27
jan

Bienal da UNE

Postado às 4:46 Hs

Estudantes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) vão participar da 10ª Bienal de Arte e Cultura da União Nacional dos Estudantes (UNE), na capital do Ceará, Fortaleza. O evento ocorrre dos dias 29 de janeiro a 01 de fevereiro de 2017.

O coordenador geral do Diretório Central dos Estudantes (DCE/UERN), Tasso Alves, informa que a comitiva da UERN é composta por 27 alunos de diversos cursos da instituição que demonstraram interesse em participar da bienal. Os estudantes viajam no micro-ônibus da UERN nesta sexta-feira (27).

A Bienal da UNE é o maior encontro de estudantes da América Latina. Nessa 10ª edição, o evento traz como tema “Feira de reinvenção”, e inicia o ciclo de celebrações dos 80 anos da UNE, comemorados no dia 11 de agosto. A importância da participação dos alunos da UERN nesse evento é destacada por Tasso Alves. “O movimento estudantil da UERN precisa se fazer presente nesses espaços, é muito importante para o movimento o enriquecimento de arte, cultura, política”. Além disso, ele cita a questão do empoderamento dos estudantes por fazerem parte de um evento desse porte, o maior da América Latina.

A programação do evento é extensa. Confira: http://bienaldaune.org.br/

 

Coordenador do PSDB na Comissão de Educação da Câmara, o deputado federal Rogério Marinho criticou a União Nacional dos Estudantes (UNE) por não protestar contra o fraco desempenho do país na qualidade do ensino. O parlamentar também cobrou uma posição do Ministério da Educação contra à doutrinação ideológica nas escolas. Esses foram alguns dos pontos principais do discurso do tucano na reunião do colegiado nesta terça-feira (05), que contou com a presença do titular do MEC, Mendonça Filho.

“Não há nada mais criminoso do que impor às crianças um único pensamento, e o que é pior, fazendo assédio moral nas provas, prejudicando a educação dos brasileiros”, disse Rogério para completar em seguida: “Se as pessoas não querem a escola sem partido, querem com partido. E não podemos aceitar essa situação, essa doutrinação e hegemonia de um único pensamento. Estratégia de um grupo que passou 13 anos no poder e pretendia se manter com esse artifício”.

Sobre a UNE, o tucano lembrou que a entidade “protesta pela saída do PT do poder, mas não faz nada em relação aos baixos índices de qualidade escolar do país”. Ainda de acordo com o parlamentar, nas escolas, “estão confundindo democracia com libertinagem. Há eleição para dirigir escolas sem critério. Diretor faz concessões para se eleger e prejudica a qualidade da escola”.

23
Maio

Informes

Postado às 13:00 Hs

Entidades estudantis confirmam ao MP que carteiras estão irregulares e recebem prazo para corrigir falhas. A UNE, UBES e ANPG confirmaram ao Ministério Público que estão emitindo carteiras estudantis irregulares, fora dos padrões nacionais. Com isso, receberam um prazo de apenas 30 dias para corrigir todas as falhas. A informação foi repassada ao MP pelas entidades em reunião realizada na semana passada. No mesmo encontro, a União Norte-riograndense de Estudantes (Urne) e a UPEs comprovaram que já estão com seu documento 100% dentro da lei. “É inacreditável que a UNE e a UBES, que participaram da formulação da nova lei, ainda estejam fora das exigências. Também é difícil de entender porque o MP concedeu mais prazo ainda para que as mesmas corrijam suas falhas, já que outras entidades conseguiram atender a todos os requisitos no tempo determinado anteriormente”, disse o presidente da UPES, Daniel Fernandes. A polêmica em torno das carteiras estudantis vem se arrastando desde o início do ano, já que o governo federal decidiu exigir um certificado nacional emitido por uma instituição credenciada

O Diretório Central dos Estudantes, DCE, da Universidade Federal Rural do Semi-Árido começou a confeccionar a carteira de estudante. A emissão do documento, feita pela União Nacional dos Estudantes – UNE, está sob a responsabilidade do Conselho de Entidades de Base – COEB, do DCE. O documento tem validade nacional e garante a meia-entrada em eventos culturais e esportivos. As carteirinhas estão sendo feitas na sala do DCE, das 7h30 às 11h30 e das 17h30 às 20h30. É exigido do aluno apresentar a certidão de vínculo ou atestado de matrícula, documento oficial com foto. A foto 3×4 é feita no DCE e a carteirinha é emitida na hora, com custo de R$ 25,00.

O documento é valido em todo território brasileiro estando regulamentado dentro do padrão nacional de segurança, onde a lei da meia-entrada foi validada. A carteira também assegura um desconto de pelo menos 40% de ingressos para espetáculos artísticos, culturais e esportivos para estudantes, deficientes e jovens de baixa renda. Outra vantagem da identidade estudantil é possuir uma tarja magnética e QR Code com validação eletrônica, no qual emite um código para um servidor autenticado. Essa validação tem acesso as informações onde a carteira foi registrada e a qual instituição de ensino o aluno pertence, assim trazendo mais segurança e evitando fraudes.

“Isso é muito importante, pois identifica de onde o aluno realmente é. Antes quando a carteirinha era feita pelas empresas e a falsificação era muito fácil, não existia o controle de quem era o estudante, já com essa base de dados, ela é controlada pelo próprio Ministério da Educação – MEC, e o também pelo próprio Governo Federal”, esclarece Rodrigo Lima, Diretor de movimentos sociais do DCE. A Ufersa está funcionando como sede da UNE, sendo o primeiro local em Mossoró onde as carteirinhas estão sendo feitas e onde irá permanecer até a demanda cessar. No entanto, essas carteirinhas vão passar a ser feitas em outras instituições, como a Universidade Potiguar – UNP, no Shopping Popular e também nas escolas da região.

01
abr

Informes

Postado às 9:09 Hs

Ministério Público diz a Prefeitura que nenhuma carteira estudantil está legalizada no RN

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio do promotor Sérgio Luiz de Sena, se reuniu com representantes da STTU nesta quinta-feira (31), quando comunicou que nenhuma carteira estudantil emitida no Estado está 100% dentro da lei. Com isso, o órgão solicitou a prorrogação da validade dos documentos de 2015,que se encerrariam nesta quinta, por mais 30 dias . Além disso, o promotor cobrou esclarecimentos do município em torno do decreto assinado pelo prefeito Carlos Eduardo Alves que restringia a emissão da identidade do estudante a UNE e a UBES, desrespeitando recente liminar do Supremo Tribunal Federal (STF), que permite a permanência das demais entidades, considerando a liberdade de escolha do aluno e combatendo a possibilidade de monopólio.

A posição tomada pelo MPRN atinge diretamente o convênio firmado entre a UNE e a UBES com o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Natal (Seturn), que deu origem ao Natal Card. Situação parecida já havia sido combatida pelos Ministérios Públicos da Bahia e da Paraíba, com iniciativas semelhantes dos mesmos personagens em suas respectivas capitais. Agora, a Prefeitura de Natal tem 5 dias para explicar a Promotoria a necessidade do decreto.

Na reunião desta quinta, além do promotor Sérgio Sena, também esteve presente o secretário adjunto da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), Clodoaldo Cabral, o diretor de Operações, Gabriel Silva da Freiras, e o assessor jurídico Teles Márcio dos Santos. Com a decisão de prorrogar as carteiras, o MPRN espera ter tempo suficiente para verificar a adequação dos documentos emitidos em 2016 ao padrão nacional apontado pela legislação federal. Para isso, solicitou ao Instituto de Tecnologia da Informação (ITI), a identificação de quais as entidades estudantis estão legalizadas para a expedição das carteiras.

No documento “Padronização da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) – Versão 1.0”, publicado no Diário Oficial da União – DOU e disponibilizado no site do ITI, estão detalhadas todas as características físicas e digitais que devem constar no novo documento estudantil, além de informações sobre o banco de dados para consulta por parte do poder público, estabelecimentos, produtoras e promotoras de eventos.

A principal novidade da Carteira de Identificação Estudantil é o uso do certificado de atributo. Tecnologia que garante a segurança e a validade da carteirinha. O certificado de atributo é, em síntese, um documento eletrônico assinado por um certificado digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil.

Fonte; Assessoria

09
mar

Informes

Postado às 8:49 Hs

Várias entidades estudantis estão se unindo para denunciar diversos juízes do Rio Grande do Norte ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A decisão foi tomada devido a longa espera imposta pelos mais variados magistrados a todos os processos impetrados pelos órgãos em relação ao transporte público de Natal. Há casos de pedidos de liminares com anos de engavetamento. Desde a criação da Identidade Estudantil Eletrônica (IEE), em março de 2011, ainda na gestão da ex-prefeita Micarla de Sousa, o sistema sempre foi bastante questionado pelas instituições que representam a classe estudantil e até pelo Ministério Público. O projeto acabou sendo mantido pelo prefeito Carlos Eduardo, apesar das suspeitas de irregularidades na criação do documento e no gerenciamento, hoje totalmente entregue ao Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Natal (Seturn). As denúncias são de irregularidade e fraude no processo de contratação feito entre a UBES, UNE, SETURN e Prefeitura do Natal. As entidades afirmam que o Prefeito Carlos Eduardo esta praticando improbidade administrativa autorizando, de “boca”, o Seturn a colocar um selo no cartão de passagem dos empresários para validar como carteira de estudante sem nenhum processo legal, e que o judiciário não toma nenhuma decisão em relação ao caso mesmo tendo varias ações no mesmo sentindo de suspender a ilegalidade. Outra polêmica diz respeito a escolha da UBES e da UNE para produção das carteiras, já que as duas não atenderiam aos requisitos da legislação municipal, como ter sede instalada na cidade. Diante do impasse, são muitos os estudantes que acabam sendo obrigados a pagar a passagem no seu valor integral nos ônibus. Entre as denúncias que aguardam um posicionamento da Justiça estão a fraude na documentação apresentada pelas entidades UBES e UNE, descumprimento da lei de Licitação, descumprimento de leis municipais, manipulação dos números de venda de meia passagem para estudante e outros.
22
Maio

Votação do PNE para a próxima 4ª feira

Postado às 9:16 Hs

O presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves, marcou a votação do Plano Nacional de Educação (PNE) para a próxima quarta-feira (28). O anúncio foi feito durante reunião com representantes de diversas entidades ligadas ao movimento estudantil, como União Nacional dos Estudantes (UNE) e União Nacional dos Estudantes Secundaristas.

Segundo Alves, o PNE será o primeiro item da pauta. Para favorecer a aprovação da proposta, o presidente da Câmara orientou os participantes da reunião a negociar acordo que reduza a quantidade de destaques ao texto. Até o momento, o texto tem pelo menos quatro destaques para votação em separado.

O PNE define 20 diretrizes para melhorar os índices educacionais brasileiros nos próximos dez anos. Na comissão especial que tratou do assunto, os deputados incluíram no projeto meta vinda do Senado que prevê incentivos para as escolas que apresentarem bom desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Indicador criado em 2007 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o Ideb é medido a partir de dados sobre aprovação escolar e das notas dos alunos em provas padronizadas de português e matemática.

10
jul

FIQUE SABENDO…

Postado às 10:31 Hs

 

# # Nova jornada

Professores do Estado terão mudança na jornada de trabalho: serão 20h em sala de aula e 10h para planejamento . A Secretaria de Estado da Educação está se adequando à nova legislação federal que trata da jornada de trabalho dos professores da Educação Básica. Apesar da Lei Nº 11.738 ter sido criada em 2008, as novas regras só foram consideradas válidas no início de 2013, quando o Supremo Tribunal Federal encerrou o julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade Nº 4.167, sobre o terço da hora atividade. Até a definição da lei federal, vigorava o que estabelece o Plano de Cargos e Carreiras do Magistério Estadual, segundo o qual, da jornada de 30 horas semanais do professor, 24 seriam para atividades em sala de aula e 6 horas seriam destinadas para atividades de planejamento. Com a nova lei, um terço da jornada de trabalho deve ser destinada ao planejamento, logo, os professores da rede estadual teriam 20 horas em sala de aula e 10 horas para planejamento.

# # Feira do Livro de Mossoró

O estímulo à leitura e a produção literária são os grandes objetivos da Feira do Livro de Mossoró, que será realizada de 07 a 11 de agosto, no  West Shopping Mossoró. A 9ª edição do evento trará a temática “Com um livro na mão e um sorriso no rosto” e terá investimento de mais de R$ 180 mil por parte da Prefeitura Municipal, recursos que serão utilizados na aquisição de livros. O cheque-livro, projeto criado pela Secretaria da Educação, é destinado à rede municipal de ensino para ampliação do acervo das bibliotecas. De acordo com a secretária da Educação, Iêda Chaves, R$ 95,5 mil serão investidos na compra de livros para Unidades de Educação Infantil e Escolas Municipais, e R$ 85, 425 mil devem ser utilizados pelos professores para aquisição de títulos. Estamos na torcida…

# # Recadastramento Eleitoral

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte inicia na próxima quarta-feira (17) a terceira etapa do Projeto de Revisão Eleitoral com Coleta Biométrica que acontecerá até as Eleições 2014. Nesta terceira fase, que vai até 14 de dezembro, serão revisados os eleitores das cinco zonas eleitorais de Natal, atingindo um contingente de pouco mais de 520 mil eleitores. O provimento n.º 4/2013, da Corregedoria Regional Eleitoral, que estabelece normas procedimentais para a terceira etapa da revisão com cadastramento biométrico, foi publicado no Diário da Justiça Eletrônico divulgado nesta terça-feira (9). Serão 4 etapas de cadastramento, seguidas de acordo com os meses de nascimento de cada eleitor. Para a primeira etapa, entre 17 de julho e 17 de agosto, os nascidos nos meses de janeiro, fevereiro e março deverão agendar seus atendimentos através do site www.tre-rn.gov.br ou pelo telefone 3654-5000. Para fazer o recadastramento, o eleitor deverá comparecer ao Fórum Eleitoral de Natal, onde estará instalada a central de atendimento, portando documento de identidade com foto, título eleitoral e um comprovante de residência.

# # Meia-entrada: Estudantes terão cota de 40% dos ingressos para festas

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (9) o Estatuto da Juventude, que trata de pagamento de meia-entrada em eventos culturais e meia-passagem em transporte para jovens entre 15 e 29 anos. O texto segue para sanção da presidente Dilma Rousseff. Os deputados decidiram manter texto aprovado no Senado, em março deste ano, que limita o pagamento de meia-entrada. O projeto define uma cota de 40% dos ingressos de eventos artístico-culturais e esportivos reservada para os estudantes. Essa era uma demanda da classe artística que justificava altos preços de ingressos devido ao número de meia-entrada. Se o percentual de alunos no evento for superior aos 40%, o número excedente terá que pagar o valor integral do ingresso. A proposta permite, ainda, que jovens entre 15 e 29 anos, que sejam de baixa renda, paguem meia-entrada nesses eventos, mesmo que não sejam estudantes, mas eles também obedecerão ao limite dos 40%Essa era uma demanda Os deputados rejeitaram a exigência para que as carteiras de estudantes tenha selo de segurança personalizado segundo padrão único definido pelas entidades nacionais, o que inclui a UNE, por exemplo.

# # Além de Medicina…

A criação de um ciclo obrigatório de trabalho no Sistema Único de Saúde (SUS) não deve ficar restrito ao curso de Medicina, como definido no Programa Mais Médicos, anunciado nesta segunda-feira, 8, pelo governo. O Conselho Nacional de Educação (CNE) estuda a adoção da medida para outras carreiras da área de saúde. O plano prevê que estudantes de Odontologia, Psicologia, Nutrição, Enfermagem e Fisioterapia também concluam a formação com atividades na rede pública. “Isso já vem sendo pensado”, informou nesta terça-feira o secretário de Educação Superior do MEC, Paulo Speller. Não há prazo para a conclusão da análise, que começou antes mesmo dos estudos sobre o caso da Medicina.

Numa entrevista de página inteira a Fernando Rodrigues, Folha de São Paulo edição de 24 de junho, o senador Lindbergh Farias afirmou que o exercício do poder acaba distanciando os governos da população, de uma pauta mais real da vida das pessoas. Os partidos deixaram de ser instrumentos de mobilização das ruas, inclusive o PT, sua própria legenda. Houve um deslocamento, ou afastamento principalmente em relação à juventude. Respondendo a uma pergunta de Fernando Rodrigues, Lindbergh lembra que no seu tempo de presidente da UNE, eram necessários quinze dias para articular e marcar uma passeata. Hoje, o movimento é instantâneo através das redes sociais. A União Nacional dos Estudantes – disse – ficou para trás na convocação dos movimentos populares. Perdeu o bonde da história. É como se não fosse tão necessária como em outros tempos. A UNE integrou-se ao governo e, sentindo-se no poder, também está perdendo a perspectiva dos fatos.
24
abr

* * * Quentinhas… * * *

Postado às 20:11 Hs

* * * A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (24), o projeto que cria uma cota de 40% para a venda de ingressos com meia-entrada em eventos artísticos, culturais e esportivos. A proposta tem caráter conclusivo e poderia seguir diretamente para o Senado, mas os parlamentares pretendem recorrer pedindo votação em plenário porque querem retirar os idosos do limite de ingressos a serem vendidos pela metade do preço. A criação de uma cota é uma reivindicação de artistas e produtores culturais. Eles argumentam que com a medida o preço dos ingressos pode baixar de 20% a 35%. Atualmente, justificam, o preço da inteira é majorado para compensar a venda maciça de meia-entrada. A proposta, de autoria do deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG), recebeu o apoio das principais entidades estudantis porque elas ganharam a exclusividade na emissão do documento. Pelo texto, somente a União Nacional de Estudantes (UNE), a Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e suas entidades filiadas poderão emitir o documento. Esse oligopólio foi questionado por alguns parlamentares e também pode ser rediscutido nas próximas etapas de tramitação da matéria.* * *

* * * O projeto de resolução que busca pôr fim à guerra fiscal entre os Estados foi aprovado com o voto do senador Armando Monteiro (PTB-PE), durante reunião da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), nesta quarta-feira (24). O projeto reduz e altera as alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). A reforma unificará em 4% a alíquota interestadual de 94% das transações comerciais do país, pelos cálculos do relator senador Delcídio do Amaral (PT-MS). Hoje, os Estados do Sul e Sudeste têm alíquota interestadual de 7% e os demais, de 12%. A busca da unificação gradual prevê a redução de um ponto percentual por ano nas alíquotas, começando em 2014. Ficam de fora dessa unificação produtos industrializados, beneficiados e agropecuários originados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, além do Espírito Santo, que terão alíquota de 7%.* * * Blog de Magno Martins

* * * Reclamações contra planos de saúde que negarem cobertura poderão resultar em multas e até suspensões dos planos a partir de julho. Antes, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) não incluía reclamações sobre cobertura em seus relatórios. A medida foi anunciada pelo ministro da Saúde nesta quarta-feira (26) em audiência no Senado. Negativas de cobertura relacionadas a lista de procedimentos, período de carência e rede de atendimento passarão a fazer parte dos relatórios trimestrais de monitoramento que a ANS faz desde dezembro de 2011. Segundo o ministério da Saúde, a rejeição de cobertura é o principal motivo de reclamações contra os planos: 75,7% delas tratam do assunto. Para o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a definição de novas regras para operadoras dos planos é necessária por se tratar de um mercado em expansão. “Esse é um mercado que cresceu fortemente nos últimos anos e precisamos aprimorar as suas regras de regulação”, disse Padilha.* * *

24
jan

Nosso patrimônio

Postado às 12:10 Hs

Estudantes pedem que o forró seja reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, a exemplo do que ocorreu com o frevo no mês passado. Na 8ª Bienal de Arte e Cultura da União Nacional dos Estudantes (UNE), músicos e especialistas discutem a importância do ritmo e do grande homenageado do evento, o sanfoneiro Luiz Gonzaga.

O sobrinho de Gonzagão, Joquinha Gonzaga, acredita que com a força do movimento estudantil o forró receberá o reconhecimento. “A importância do forró é muito grande. É uma cultura muito rica, uma cultura que meu tio Gonzaga deixou. Nós estaremos aqui de chapéu de couro na cabeça e sanfona no peito para defender o ritmo”, disse.

O forró é o principal ritmo nativo do sertão nordestino. Popular em todo o Brasil, sua disseminação se deu por meio da intensa imigração dos nordestinos para outras regiões do país. Como patrimônio imaterial da humanidade, o forró será protegido a fim de que permaneça vivo para as gerações futuras. O título é concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A lista de patrimônios culturais imateriais reúne, atualmente, 232 elementos de 86 países.

Os estudantes pretendem entregar uma carta com o pedido à ministra de Cultura, Marta Suplicy, que deverá estar presente nesta quinta-feira (24) no evento.

28
nov

Um novo padrão de segurança

Postado às 12:00 Hs

Aguardem, vem aí mudanças na carteira de estudante…

A carteira nacional estudantil terá novo padrão de segurança a partir de janeiro de 2013. Governo, entidades estudantis e indústria assinaram, na terça-feira, dia 27, protocolo de intenções para a emissão do documento que terá certificado digital no padrão da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil).

A exigência faz parte da Lei Geral da Copa para garantir a meia-entrada nos eventos desportivos que o Brasil sediará, como a Copa das Confederações e a Copa do Mundo. Estudantes terão 50% de desconto para compra dos bilhetes mais baratos, chamados de ingressos categoria .

O acordo foi assinado entre o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), a UNE e a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia em Identificação Digital (Abrid). As carteiras estudantis com certificado digital seguirão padrão único e somente poderão ser emitidas pela União Nacional dos Estudantes (UNE), Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), pelos diretórios centrais dos estudantes (DCEs) das instituições de ensino superior e pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes).

Apenas apresentando carteira com certificação digital, os estudantes poderão adquirir meia-entrada para competições desportivas organizadas pela Fifa no Brasil. O novo documento deve ter o mesmo o preço da atual carteira de estudante, que varia de R$ 8 a R$ 35, conforme a região do país, e terá validade até março de 2014. Ela poderá ser obtida pelo site da UNE (http://www.une.org.br/) ou postos de atendimento espalhados por todo país.

Com a Copa 2014 muita coisa neste país passará por mudanças, se não fosse a copa,nada mudaria  é demais…

 

 

 

25
out

Luta pela Educação…

Postado às 15:02 Hs

Nesta quarta-feira, 26 de outubro, acontecerá a 5ª Marcha Nacional em defesa e promoção da educação pública, com o tema “10 mil pelos 10% do PIB para a Educação”, convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Os 43 sindicatos filiados à CNTE de todo o Brasil marcarão presença na mobilização que promete reunir cerca de dez mil pessoas na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

CUT, UBES, UNE, Campanha pelo Direito à Educação, Sinasefe, Fasubra, entre outras entidades ligadas à educação e ao movimento social, também se vão se unir à Confederação para pressionar pela plena aplicação da lei do Piso nos estados e municípios e pelo aumento do percentual de recursos destinado à educação no Plano Nacional de Educação (PNE) na próxima década.

Os participantes se concentrarão às 9 horas em frente ao estádio Mané Garrincha (em reforma para a Copa de 2014) e marcharão a partir das 10 horas até o Congresso Nacional, onde será feito um ato pela defesa da educação de qualidade. Na pauta, a pressão pela votação do PNE ainda este ano, o aumento do percentual do PIB de 10% para educação (hoje 5%), a aplicação plena da lei do piso salarial nacional para o magistério pelos estados e municípios, obrigatoriedade de planos de carreira e 1/3 da jornada para atividades de planejamento e formação.

Segundo Leão, a pressão no Congresso e no Governo Federal é essencial para que a educação avance e os profissionais da área tenham seus direitos garantidos. “Consideramos essa Marcha decisiva para a aprovação dos 10% do PIB para a educação e para denunciar o não cumprimento do Piso Salarial pelos estados e municípios”.

A CNTE organizou um abaixo assinado com 140 mil cartões postais de apoio aos 10% do PIB para a educação, que serão entregues ao relator do PNE na Comissão Especial da Câmara dos Deputados, Ângelo Vanhoni (PT-PR), em audiência marcada para às 11 horas do dia 26.

22
set

Será ???

Postado às 15:18 Hs

Arnaldo Jabor

Quando Dilma era candidata, eu ataquei-a como ‘clone do Lula’, que estava ali apenas para esquentar a cadeira até 2014. Cheguei a escrever: “Coitada da Dilma – sendo empurrada, com resignação militante, para cumprir tarefas, como os tarefeiros rasos que pichavam muros ou distribuíam panfletos. Dilma me dá a impressão de que prefere o sossego e que não quer governar”.

Não era isso. Assim que foi eleita, Dilma mostrou traços de uma personalidade com bom senso e bom gosto. Tinha dado um livro de poesias de Adélia Prado para uma amiga, disse numa entrevista que estava lendo Cecília Meirelles e que gostava muito do filme Casablanca – o que também me animou. Depois, soube que ela não tinha aguentado um livro do Carlos Fuentes (que também acho um chato de galochas), sem contar o ‘chega para lá’ que deu no assassino Armadinejad do Irã.

Conheci várias ‘dilmas’ como estudante, na UNE – ‘pequenas burguesas’ corajosas, idealistas e informadas, querendo bem ao Brasil. Eleita, Dilma convocou mulheres obstinadas que demonstram um ‘élan’ verdadeiro para melhorar o País e que começaram a ‘faxina’, sem esfregão e pano de chão, uma faxina delicada, trabalhosa, para fechar o buraco negro de alianças que Sr. Luis Bonaparte da Silva deixou de herança maldita.

Leia na íntegra

18
jul

Ligações com o Planalto

Postado às 9:42 Hs

Com mais de 75% dos votos, Daniel Iliescu, de 26 anos, foi eleito neste domingo presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE) para os próximos dois anos, como informa O Globo. Ele é ex-presidente da União Estadual dos Estudantes do Rio de Janeiro e estuda Ciências Sociais na Universidade Federal do Rio. Iliescu encabeçou a chapa ligada à atual diretoria, comandada pela União da Juventude Socialista, vinculada ao PCdoB. Com isso, a UNE continuará politicamente bem próxima do governo federal.

A eleição foi no Ginásio Goiânia Arena, no fim do 52º Congresso da UNE realizado desde quarta-feira, com oito mil estudantes. A chapa Movimento Unificado Para Mudanças no Brasil recebeu 2.369 votos, e a segunda colocada, 581. Das sete chapas inscritas, apenas quatro concorreram. Uma desistiu em protesto contra a atual diretoria, e duas se aliaram ao grupo do PCdoB.

O grupo eleito comanda a UNE há mais de 20 anos. Iliescu promete manter o bom relacionamento com o governo, que teria aberto as portas à UNE nos últimos anos, principalmente no governo Lula. No local da votação havia faixas e banners de partidos políticos como PT, PCdoB, PMDB, PTB, além de imagens de Che Guevara e Lula. O congresso teve custo de R$ 4 milhões, financiados com verbas da Petrobras e com infraestrutura cedida pelo governo de Goiás e pela Prefeitura de Goiânia. Segundo Iliescu, ser bancado com verbas do governo não torna o movimento chapa-branca:

– O governo sempre financiou outras entidades e a imprensa nunca criticou. Isso não influencia nossa política de reivindicações, que são contrárias ao que prega o governo.

Integrantes da Juventude do PSDB se inscreveram e aproveitaram para protestar:

– A UNE é bancada pelo governo e achamos que deve ser independente. Somos contra a atual diretriz imposta pelos militantes do PCdoB – criticou o estudante de administração da FAAP, Rafael Goffi, que é diretor da UNE e entrou na briga para tentar obter mais duas diretorias para seu grupo.

15
jul

Lula bate na Imprensa

Postado às 10:43 Hs

fotolula1

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a fazer nesta quinta-feira (14) uma série de críticas à imprensa durante discurso no 52º Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE), em Goiânia. Lula e o ministro da Educação, Fernando Haddad, reclamaram de reportagens que classificam a UNE como “chapa branca”.

Ao dirigir-se ao presidente da UNE, Augusto Chagas, Lula disse: “Não se preocupe com quem te chamou de chapa branca. Aquele jornal não cobre o Rio, não chega à Baixada Fluminense”. O ex-presidente disse ainda que os grandes jornais de São Paulo “pensam que são nacionais”, mas, segundo ele, não chegam a vinte quilômetros da capital paulista.

O Congresso da UNE recebeu patrocínio de empresas estatais como a Petrobras, a Eletrobrás e Caixa Econômica Federal, dos ministérios dos Transportes, do Turismo, da Educação e do Esporte, e da Prefeitura de Goiânia. Segundo o presidente da UNE, o evento custou R$ 3 milhões.

“Quando ligamos a televisão, tem propaganda de quem? Da Petrobras, da Caixa Econômica Federal. Eles financiam tudo. Para eles [imprensa] é democrático. Para vocês [UNE] é chapa branca”, afirmou o ex-presidente Lula.

O ministro da Educação também defendeu a UNE e afirmou que a consciência dos estudantes não pode ser comprada com “trocados”. “Quero fazer um desagravo em relação à UNE. Algumas pessoas pensam que bastam uns trocados para comprar a consciência dos estudantes. Estudante não se vende”, afirmou.

Fonte: G1

11
nov

Prova Opcional

Postado às 10:45 Hs

A União Nacional dos Estudantes (UNE) quer que o Ministério da Educação (MEC) aplique uma segunda edição opcional do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2010, sem anular as provas aplicadas no último fim de semana. Essa é a solução que a entidade defende para que não haja prejuízo aos estudantes em função dos erros que ocorreram durante a avaliação.

O MEC quer reaplicar o Enem apenas para o grupo específico de estudantes afetados pela falta de parte do exame no caderno de provas. No entanto, a Justiça Federal no Ceará suspendeu o Enem e quer que todo o exame seja refeito porque um lote de 21 mil cadernos de prova amarelos apresentou defeito de montagem e não continha todas as 90 questões aplicadas no sábado (6).

A UNE criou uma central para receber reclamações de participantes e já contabiliza cerca de 850 contatos, via e-mail e ligações telefônicas. Além do erro nos cadernos amarelos, outro problema ocorreu na folha em que os estudantes marcam as respostas das questões, que estava com o cabeçalho das duas áreas trocado – ciências humanas e ciências da natureza. Apesar das questões de 1 a 90 seguirem uma ordem numérica, o erro pode ter induzido candidatos a marcar o gabarito de forma incorreta.

Além de queixas sobre esses dois principais problemas, a UNE também recebeu reclamações de participantes que se disseram afetados pela falta de preparo dos fiscais de prova em orientá-los, uso de materiais proibidos pelo edital – como celular e relógio – e tumultos causados durante a aplicação em função dos erros da prova. Por isso, a entidade é contra a anulação do exame para que a maioria possa ter acesso a sua nota, mas é favorável a uma segunda prova para todos os estudantes que se sentiram lesados.

“O exame não deve ser anulado já que mais de 3 milhões fizeram a prova sem problemas, em condições adequadas e têm direito a uma nota.

Fonte: Agência Brasil

out 26
segunda-feira
10 23
ENQUETE

Você acha que o brasileiro acostumou-se com a Corrupção ao longo do tempo ?

Ver resultado parcial

Carregando ... Carregando ...
PREVISÃO DO TEMPO
INDICADOR ECONÔMICO
94 USUÁRIOS ONLINE
Publicidade
  5.838.087 VISITAS