivo contrário à filiação junto à direção nacional justificando que a filiação seria ‘incoerente’ já que Fábio Hollanda já foi filiado ao PSDB, foi secretário de um governo do DEM, foi presidente do PTdoB (atual Avante)… Até o fato de Fábio Hollanda ter advogado para o ex-governador Fernando Freire, que um dia foi do PFL, e está preso, contou na hora da decisão. A filiação foi barrada com 12 votos favoráveis ao recurso, dois votos contrários e uma abstenção.
  • A senadora Fátima Bezerra (PT) tem mostrado desequilíbrio ao defender desesperadamente o ex-presidente Lula (PT), preso após ser condenado em segunda instância por corrupção. Se concentrasse sua energia na pré-candidatura ao governo, poderia estar muito à frente dos adversários. Aguardemos…
  • A festa continua. Como diz a Folha de São Paulo, José Dirceu “pode ser preso até o fim da próxima semana. Os embargos apresentados por ele no TRF-4 serão julgados na quinta-feira. Se negados, a detenção pode ser imediata”.

O PSOL oficializou neste sábado a pré-candidatura do líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) Guilherme Boulos, recém-filiado ao partido, à Presidência da República durante conferência eleitoral da legenda realizada em São Paulo, informou a sigla.

O partido também lançou a líder indígena Sônia Guajajara como pré-candidata a vice na chapa encabeçada por Boulos, que tem 35 anos e se filiou ao PSOL na última segunda-feira.

Boulos foi escolhido com 87 votos durante a conferência do partido, enquanto o economista Plínio Sampaio Jr. ficou com 27 e o líder do movimento negro Hamilton Assis recebeu sete votos.

“Nós queremos disputar o projeto de país. Não teremos uma candidatura apenas para demarcar espaço dentro da esquerda brasileira. Vamos apresentar uma alternativa real de projeto para o Brasil”, disse Boulos após ser escolhido pré-candidato do PSOL ao Palácio do Planalto, de acordo com o site do partido.

 Reuters

27
fev

Encontro

Postado às 19:49 Hs

FRENTE DE ESQUERDA: Sociedade civil ampliará discussão em encontro

Um movimento político articulado e organizado por vários segmentos da sociedade civil como bancários, médicos, advogados e jornalistas realizarão um encontro para discutir o momento político brasileiro e suas consequências e repercussões políticas na cidade e no país no próximo sábado, dia 28/02.

Professores, intelectuais e integrantes dos partidos do PSOL, PCdoB, PT, PSTU além de outros, se juntarão ao grupo que visa fortalecer o movimento na busca da abertura de discussões mais amplas como a reforme c, a regulamentação da mídia e outros temas.

O encontro acontecerá as 09 h no auditório do sindicato dos empregados no comércio de Mossoró.

18
jun

Saiba Também…

Postado às 17:20 Hs

# # Convenção do PR 

O Partido da República fará sua convenção no próximo dia 27 de junho, para homologar a candidatura do presidente estadual da legenda, deputado federal João Maia, a vice-governador na chapa de Henrique Alves (PMDB). A convenção será cartorial, na sede do PR, no Hotel Maine. Em seguida, João Maia e demais correligionários seguem para o Ginásio Nélio Dias, na Zona Norte, para a convenção do PMDB, desta vez para homologar a candidatura de Henrique Alves ao governo do estado.

# # Antônio Maria na festa de São João 

O Bairro Doze Anos em festa…É a Festa de São João Batista segue animada e com excelente participação de fiéis. E no sábado, 21, o largo da matriz recebe o grandioso show do padre Antônio Maria. A festa será encerrada dia 24, com a procissão logo após a missa das 19h. É esperar e conferir!

# # PSOL 

O PSOL estadual realiza hoje (18), às 18h30, na Assembleia Legislativa, sua convenção estadual para oficializar Robério Paulino como candidato a governador. A chapa puro-sangue será formada ainda Ronaldo Garcia (vice-governador) e Lailson de Almeida (senador).

# # Folgados 

Desde a semana passada não há sessões de votações no Senado e na Câmara dos Deputados. A perspectiva é que os deputados e senadores só retomem os trabalhos em julho. Até mesmo o calendário light de votações elaborado para junho e julho — que previa 18 sessões deliberativas na Câmara e 15 no Senado — foi abandonado. Mesmo assim, os 513 deputados e 81 senadores receberão seus vencimentos mensais, de R$ 26,7 mil. Nos trinta dias de junho, o esforço concentrado resumiu-se a três dias de sessões no Senado, o que dá uma média de R$ 8,9 mil por dia trabalhado, e outros quatro dias na Câmara, uma média de R$ 6,7 mil por dia.

# # Rosalba vai participar da sucessão estadual e deixará o DEM

Ainda na entrevista concedida ao jornalista Diógenes Dantas, no Jornal da 96 FM, agora a pouco, Rosalba deixou claro que irá participar do processo eleitoral de outubro próximo, mas que só definirá sua posição na hora certa.Sobre a possibilidade de deixar o partido, já que sentiu-se traída pelo DEM, Rosalba disse que cumprirá o seu mandato e depois pensará se ingressará em um novo partido.

“Eu sempre fui fiel ao meu partido, recebi convites para ingressar no PSD, PP,PROS e outros partidos, mas eu não deixei em nenhum momento o senador José Agripino. Me senti traída pelo meu próprio partido que se diz “Democrata”, disse Rosalba

23
jan

* * * Quentinhas… * * *

Postado às 22:11 Hs

* * * O deputado Hermano Morais, do PMDB, avalia que a governadora Rosalba Ciarlini, do DEM, precisa melhorar muito o seu desempenho para poder se credenciar na disputa pelo Governo do Estado nas eleições de 2014. Ele entende ainda, que na atual situação de dificuldades em que se encontra a administração estadual, e caso a governadora não se recupere administrativa e politicamente em tempo hábil, será muito difícil a sua reeleição. “Rosalba está legitimada, mas precisa melhorar o governo para ter condições de ser candidata à reeleição”, ressaltou o parlamentar peemedebista, que foi candidato a prefeito de Natal nas últimas eleições. Sobre um possível rompimento político do seu partido com o governo Rosalba Ciarlini, o deputado Hermano Morais entende que primeiramente é necessário uma discussão prévia com relação a esse assunto. Para isso, ele, diz que o PMDB deverá se reunir em março. “Vamos nos reunir para uma avaliação política e definição de um projeto para 2014. Temos que saber quais são os anseios dos nossos filiados e dos líderes partidários, também”, observa o deputado, acrescentando que naturalmente o assunto sucessão estadual, particularmente a aliança com a governadora será discutido. Mas, reforça o deputado: “O PMDB tem que primeiramente definir o que quer. O seu projeto, inclusive a possibilidade de apresentar candidato ao Governo do Estado em 2014”.* * * Jornal de Hoje

* * * O PSOL busca um candidato à presidência da Câmara para enfrentar o favorito Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) na eleição de 4 de fevereiro, de acordo com a Agência Estado. A plataforma de campanha já tem as linhas gerais: democratização da participação parlamentar no plenário e nas comissões; fim do voto secreto; independência em relação ao Executivo e ao poder econômico; fim do 14º e do 15º salários; transparência absoluta nos gastos, entre outros compromissos. O escolhido deverá ser Chico Alencar (PSOL-RJ), mas, segundo o presidente do partido, Ivan Valente, nomes de outros partidos ainda estão em discussão. O deputado do Rio está encarregado da minuta da plataforma, que será encaminhada a um grupo de 40 deputados, entre os quais Reguffe (PDT-DF), Paulo Rubem Santiago (PDT-PE), Luiza Erundina (PSB-SP) e Domingos Dutra (PT-MA). As propostas também serão enviadas aos dois concorrentes de Henrique Alves, a também peemedebista Rose de Freitas (ES) e Júlio Delgado (PSB-MG). * * * Magno Martins

* * * A Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Ambiental, está empenhada em um projeto que pode trazer diversos benefícios ao trabalhador mossoroense: a municipalização do Sistema Nacional de Emprego (SINE). A ação da prefeitura é baseada na resolução 560 do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (CODEFAT), que autoriza a municipalização do sistema como instrumento federal de integração e operacionalização das funções e ações do sistema público de emprego, trabalho e renda, em capitais ou municípios com mais de 200 mil habitantes.A secretária Izabel Montenegro, responsável pela pasta, disse que a solicitação será encaminhada ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Para isso, ela está concluindo a nota técnica, na qual constará a situação em que se encontra o desenvolvimento econômico da cidade. “Esta Resolução destina-se às prefeituras de municípios com mais de 200 mil habitantes. Algumas cidades brasileiras já conseguiram e estão tendo ótimos resultados”, disse. Izabel Montenegro, inclusive está visitando cidades onde o serviço está funcionando.

Segundo a secretária, a municipalização do SINE é um passo importante no sentido de otimizar os serviços voltados para a população. Entre os benefícios, a entrada direta de recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), os quais deverão ser aplicados para desenvolver as atividades de serviço de habilitação ao seguro desemprego, intermediação de mão de obra, qualificação profissional, entre outras atividades.* * *

A fundadora do PSOL vai deixar o próprio partido no primeiro semestre de 2013. A ex-senadora Heloísa Helena só espera Marina Silva dar o sinal verde para a criação de uma legenda. ‘Pretendo generosamente ajudá-la’. O seu partido cresceu tanto a ponto de Heloísa perder as rédeas, diante das correntes diversas nas hostes. ‘As centelhas que o PSOL criou foram grandes’, desabafa, e complementa com uma ironia sem medo de tiro no pé: ‘Todo partido tem malandros’, insinuando nisso a sua sigla.

Heloísa lembra que o PSOL é totalmente diferente do que criou e justifica a iminente saída: ‘Não tenho relação mística com os partidos, perdi isso com o PT’.

Heloísa perdeu a vontade com o PSOL desde quando saiu da Executiva Nacional. ‘Eles me obrigaram a defender o aborto, e vi que não era mais o partido que fundei’. Ela é das poucas políticas de renome nacional, hoje, a valorizar as diretrizes que representa: ‘Eu me organizo em torno de ideias’.

25
jun

FIQUE SABENDO…

Postado às 22:00 Hs

# # PMN com Cláudia Regina

O Partido da Mobilização Nacional (PMN) deve confirmar na sexta-feira, data de sua convenção, seu ingresso na aliança que vai apoiar a chapa Cláudia Regina (DEM)/Wellington Filho (PMDB) na disputa pela Prefeitura de Mossoró. Os nomes dos dois serão homologados esta semana, na convenção que o DEM realiza no próximo dia 30. O secretário da comissão provisória do PMN em Mossoró, Rocha Neto, declarou que o partido irá confirmar a aliança majoritária com o DEM e o PMDB na convenção, que acontece na sexta-feira. “Existe uma orientação dada pelo presidente estadual do partido, deputado Antônio Jácome, e nós vamos seguir esta orientação, reforçando o palanque de Cláudia e Wellington”, disse.

# # PHS com Carlos Eduardo

O candidato do PDT à Prefeitura de Natal, Carlos Eduardo, conta com mais um partido no bloco que apóia a sua eleição: o PHS. O anúncio foi feito pelos dirigentes do partido na manhã desta segunda-feira (25). Com a integração do PHS, a coligação de Carlos Eduardo passa a contar com nove partidos e é a maior formada até agora para disputar a eleição na capital. O PHS, que passa a apoiar a candidatura de Carlos Eduardo na eleição majoritária, não fará coligação no pleito para a Câmara Municipal de Natal. Ao receber os aliados na sede estadual do PDT, Carlos Eduardo aproveitou para convidar o partido a fazer sugestões para o seu Plano de Governo, que será apresentado à sociedade no início de julho. A aliança com o candidato do PDT será homologada pelo PHS na sua convenção, marcada para a tarde da próxima sexta-feira (29), na Câmara Municipal de Natal.

# # O PR a caminho dos Democratas na Proporcional

O PR pode se aliar ao DEM para disputar a eleição proporcional (Câmara Municipal) nas eleições de 7 de outubro, em Mossoró. Pelo menos, esse é o desejo do vereador republicano Genivan Vale.  Genivan Vale confirmou conversas com o DEM, partido que terá o apoio do PR na disputa à Prefeitura de Mossoró. “Estamos conversando, e vendo se a aliança é possível”, reforçou Genivan Vale. Tradicionalmente, o Democratas – desde a época de PFL-, disputa o pleito à Câmara Municipal sozinho, isto é, sem coligar-se a outros partidos. A aliança com o PR seria inédita para a legenda.

# # Esquerda Potiguar

A Frente de Esquerda, entre PSOL e PSTU, para as eleições 2012, será lançada nesta segunda-feira em Natal. Na oportunidade os partidos oficializarão a pré-candidatura a prefeito do professor Robério Paulino, do PSOL e a pré-candidatura a vereadora da professora Amanda Gurgel, além da do servidor da UFRN Sandro Pimentel. As convenções dos dois partidos vão acontecer ao mesmo tempo, às 17 horas, na Assembleia Legislativa. Logo depois, às 19 horas, haverá um ato político de lançamento da Frente de Esquerda.

18
set

Lula é vaiado…

Postado às 10:41 Hs

Por Reinaldo Azevedo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva saiu ontem em defesa do seu pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, ministro Fernando Haddad (Educação), que foi vaiado em cerimônia no ABC paulista. É a segunda vez nesta semana que Haddad é hostilizado em evento público. Na quarta-feira, ele foi recebido com vaias em um evento na USP.

Lula, que também foi alvo ontem das vaias de cerca de 20 estudantes ligados ao PSOL e ao PSTU, participou ao lado de Haddad de comemoração dos cinco anos da Universidade Federal do ABC, em Santo André.

O ex-presidente chegou a perder a paciência com os estudantes. “Gritar é bom, mas ter responsabilidade é muito melhor”, afirmou Lula, em cima de um palco em uma tenda no câmpus, onde havia para uma plateia de cerca de 500 pessoas.

Leia na integra

06
set

Acusado de crime…

Postado às 21:44 Hs

Deu na Agência Brasil

O PSOL entrou com representação na Procuradoria-Geral da República contra o ministro do Turismo, Pedro Novais, por crime de responsabilidade. O partido alega que o ministro se recusa a prestar informações à Câmara sobre os convênios do ministério.

O requerimento de informações que pede esclarecimentos sobre 18 convênios e quatro propostas de convênios foi protocolado no dia 30 de junho e chegou ao ministério no dia 15 de julho. As explicações teriam que ser apresentadas em 30 dias. Entretanto, três dias após vencer o prazo, o ministério encaminhou apenas um ofício, sem esclarecer as dúvidas levantadas pelo PSOL.

Segundo o partido, o ministro alegou que os processos físicos seriam “em número superior a 100” e que não enviá-los à Câmara não feria a Constituição. Novais também argumentou que cópias dos documentos já estão com a Controladoria-Geral da União, órgão de controle interno do Poder Executivo, e, por isso, não haveria a necessidade de enviar mais cópias para a Câmara.

O líder do PSOL, deputado Chico Alencar (RJ), pediu em plenário que a Câmara tome as providências cabíveis contra o ministro. O prazo de 30 dias para responder pedidos de informação enviados pela Câmara ou pelo Senado é dado pela Constituição, que considera o descumprimento crime de responsabilidade.

O ministro Pedro Novais é acusado de envolvimento em esquema de corrupção e fraude em contratos do Ministério do Turismo. Operação da Polícia Federal, no mês passado, confiscou computadores e prendeu mais de 30 pessoas ligadas ao ministério, entre funcionários públicos, lobistas e empresários.

01
set

No hospital…

Postado às 14:20 Hs

A ex-senadora e atual vereadora de Maceió Heloísa Helena está internada desde a noite de terça-feira (30) no Hospital Geral do Estado de Alagoas por conta de uma queda brusca de pressão, segundo sua assessoria de imprensa.

Segundo boletim médico divulgado na manhã desta quinta-feira (1º), a ex-senadora permanece estável e aguarda a avaliação da equipe de neurologia do hospital. Ela foi submetida a novos exames de sangue e de tomografia computadorizada.

Ainda de acordo com o boletim, a equipe médica do hospital transferiu a paciente para a Unidade de Dor Torácica (UDT), que cuida de pacientes com problemas no coração.

A assessoria de Heloísa Helena disse que ela não tem convênio médico por “convicção” e que a ex-senadora “está bem”, medicada e já fez diversos exames que não constararam problemas. A vereadora e ex-senadora tem problemas de hipertensão.

A Secretaria de Saúde diz que ainda nesta quinta Heloísa Helena ficou em observação porque ainda está com tontura. Não há previsão de alta médica.

26
Maio

Será uma nova Heloisa Helena ???

Postado às 18:37 Hs

A professora Amanda Gurgel lembrou os áureos tempos de Heloísa Helena. Ou até mesmo de muitos outros nomes que hoje fazem parte do governo mas que rendiam muito mais ao país em suas épocas de oposição. Via-se com mais frequência esse tipo de postura.
Aí, vejo o grande erro de Heloísa Helena em querer mudar de poder, sair do legislativo para o executivo. Deixar de ser senadora para ser presidente. Alguns nomes nasceram para usar uma tribuna e falar verdades, e não para administrar.
Ter perdido Marina Silva do senado também foi prejudicial ao país. Ivan Valente na Câmara. Pois outros nomes como Jefferson Peres, que morreu, já não trazem a discussão ética para a população.
É dito muito que os sindicatos hoje estão cooptados pelo governo, que está cheio de representantes sindicais em postos chaves. Por isso, não se vêem mais os discursos inflamados de outrora.
A Amanda, que é do PSTU, disse que gostaria de comandar o sindicato dos professores do Rio Grande do Norte. Potencial para isso já mostrou.
O adesismo está impressionante. Em Pernambuco a oposição esvaziou. Em nível nacional, a coisa é parecida. E quando aparecem nomes como o de Amanda, é levado para disputas eleitorais, que uma vez perdidas, corre-se o risco do ostracismo.
Vamos torcer para que o exemplo da professora se espalhe pelo país, e os insatisfeitos tenham tribuna para bradar os problemas de suas classes. Mas sinceramente acho, que se a professora continuar decididamente a defender a classe, seu caminho natural será Brasília, com endereço no Congresso Nacional.

Tá no G1

Defensor das causas homossexuais na Câmara, o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) relatou à Comissão de Direitos Humanos ter sofrido ameaças de morte.

O relato foi feito na reunião da comissão desta quarta-feira (23). A presidente da comissão, Manuela D’Ávila (PCdoB-RS), apresentou uma moção de repúdio às ameaças sofridas pelo deputado.

“Desde que eu assumi o mandato, eu tenho sofrido com esse movimento de intimidação, mas eles [agressores] não vão conseguir me intimidar. Eu não quero fazer generalizações, mas eu sei que são fanáticos religiosos que estão fazendo isto”, disse o deputado.

Segundo Jean Wyllys, as ameaças vieram por quatro mensagens postadas na sexta-feira (18)na página do deputado no Twitter. Ele afirma que não conseguiu identificar os agressores, pois as páginas foram bloqueadas.

O deputado disse acreditar que as ameaças estejam partindo de pessoas que são contra suas propostas, especialmente a de uma emenda à Constituição (PEC) que prevê o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo.

“Casamento civil é um direito de todos, e eu vou lutar por esse direito”, afirmou o deputado.

O deputado afirmou que já está reunindo provas para registrar na polícia as ameaças. “Eu vou procurar a Justiça e buscar meus direitos. Eu não estou amedrontado, mas vou tomar todas as medidas que me são de direito”, afirmou.

Além da defesa do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, Jean Wyllys articula a criação da Frente Parlamentar Mista pela Cidadania GLBT [Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgênero], que tem lançamento previsto para a próxima terça-feira (29).

Derrotado no primeiro turno nas eleições presidenciais, Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) anulou seu voto na manhã deste domingo. Plínio votou no Colégio Santa Cruz, mesmo local onde José Serra (PSDB) ainda hoje

O socialista, que teve menos de 1 milhão de votos no primeiro turno, digitou 50, o número do PSOL, na urna.
O neto do candidato, Antonio José, 5, queria que o avô votasse em Serra. “Sou contra o regime, não sou contra nenhum dos candidatos aí”, disse Plínio.
Segundo ele, independentemente do vitorioso nas urnas neste domingo, o próximo governo será um “desastre”. “Tem diferenças entre os dois, mas as diferenças não são benéficas para o povo.  Ele foi categórico os dois são ruins”, afirmou.
Segundo Plínio, Serra “reprime mais” e Dilma “representa um sistema que coopta”.

20
out

Heloisa Helena em evidência

Postado às 14:01 Hs

Ela  anunciou  o que muito já mais pensaria em fazer,Heloísa Helena pediu hoje afastamento da presidência do PSOL. A vereadora não participou da campanha de Plínio de Arruda Sampaio, candidato do PSOL à presidência derrotado no primeiro turno. Na época da campanha, Heloísa fez elogios à então candidata Marina Silva, do PV.

Leia a íntegra da nota de Heloísa Helena:

“1. Agradeço a solidariedade de muitos diante da minha derrota ao Senado (escrevo na primeira pessoa pois sei, como em outras guerras ao longo da história já foi dito “A vitória tem muitos pais e mães, a derrota é orfã!”).
Registro que enfrentei o mais sórdido conluio entre os que vivem nos esgotos do Palácio do Planalto –ostentando vulgarmente riquezas roubadas e poder– e a podridão criminosa da política alagoana. Sobre esse doloroso processo só me resta ostentar orgulhosamente as cicatrizes, os belos sinais sagrados dos que estiveram no campo de batalha sem conluio, sem covardia, sem rendição!
2. Comunico à Direção Nacional e Militância do PSOL a minha decisão de formalizar o que de fato já é uma realidade há meses, diante das alterações estatutárias promovidas pela maioria do DN me afastando das atribuições da Presidência. Como é de conhecimento de todas(os) fui eleita no 2º Congresso Nacional por uma Chapa Minoritária, composta majoritariamente pelo MES e Poder Popular (MTL), em um momento da vida partidária extremamente tumultuado que mais parecia a velha e cruel opção metodológica das lutas internas pelo aparato diante dos escombros de miserabilidade e indigência da nossa Classe Trabalhadora. Daí em diante o aprofundamento da desprezível carnificina política foi ora transparente ora dissimulado mas absolutamente claro!
Assim sendo, em respeito à nossa Militância e aos muitos Dirigentes que tanto admiro e por total falta de identidade com as posições assumidas nos últimos meses pela maioria das Instâncias Nacionais (culminando com o apoio à Candidatura de Dilma!) tenho clareza que melhor será para a organização e estruturação do Partido o meu afastamento e a minha permanência como Militante Fundadora do PSOL, sempre à disposição das nobres tarefas de organização das lutas do nosso querido povo brasileiro! Avante Camaradas!”

21
set

Pense numa pessoa inteligente…

Postado às 14:13 Hs

Na campanha política de 1989, quando Collor derrotou Lula, Ulisses Guimarães, do PMDB, teve uma votação insignificante para sua importância política. Do pleito ainda participaram Mário Covas e Leonel Brizola, o primeiro um tucano que deixou saudades e o segundo um defensor das causas populares. Já no fim da caminhada, as pesquisas apontando a vitória do aventureiro de Alagoas, os peemedebistas começaram a cantar no programa do rádio e televisão: “Bote fé no velhinho, o velhinho é demais…”. Pobre Ulisses. Foi humilhado nas urnas.
Na eleição deste ano, temos outra vez um velhinho que é demais. O Plínio de Arruda Sampaio. Nesta segunda, no debate promovido pelo SBT Nordeste, foi considerado outra vez o melhor. Um dos bons momentos do confronto foi quando Serra tentou desqualificar o candidato do PSOL, lembrando sua passagem pela direita, na juventude, e o socialista respondeu na bucha: “Eu fiz o caminho da direita pra esquerda e você fez o contrário. Parece que não te ensinei direito, quando te elegi presidente da UNE, pois você virou isso”. Dilma não estava presente, brilhou a estrela do ex-petista. Superou Serra, mostrou as contradições de Marina, parecia um jovem começando na vida pública. Ganhou mais um debate. Independente dos votos que terá, Plínio não será um novo Ulisses, traído pelo seu partido e tratado com ingratidão pelo povo. O socialista sairá desta campanha maior do que entrou.Não voto nele mais pense num cabra inteligente e valente.

ago 20
sábado
02 09
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
46 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.912.808 VISITAS