Terminada a apuração dos votos na convenção do DEM, hoje (15), a tese do presidente da legenda, José Agripino, venceu por 121 votos a 63 a governadora Rosalba Ciarlini, que desejava lançar seu nome para reeleição. Assim sendo, o DEM lançará candidatos apenas na chapa proporcional e poderá se coligar com o PMDB e demais aliados que defendem a pré-candidatura do presidente da Câmara, Henrique Alves. A comissão de votação ainda registrou 48 abstenções, nove votos nulos e dois brancos.

Mas, a governadora Rosalba Ciarlini, que teve mais de um terço dos votos, também sabe que não será aceita no palanque de Henrique. E qual o destino do grupo de Rosalba? Vai apoiar o seu ex-companheiro de chapa Robinson Faria (PSD). Em relação ao Senado, seguidores da governadora preferem Fátima Bezerra (PT) ao invés de votarem em Vilma de Faria (PSB).

Aguardem os próximos capítulos, pois essa novela está só começando…até outubro teremos muito burburinho, aguardemos !

15
jun

Convenção Democrata

Postado às 12:43 Hs

Hoje, 15 de junho, será o “tudo ou nada” para a governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, já que hoje acontece a convenção estadual dos Democratas, a partir de 9 h até as 14 h, em Natal.

O partido chega para convenção ainda vivendo uma crise interna, gerada pelo posicionamento dos seus dois principais líderes políticos – o senador José Agripino Maia e a governadora Rosalba Ciarlini. Rosalba quer o projeto de reeleição, mas “Jajá” prefere orientar para a aliança proporcional na chapa do PMDB.

O pedido da governadora Rosalba Ciarlini, para ter seu projeto de reeleição aprovado pelos membros do diretório, foi lido agora pouco na convenção do DEM.

O advogado do diretório nacional do partido, Fabrício Medeiros, emitiu parecer contrário ao pedido alegando que o ponto inicial do parecer é a falta de nomes para uma chapa completa para concorrer ao pleito que a primeiro momento não foi apresentada pela chefe do executivo estadual.

 

Pelo semblante do senador José Agripino ele não está gostando nada da história da governadora Rosalba Ciarlini querer investir no seu projeto de reeleição.

Agripino disse que se a chapa de Rosalba ganhar não haverá direito a ter candidato a federal e estadual nenhum. O momento de compor o restante da chapa passou”, disse o presidente nacional e estadual do partido.

Rosalba rebateu o discurso de Agripino dizendo que entrou na luta sempre para somar e aproveitou para lembrar das dificuldades encontradas na gestão e enalteceu sua administração. Ela defendeu ainda que começou o Governo sem saber o que teria no outro passo, culpando os “buracos” deixados pela administração passada.

O clima esquentou mais uma vez na sede do DEM, já que foi anunciado que três partidos manifestam apoio a candidatura de Rosalba Ciarlini -PEN, PP e PRP.

Fonte: Wllana Dantas

11
jun

Convenção Democrata

Postado às 15:30 Hs

O Diretório do Democratas no Rio Grande do Norte realizará sua convenção no próximo domingo (15) das 9h às 13h. A reunião partidária irá deliberar sobre a homologação da proposta de coligação aprovada pelo Diretório do DEM/RN no último dia 02 de junho. Serão definidos a escolha de candidatos às eleições majoritárias e proporcionais de 2014, sorteio dos números dos candidatos e outros assuntos de interesse partidário.

De acordo com os termos do Estatuto do Partido, ficam convocados os membros do Diretório Estadual ou seus suplentes, os representantes do partido no Senado Federal, na Câmara dos Deputados, na Assembleia Legislativa e os delegados ou seus suplentes.

De um lado  o senador José Agripino Maia convocou os membros do Diretório Estadual ou seus suplentes, os representantes do partido no Senado Federal, na Câmara dos Deputados, na Assembleia Legislativa e os delegados ou seus suplentes  fecharam apoio a coligação proporcional com o PMDB/PSB/PR/PROS e outras siglas para deputado federal. Do outro lado  a turma da governadora Rosalba Ciarlini passa a aceitar a aliança proporcional com outros partidos, mas defendem candidatura própria com Rosalba (Governo). Especula-se Ney Lopes para vice e Leonardo Rego para o Senado.

Vamos aguardar novas movimentações…o burburinho tá grande !

02
jun

Democratas descarta candidatura própria

Postado às 15:53 Hs

Segundo informações colhidas, o Diretório Estadual do Democratas no Rio Grande do Norte decidiu nesta segunda-feira (2) não lançar candidatura própria ao governo do Estado e, portanto, formar aliança na chapa proporcional para as eleições de outubro. A votação teve o seguinte resultado: dos 59 votantes, 45 optaram para que o Democratas faça coligação na chapa proporcional, 10 votaram favorável para que a legenda forme uma chapa majoritária, houveram 2 abstenções, 1 voto em branco e 1 voto nulo.

A governadora Rosalba Ciarlini no uso da palavra, fez um balanço da sua administração e expôs o desejo de ser candidata à reeleição. Em seguida, a chefe do executivo se absteve de votar e deixou a reunião na companhia de seus assessores alegando que o encontro do diretório não deveria definir os rumos do partido. De acordo com o presidente da sigla, o Diretório é o órgão máximo consultivo do partido, formado por “personalidades emblemáticas que traduzem legitimamente a expressão política e a história do Democratas” (ex-PFL). “Meu papel era ouvir o partido, o que fiz aqui hoje. É minha obrigação defender que ele (o partido) sobreviva”, declarou.

 

Para Agripino, o resultado da votação demonstra claramente o desejo do partido de priorizar o crescimento da legenda, principalmente na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados. “Para a maioria dos membros do Diretório, uma candidatura própria, neste momento, isolaria o partido e dificultaria a eleição de postulantes aos cargos de deputado estadual e federal”, ressaltou o líder do DEM. A convenção estadual do Democratas já está marcada para o próximo 15 de junho e será realizada na sede do partido na av. Amintas Barros 4448, no bairro de Morro Branco, em Natal.Sem candidatura a cargo majoritário, o DEM vai realizar uma convenção cartorial só para lançar a reeleição do deputado federal Felipe Maia e dos deputados estaduais: Getúlio Rego, José Adécio e Leonardo Nogueira. O seridoense Carlson Gomes, filho do ex-prefeito de Currais Novos, Geraldo Gomes também concorrerá.

25
Maio

Racha democrata…

Postado às 10:56 Hs

Presidente nacional do DEM vai priorizar a chapa proporcional para reeleger, de maneira mais fácil, os deputados estaduais e federal A governadora Rosalba Ciarlini não terá o apoio do Democratas caso queira ser candidata à reeleição. Isso porque o senador José Agripino, presidente nacional do partido, decidiu que o DEM estará com Henrique Eduardo Alves (PMDB) na disputa pelo Governo do Estado, como forma de priorizar a candidatura dos deputados estaduais (José Adécio, Leonardo Nogueira e Getúlio Rêgo) e do federal (Felipe Maia) nas eleições gerais de outubro próximo. A confirmação dessa decisão de Agripino teria sido dada a Henrique na noite desta quinta-feira (22), quando o senador esteve em evento na cidade de João Câmara ao lado da chapa encabeçada pelo peemedebista – e que conta também com Wilma de Faria (PSB) para o Senado e João Maia (PR) para vice. Faltaria, para o anúncio oficial, que só deverá acontecer na manhã do dia 2 de junho, quando a sigla vai se reunir e apontar quais são seus rumos para 2014.

 

 

Daqui os nossos votos, de paz e saúde.

O aniversariante de hoje, 23 de maio, é o senador e presidente nacional do DEM, José Agripino Maia. Nascido em Mossoró, filho do ex-governador Tarcísio Maia e Tereza ,o engenheiro civil de formação governou o Rio Grande do Norte  em duas oportunidades (1983/86 e 1991/94) e, desde 1995, ocupa uma cadeira no Senado.

Parabéns !!!

16
Maio

@ @ É NOTÍCIA … @ @

Postado às 9:21 Hs

  • As taxas de juros voltaram a subir em abril, segundo a pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade. Os juros médios cobrados da pessoa física, medidos a partir dos valores cobrados em seis linhas de crédito, aumentaram 0,1 ponto percentual em abril, na comparação com março, ficando em 5,96% ao mês. Nos primeiros quatro meses do ano, a média dos juros para pessoa física subiu 2,26 pontos percentuais. O maior reajuste foi na taxa do cartão de crédito, que subiu 0,44 ponto percentual no último mês, chegando a 10,52% ao mês e 232,12% ao ano. O empréstimo pessoal teve aumento de 0,06 ponto percentual em abril, na comparação com março, e ficou com taxa de 3,4% ao mês – 49,36% ao ano.
  • O Parque de Exposições Monsenhor Walfredo Gurgel, em Caicó, recebe neste final de semana a 41ª Exposição Agropecuária do Seridó, uma das mais tradicionais do estado. O evento, que terá início nesta sexta-feira (16) e encerramento no domingo (18), é uma realização do Governo do Estado por meio da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (SAPE), da Ancoc, Anorc e Prefeitura de Caicó. O evento com início às 19h30 com a presença da governadora do estado, Rosalba Ciarlini, e terá como inovação, pela primeira vez em cidades do interior do RN, a exposição regional de caprinos da raça Boer. Todos os órgãos vinculados a SAPE participarão da Exposição. A Emater realizará, assim como em anos anteriores, oficinas e mostras de produtos adquiridos pelo Programa Compra Direta. A Emparn participará do Leilão Seridó Terra do Leite, que acontece no sábado (19 ) a partir das 18h. Em conjunto com criadores convidados, a empresa disponibilizará cerca de 40 lotes de animais de alta genética, entre tourinhos e matrizes das raças Gir, Guzerá, Pardo Suíça, Sindi e mestiços.
  • O presidente nacional do Democratas, senador José Agripino (RN), participa nesta sexta-feira (16) em São Paulo de grande encontro com prefeitos, vereadores e lideranças regionais da legenda. O evento reunirá representantes de todos os diretórios municipais do DEM paulista para debater uma agenda política visando às eleições de outubro. Também serão debatidos no encontro a elaboração de um calendário de ações interestaduais para a divulgação das principais bandeiras ideológicas do partido como a redução da carga tributária, a ampliação de investimentos na indústria nacional e uma máquina pública federal “mais enxuta” com a redução do número de ministérios. Agripino acredita que nesse momento é importante mostrar à sociedade brasileira o que a legenda considera prioridade em uma agenda positiva para o país. “Em ano de eleição presidencial, é fundamental que a sociedade saiba com clareza o que o nosso partido julga prioridade para o crescimento do país”, ressaltou o líder democrata.
  • O presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), ministro Augusto Nardes, disse nesta quinta-feira (15) que o Brasil vai passar “vergonha” na Copa do Mundo por causa da série de obras inacabadas. Nardes afirmou que “boa parte das cidades” da Copa não vão conseguir receber bem os torcedores. Em seu discurso, o ministro chegou a declarar que Cuiabá “parece uma praça de guerra” em virtude da série de obras inconclusas na capital do Mato Grosso às vésperas da abertura do Mundial. “Claro que temos ainda algumas situações de constrangimento e atrasos… estamos vigilantes para que não passemos [nos Jogos Olímpicos de 2016] uma vergonha como infelizmente vamos passar na Copa do Mundo em algumas cidades que não estão preparadas para receber os cidadãos“, afirmou o ministro, ao participar do lançamento do portal “Fiscaliza Rio 2016″. O site reunirá dados coletados pelos três tribunais de contas: município, Estado e União. A iniciativa é dar mais transparência sobre os gastos dos recursos públicos com os Jogos Olímpicos.
  • O destino do PSDC da vereadora Eleika Bezerra, um dos nomes sonhados para vice pelo pré-candidato do PSD, Robinson Faria pode ser o mesmo do PMN do deputado-pastor Antônio Jácome. É que o presidente estadual do PSDC, advogado Joanilson de Paula Rego é o primeiro suplente da coligação PSDC/PMN. Caso o hoje vereador Jacó Jácome consiga chegar a Assembleia Legislativa, Joanilson assume a cadeira de titular na Câmara Municipal do Natal. Joanilson teve 2.080 votos e não conseguiu se eleger por apenas 130 sufrágios. A vereadora Eleika Bezerra (PSDC) teve 2.210 votos.
  • O futuro do PCdoB será a coligação que mais interessar na chapa proporcional. O PCdoB tem chances de aglutinar na chapa Robinson Faria (Governo) e Fátima Bezerra (Senado)? Tem todas, basta o PT abrir espaço para o PCdoB e fechar coligação proporcional para a Assembleia Legislativa. É isso que sonha o deputado Fábio Dantas, o vereador George Câmara e nomes como Theodorico Bezerra que estão filiados ao PCdoB. Em entrevista a 96 FM, a deputada federal Fátima Bezerra disse que o PSD e o PT mantêm conversas com o PCdoB. Ela revelou que nesta quinta-feira (15), o presidente do PCdoB, Antenor Roberto recebeu dirigentes dos dois partidos. Questionada por Túlio Lemos se o PT não vai fazer coligação proporcional com o PSD ou outra sigla, Fátima disse que já era uma decisão do PT. O deputado Fernando Mineiro será candidato à reeleição e o partido vai lançar mais 20 nomes para completar o cociente eleitoral, que é de 70 mil votos para cada vaga eleita.
12
Maio

Em busca do vice…

Postado às 9:23 Hs

Em meio às especulações sobre a indicação para a vaga de vice em sua chapa na campanha presidencial, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi ao encontro do ex-governador José Serra, na última quinta-feira, em São Paulo.

Na bolsa de aposta a busca por um nome,  a lista de possíveis vices da chapa encabeçada por Aécio Neves inclui representantes de outros três partidos. No PSDB, além de Serra, o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) era tido como principal nome. Na última semana, no entanto, ele se envolveu em uma briga com um blogueiro do PT e foi criticado por seu temperamento. A deputada Mara Gabrilli (SP) também é a outra cotada no PSDB.

E Aécio deve anunciar seu vice até 14 de junho, data da convenção do PSDB. O senador José Agripino Maia, presidente nacional do DEM também é citado como possível vice. Agripino tem mais quatro anos de mandato no Senado Federal e não correria riscos de ficar sem mandato, caso Aécio Neves não consiga vitória.

05
Maio

José Agripino comenta…

Postado às 19:17 Hs

Agripino diz que “eleitor mostrou sentimento claríssimo de frustração” na eleição de Mossoró

O senador José Agripino disse que os níveis elevados de abstenção, votos brancos e nulos nas eleições suplementares de Mossoró, nesse domingo (4), mostraram a insatisfação do eleitor pela ausência da prefeita afastada, Cláudia Regina, da disputa. “Os níveis de abstenção fora do padrão, a quantidade elevada de votos brancos e nulos significaram votos de protesto do eleitor que queria votar na candidata preferida, na minha opinião, Claudia Regina, e que não pôde fazer isso”, ressaltou o líder do Democratas no Senado. “O eleitor de Mossoró mostrou nas urnas um sentimento claríssimo de frustração”, acrescentou.

O senador também destacou o esforço pessoal para que Cláudia Regina participasse da eleição suplementar. “Eu estive ao lado dela [Cláudia] em todos os momentos para que pudesse ser a nossa candidata na eleição suplementar. Infelizmente, a justiça não permitiu e não vou questionar atos jurídicos”, afirmou Agripino.

O parlamentar disse que sempre esteve ao lado da ex-prefeita porque acredita nos projetos de Claudia Regina para o desenvolvimento de Mossoró. “Eu estive do lado de Cláudia desde o primeiro dia em que ela foi candidata e ganhou a eleição para prefeitura de Mossoró. Desde a discussão dos temas de campanha até a assessoria jurídica, para garantir que ela participasse da eleição suplementar. Cláudia teve meu apoio político, jurídico, pessoal, partidário. Ela teve todo meu apoio. Infelizmente nós não tivemos êxito, mas estivemos juntos até o fim. Estivemos e vamos continuar por muito tempo”, ressaltou o senador potiguar.

Fonte: Robson Pires

José Agripino não prestigiou a festa de lançamento de Henrique Alves como pré-candidato a governador

O pré-candidato ao governo do Estado pelo PMDB Henrique Alves que afirmou a Agência Estado, garantir apoio no âmbito nacional o palanque à presidente Dilma Rousseff (PT), quer contar com a participação na campanha do presidente nacional do DEM, senador Agripino Maia.

“O líder estadual José Agripino pode individualmente nos apoiar. O DEM não, porque está contaminado pelos desgastes do governo da Rosalba. Mas o Agripino, que está praticamente rompido com ela, pode declarar apoio a nossa candidatura”, considerou o presidente da Câmara.

17
mar

É pra Já…

Postado às 15:39 Hs

Frases da entrevista de José Agripino que dificultam projetos de Rosalba Ciarlini

O senador Jose Agripino  em entrevista ao jornal Tribuna do Norte, deste domingo (16). Todas elas levam para uma dificuldade da governadora Rosalba, dentro do seu partido viabilizar o seu projeto de reeleição. Veja algumas das frases:

“O que está faltando ela (Rosalba Ciarlini)? É difícil encontrar (um motivo) porque, para mim ,Rosalba tinha tudo para ser uma grande governadora, porque ela foi uma grande prefeita, uma senadora que se destacou, ganhou eleição no primeiro turno, tinha suportes muito bons. Mas, infelizmente, falhou”

“Não vejo parceiros de expressão em vista para eleição majoritária”

“Até porque nas conversas que eu tinha com Rosalba há algum tempo atrás, ela me dizia que postularia a candidatura à reeleição se estivesse em condições reais de disputar. Não sou candidato a nada nessa eleição, mas tenho a responsabilidade de presidir o partido nacionalmente e estadualmente. E preciso da eleição dos nossos deputados. Tenho que pensar também neles”

“Se Rosalba quiser ser candidata coloque a postulação dela e a gente vai avaliar, consultando o partido, os prefeitos, os vice-prefeitos, as lideranças do partido sobre a conveniência, no diretório estadual, da candidatura ao Governo, que teria as mesmas consequências”

“Pelos dados que foram exibidos por pesquisas divulgadas há pouco de tempo, a condição dela (Rosalba) não é confortável”

“Não sei o que pensarão os três deputados estaduais e um federal se uma candidatura ao governo engessaria de tal forma as alianças partidárias que poderia até inviabilizar suas próprias reeleições”

Mas vamos aguardar, o jogo eleitoral pra valer ainda não começou… Desdobramentos e burburinhos vamos ter muitos até as convenções de junho próximo.

Eis a nota do senador, presidente do partido, enviada para a imprensa:

– “Decisões judiciais tomadas devem ser cumpridas. Mas elas não são infalíveis. Existem instâncias e recursos. O Democratas, no que possa, não faltará a governadora Rosalba Ciarlini em cuja probidade sempre confiou.

Senador José Agripino – Presidente Nacional do Democratas

11
nov

Voo presidencial…

Postado às 14:49 Hs

José Agripino poderá ser o vice de Aécio Neves

O senador Aécio Neves, pré-candidato do PSDB à presidência da República tem preferência pelo paulista Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), para formar a chapa que uniria o grupo do partido no maior colégio eleitoral do país. Aloysio Nunes Ferreira é ligado ao governador Geraldo Alckmin e ao ex-governador José Serra.

Caso Aloysio Nunes Ferreira não tope a parada, a missão cairá no colo de um nordestino. O nome do senador José Agripino Maia, presidente nacional do DEM é o mais forte. Tanto Aécio, como Aloysio e Agripino não perderiam seus mandatos, caso não conquistassem sucesso nas urnas. É que os mandatos dos três senadores só acabam em fevereiro de 2019.

Fonte:  Estado de São Paulo

05
out

FIQUE SABENDO…

Postado às 17:50 Hs

# # DEM ainda é incógnita

O senador José Agripino não respondeu formalmente a manchete da Tribuna do Norte de hoje, que afirmou em letras garrafais na primeira página que o DEM não irá oferecer a legenda para que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) seja candidata pelo partido nas eleições de 2014. O presidente nacional do DEM disse, porém, que se Rosalba estiver bem, administrativamente, terá, sim, a legenda para disputar a reeleição em 2014. – Não vou negar, nem confirmar, uma especulação de jornal, disse o senador, nesta sexta, em Natal. O senador recebeu os deputados estaduais Leonardo Nogueira, José Adécio e Getúlio Rego, e afirmou estar em “sintonia” com os parlamentares. Na oportunidade, Agripino disse que só irá tratar das eleições de 2014 em 2014. E demonstrou estar muito à vontade com a situação do DEM. – Não vou negar o partido a Rosalba. Ela vai ser candidata, não só do DEM. Se ela estiver bem, Rosalba vai ser a candidata do PR, do DEM, e de todos os partidos. Mas, se não estiver bem, ela não vai querer o apoio. Porque nós temos compromisso com os deputados, disse o líder democrata.

# # Exame da OAB

Será realizada neste domingo a segunda fase da 11ª edição do Exame de Ordem Unificado, que habilita bacharéis em direito a exercer a advocacia. A prova prático-profissional será composta por quatro questões dissertativas relacionadas a uma área do direito já escolhida pelo candidato na hora da inscrição. Ele também deverá redigir uma peça jurídica. A duração do exame é de cinco horas, com início às 13h, horário de Brasília. Para consultar o endereço do local de prova, o candidato pode acessar a página da FGV Projetos e informar CPF e senha para se logar. A previsão é que o resultado preliminar da segunda e última etapa seja divulgado no dia 31 de outubro.

# # Greve dos bancários

Em 15 dias completados no dia(3), a greve dos bancários já trouxe muitas complicações para clientes-consumidores. Contas atrasadas, cartões bloqueados, filas intensas e falta de segurança nas agências são alguns dos problemas enfrentados pela população.De acordo com o Procon, pagar as contas é direito e de ver do consumidor. Além disso, a situação de greve não permite que os clientes atrasem os pagamentos. É necessário entrar em contato com a empresa credora e solicitar uma nova forma para que o pagamento seja efetuado. O pedido deve ser documentado (via e-mail ou número de protocolo de atendimento, por exemplo) para permitir a reclamação aos órgãos de defesa do consumidor, caso não seja atendido.

# # Aliança entre Marina e PSB reforça 2º turno, diz Aécio Neves

A notícia da aliança entre a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva e o governador Eduardo Campos (PSB) para as eleições do ano que vem pegou de surpresa a equipe que já trabalha na pré-campanha do senador Aécio Neves pelo PSDB e aumentou a convicção na oposição de que haverá segundo turno. “É muito difícil que, no Brasil, uma operação política dessa magnitude tenha sido conduzida nesse vulto”, destacou o senador tucano Aloysio Nunes (SP), que já acompanha Aécio em suas viagens de fim de semana pelo país. Embora o discurso oficial de aliados de Marina e Campos os mantenha como pré-candidatos ao pleito de 2014, “marineiros” já admitem que a ex-ministra pode ocupar a vaga de vice na chapa do governador pernambucano. Para o senador tucano, ainda é cedo para avaliar os impactos diretos da decisão nas intenções de voto de cada candidato. A última pesquisa Ibope encomendada pelo jornal O Estado de S. Paulo, divulgada semana passada, mostra a ex-ministra no segundo lugar das pesquisas, atrás apenas da presidente Dilma Rousseff, do PT.

Restando um ano e sete dias para as eleições de 2014, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) ainda não decidiu se será candidata à reeleição. Entretanto, com reprovação acima dos 80%, segundo a última pesquisa Consult, a possibilidade de ela vir a disputar a reeleição é vista como algo improvável – embora não impossível. Neste sentido, os próprios políticos já emitem sinais, diretos e indiretos, de que estariam “abandonando o barco” rosalbista. Sinal forte neste sentido, recentemente, foi o rompimento do PMDB com o governo. Os líderes peemedebistas Henrique e Garibaldi Alves já decidiram, inclusive, que o partido terá candidato próprio nas eleições de 2014.

No último final de semana, foi a vez do líder nacional do DEM, partido de Rosalba, José Agripino Maia, anunciar que não vê chances de a governadora disputar a reeleição de 2014, uma ameaça ao projeto de candidatura à reeleição da governadora. No entanto, Agripino colocou uma condição para que Rosalba dispute a reeleição: ter o apoio do PMDB.

A informação foi veiculada pela coluna do jornalista Claudio Humberto, que disse: “Presidente do DEM, o senador José Agripino não vê chance de a governadora Rosalba Ciarlini disputar reeleição em 2014, a não ser que ela consiga costurar ampla aliança, com apoio do PMDB”. Até o final da manhã de hoje, a reportagem tentou falar com o senador José Agripino, mas não conseguiu e nem o presidente do DEM havia desmentido a nota do colunista. (Jornal de Hoje)

09
set

@ @ É NOTÍCIA … @ @

Postado às 9:26 Hs

  • Cortejados de forma indiscreta por pré-candidatos a presidente da República no ano que vem, prefeitos de todo o país formam um exército poderoso na guerra eleitoral por votos, mas sua fidelidade é volátil e depende de vários fatores. O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), ainda não fechou alianças em torno de seu projeto, mas já conta com 442 prefeitos da legenda que preside. Levando-se em conta somente os partidos que atualmente sustentam cada candidatura, Dilma Rousseff (PT) larga na frente, com 1.659 petistas e peemedebistas que comandam prefeituras em todo o país. Em seguida, aparece o senador Aécio Neves (PSDB), que soma 1.103 chefes de executivos municipais na sua linha de frente, tomando como base tucanos e filiados ao PPS e ao DEM O PSC e o PSol, que também devem lançar candidatos, têm respectivamente 83 e duas prefeituras. De um total de 5.564 municípios do país, 3.934 são governados pela base aliada do governo federal – sem contar os do PSB e PSC –, mas o passado recente mostra que isso não é garantia de apoio.(De O Estado de Minas)
  • Presidente nacional do Democratas, o senador José Agripino Maia acendeu a luz amarela na sucessão do Rio Grande do Norte. Após o rompimento político do PMDB, o senador ficou preocupado com a chapa proporcional do partido. Caso não perca o deputado federal Betinho Rosado, o partido terá dois candidatos à reeleição para a Câmara dos Deputados, já que Felipe Maia também vai concorrer. O cociente eleitoral para chegar a uma cadeira em Brasília é estimado em 250 mil votos. Já para a Assembleia Legislativa, os deputados Getúlio Rego e José Adécio são candidatos. A situação de dúvida rola com Leonardo Nogueira, que pode abrir para a esposa, Fafá Rosado, ex-prefeita de Mossoró, que pode assinar a ficha do PMDB, PR ou PV. Sem coligação, dificilmente o DEM conseguia reeleger todos.
  • Os negociadores dos pré-candidatos Eduardo Campos (PSB), Marina Silva (Rede Sustentabilidade) e Aécio Neves ( PSDB), apesar da promessa de apoio mútuo num eventual segundo turno, disputam em partidos da base governista e da oposição o apoio de estrelas que podem melhorar seus desempenhos em todas as regiões. Nesse período, o suspense é geral, até mesmo para Dilma, que tem de afastar de vez o “volta Lula’. Quase como numa corrida maluca, até o fim das próximas quatro semanas, quando termina o prazo de troca-troca e de filiação partidária para valer nas eleições do ano que vem, os três pré-candidatos de oposição ao Planalto vão enfrentar o pouco tempo que resta com um objetivo: tentar garantir o maior número de aliados, vencer obstáculos internos em seus partidos e costurar palanques estaduais competitivos para brigar com a presidente Dilma Rousseff, do PT, que recuperou parte da popularidade perdida com as manifestações de rua.(O Globo)
  • A Receita Federal libera hoje (9) a consulta ao quarto lote de restituições do Imposto de Renda (IR) Pessoa Física 2013. Todos os anos são liberados sete lotes regulares. O último está previsto para 16 de dezembro. Para saber se a declaração foi liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone 146. A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smarthphones que usam os sistemas operacionais Android e iOS, que facilitam a consulta. Quem identificou algum erro, deve enviar uma declaração retificadora. O extrato da declaração é disponibilizado no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) no qual se encontram outras informações relativas ao IR.
  • O músico Luiz Carlos Leão Duarte Junior, o Champignon, ex-integrante da banda Charlie Brown Jr., foi encontrado morto dentro de seu apartamento, no Morumbi, zona oeste de São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (9). Ele morava com a mulher no Condomínio Edifício Morumbi Park, na rua Doutor Luiz Migliano. Vizinhos ligaram para a Polícia Militar após ouvir um barulho de tiro e os gritos da mulher do músico no 10º andar. Segundo a Polícia Militar, Champignon e a mulher tinham saído com um casal de amigos para jantar em um restaurante japonês na noite deste domingo (8). Cerca de dez minutos depois de o músico e a mulher retornarem para o apartamento, os moradores do prédio escutaram o disparo de arma de fogo. Além da PM, policiais civis 89º DP (Portal do Morumbi) estiveram no prédio. A Polícia Civil investigará se Champignon teria se suicidado com um tiro na boca. A mulher do músico estava em estado de choque, de acordo com a polícia.
02
jul

@ @ É NOTÍCIA … @ @

Postado às 9:31 Hs

  • O líder do Democratas no Senado, José Agripino (RN), voltou a negar que a oposição tenha sido formalmente convidada para debater o plebiscito sobre reforma política com a presidente Dilma Rousseff. Representantes da base governista acusam a oposição de ter recusado encontro com a chefe do Executivo, mas Agripino garante que não recebeu convite algum do Palácio do Planalto. “Este convite foi anunciado, mas nunca se concretizou, nunca foi formalmente feito. Como você pode recusar algo que nunca aconteceu?”, questionou o parlamentar pelo Rio Grande do Norte. Se convidado, José Agripino disse que a oposição estará disposta a conversar com a presidente da República, especialmente sobre temas que estão sendo alvo de manifestações nas ruas do Brasil, como educação, segurança, saúde. “Se o convite for feito, nós teremos uma agenda para conversar com a presidente sobre os interesses do país, sobre aquilo que está levando as pessoas a protestarem nas ruas”, ressaltou o líder democrata.
  • O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, afirmou nesta segunda que está “lisonjeado” com o fato de ter obtido 15% das intenções de voto na última pesquisa do instituto Datafolha para a eleição presidencial de 2014. “Estou lisonjeado”, disse. Em entrevista concedida na semana passada, Barbosa defendeu a possibilidade de pessoas não filiadas a partidos se candidatarem. No entanto, ele afirmou que não pretende disputar as eleições, apesar dos resultados favoráveis nas recentes pesquisas de intenção de voto. Joaquim Barbosa ganhou notoriedade após relatar o processo do mensalão, que resultou na condenação de 25 acusados de envolvimento no esquema de corrupção durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
  • Real: moeda foi implantada em 1º de julho de 1994 .Criado com o objetivo de estabilizar a economia brasileira, o Plano Real completa 19 anos nesta segunda-feira. O plano foi desenhado pelo então ministro da Fazenda, Fernando Henrique Cardoso, durante o governo Itamar Franco, com a ajuda de economistas renomados, como André Lara Resende, Pedro Malan, Gustavo Franco, Pérsio Arida, Edmar Bacha, entre outros. O novo plano, que estabelecia uma nova moeda (o real), conseguiu aquilo que inúmeros outros planos econômicos fracassaram: acabou com a hiperinflação. O Plano Real era baseado em três pilares: a liberalização comercial, câmbio fixo e desindexação. A abertura comercial do país ao capital estrangeiro fez com que o país começasse a participar do comércio internacional e ganhasse alguma competitividade, devido à concorrência com produtos estrangeiros. O aumento das importações também marcou o período e foi viabilizado, sobretudo, pela manutenção do câmbio artificialmente valorizado. Com uma moeda mais forte, o Brasil importou mais e a oferta de produtos cresceu.
  • A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (1º) que irá mandar hoje minuta com as “balizas” que nortearão a convocação de um plebiscito para a reforma política pelo Congresso Nacional. Ela interrompeu reunião ministerial que está em curso na Granja do Torto, em Brasília, para anunciar a decisão. Segundo ela, não serão enviadas sugestões de perguntas, mas “linhas gerais” para a elaboração da consulta popular. “Uma consulta sobre reforma política ela não pode ser exaustiva no sentido de que tenha muitas questões”, disse. “Nós não vamos dar sugestão de pergunta porque não somos nós que vamos fazer as perguntas”, completou. “Está claro na constituição: quem convoca, quem tem poder convocatório é o Congresso Nacional, Câmara e Senado, por isso eu insisti na palavra: é uma sugestão.”
  • A balança comercial brasileira registrou um déficit (importações maiores que vendas ao exterior) de US$ 3 bilhões no primeiro semestre deste ano, segundo informou nesta segunda-feira (1º) o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). De acordo com dados oficiais, trata-se do pior resultado para os primeiros seis meses de um ano, desde 1995, quando foi registrado um déficit comercial de US$ 4,22 bilhões. No primeiro semestre deste ano, as exportações somaram US$ 114,5 bilhões, com média diária de US$ 931 milhões e queda de 4,8% frente a igual período do ano passado, ao mesmo tempo em que as importações totalizaram US$ 117,5 bilhões – com média de US$ 955 milhões por dia útil e alta de 1% sobre igual período de 2012. No primeiro semestre deste ano, as importações bateram recorde.
24
jun

* * * Quentinhas… * * *

Postado às 16:07 Hs

* * * O Governo do Rio Grande do Norte confirmou para esta semana o pagamento da antecipação do 13º salário dos servidores do Estado. Ele será feito no mesmo dia que é efetuado o depósito dos salários normais, conforme o calendário do estado. Servidores com matrículas terminadas entre 0 e 5 receberão na quinta-feira (27) e os com matrículas com final entre 6 e 9, na sexta-feira (28). O benefício será concedido a todos o servidores estaduais – ativos, inativos e pensionistas. * * *

* * * Por: Lauro Jardim:  Joaquim Barbosa, o preferido dos manifestantes para a Presidência da República em 2014, segundo o Datafolha, não se pronunciou até agora sobre os protestos. Recusou um sem-número de entrevistas. Decidiu continuar mudo por algum tempo. Barbosa, que várias vezes balançou o país, com declarações contundentes – sobre o Judiciário, partidos políticos etc. – prefere a prudência neste momento. Acha que não é hora de botar lenha na fogueira .* * *

* * *  “Se eu fui o governador das estradas e Garibaldi Filho das adutoras, ela (Rosalba) pode vir a ser a governadora do saneamento básico”, disse o senador, lembrando que Rosalba Ciarlini ainda conseguirá financiamento do Banco Mundial, no valor de quase R$ 1 bilhão. Sobre as recentes críticas públicas feitas pelo ministro da Previdência, Garibaldi Filho, demonstrando descontentamento com o Governo Rosalba, José Agripino defende o diálogo e aposta na argumentação como forma de superar os pontos questionados. Embora demonstre otimismo com a candidatura a reeleição de Rosalba, o senador do DEM também pondera que o mais importante será manter unido o grupo partidário do Democratas, PMDB, PR, PMN e PP e, para isso, cogita até um terceiro candidato ao Governo, que não seja Rosalba, desde que as pesquisas mostrem a inviabilidade da reeleição. Já na análise do campo da oposição, o senador observa fragilidade nas candidaturas postas. José Agripino Maia elogia as recentes manifestações de rua e ressalta: a hegemonia do Governo Federal acabou; o jogo para sucessão presidencial de 2014 “está zerado”. * * *

set 18
sábado
07 57
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
41 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.879.124 VISITAS