25
jun

Charge: E haja roubalheira

Postado às 20:50 Hs

10
ago

@ @ É NOTÍCIA … @ @

Postado às 10:44 Hs

  • O Brasil tem 56,4 milhões de inadimplentes, com dívidas que, somadas, totalizam R$ 243 bilhões, segundo levantamento da Serasa de 30 de junho deste ano. É o maior patamar de inadimplência registrado pela empresa na comparação semestral do cadastro, iniciada em junho de 2012.Os dados mostram que 2,3 milhões de consumidores a mais ingressaram no cadastro da Serasa em relação a 30 de junho de 2014, quando somaram 54,1 milhões. São consumidores que não conseguiram pagar dívidas bancárias (financiamento de carros, imóveis etc.) ou contas de luz, água, telefonia, além das feitas no varejo.
  • Os balanços do primeiro semestre divulgados pelos maiores bancos do país mostram com mais nitidez o que os clientes já estão sentindo no bolso há algum tempo: o preço das tarifas e serviços cobrados por essas instituições tem subido muito além da inflação, ajudando a inflar os ganhos do setor financeiro. Em alguns casos, esses aumentos superam os 100%. É o caso da Cesta Exclusiva Fácil, do Bradesco, cujo valor passou de R$ 27,40 em março do ano passado para R$ 48 em fevereiro deste ano e agora custa R$ 61,90 — o que representa uma alta de 125,9%. No período, a inflação medida pela IPCA foi de 13%. No BB, o pacote Modalidade 50 foi de R$ 31,50, em 2013, para R$ 49,15 em fevereiro passado e, atualmente, o banco cobra pelos mesmos serviços R$ 54,95 — alta de 74,44%. Já o MaxiConta Itaú Eletrônica, que custava R$ 11,10, passou para R$ 13,90 no ano passado e agora sai por R$ 16,50, o correspondente a uma alta de 48,64%.
  • O núcleo palaciano do governo e o PT estão convencidos de que Eduardo Cunha (PMDB-RJ) vai instalar um processo de impeachment contra Dilma Rousseff. Mais: a conclusão do entorno da presidente é que a Lava Jato ainda vai gerar muita instabilidade no Congresso, o que impede que se recomponha a base ampla de antes da crise. Por isso, o plano é construir, a partir desta semana, uma “retaguarda mínima” de 200 deputados fiéis, que impeçam o avanço da tentativa de apear a presidente. Um ministro cita, entre as dificuldades de recompor a governabilidade, que a toda hora aparece um fato nas investigações que atinge uma liderança estratégica, o que faz o governo voltar várias casas. O Planalto não enxerga saída da crise no curto prazo. A avaliação é que, enquanto a Lava Jato não entrar na fase de julgamentos, será difícil estabelecer o mínimo de estabilidade política.
  • A Universidade Federal do Rio Grande do Norte lançou o edital para concurso público de técnicos administrativos em educação no Diário Oficial da União desta segunda-feira (10). São, ao todo, 44 vagas são para os campi de Natal, Macaíba, Santa Cruz e Caicó, para nível fundamental, médio e superior. As inscrições são feitas até o dia 14 de setembro, no site do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve). A prova será realizada em 11 de outubro, em Natal, com questões de conhecimentos básicos e específicos, com provas objetivas e discursivas. O conteúdo programático serão disponibilizados a partir de hoje no site da Comperve.
  • A segunda semana de trabalhos da Câmara neste semestre não será menos movimentada do que a primeira. A pauta de votações prevê a apreciação de temas considerados polêmicos, como a redução da maioridade penal, o financiamento de campanhas políticas por empresas, as novas regras de correção dos depósitos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e os destaques à proposta que trata da remuneração dos advogados públicos, além da instalação da CPI dos Fundos de Pensão. Para terça-feira (11), está prevista na sessão ordinária a votação do projeto do Executivo que altera a lei que trata das organizações criminosas (12.850) para dispor sobre organizações terroristas. O parecer, já apresentado pelo relator, deputado Arthur Oliveira Maia (SD-BA), e discutido pelos deputados disciplina ações de terrorismo, condutas congêneres e reformula o conceito de organização criminosa. A proposta estabelece penas que variam de 20 a 30 anos de reclusão, além de outras sanções para os atos de terrorismo. O texto também determina penas diferentes para delitos de menor grau.
09
fev

Horários…

Postado às 12:05 Hs

Bancos alteram funcionamento no carnaval.

Fique de olho e não perca seu compromisso…Cuidado com os exageros.

A semana de Carnaval terá horário de funcionamento de bancos alterados. O horário de abertura e fechamento permanece o mesmo até a sexta-feira (13). Por causa do período momesco, os bancos estarão fechados na segunda e terça de carnaval, reabrindo ao meio-dia da quarta-feira de cinzas (18).

30
dez

Só hoje…

Postado às 9:40 Hs

Quem precisa ir ao banco antes da virada do ano, tem hojepara realizar transações financeiras. É que as agências bancárias de todo o país vão ficar fechadas nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro.

Segundo a Febraban, Federação Brasileira dos Bancos, as contas de água, luz, telefone, TV a cabo, e os carnês que vencerem nesse período, poderão ser pagos na sexta-feira, dia 2. Não será cobrada multa.

Com os bancos fechados, os clientes podem pagar as contas nos caixas eletrônicos e também pela internet, pelo aplicativo no celular, por telefone, nas casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e estabelecimentos comerciais credenciados. O usuário ainda pode agendar o pagamento.

24
dez

Prepare-se !

Postado às 9:19 Hs

Os bancos funcionam em horário especial hoje, véspera de Natal. Nas agências localizadas nos estados com o mesmo horário de Brasília, o atendimento ao público será das 9h às 11h. Nos estados com diferença de uma ou duas horas em relação a Brasília, o horário local de atendimento será das 8h às 10h e nos estados com diferença de três horas em relação a Brasília, o horário de funcionamento das agências será das 7h às 9h.

Por causa das comemorações de fim de ano, os serviços e o comércio têm a rotina alterada. O comércio, que está funcionando em horário estendido, funciona na quarta-feira (24), mas fecha no feriado de Natal, dia 25 de dezembro, quando os shoppings também têm o funcionamento do lazer e praças de alimentação facultativo. Serviços públicos também têm o horário alterado, assim como os órgãos do judiciário, que têm recesso forense até janeiro.

Então tem calma e paciência no centro pois o trânsito está cada vez pior…

24
ago

Fique atento !

Postado às 16:18 Hs

SAIBA QUAIS SÃO OS SERVIÇOS QUE BANCO NÃO PODE COBRAR DE VOCÊ Já parou para pensar que você pode estar pagando por serviços bancários que deveriam ser gratuitos? A cobrança irregular de tarifas foi a terceira maior causa de reclamações fundamentadas contra os bancos no Banco Central (BC) em junho. Só ficou atrás de débitos não autorizados em conta e restrição à portabilidade no crédito consignado. Veja os serviços que não podem ser cobrados:
19
jul

@ @ É NOTÍCIA … @ @

Postado às 19:25 Hs

  •   Os grandes bancos do País conseguiram, após mais de um ano de discussões, chegar a um consenso sobre o compartilhamento dos caixas eletrônicos (ATMs, na sigla em inglês) fora das agências. A meta é em quatro anos substituir a maior parte das máquinas próprias existentes em locais como shopping centers, postos de gasolina e supermercados por terminais da rede Banco 24Horas, da empresa TecBan, que tem como acionistas Itaú Unibanco, Santander, Bradesco, Banco do Brasil, HSBC, Caixa e Citibank.
  •  Duas regiões do País estão puxando para cima o elevado índice de rejeição da presidente Dilma Rousseff. Segundo pesquisa feita pelo Datafolha, Sudeste e Centro-Oeste pesam decisivamente para aumentar o número de pessoas que não estão dispostas a votar em hipótese alguma na candidata petista. se a rejeição total de Dilma indicada pelo Datafolha é de 35%, quando é levada em conta a opinião apenas dos entrevistados do Sudeste e do Centro-Oeste, esse total salta para 43%. Levantamento feito pelo mesmo instituto no início de julho mostrava uma rejeição total de 32% para Dilma, sendo 40% no Sudeste e 35% no Centro-Oeste. Ou seja, sua rejeição subiu três pontos porcentuais nacionalmente, três pontos no Sudeste e oito pontos no Centro-Oeste nesse pequeno período de tempo.
  •  As primeiras peças publicitárias começam a ser vistas em Mossoró. E quem sai na frente são Fafá Rosado (PMDB), Leonardo Nogueira (DEM) e Francisco José (PROS). Locais estratégicos, de visualização e de movimentação. Mossoró já respira eleições neste quesito.
  •  O prefeito Francisco José Júnior (PSD) recebeu na manhã desta sexta-feira, 18, representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM) e Sindicato dos Servidores da Saúde (SINDISAUDE). A reunião aconteceu no Salão dos Grandes Atos e contou com a presença do vice-prefeito Luiz Carlos e dos secretários Luiz Antônio (Transparência), Leodise Cruz (Saúde), Iêda Chaves (Educação) e Glaudionora Silveira (Administração). Depois de ouvir as reivindicações das categorias, o prefeito sugeriu a criação de uma comissão para conduzir as negociações e também definiu um calendário de trabalho.
  •  O governo do RN sancionou o reajuste salarial dos delegados, agentes e escrivães da Polícia Civil. Os reajustes, que foram de 66% para delegados e de 35% para agentes e escrivães, estão na edição de hoje do Diário Oficial do Estado, mas só irão entrar em vigor em março do ano que vem. Os salários serão reajustados em parcelas e inserido de forma gradual nos meses de março e setembro de 2015, e em março e setembro de 2016.
  •   A deputada federal Fátima Bezerra (PT) participou nesta semana de uma reunião com o secretário de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), Aléssio Trindade de Barros, para tratar da expansão da educação profissional e tecnológica no Rio Grande do Norte. Na ocasião, Fátima entregou um ofício solicitando a construção de uma unidade do IFRN em São José de Mipibu, bem como a inclusão de novas unidades também nos municípios de Mossoró, Umarizal, Alexandria, São Miguel, Touros e Jucurutu, dentro da fase 3 do Plano de Expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica.
16
abr

Feriadão…

Postado às 15:31 Hs

Com o feriadão…

Não haverá atendimento nas agências bancárias nos dias 18 e 21 deste mês, devido aos feriados nacionais de Sexta-feira da Paixão e Tiradentes. A população poderá utilizar os canais alternativos de atendimento para realizar as demais operações bancárias, como caixas eletrônicos, Internet Banking, Mobile Banking, banco por telefone e correspondentes (casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados).

As contas com vencimento marcado para esta data como contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo, por exemplo) e os carnês poderão ser pagos no próximo dia útil subsequente, dia (22/04), sem incidência de multa. Os tributos, normalmente, já estão com data ajustada pelo calendário de feriados (federais, estaduais e municipais).

Os clientes também podem agendar nos bancos os pagamentos das contas de consumo ou pagá-las (as que têm código de barras) nos próprios caixas automáticos, ou em correspondentes. Já os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser agendados ou pagos por meio do DDA (Débito Direto Autorizado).

Fica dito !

24
fev

RN na lista…

Postado às 11:24 Hs

Dos aproximadamente 5,6 mil municípios brasileiros, 233 não têm dependências bancárias, segundo dados do Banco Central. Isso significa que, além de bancos, as cidades também não têm lotéricas, caixas eletrônicos ou postos de atendimento. Isoladas, são obrigadas a recorrer a internet ou a cidades vizinhas.

De acordo com o relatório de dezembro do BC, 1.900 municípios do país não têm agências bancárias, mas podem contar com outros tipos de serviço, como os já citados. Entre 2012 e 2013, apenas 19 cidades que não tinham o serviço ganharam agências.

Proporcionalmente, a pior situação é no Piauí, em que 68 dos 224 municípios – ou 30,4% – não têm nenhum serviço bancário. Depois, aparecem Tocantins (22,3%), Paraíba (21,1%) e Rio Grande do Norte (21%).

O Nordeste é a região que apresenta o maior número de cidades com a falta de serviços bancários (9,1% dos 1.794 municípios), seguido pelo Norte (7,6%). As outras regiões têm valores mais baixos do que a média nacional (4,2%), sendo que a menor é a do Sul (0,2%).

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), “as instituições financeiras estão constantemente preocupadas em aprimorar seus canais de atendimento ao cliente e também em aumentar a capila­ridade dos pontos físicos”.

O órgão afirma que o número de agências e postos de atendimento bancário (PABs) – dependências instaladas no interior de entidades de administração pública ou empresas privadas – e eletrônico tiveram uma expansão de 2,6% no país entre 2008 e 2012.

A Febraban ainda ressalta que, no período, os maiores esforços de penetração dos serviços foram feitos no Norte e no Nordeste, com crescimento de 9,2% e 6,8%, respectivamente. No Sul e Sudeste, que reúnem 72% do total de agências, o crescimento de 3,4% e 3,1% ao ano, segundo a entidade. (G1)

27
dez

Informes

Postado às 12:19 Hs

Fique atento…

Os bancos voltaram a funcionar normalmente, mas fecham no último dia útil do ano, 31 de dezembro, assim como em 1º de janeiro, segundo informou a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Durante o feriado de Natal, não houve expediente.

A Febraban lembra que, nos dias em que as agências estiverem fechadas, os clientes poderão utilizar os canais alternativos de atendimento para realizar operações bancárias, como caixas eletrônicos, Internet Banking, Mobile Banking, banco por telefone e correspondentes (casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados).

As contas de consumo (água, luz, telefone e TV por assinatura, por exemplo) e os carnês que vencerem nestas datas poderão ser pagas no próximo dia útil (2 de janeiro), sem a incidência de multa. Os tributos, normalmente, já estão com a data ajustada pelo calendário de feriados (federais, estaduais e municipais).

Em janeiro é um mês longo e das contas… Muita paciência e controle

24
dez

Corram…

Postado às 9:10 Hs

Bancos funcionarão apenas duas horas nesta véspera do Natal

Quem tem pendencias para resolver com as agencias bancarias, durante esta terça-feira (24) e bom se antecipar. O funcionamento será das 8 as 10 horas. Segundo o Sindicato dos Bancários do Rio Grande do Norte, para os dias seguintes, os serviços serão suspensos no feriado do dia 25 de dezembro, assim como no dia 31 e no dia 1º de janeiro de 2014.

 

25
nov

Bancos fazem terrorismo com poupadores…

Postado às 15:20 Hs

A longa batalha jurídica entre bancos e poupadores pode chegar ao fim na próxima quarta-feira (27). Em decisão histórica, o Supremo Tribunal Federal (STF) deve bater o martelo sobre a revisão das correções da poupança pelos planos econômicos Bresser, Verão, Collor 1 e Collor 2. Mas há risco de o julgamento ser adiado por pressão do governo e do Banco Central (BC), que pedem mais tempo para evitar o que chamam de “catástrofe” aos bancos. A decisão vai afetar um milhão de ações individuais e mais de mil ações coletivas – e também o futuro de investidores prejudicados há mais de 20 anos e que não foram à Justiça. Até agora, todas as ações individuais dos planos Verão e Bresser foram favoráveis aos poupadores.
04
jul

FIQUE SABENDO …

Postado às 10:04 Hs

 

# # Redução de Ministérios

A proposta de reduzir o número de ministérios, feita pela oposição e encampada pelo PMDB, já havia sido sugerida à presidente Dilma pelo ex-presidente Lula como uma medida para sinalizar austeridade num momento de turbulências na economia. Lula, em conversas com interlocutores, também disse que defendeu mudança nas principais áreas do governo, como articulação política e equipe econômica. Dilma chegou a indicar, segundo petistas próximos a Lula, que iria analisar a possibilidade de mudar a equipe ministerial durante o recesso do Congresso, em julho. Só que o surgimento da onda de manifestações nas ruas fez a presidente mudar o foco de sua agenda e, segundo assessores, adiar as trocas. Recentemente, Lula queixou-se a interlocutores que a presidente é ‘teimosa’ e não queria ‘fazer ajustes’ no governo, considerados por ele necessários para reverter o clima de pessimismo na área econômica e política. Dilma tem hoje 39 ministros. São 24 (Da Folha de S.Paulo – Valdo Cruz, Fernando Rodrigues e Catia Seabra)

# # Em debate…

O grupo de trabalho formado para discutir as melhorias no serviço do transporte coletivo de Mossoró se reuniu na manhã desta quarta-feira, dia 3, na sede da Secretaria de Desenvolvimento Urbano com a primeira pauta para discutir as possibilidades de redução do valor cobrado pela tarifa do serviço. O secretário Alexandre Lopes e o subsecretário do Trânsito e Transporte, Marlos Ciarlini, apresentaram a comissão de estudantes que representam o Movimento Pau de Arara uma planilha do Município indicando uma redução para R$ 1,84, com a retirada dos tributos PIS/COFINS. Os estudantes reconheceram o avanço nas discussões e sugeriram ainda que também fosse excluído do valor da passagem uma parcela do Imposto Sobre Serviços – ISS. A sugestão será levada ao conselho econômico da Prefeitura para analisar a viabilidade. Ficou acordado um novo encontro para segunda-feira, dia 8, quando será apresentado o resultado do Conselho e o início da discussão em mais uma pauta. Aguardemos…

# # Joaquim Barbosa é a bola da vez em 2014

O ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) está convencido de que Joaquim Barbosa, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), será candidato à sucessão de Dilma Rousseff. Já disse isso a mais de um interlocutor. Barbosa repete sempre que não tem a menor vontade de disputar a eleição. A informação é de Mônica Bergamo, na sua coluna desta quinta-feira, na Folha de S.Paulo. Certo ou não o senador Sarney em suas suposições, a verdade é que não é de hoje que o nome de Joaquim Barbosa transita nos bastidores e no noticiário político como a bola da vez para o lugar de Dilma. Ainda ontem o colunista de O GLOBO, Ilimar Franco dava conta de um misterioso emissário do governador Eduardo Campos em contato com o ministro, sondando-o para compor a chapa do governador pernambucano, como candidato a vice-presidente. E não é a primeira que essa intenção de Eduardo é noticiada.

# # Juros nas alturas…pobre de nós que pagamos !

A receita dos três maiores bancos brasileiros com juros é desproporcional ao tamanho deles, em comparação com instituições financeiras de outros países, conforme indica um levantamento da revista britânica The Banker. O Itaú, apesar de ser só o 39º maior banco do mundo no ranking geral da revista, é o 13º quando o assunto é cobrança de juros. O conglomerado financeiro recebeu US$ 27,687 bilhões com empréstimos no ano passado. O Banco do Brasil, 36º do mundo em tamanho, é o 14º em cobrança de juros, com US$ 23,73 bilhões. O Bradesco é o 16º nesse quesito (com US$ 21,247 bilhões no ano passado), mas apenas o 42º em tamanho. Juntos, Itaú, BB e Bradesco ganharam US$ 72 bilhões com juros em 2012. O indicador usado para definir o tamanho dos bancos é o chamado “capital de nível 1″, que inclui apenas a parcela dos ativos considerada de melhor qualidade.

# # No Egito…

Manifestantes comemoram a saída de Mursi do governo egípcio na praça Tahrir; presidente foi deposto após golpe militar. O presidente deposto do Egito, Mohammed Mursi, derrubado pelos militares em um golpe de Estado nesta quarta-feira, está detido pelas autoridades, disseram um porta-voz da Irmandade Muçulmana e uma autoridade de segurança na quinta-feira (horário local). Gehad al-Haddad, membro da Irmandade Muçulmana, disse que Mursi ‘foi separado de sua equipe e conduzido ao ministério da Defesa’. Mais cedo, Al-Haddad havia informado que ‘Mursi e toda sua equipe presidencial’ estavam detidos ‘no clube da Guarda Republicana da Presidência’. O Exército deteve na quarta-feira vários dirigentes da Irmandade Muçulmana, base do regime de Mursi, segundo o jornal Al-Ahram. Mursi foi destituído após um golpe militar nesta quarta, após milhões terem ido às ruas pedir sua renúncia. Segundo o anúncio dos militares, a Constituição está suspensa e o país será liderado, temporariamente, pelo líder da Suprema Corte Constitucional –conforme demandava a oposição. (Folha de S.Paulo)

# # Direitos Autorais

O plenário do Senado aprovou nesta quarta (3) projeto de lei que cria novas regras para a cobrança, arrecadação e distribuição de recursos pagos por direitos autorais na produção musical. Apoiado por vários artistas e produtores musicais, o texto destina 85% da arrecadação para os titulares dos direitos, como compositores e intérpretes. O texto foi aprovado pela manhã na Comissão de Constituição, Justiça e entrou em tramitação de urgência. Agora, segue para votação na Câmara dos Deputados. Pelo texto aprovado, a arrecadação de direitos autorais na música permanece concentrada no Escritório Central de Arrecadação de Direitos Autorais (Ecad), que poderá reunir várias associações de autores. Mais de uma dezena de artistas e produtores musicais acompanharam no plenário toda a votação do proposta. À tarde, eles haviam se reunido com o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL) e outros parlamentares para pressioná-los em favor da aprovação. Estiveram no gabinete de Renan nomes consagrados como Roberto Carlos, Fagner,Caetano Veloso e Erasmo Carlos. Eles também o Palácio do Planalto, para encontro com a presidente Dilma Rousseff.

Apesar da crise econômica que ainda assola boa parte do mundo, as instituições financeiras que apostaram na compra de participações acionárias no exterior vêm obtendo resultados positivos. Segundo dados do Banco Central, o segmento lidera as remessas de lucros feitas pelas filiais de empresas brasileiras para as matrizes. Apenas no ano passado, os investimentos externos nesse ramo somaram US$ 4,6 bilhões. Os lucros enviados ao Brasil, no período, chegaram a US$ 3,6 bilhões — o equivalente a 59,3% de toda a receita obtida por companhias nacionais fora do país.

Nos últimos anos, os bancos têm ampliado a participação nos mercados internacionais com a aquisição de instituições financeiras e a abertura de escritórios e subsidiárias, aproveitando as oportunidades criadas pela crise internacional e a quebra de instituições nos Estados Unidos e em outras regiões. Nos países mais atingidos pelas turbulências, há uma procura intensa por instituições sólidas e de qualidade. Como o mercado brasileiro é um dos mais fechados e mais supervisionados do mundo, os bancos nacionais sofreram pouco com a crise e se tornaram referência em segurança para outras nações. (Do Correio Braziliense)

14
dez

Antes tarde do que nunca…

Postado às 11:15 Hs

Os seis maiores bancos do país foram notificados nesta quinta-feira (13) pela Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça para prestarem esclarecimentos sobre pacotes de serviços bancários oferecidos aos consumidores. O ministério diz que há indícios de falta de informações sobre pacotes bancários.

Foram notificados Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú e Santander, por meio do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC). O órgão pede informações sobre a quantidade, a composição e o preço dos pacotes disponíveis para contratação pelo consumidor pessoa física.

O DPDC questiona ainda a forma como o pacote padronizado por resolução do Banco Central é ofertado ao consumidor. “Os bancos notificados têm o prazo de dez dias para responder aos questionamentos e apresentar os documentos solicitados, que serão avaliados pelos técnicos do DPDC e do Banco Central para a adoção das medidas necessárias”, diz o ministério, em nota.

Uma coisa é certa, só quem ganha dinheiro fácil neste país… é banco.

17
nov

Ganhando mais…

Postado às 17:07 Hs

A retração dos bancos privados na concessão de créditos fez com que os bancos públicos ganhassem maior participação nesse segmento de mercado, nos últimos quatro anos. Os bancos privados nacionais detinham 47,9% das operações de crédito, em setembro de 2008, mas apesar de o volume de crédito bancário ter dobrado de lá para cá, a participação deles nos financiamentos e empréstimos caiu para 37,1% do mercado. Os números constam de relatório do Departamento Econômico do Banco Central (BC), segundo o qual os bancos privados estrangeiros também perderam espaço. Eles eram responsáveis, então, por 21,4% dos créditos, mas a participação caiu para 16,7% no último mês de setembro. Em contrapartida, os bancos públicos, que à época detinham 30,7% do estoque de créditos, são agora detentores de 46,2% dos R$ 2,237 trilhões emprestados a terceiros – pessoas físicas e jurídicas.
13
set

Bancários podem entrar em greve…

Postado às 10:05 Hs

Bancários de todo o Brasil realizaram assembleias ontem para aprovar a realização de greve por tempo indeterminado, a partir do dia 18 deste mês, a próxima terça-feira. No Rio Grande do Norte, uma possível paralisação atingirá a bancos públicos e privados e deverá comprometer serviços como contratação de empréstimos e operações “na boca do caixa”. Apenas compensações de cheques, documentos e títulos não seriam afetadas, diz a coordenadora geral do Sindicato dos Bancários do RN, Marta Turra.

A pauta de reivindicações da categoria possui cerca de 100 pontos, entre econômicos, sociais, sindicais e relativos a condições de trabalho. A lista foi entregue à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e aos bancos públicos no dia 1º de agosto. Desde então, quatro rodadas de negociação foram realizadas, sem avanço nas contrapropostas. “Eles só ofereceram um índice de reajuste de 6%, distante do que reivindicamos, e nenhuma outra reivindicação foi atendida”, afirma Marta. No próximo dia 17, segunda-feira, novas assembleias serão realizadas pelos sindicatos. A ideia é avaliar eventuais novas propostas esperadas até lá ou confirmar a paralisação para o dia seguinte. “A greve é nosso último recurso. Todos os anos tentamos negociar, mas infelizmente o governo não negocia”, acrescenta a sindicalista.

 

REIVINDICAÇÕES

Nacionalmente, os bancários reivindicam participação nos lucros e resultados das instituições financeiras, reajuste de 10,25% e reposição salarial. “Temos uma defasagem salarial de 90%”, diz Marta Turra. A categoria também pede a realização de concursos públicos e garantia de jornada de trabalho de seis horas – há casos, afirma Marta, em que a jornada chega a 12 ou 14 horas.

De acordo com a sindicalista, bancos privados estariam demitindo funcionários e o resultado disso seria o tempo de espera excessivo dos clientes nas filas. Nas instituições públicas também há, afirma, déficit de pessoal. “Não há gente suficiente para trabalhar”.Entre ativos e aposentados, há cerca de 4,6 mil bancários no Rio Grande do Norte. No estado, a greve foi aprovada em assembleia no último dia 5. Se as negociações não avançarem até o dia 17, apenas 30% dos serviços deverão funcionar a partir do dia 18 nas agências.

19
abr

Consumidor deve ficar de olho nas taxas…

Postado às 18:33 Hs

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou que caberá aos clientes de bancos fiscalizar se os anúncios de redução de juros estão realmente sendo cumpridos ou se trata apenas de uma estratégia de marketing.

A informação de redução das taxas dos bancos privados foi recebida de maneira positiva pela sociedade. “É consenso no país que os ‘spreads’ são muito altos”, disse Miriam.

A ministra lembra que as altas taxas são resquícios do período inflacionário, que o país já deixou para trás desde a década de 1990. Quando perguntada se o governo irá fiscalizar se as reduções efetivamente estão ocorrendo, Miriam afirmou que “os consumidores vão fiscalizar isso.”

No início de abril, Banco do Brasil e Caixa anunciaram redução das raxas de juros para o crédito. Em seguida, bancos privados como HSBC, Santander, Bradesco e Itaú também se comprometeram a diminuir suas tarifas e ampliar a oferta de crédito no mercado.

dez 8
domingo
21 45
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
30 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5808680 VISITAS

Facebook

Twitter

Instagram